terça-feira, abril 20, 2021

Gripen para o Brasil

PAK-FA: outras concepções

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

sukhoi_t50-1

O projeto iniciou-se no final da década de 80, ainda durante a existência da União Soviética e ao desafio do Governo responderam as fábricas Sukhoi com o Su-47 e a Mikoyan com o Project 1.44. Em 2002, o Governo Russo decidiu que a Sukhoi seria a empresa lider que conduziria o projeto e que definiria a concepção final do aparelho. Foi acertado também que a aeronave a ser desenvolvida deveria incluir tecnologia das duas propostas.

sukhoi_t50_sc7

t50a

- Advertisement -

70 Comments

Subscribe
Notify of
guest
70 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wolfpack

Gosto não se discute não é, mas a proposta anterior parece mais elgante que esta que lembra mais o F22. Ambas não demonstram preocupação com assinatura IR, com os bocais de exaustão bem expostos. Os equipamentos IRST estão cada vez mais sofisticados.

Hornet

Também achei essa concepção mais bonita que a anterior, e mais parecida com o Raptor também…mas ainda gosto mais da concepção que postei na matéria anterior, com as asas invertidas.

Mas essa concepção, das asas invertidas, acho pouco provável se aproximar do que será de fato o T-50…mas se ele, porventura, for daquele jeito, ganha o meu voto para o avião mais bonito e mais futurista já projetado nos últimos 30 anos. Vamos ver o que acontece…

abraços a todos

Guilherme Jacobs

wikipéida neles….mas enfim mesmo com esse caça em termos de stealth, os EUA ainda são inenciveis acontece que a Russia produziu muitos variantes do SU-27 (30, 33, 32/34, 35, 37) mas não aproveitou nenhum deles para ser stealth então agora (um pouco tarde) ele começaram a produzir (Su-47 Mig-1.44/1.42 e o PAK/FA T-50) mas vamos ver o potencial dele,

M. Souza

Lindo não? por que não embarcamos no projeto quando podíamos e os adaptaríamos para usar aviônicos ocidentais?

Mateus_LB

Concordo com o Wolfpack,se for reamelte assim esse é um ponto fraco do T-50,os sensores IRST estão em processo de evolução acelerada os do rafale e EF2000 estão sendo atualizados,apesar q se eu me lembro bem os F-22 raptors ñ tem sensores IRST,mas q provavelmente depois do T-50 sair do papel eles vão providenciar.

Raphael

SU-22 Raptorski?

Almeida

Re: M. Souza em 24 jan, 2009 às 17:47

Porque a Russia nao quis. Eles vieram aqui, o assunto foi posto em discussão pela nosso Governo e eles nem transferência de tecnologia do Su-35 quiseram passar pra gente. Este assunto já foi encerrado em vários outros posts aqui. Abraços!

Torça pelo caça de 5a geração da Suécia/Coréia ou pelo nEUROn. Desses a gente tem chances de participar como parceiro.

RL

Poxa Almeida. Vou embarcar na sua idéia.

Sempre confessei ser uma viuva do Su-35, más pelo fato de não termos entrado no projeto e ainda por cima termos recuado no PAK-FA, vou torcer com você pelo caça da Suécia/Coréia e mais ainda, pelo Neuron, uma vez que minha preferência agora cai sobre o “RAFAEL”..

Abraços.

Wolfpack

Mateus_LB,
Na verdade o F22 Raptor não apresenta um sistema IRST, mas três. Estão dispostos a frente do canopi do piloto, ao lado e a frente do trem de pouso. Todos embutidos na fuselagem.
http://sistemadearmas.sites.uol.com.br/ca/irst3.html

kaleu

Sou muito mais Suécia numa parceria com o Brasil do que Russia… digo mais, se Suécia e Brasil decidirem por um desenvolvimento conjunto para um 5ªG, fica operacional antes desse PAK… já tem supercruise (excencial)… enquanto isso os Russos estão com dificuldades no desenvolvimento do motor do PAK (vide site AREAMILITAR), inclusive de orçamento… esses Russos são muito blá, blá, blá…

abraços
Kaleu

Leo

Galera sinceramente, se a Rússia não tem condições de criar um caça de 5ª geração a Suécia então (que tem um PIB 3 vezes menor que o russo) piorou.

