Home Aviação Executiva PF adquire segundo ERJ 145

PF adquire segundo ERJ 145

225
0

145-pf

A ECC Leasing Company Limited, subsidiária integral da Embraer, vendeu um segundo jato ERJ 145 usado para o Departamento de Polícia Federal (DPF) do Brasil. A aeronave, cuja entrega está programada para o primeiro semestre de 2009, se somará a outro ERJ 145 entregue em julho de 2006 e operado com sucesso pelo DPF.

“É gratificante para nós da Embraer ver mais uma de nossas aeronaves sendo utilizada para atender às necessidades de transporte do Governo Brasileiro em seu vasto território de atuação”, afirmou Paulo Estevão de Carvalho Tullio, Diretor de Administração de Ativos da Embraer. “A Companhia tem por objetivo fornecer os melhores produtos e serviços no mundo inteiro e tem se empenhado em fazer crescer sua presença global, com particular ênfase no Brasil.”

O DPF usará o avião para novas missões decorrente da expansão do seu escopo operacional. Esse acordo inclui um pacote de serviços que beneficiará tanto esta quanto a primeira aeronave, aumentando a confiabilidade de ambas.

“O Departamento de Polícia Federal atua em todo o país e necessita dispor de transporte aéreo flexível, rápido, seguro, com os maiores índices de disponibilidade possíveis e com facilidade de execução de serviços de manutenção”, disse Rubens José Maleiner, Coordenador de Aviação Operacional do DPF. “Temos certeza que o ERJ 145 satisfaz estas necessidades e estamos especialmente orgulhosos por se tratar de um produto de alta tecnologia e qualidade produzido em nosso próprio país.”

FONTE:Embraer

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Fernandinho Beira Mar agradece…. e a FAB???
pq a Policia Federal precisa de 2 ERJ145???

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Fernandinho Beira Mar agradece…. e a FAB???
pq a Policia Federal precisa de 2 ERJ145???

Hornet
Visitante
Hornet

Francisco, acho que a PF precisa sim, e talvez até mais que dois. Outro dia eu postei aqui no blog uma repostagem da Record News que mostrava o trabalho da FAB em conjunto com a PF. E é fundamental a PF ter os ERJ 145. A PF atua em conjunto com os R-99 e os Super Tucanos da FAB em toda a fronteira do Brasil. São os agentes e a inteligência da PF que investigam o tráfico (de drogas, de armas etc.) e é a FAB que os localiza e os intercepta. Mas no final de cada operação, no frigir… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

Francisco, acho que a PF precisa sim, e talvez até mais que dois. Outro dia eu postei aqui no blog uma repostagem da Record News que mostrava o trabalho da FAB em conjunto com a PF. E é fundamental a PF ter os ERJ 145. A PF atua em conjunto com os R-99 e os Super Tucanos da FAB em toda a fronteira do Brasil. São os agentes e a inteligência da PF que investigam o tráfico (de drogas, de armas etc.) e é a FAB que os localiza e os intercepta. Mas no final de cada operação, no frigir… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

se alguém, que por um acaso ainda não tenha visto a reportagem a que eu me referi, aqui está o link:

“Aeronáutica e Polícia Federal juntas no combate ao tráfico de drogas”

http://www.youtube.com/watch?v=mpOG4WIEgrI

vale a pena assistir, a reportagem é bem legal.

abraços a todos

Hornet
Visitante
Hornet

se alguém, que por um acaso ainda não tenha visto a reportagem a que eu me referi, aqui está o link:

“Aeronáutica e Polícia Federal juntas no combate ao tráfico de drogas”

http://www.youtube.com/watch?v=mpOG4WIEgrI

vale a pena assistir, a reportagem é bem legal.

abraços a todos

Hornet
Visitante
Hornet

ops!…ficou sem sentido, deixa eu reescrever:

se alguém, que por um acaso ainda não tenha visto a reportagem a que eu me referi, e quiser ver, aqui está o link….

Hornet
Visitante
Hornet

ops!…ficou sem sentido, deixa eu reescrever:

se alguém, que por um acaso ainda não tenha visto a reportagem a que eu me referi, e quiser ver, aqui está o link….

