Home Noticiário Internacional Presidente do Equador afirma “poder comprar aviões em outro lugar”

Presidente do Equador afirma “poder comprar aviões em outro lugar”

193
154

O presidente do Equador, Rafael Correa, classificou ontem de ” desproporcional e fora de lugar ” a decisão do Brasil de chamar para consultas seu embaixador em Quito. E acusou, sem dar provas nem indícios, a construtora Odebrecht de corrupção, indicando-a como responsável pela crise diplomática entre os dois países. A empresa nega a acusação. Correa sugeriu ainda que o Equador pode comprar aviões militares de outro país caso o Brasil decida suspender a venda de aeronaves da Embraer.

” A culpa do que está acontecendo é da Odebrecht, empresa corrupta e corruptora que causou danos ao país, e de certos contratos de empréstimo que têm sido um verdadeiro assalto, como esse para financiar a empresa [hidrelétrica] San Francisco ” , disse o presidente, em declarações veiculadas ontem pelo site da Presidência do Equador. Correa não disse no que baseia suas acusações à empresa.

Em relação ao contrato, a principal queixa é a cobrança de juros sobre juros. O código civil equatoriano proíbe essa cobrança acumulada, mas o financiamento outorgado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) foi renegociado e aceito pelo governo Correa. A hidrelétrica de San Francisco parou por problemas técnicos no primeiro semestre e, após várias críticas à Odebrecht, Correa a expulsou no mês passado. Quito apresentou semana passada um pedido de arbitragem internacional do contrato.

O presidente afirmou ainda que ” a unidade latino-americana se vê afetada quando há companhias como Odebrecht, financiadas por créditos que incluem anatocismo [capitalização dos juros de um valor emprestado] ” .

A assessoria de imprensa da construtora reagiu dizendo que ” repudia as declarações ” , que ” ao longo de 21 anos que operou no Equador nunca foi acusada de corrupção e que o governo atual faz alegações sem provas ” . Após reparar a hidrelétrica, a empresa foi forçada a sair do país, deixando quatro obras para trás e contratos que somavam US$ 670 milhões.

Sobre a compra de 24 aviões militares Super Tucano, da Embraer, Correa disse que descarta a suspensão do negócio, mas sustenta que caso o Brasil suspenda a operação, aeronaves poderiam ser adquiridas de outros países. ” A balança comercial com o Brasil tem um déficit de US$ 702 milhões, e nós, em nome da integração regional, sempre buscamos privilegiar os mercados regionais. Mas podemos comprar [aviões] de outra nação “ .

Fonte: Valor Econômico

Subscribe
Notify of
guest
154 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Henrique Sousa
Henrique Sousa
12 anos atrás

Eles vão aprender da melhor forma possível (não necessariamente a mais fácil, muito pelo contrário) que num calote o principal prejudicado e o próprio caloteiro.

Tirando alguma instituição estatal da Venezuela, duvido alguém financiar o governo equatoriano.

Invincible
Invincible
12 anos atrás

Ele que vá comprara avião na…

Rato safado!

Populista sem vergonha… A única coisa que ele queria era chamar atenção e se promover no país… so que o tiro saiu pela culatra!

Eles que voltem a plantar banana que é a única coisa que ele sabe fazer

Lecen
Lecen
12 anos atrás

!!URGENTE!!!

—ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!—

O Brasil está oficialmente FORA do PAK-FA!!!

Segundo o comandante da aeronáutica, Juniti Saito: “Não quero denegrir a imagem do Sukhoi, mas o projeto não se encaixou nas nossas necessidades.”

Pois é pessoal, nos ferramos mais uma vez! Os franceses ganharam! Trocamos um caça de quinta geração pelo famigerado Rafale!

E viva as republiquetas latino-americanas!!

Fonte: http://www.terra.com.br/istoedinheiro/edicoes/582/o-que-os-russos-querem-do-brasil-eles-tentam-vender-117144-1.htm

Lecen
Lecen
12 anos atrás

Ah, para o Sato, provavelmente é mais interessante para o Brasil manter os F-5 eternamente! Se encaixa mais nas necessidades do país!