welington

Almeida desde o FX1 os Russos justamente com os Franceses eram os que mais iriam nos transferir tecnologia, o SU-35 BM saiu da disputa pois os EUA fizeram pressão para o mesmo sair(deixarão bem claro que não veriam com bons olhos a aquisição do mesmo e/ou participação no PAK FA juntamente com o VLS e o GLONASS) pois deste modo a Rússia exerceria uma forte influencia sobre o Brasil o que os EUA não querem de maneira alguma. Kaleu os Russo não estão com dificuldades no projeto do novo motor, eles estão desenvolvendo um motor totalmente novo que estará pronta… Read more »

Mateus_LB

Wolfpack
Obrigado pela informação,mas oq disseram é q ele tem tudo para ele ser instaçado mas ainda ñ foi pq a USAF achou q o radar do raptor dava conta do recado sozinho.

madvad

F-22 cover?

Wolfpack

Se sair do papel e tiver recursos para seu desenvolvimento contínuo, será um grande adversário ao F22. Menosprezar a capacidade dos Russos em construir células eficientes nunca é bom negócio. O que sempre estragou tudo foram as doutrinas utilizadas e a baixa disponibilidade dos aparelhos.
Em um conflito curto tudo bem, gasta-se tudo o que se têm em busca de uma cessar fogo, mas quando este se arrasta, o que vemos é que os aparelhos russos ficam estagnados e os aparelhos americanos em contíua evolução, com contra-medidas críadas sob medida ao agressor/oponente.

Mauro Lima

Alguém pode postar mais informações sobre este projeto de caça sueco-coreano… se possível com links!??

Douglas

Olha,
Isso aí não é um projeto original, é um cover do F 22.

Douglas

Assim, até eu projeto aviões.
Instalo aqui no computador um programinha de graficos e imagens, copio uma foto qualquer dou umas pinceladas e digo que o projeto é meu…….

Isso ai em cima é cópia pirata do F 22, deveriam pagar royalties pra Boing… rsrsrsrsrsr

Outra coisa, se ja vai voar cade foto?? a máquina deve estar pronta, não precisa mostrar detalhe não, uma fotinho de longe pro pessoal ver já basta.

Tiago Jeronimo

Esses projetos digitais não passam de fãs russos sonhando com algo, porque de concreto mesmo nem o nome do bixo tem ainda. E nem originais eles conseguem ser, não passam de cópiais mal feitas do Raptor…

welington

Essas projeções ridículas foram as primeiras a saírem na internet, provavelmente feitas por leigos e baseada no F-22, as projeções dos posts anteriores retratam bem a provável concepção do PAK FA,principalmente esta pois a mesma foi publicado pela Saturn, fabricante do motor, foi divulgada por uma fonte confiável, e provavelmente o PAK FA será bastante semelhante a esta concepção. aereo.jor.br/wp-content/uploads/2008/09/pak-fa-t-50-a.jpg A segunda foto demonstra uma parte de um caça que se parece muito com o PAK FA, pois o mesmo possui os lemes traseiros inclinados para fora, alem de todo o dorso da aeronave ser bastante parecido com as projeções.… Read more »

welington

Esqueci de comentar que no segundo link é a segunda foto a que me refiro.

Baschera

Caro Douglas,
O F-22 Raptor é fabricado pela Lockhead Martin(LM) e não pela Boeing.
Sds.

Baschera

Desculpe, leia-se Lockheed Martin (LM)….
Sds.

Dalton

Baschera

O F-22 é fabricado pela LM e pela Boeing, cada uma sendo responsavel por determinadas partes ou sistemas.

Abraços

Dalton

Mas ele disse…” fabricado pela LM” !!!! É que Eu gosto das coisas muito bem explicadinhas…nos seusss miiinimooooossss detalhesssss!!

Abraços

Baschera

Dalton,
Lamento, mas o Mauro está correto.
A Boeing foi contratada para a fabricação de partes do F-22, dizem, a pedido do Pentágono, junto a LM. Lembro que a Boeing perdeu esta concorrência para a LM, que é a contratista principal e integradora dos demais sistemas. Este critério é que é usualmente empregado para designar quem é o “construtor” da aeronave.
Um abraço.