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Hornet, sei que precisam, mas poderiam ser aviões menores, não precisaria ser um ERJ-145, pq não, nesta lógica, então, 3 ou 4 Lagacys 600 para 16 agentes, muito mais barato para adiquirir e manter, operando a partir de bases e aeroportos próximos, passando os ERJs para a FAB, e quando fossem grandes operações a FAB daria suporte imediato neste tranporte maior,… mas tudo tem “explicação” nesta área, não seria mais barato manter agentes “trialngulados” mais próximos as bases-aéreas??? por exemplo!?!? he he , Hornet, vc me conhece, eu existo para criticar! ;), tento fazer as pessoas pensararem, as vezes dá… Read more »

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Hornet, sei que precisam, mas poderiam ser aviões menores, não precisaria ser um ERJ-145, pq não, nesta lógica, então, 3 ou 4 Lagacys 600 para 16 agentes, muito mais barato para adiquirir e manter, operando a partir de bases e aeroportos próximos, passando os ERJs para a FAB, e quando fossem grandes operações a FAB daria suporte imediato neste tranporte maior,… mas tudo tem “explicação” nesta área, não seria mais barato manter agentes “trialngulados” mais próximos as bases-aéreas??? por exemplo!?!? he he , Hornet, vc me conhece, eu existo para criticar! ;), tento fazer as pessoas pensararem, as vezes dá… Read more »

Fábio Max
Visitante

Taí uma boa notícia.

A PF tem sido uma pedra no sapato do tráfico de drogas nos ultimos anos. Ela tem feito apreensões monstruosas e auxiliado as polícias estaduais no combate ao crime. Ponto do governo Lula, que a resgatou do abandono dos anos FHC (se bem que, o quê, no Brasil, esse néscio não abandonou?).

Quando mais bem equipada, melhor vai cumprir sua função.

Aliás, a Estratégia Nacional de Defesa deve lembrar da PF também, porque ela precisa de aviões, lanchas fluviais, lanchas marítimas, eauipamentos de inteligência e armamentos para atuar com eficiência.

Fábio Max
Visitante

Taí uma boa notícia.

A PF tem sido uma pedra no sapato do tráfico de drogas nos ultimos anos. Ela tem feito apreensões monstruosas e auxiliado as polícias estaduais no combate ao crime. Ponto do governo Lula, que a resgatou do abandono dos anos FHC (se bem que, o quê, no Brasil, esse néscio não abandonou?).

Quando mais bem equipada, melhor vai cumprir sua função.

Aliás, a Estratégia Nacional de Defesa deve lembrar da PF também, porque ela precisa de aviões, lanchas fluviais, lanchas marítimas, eauipamentos de inteligência e armamentos para atuar com eficiência.

welington
Visitante
welington

Concordo Honet, na minha opinião o melhor seria de 4 a 5 aeronaves para aumentar a disponibilidade e aumentar os centros de atuação em um mesmo momento, mas também concordo com Francisco AMX poderiam ser legacys, porem os ERJ145 são necessários para um maior transporte de agentes sem o apoio da FAB portanto poderiam ser 2 ERJ145 e 3 legacy, assim a instituição se torna mais independente não deixando de atuar conjuntamente com a FAB.
Um abraço a todos.

welington
Visitante
welington

Concordo Honet, na minha opinião o melhor seria de 4 a 5 aeronaves para aumentar a disponibilidade e aumentar os centros de atuação em um mesmo momento, mas também concordo com Francisco AMX poderiam ser legacys, porem os ERJ145 são necessários para um maior transporte de agentes sem o apoio da FAB portanto poderiam ser 2 ERJ145 e 3 legacy, assim a instituição se torna mais independente não deixando de atuar conjuntamente com a FAB.
Um abraço a todos.

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Prezados Francisco AMX e welington

Vocês querem matar o Paulo Bernardo e o Guido Mantega do coração? Vocês estão esquecendo que o Legacy é o ERJ na versão de luxo. Claro que os agentes iriam adorar a idéia, se deslocarem para uma missão num avião executivo, com poltronas, sofás, salas de reunião e outros confortos.
Poderia ser então o ERJ 135. Ou ainda o Phenon 200.

Abraços

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Prezados Francisco AMX e welington

Vocês querem matar o Paulo Bernardo e o Guido Mantega do coração? Vocês estão esquecendo que o Legacy é o ERJ na versão de luxo. Claro que os agentes iriam adorar a idéia, se deslocarem para uma missão num avião executivo, com poltronas, sofás, salas de reunião e outros confortos.
Poderia ser então o ERJ 135. Ou ainda o Phenon 200.