Lecen
Lecen
12 anos atrás

Segue transcrição da matéria: Mas se o choro vem de um lado, ele é repetido do outro. Os russos ainda não se conformam de terem sido excluídos do FX2. Oficialmente, a FAB diz que os Sukhoi não atendiam os pré-requisitos necessários ao programa. Mas um comparativo superficial enterra a tese. Os três modelos que foram escolhidos para a disputa final são o Rafale, da francesa Dassault, o F-18 Super Hornet, da americana Boeing, e o Gripen NG, da sueca SAAB. O F-18 é um caça de 4ª geração, enquanto o Rafale está na 4ª geração e meia. O Gripen NG,… Read more »

RL
RL
12 anos atrás

Voltando a matéria. Acredito que todo país, assim como Brasil e Equador tem todos os seus direitos reservados principalmente quando em interesses internos. Tem um ditado que diz “Antes de assinar qualquer contrato a olhos fechados, leia-o da primeira à última palavra”. Pior do que não terem lido, é terem concordado com alterações nas questões dos juros, tanto que reescreveram-no. Problemas operacionais, são passiveis de acontecer mesmo com a mais “perfeita” das gestões, uma vez que imprevistos são impossiveis de prever. Neste caso, o maior culpado não é a construtora brasileira “apenas” que acredito ter sim sua parcela de culpa,… Read more »

Don D
Don D
12 anos atrás

Quero ver que porcaria eles vão conseguir comprar sem crédito na praça, talvez uns P-40 do Butão, ou uns Ultraleves de ataque, com capacidade para incríveis rojões de 3 salvas, e cabides para bombinhas track.

Caloteiro pilantra tem de se danar.

Fábio Max
12 anos atrás

Ele que compre aviões russos ou chineses.

Ou que receba uns OV-10 Bronco dos excedentes do imperialismo americano.

Ou que simplesmente bata suas asas de urubu e faça as tarefas da FAE!

Fábio Max
12 anos atrás

O que este senhor está fazendo, equivale a MORATÓRIA!

E se assim for entendida por organismos internacionais de crédito, será outro pária da comunidade econômica internacional, tal qual a Argentina, dependente dos humores de Hugo Chaves…

Henrique
Henrique
12 anos atrás

O Presidente Correa transformou um problema contratual de uma empresa privada em uma crise política se esquecendo de tudo que o Brasil fez até o momento pelo Equador, inclusive perdoando (imperdoável) dívidas daquela país. Quem vai perder é ele mesmo e espero que o Brasil mantenha atitudes firmes com esta gentalha. Os “Bolivarianos” já estão mais do que manjados pela comunidade internacional e NINGUÉM será burro o suficiente para aprovar créditos ou financiamentos para esta corja de caloteiros. O Brasil poderia mostrar superioridade agora e reverter esta encomenda para a própria FAB, seria um cala boca exemplar e não prejudicaria… Read more »

tomas
tomas
12 anos atrás

Minha gente! Vender os A-29 Super Tucanos para o Equador no atual governo do sr. Correa, seria uma bomba de efeito retardado para a Embraer, BNDS e o Brasil.
A alegação do sr. Correa sobre ” a unidade latino-americana” é uma balela!
A partir do momento em que o seu governo tomou uma atitude “unilateral” sem aviso prévio para com outro governo, no caso o nosso, deu indícios que ele não acredita no que fala.
Com amigos assim, quem necessita de inimigos!!!

Igor
Igor
12 anos atrás

Radicais vcs são. Parecem bolivarianos auiehuiaheuhaeui.

GustavoB
GustavoB
12 anos atrás

Mas que tal o bicho, esse vai aprender muito antes do que espera.

Alfredo_Araujo
Alfredo_Araujo
12 anos atrás

“Os “Bolivarianos” já estão mais do que manjados pela comunidade internacional e NINGUÉM será burro o suficiente para aprovar créditos ou financiamentos para esta corja de caloteiros.”

Mto sensata essa sua frase!!!
Concordo plenamente!!

Henrique Sousa
Henrique Sousa
12 anos atrás

De forma alguma fico desapontado com a não realização desta venda.

Ver uma arma como o Super Tucano ser operado em um pais com a atual conjuntura como o Equador não me parece muito prudente.