Dalton

Obrigado pela informaçao Baschera e Mauro…

só´quis realçar que a Boeing ao entrar com as asas, a fuselagem traseira e integraçao dos avionicos, portanto, tem uma grande participaçao, nao a maior, na montagem final da aeronave.

abraços

Marlos Barcelos

NÃO SEI PRA QUE O F-22 E O F-35 QUEREM IRST SE FUNCIONA SOMENTE A 35KM DE DISTÂNCIA, COMO ALGUNS AQUI DIZEM, É PERDA DE TEMPO E DINHEIRO, PARA AQUELES QUE DIZEM QUE DE NADA ADIANTA CONTRA OS STELTH, E OS NÃO STELTH SÃO LOCALIZADOS A LOOOOOOONGAS DISTÂNCIAS, PORQUE SERÁ ENTÃO QUE OS F-22 E F-35 TEM IRST?ATÉ MESMO PORQUE DIZEM OS ESPECIALISTAS DESTE BLOG QUE O IRST NÃO TRAVA O ALVO, SERVE APENAS PARA VER OS AVIÕES INIMIGOS NO VÍDEO.

welington

Bom Marlos Barcelos tenho certeza que não esta se referindo a min, pois reconheço e tenho consciência da importância do IRST principalmente no futuro, alas nunca disse que o mesmo não trava alvos, o mesmo consegue efetuar o travamento a media e curtas distancias porem a longas distancias o mesmo AINDA não é capaz de o fazer, alem do mais ele um sensor a mais não o substituto dos radares, mas será um dos principais sensores das aeronaves “anti stealths” principalmente quando tiver a capacidade, sensibilidade e potencia para travar um alvo a longas distancias porem ele não será o… Read more »

Douglas

disse Boing pois o nome dela aparece nas laterais do F 22.

nei

esse aviao ‘e lindo da de 1000 no f22 ele tem o jeitao do flankeres e pelo jeito e grandao maior que o f22 e o loyot e fenomenal.

Bruno de BH    MG

Parecido com o raptor neh? kkkkk Bem. Talvez porque esse novo “conceito” de aerodinâmica já é bem visto nas maiores empresas fabricantes de aeronaves do mundo. O que chama a atenção nele por parte de semelhança com o F-22, é nas laterais, elas tem “dobras” que percorrem a fuselagem ate o pé a asa, e os motores bem separados nas laterais também, que formam um lindo contorno com as asas. E pra terminar nos elevadores tortos na parte de trás. Nunca pense um segundo si quer que os russos então atrás dos americanos. O que podemos perceber é que os… Read more »

Bruno de BH    MG

So mais uma coisinha qui, é bom esse avião russo ser rapido pois as saidas de ar das turbinas dele são o dobro do tamanho das do F-22.
E se os braquinhos do F-22 for mais potentes que as desse ai, eu vo fica triste.

Bruno de BH    MG

OBS: so falei do F-35 pq o F-22 e esse ai me lembram ele.

😉

Wolfpack

Gosto não se discute não é, mas a proposta anterior parece mais elgante que esta que lembra mais o F22. Ambas não demonstram preocupação com assinatura IR, com os bocais de exaustão bem expostos. Os equipamentos IRST estão cada vez mais sofisticados.

Hornet

Também achei essa concepção mais bonita que a anterior, e mais parecida com o Raptor também…mas ainda gosto mais da concepção que postei na matéria anterior, com as asas invertidas.

Mas essa concepção, das asas invertidas, acho pouco provável se aproximar do que será de fato o T-50…mas se ele, porventura, for daquele jeito, ganha o meu voto para o avião mais bonito e mais futurista já projetado nos últimos 30 anos. Vamos ver o que acontece…

abraços a todos

Guilherme Jacobs

wikipéida neles….mas enfim mesmo com esse caça em termos de stealth, os EUA ainda são inenciveis acontece que a Russia produziu muitos variantes do SU-27 (30, 33, 32/34, 35, 37) mas não aproveitou nenhum deles para ser stealth então agora (um pouco tarde) ele começaram a produzir (Su-47 Mig-1.44/1.42 e o PAK/FA T-50) mas vamos ver o potencial dele,

M. Souza

Lindo não? por que não embarcamos no projeto quando podíamos e os adaptaríamos para usar aviônicos ocidentais?