Abraços

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Só uma correção: Phenon 300

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Só uma correção: Phenon 300

The Captain
Visitante
The Captain

Exatamente: Legacy 600 e ERJ 145 e basicamente a mesma coisa em termos de custos operacionais, isto porque o Legacy 600 e um ERJ 135, que por sua vez é um ERJ 145 com capacidade para 35 passageiros, se não me engano.
A PF deveria realmente estar próxima da área de atuação, evitando deslocamentos e quando isto fosse requerido, que a FAB os levassem, se fosse o caso, até de C-130 ou Boing 707.

The Captain
Visitante
The Captain

Exatamente: Legacy 600 e ERJ 145 e basicamente a mesma coisa em termos de custos operacionais, isto porque o Legacy 600 e um ERJ 135, que por sua vez é um ERJ 145 com capacidade para 35 passageiros, se não me engano.
A PF deveria realmente estar próxima da área de atuação, evitando deslocamentos e quando isto fosse requerido, que a FAB os levassem, se fosse o caso, até de C-130 ou Boing 707.

CETEANO
Visitante
CETEANO

Sempre que vejo esse avião na TV, tem algum bandido descendo dele. O Beira-Mar deve ter até Cartão de Fidelidade na PF Airlines !!!

CETEANO
Visitante
CETEANO

Sempre que vejo esse avião na TV, tem algum bandido descendo dele. O Beira-Mar deve ter até Cartão de Fidelidade na PF Airlines !!!

MARSP
Visitante
MARSP

A polícia federal um tempo atrás comprou 3 UAV Heron de Israel, somente acho um pouco estranho nenhuma outra força ter como por exemplo o Exercito ou Aeronáutica alguém tem alguma informações nova sobre esses UAV, já estão os usando?

Abraço a todos.

MARSP
Visitante
MARSP

A polícia federal um tempo atrás comprou 3 UAV Heron de Israel, somente acho um pouco estranho nenhuma outra força ter como por exemplo o Exercito ou Aeronáutica alguém tem alguma informações nova sobre esses UAV, já estão os usando?

Abraço a todos.

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

João, pelo que eu saiba o ERJ-145 derivou do Legacy ou vice versa…, mas eles tem dimensões e capacidades diferentes, certamente a EMBRAER faria uma versão despojada de luxo, do Legacy, para a PF…
Mas, melhor com os 2 ERJ-145, do que com 1, mas poderia ser melhor dimensionada esta compra, tenho certeza, mais racional!….

Abraço
Francisco

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

João, pelo que eu saiba o ERJ-145 derivou do Legacy ou vice versa…, mas eles tem dimensões e capacidades diferentes, certamente a EMBRAER faria uma versão despojada de luxo, do Legacy, para a PF…
Mas, melhor com os 2 ERJ-145, do que com 1, mas poderia ser melhor dimensionada esta compra, tenho certeza, mais racional!….

Abraço
Francisco

Hornet
Visitante
Hornet

Francisco AMX em 07 fev, 2009 às 10:40

Tô sabendo. Também procuro fazer o mesmo aqui. Mas nesse caso especificamente, acho que o ERJ145 é uma boa pedida para a PF.

Até porque, como vc perguntou: “e a FAB?” Como vc sabe, a PF não é atrelada ao MD, portanto são verbas distintas. E precisamos ter tanto a FAB bem equipada como também a PF. Nossas fronteiras “secas” são gigantescas… E quem sabe a PF tendo mais autonomia não libera um pouco a FAB para realizar outros trabalhos? Quem sabe, né?

abração

Hornet
Visitante
Hornet

Francisco AMX em 07 fev, 2009 às 10:40

Tô sabendo. Também procuro fazer o mesmo aqui. Mas nesse caso especificamente, acho que o ERJ145 é uma boa pedida para a PF.

Até porque, como vc perguntou: “e a FAB?” Como vc sabe, a PF não é atrelada ao MD, portanto são verbas distintas. E precisamos ter tanto a FAB bem equipada como também a PF. Nossas fronteiras “secas” são gigantescas… E quem sabe a PF tendo mais autonomia não libera um pouco a FAB para realizar outros trabalhos? Quem sabe, né?

abração

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Caro Francisco Foi só uma brincadeira, mas a família Legacy (450, 500 e 600) derivou da família ERJ (135, 140 e 145), assim como temos agora o Lineage, derivado do E190, além dos Phenon 100 e 300, que são projetos novos, todos da aviação executiva. Além disso, os aviões de alerta, patrulha e sensoreamento também derivam dos ERJ. Uma passada no site da Embraer deixa a gente com água na boca ao ver as versões executivas da empresa. Mas fica pra gente pensar. Por que a PF comprou 145 e não 135? Alguma razão deve haver. Como a notícia fala… Read more »