Túlio
Túlio
12 anos atrás

Concordo com o Tomas, o Correia fez tudo sem dar uma satisfação ao nosso governo e depois veio com esse papo de unidade latina.
Não podemos negar, quer comprar compre, mas não fique enchendo o saco.

Tô de saco cheio desses populistas fanfarrões.

kaleu
kaleu
12 anos atrás

Concordo com vc amigo RL, sim comércio internacional é importante e esta venda ao Equador, além de importante economicamente à Embraer, tbm é importante na consolidação da influência brasileira no continente, sim temos que vender, porém NÃO A QUALQUER CUSTO, primeiramente não estamos desesperados a ponto de vender a um cliente que está questionando um contrato ASSINADO com o BNDES e em segundo lugar não queremos comércio onde esteja envolvido um DITADOR que se vê no direito de fazer o papel do Judiciãrio em seu país, pois, no caso da Odebrecht ele mesmo (Rafael Correa) JULGOU E SENTENCIOU a empresa… Read more »

Igor
Igor
12 anos atrás

É o caso mas quem irá investigar? Eles são super bem representados no congresso nacional, lobby poderosíssimo.

kaleu
kaleu
12 anos atrás

Caro Amigo Lecen, as palavras do Cmte. Saito foram publicadas pelo site do Terra FORA DO CONTEXTO, veja a reportagem original : –

http://defesabrasil.com/site/index.php/Noticias/FAB/FAB-pretende-fechar-compra-de-cacas-no-segundo-semestre-de-2009.html

abraço
Kaleu

Lucius Clay
Lucius Clay
12 anos atrás

Acredito que o governo brasileiro ainda não vetou a venda, mas descarta financiá-la sobre qualquer hipótese, se ele não vai pagar, como é que vou financiar mais? Esta deva ser a questão, credibilidade que o Equador perdeu.

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Acho que os amigos já comentaram apropriadamente, mas só gostaria de acrescentar mais uma coisa: notícias assim fazem parte da situação de crise…é uma maneira do Equador pressionar ainda mais o Brasil… Só penso uma coisa a respeito disso: quem tem mais a perder não é o Brasil…até mesmo na questão pontual do Super Tucano. O Equador não quer, tuuuudo bem. Tem quem quer….rs. Mas acho que isso tudo faz parte do jogo político entre os dois países, faz parte da “guerrinha de nervos” que o Bananeiro equatoriano está querendo travar com o Brasil. Vamos ver até aonde ele tem… Read more »

Wagner_ASW
Wagner_ASW
12 anos atrás

CORREA, é mais um idiota que que se achar nas custas do Brasil… Ta rindo a toa o palhaço bolivariano !!! Deixe que ele compre aviõezinhos de outros países… quero ver pagar tudo isso e depois quero ver ele manter tudo isso… é um fanfarrão mesmo!!! Ta se achando o “tal do presidente”. Acho que é uma febre aqui na America Latina. Quanto presidentezinho eleito se achando ao bonzão da bola!!! Meu Deus… estamos cercados de idiotas… Daqui uns dias até as Guianas, Suriname, Uruguai, vão começar a se achar tambem…rsrsrsrsrsrsrsr !!!!

TheSpiritofStLouis
TheSpiritofStLouis
12 anos atrás

Esse trio é foda. “Tiro no pé” é o nome disso.

Hornet
Hornet
12 anos atrás

E sobre o Brasil suspender o finaciamento da compra dos aviões…nada mais lógico e justo. Tem que fazer isso mesmo.

É o tal negócio, agora vai ser um tal de “eu não vou mais fazer isso pra vc”…”mas eu também não queria mesmo”…rs.

Enquanto essa crise estiver na odem do dia, teremos sempre assuntos assim…

Mas reafirmo: quem tem mais a perder não é o Brasil, então o Correa precisa ver até aonde ele quer mesmo manter toda essa postura “dura” que vem mantendo…vamos ver…

quem pode mais, chora menos…

abraços a todos

Julio
Julio
12 anos atrás

Concordo que a venda dos aviões seria muito interessante do ponto de vista comercial e político, mas, sejamos coerentes, que dá um calote somente para ter o apoio popular para seu governo, com certeza irá dar um segundo calote. O grande erro foi do nosso Governo que abaixou a cabeça para a Bolívia. Se naquele momento tivessemos agido com energia…Rafael Correa não estaria agindo dessa forma. Lógico também não estaria agindo se Hugo Chaves não estivesse dando apoio. Sds

Invincible
Invincible
12 anos atrás

O Governo brasileiro não vai vetar a venda de forma aberta, para não dar mais argumentos para aquele papagaio de pirata que é o Rafael Correa.