Mateus_LB

Concordo com o Wolfpack,se for reamelte assim esse é um ponto fraco do T-50,os sensores IRST estão em processo de evolução acelerada os do rafale e EF2000 estão sendo atualizados,apesar q se eu me lembro bem os F-22 raptors ñ tem sensores IRST,mas q provavelmente depois do T-50 sair do papel eles vão providenciar.

Raphael

SU-22 Raptorski?

Almeida

Re: M. Souza em 24 jan, 2009 às 17:47

Porque a Russia nao quis. Eles vieram aqui, o assunto foi posto em discussão pela nosso Governo e eles nem transferência de tecnologia do Su-35 quiseram passar pra gente. Este assunto já foi encerrado em vários outros posts aqui. Abraços!

Torça pelo caça de 5a geração da Suécia/Coréia ou pelo nEUROn. Desses a gente tem chances de participar como parceiro.

RL

Poxa Almeida. Vou embarcar na sua idéia.

Sempre confessei ser uma viuva do Su-35, más pelo fato de não termos entrado no projeto e ainda por cima termos recuado no PAK-FA, vou torcer com você pelo caça da Suécia/Coréia e mais ainda, pelo Neuron, uma vez que minha preferência agora cai sobre o “RAFAEL”..

Abraços.

Wolfpack

Mateus_LB,
Na verdade o F22 Raptor não apresenta um sistema IRST, mas três. Estão dispostos a frente do canopi do piloto, ao lado e a frente do trem de pouso. Todos embutidos na fuselagem.
http://sistemadearmas.sites.uol.com.br/ca/irst3.html

kaleu

Sou muito mais Suécia numa parceria com o Brasil do que Russia… digo mais, se Suécia e Brasil decidirem por um desenvolvimento conjunto para um 5ªG, fica operacional antes desse PAK… já tem supercruise (excencial)… enquanto isso os Russos estão com dificuldades no desenvolvimento do motor do PAK (vide site AREAMILITAR), inclusive de orçamento… esses Russos são muito blá, blá, blá…

abraços
Kaleu

Leo

Galera sinceramente, se a Rússia não tem condições de criar um caça de 5ª geração a Suécia então (que tem um PIB 3 vezes menor que o russo) piorou.

welington

Almeida desde o FX1 os Russos justamente com os Franceses eram os que mais iriam nos transferir tecnologia, o SU-35 BM saiu da disputa pois os EUA fizeram pressão para o mesmo sair(deixarão bem claro que não veriam com bons olhos a aquisição do mesmo e/ou participação no PAK FA juntamente com o VLS e o GLONASS) pois deste modo a Rússia exerceria uma forte influencia sobre o Brasil o que os EUA não querem de maneira alguma. Kaleu os Russo não estão com dificuldades no projeto do novo motor, eles estão desenvolvendo um motor totalmente novo que estará pronta… Read more »

Mateus_LB

Wolfpack
Obrigado pela informação,mas oq disseram é q ele tem tudo para ele ser instaçado mas ainda ñ foi pq a USAF achou q o radar do raptor dava conta do recado sozinho.

madvad

F-22 cover?

Wolfpack

Se sair do papel e tiver recursos para seu desenvolvimento contínuo, será um grande adversário ao F22. Menosprezar a capacidade dos Russos em construir células eficientes nunca é bom negócio. O que sempre estragou tudo foram as doutrinas utilizadas e a baixa disponibilidade dos aparelhos.
Em um conflito curto tudo bem, gasta-se tudo o que se têm em busca de uma cessar fogo, mas quando este se arrasta, o que vemos é que os aparelhos russos ficam estagnados e os aparelhos americanos em contíua evolução, com contra-medidas críadas sob medida ao agressor/oponente.

Reportagens especiais

Momentos da história do AMX nos anos 80 em notícias do Estadão

Pesquisando no arquivo do Jornal O Estado de São Paulo, encontramos algumas notícias sobre o avião de ataque ítalo-brasileiro...
- Advertisement -
- Advertisement -