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Caro Francisco Foi só uma brincadeira, mas a família Legacy (450, 500 e 600) derivou da família ERJ (135, 140 e 145), assim como temos agora o Lineage, derivado do E190, além dos Phenon 100 e 300, que são projetos novos, todos da aviação executiva. Além disso, os aviões de alerta, patrulha e sensoreamento também derivam dos ERJ. Uma passada no site da Embraer deixa a gente com água na boca ao ver as versões executivas da empresa. Mas fica pra gente pensar. Por que a PF comprou 145 e não 135? Alguma razão deve haver. Como a notícia fala… Read more »

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Hornet

Que bom que o amigo retornou. Como estava Paris? Você andou por lá, não? O Blog estava se ressentindo da tua ausência e as tiradas de muito bom humor.

Abraços

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Hornet

Que bom que o amigo retornou. Como estava Paris? Você andou por lá, não? O Blog estava se ressentindo da tua ausência e as tiradas de muito bom humor.

Abraços

Jairo
Visitante
Jairo

Francisco AMX defendendo avião para a Força Aérea incompetente???KKKKK

Jairo
Visitante
Jairo

Francisco AMX defendendo avião para a Força Aérea incompetente???KKKKK

Hornet
Visitante
Hornet

João-Curitiba, Paris?!!! Quem dera… Infelizmente, não fui pra lá…fui para uma cidade que fica bem mais perto, aqui no Brasil mesmo…Mas que seria uma boa voltar pra Paris, isso seria, não nego… Certa vez fui fazer um curso em Londres (em Cambridge mais exatamente), fiquei só alguns meses por lá, e durante este curso passei uma semana em Paris…só a passeio. Não queria mais voltar pra Inglaterra de jeito nenhum….hehehe Na verdade, o ideal, na Europa, seria uma junção de Paris com Londres. Em Londres só chove, a comida não é das melhores (tanto as batatas como as inglesas), mas… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

João-Curitiba, Paris?!!! Quem dera… Infelizmente, não fui pra lá…fui para uma cidade que fica bem mais perto, aqui no Brasil mesmo…Mas que seria uma boa voltar pra Paris, isso seria, não nego… Certa vez fui fazer um curso em Londres (em Cambridge mais exatamente), fiquei só alguns meses por lá, e durante este curso passei uma semana em Paris…só a passeio. Não queria mais voltar pra Inglaterra de jeito nenhum….hehehe Na verdade, o ideal, na Europa, seria uma junção de Paris com Londres. Em Londres só chove, a comida não é das melhores (tanto as batatas como as inglesas), mas… Read more »

welington
Visitante
welington

Errata!
No meu comentario substituam Legacy por ERJ135!
Um abraço a todos.

welington
Visitante
welington

Errata!
No meu comentario substituam Legacy por ERJ135!
Um abraço a todos.

André
Visitante
André

Sobre os UAV , a FAB ,MB e EB tem projetos em andamento a FAB esta desenvolvendo um UAV apartir do “Cauã” um projeto do fim da decada de 80 ,mas mesmo sendo antigo a plataforma só serve para o dessenvolvimento do sistema de navagação que será , implantado em uma plataforma nova.Já o EB emcomendou o desenvolvimento para a Avibras (contrato de +- 2 milhoes de ) e a marinha se eu não me engano usa UAV fabricado pela SANTOS.

André
Visitante
André

Sobre os UAV , a FAB ,MB e EB tem projetos em andamento a FAB esta desenvolvendo um UAV apartir do “Cauã” um projeto do fim da decada de 80 ,mas mesmo sendo antigo a plataforma só serve para o dessenvolvimento do sistema de navagação que será , implantado em uma plataforma nova.Já o EB emcomendou o desenvolvimento para a Avibras (contrato de +- 2 milhoes de ) e a marinha se eu não me engano usa UAV fabricado pela SANTOS.