Simplismente vão inviabilizar o projeto cortando financiamentos. Dessa forma ele vai sentir o ferro quente sem poder reclamar.

Marco
Marco
12 anos atrás

Observaram como Bolívia (Petrobras), Nicaragua (Etanol), Equador (Odebrecht), Paraguai(Itaipu) provocam o Brasil enquanto o primo maior dos bolivarianos fica só olhando e exercitando com a Rússia e desafiando os EUA. Ou seja o “recado” é para o Brasil. Mexa com meus aliados que eu os defenderei.E o Brasil só consegue fazer um cenariozinho pra inglês ver. Quero ver quando chegar a vez da Venezuela que vai chutar o balde da integração e testar o Brasil invadindo a Guiana. Por mim nosso país tem que ir mais longe com essa história e mostrar que podemos viver sozinhos na AL enquanto eles… Read more »

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
12 anos atrás

que compre em outro lugar, acho bom mesmo, até mesmo porque não paga ninguém, quem vede pra caloteiro sabe que não recebe.

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
12 anos atrás

vende

Nailton
Nailton
12 anos atrás

Gostaria de ver uma resposta dura e sem os palavriados educados da diplomacia. Um exemplo vale por mil palavras. Tiamos que ter jogado duro com a Bolivia para não ter que ver esse tipo de constrangimento pelos outros loucos do continente. Poderiamos agora estar levando a corte internacional o problema do calote na Odebretch e meter pressão militar nesses chupa pau de Chavez. Eles estão assim por que Chavez esta dando confiaça de que não deixaria o Brasil de Lula endurecer militarmente.

Wilson Johann
Wilson Johann
12 anos atrás

Vou dar o meu pitaco nessa história também: “quem muito se abaixa, acaba expondo o rabo”. É o que está acontecendo com o Brasil. Tá todo mundo tirando o pais prá bôbo. Estamos ficando desmoralizados. É melhor o Brasil assumir seu papel de lider latinoamericano e pôr ordem na casa, antes desses bagunceiros fazerem coisa pior. Tá na hora do Brasil fazer valer o o peso econômico que tem na américa latina, pois, na verdade, esses paises todos dependem de nós economicamente. A verdade é essa. Tá passando da hora de endurecer com esses bolivarianos.

Abraços!!!

Lince Arpoador
Lince Arpoador
12 anos atrás

É melhor não arriscar a vender os Super Tucanos, depois algum piloto equatoriano faz uma m….. e derruba o avião, aí o Sr. Rafael Correa vai falar que não vai pagar o empréstimo, pq o avião é ruim ou teve falha na sua construção!
Fala sério, não precisamos de níguem depreciando nossos aviões ou colocando mais uma empresa brasileira, com expressão mundial, na berlinda!

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

Amigos,que gostava dos velhos tempos dos Trapalhões,pois é,eles voltaram !(Hugo Chavez,Rafael Correia,Rego Imoralez e Lugo!)

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Eu não tô nem aí. Eu também não gosto dele!

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Agora falando sério. Sobre os caças russos até eu que não sou muito chegado acho hilário um comandante da FAB dizer: “Não quero denegrir a imagem do Sukhoi, mas o projeto não se encaixou nas nossas necessidades”. Fica parecendo que temos uma força que prima por ter equipamentos de última geração e dinheiro à vontade. Seria cômico se não fosse trágico. Agora as viúvas do Su devem também dar um desconto que ninguém sabe (eu pelo menos não) quais foram as diretrizes da FAB para o seu novo caça. Um grande diferencial do Sukhoi é a grande autonomia/alcance, mas seria… Read more »

Marco
Marco
12 anos atrás

Rússia propõe cooperação nuclear com o Equador
Plantão | Publicada em 27/11/2008 às 17h11m O GLOBO

“QUITO (Reuters) – A Rússia está interessada em ampliar a cooperação energética com o Equador, inclusive em atividades nucleares, disse o chanceler Sergei Lavrov na quinta-feira em visita ao país andino.”