Luciano
Visitante
Luciano

Caro Fábio Max, esta é uma das muitas mentiras vendidas por este governo. Não sou, e nem quero, ser ligado a nenhuma facção política brasileira, porque só me interessa a Política c/ P maiúsculo, o que infelizmente inexiste neste país. Próximo ao fim do mandato de FHC, a Polícia Federal teve um considerável aumento no nº de agentes, através de concurso, porém estes só concluíram o curso durante este governo. É sempre bom lembrar que governos ( de modo geral ) assumem não apenas ‘heranças malditas’, mas também coisas positivas e é sua obrigação avançar, evoluir. Longe de mim querer… Read more »

Luciano
Visitante
Luciano

Caro Fábio Max, esta é uma das muitas mentiras vendidas por este governo. Não sou, e nem quero, ser ligado a nenhuma facção política brasileira, porque só me interessa a Política c/ P maiúsculo, o que infelizmente inexiste neste país. Próximo ao fim do mandato de FHC, a Polícia Federal teve um considerável aumento no nº de agentes, através de concurso, porém estes só concluíram o curso durante este governo. É sempre bom lembrar que governos ( de modo geral ) assumem não apenas ‘heranças malditas’, mas também coisas positivas e é sua obrigação avançar, evoluir. Longe de mim querer… Read more »

Fábio Max
Visitante

Luciano,

Com todo o respeito, e não sendo “lulista”, pelo contrário, sou oposição (embora não PSDB, porque esse partido me enoja), não concordo contigo.

FHC foi péssimo.

Lula pode não ser grande coisa, mas foi infinitamente melhor que o sociologo, como presidente, inclusive para a PF.

Fábio Max
Visitante

Luciano,

Com todo o respeito, e não sendo “lulista”, pelo contrário, sou oposição (embora não PSDB, porque esse partido me enoja), não concordo contigo.

FHC foi péssimo.

Lula pode não ser grande coisa, mas foi infinitamente melhor que o sociologo, como presidente, inclusive para a PF.

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Apoiado Fábio Max, não gosto do Lula, nem com arroz, mas o FHC me enoja, aquele sociologo de araque, que teve a chance de fazer, mas falou mais do que fez…perseguido pela ditadura??? assim até eu! engraçado que os perseguidores, “imorais”, estão por ae, matando cachooro a grito, e os “perseguidos” estão, por aí tb, só que com os bolsos cheios de grana, cada vez mais ricos e monopolizadores do poder! mas tem gente que acredita em conto de fadas, pq não acreditar nestes “coitados” que outrora foram perseguido por uma ditadura nefasta! he he… Lembra o Figueiredo??? pois é… Read more »

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Apoiado Fábio Max, não gosto do Lula, nem com arroz, mas o FHC me enoja, aquele sociologo de araque, que teve a chance de fazer, mas falou mais do que fez…perseguido pela ditadura??? assim até eu! engraçado que os perseguidores, “imorais”, estão por ae, matando cachooro a grito, e os “perseguidos” estão, por aí tb, só que com os bolsos cheios de grana, cada vez mais ricos e monopolizadores do poder! mas tem gente que acredita em conto de fadas, pq não acreditar nestes “coitados” que outrora foram perseguido por uma ditadura nefasta! he he… Lembra o Figueiredo??? pois é… Read more »

Dalton
Visitante
Dalton

Ainda acho que a ” marolinha” só nao virou tsunami, porque FHC começou a colocar a economia nos trilhos.

Foram tempos complicados: crise do Mexico, crise dos tigres asiaticos, crise da Russia, sem falar que o favoritismo do Lula de ganhar a primeira eleiçao fez um estrago consideravel, por conta das bobagens que o Lula dizia nos anos 90.

Também nossa economia nao estava tao ” blindada” como está hj.

Mas, minha opiniao aqui é tao boa como a de qualquer um.

abraços

Dalton
Visitante
Dalton

Ainda acho que a ” marolinha” só nao virou tsunami, porque FHC começou a colocar a economia nos trilhos.

Foram tempos complicados: crise do Mexico, crise dos tigres asiaticos, crise da Russia, sem falar que o favoritismo do Lula de ganhar a primeira eleiçao fez um estrago consideravel, por conta das bobagens que o Lula dizia nos anos 90.

Também nossa economia nao estava tao ” blindada” como está hj.

Mas, minha opiniao aqui é tao boa como a de qualquer um.

abraços

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Caro Francisco AMX

Desculpe eu te corrigir, mas você errou feio ao se referir ao presidente do Senado. Ele é do Amapá….. kkkkkkkkkkkkkkkk

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Caro Francisco AMX

Desculpe eu te corrigir, mas você errou feio ao se referir ao presidente do Senado. Ele é do Amapá….. kkkkkkkkkkkkkkkk