“Se o Equador estiver interessado, podemos discutir projetos”, disse Lavrov à Reuters, quando questionado sobre a questão nuclear. “Listei áreas em que podemos oferecer tecnologia. Cabe ao governo do Equador decidir se está interessado.”

UMA PERGUNTA : QUEM TEM INVADIDO O SITE DA FAB REITERADAMENTE?
É LÓGICO QUE É UMA PROVOCAÇÃO DA …

Walderson
Walderson
12 anos atrás

Amigo Bosco,

penso que vc está redondamente enganado. Eu explico. O Comandante da FAB está apenas seguindo a diretriz do chefe dele, o Min. Jobin, que disse que o F-35 é avançado demais pra nós. Aliado ao que vc disse, nossa diretriz é pegar caças no bagaço e modernizá-los na EMBRAER. kkkk. Viu como vc estava errado?

Agora falando sério, concordo contigo, Bosco. Tb não entendi a do Brigadeiro.

Um abraço, amigo.

tomas
tomas
12 anos atrás

Como o Marco bem falou, o recado é para o Brasil… e não é de hoje. Há algum tempo venho dizendo que uma verdadeira “cortina de ferro” bolivariana vem sendo montada em nosso entorno desde que o sr. Hugo Chávez retomou o poder na Venezuela. Muito embora muito dos nossos comandantes militares saibam disso, por uma questão política e de retórica, não fazem comentários. É só ler alguns dos ditames que vem sendo colocados dentro da Escola Superior de Guerra da Venezuela desde o começo dos anos 90 elaborados por alguns oficiais de alta patente, mentores do ‘Chapolin”, para chegar… Read more »

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Bosco e Walderson, eu entendo diferente as palavras do Brigadeiro Saito. quando ele diz: “Não quero denegrir a imagem do Sukhoi, mas o projeto não se encaixou nas nossas necessidades”. Não acho que ele esteja se referindo ao projeto do avião em si, no caso, o sonho de consumo do nosso amigo Wellington. Acho que ele está se referindo ao projeto que a Sukhoi/Russia apresentou ao Brasil, e que deveria envolver a tal transferência de tecnologia (principalmente), que ao que tudo indica, os russos não quiseram (ou não souberam negociar para) transferir. Assim, acho que o problema não está no… Read more »

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Bosco e Walderson, Mas, se minha leitura acima estiver correta, não deixo de ter uma dúvida sobre as declarações recentes do Brig. Saito: quando ele diz que os americanos (Boieng) estão dispostos a repassar tecnologia, mas que ele (Saito) gostaria de ver isso no papel (algo assim, pois cito de cabeça). Aqui é que eu vejo problemas nas palavras do Brigadeiro. Como assim, “gostaria de ver no papel”? Isso deveria já ter sido confirmado antes da escolha do Super Hornet para a short list, não concordam? Não dá para “ver depois” numa situação dessas, na minha opinião? o que os… Read more »

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
12 anos atrás

O Brasil queria os f-35, mas os americanos mandaram proposta pros f-16 dizendo que era o melhor avião pelo melhor preço, não quiseram nem negociar, então pra comprar um caça pra eles ficarem restringindo armamentos dizendo o que nós podemos comprar é melhor comprarmos um caça um pouco mais atrasado mas armados até os dentes, tenho certeza que os Rafales dão conta do recado, principalmente se compararmos com caças europeus , russos e as forças armadas sulamericanas.

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Wanderson,
um abraço pra você também meu caro.

Hornet,
a coisa toda me cheira um pouco mal. Eu acho que não tem é nada de papel, nada de concorrência, nada de plano, nada de avião.
Ou seja, do jeito que a coisa anda, não tem é nadica de nada.
Um abraço no melhor estilo ISAMHOGA* pra você também.

*Insectossauro androgênico mutante homicida da Galáxia de Andrômeda

Wolfpack
Wolfpack
12 anos atrás

Criaram a cobra agora agüentem, o Marco Aurélio Garcia deve adorar tirar ferias em Cuba, Venezuela, Moscou, Bolívia, Ecúador… Nossa quanta porcaria junta…

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Bosco,

se for assim do jeito que vc está pressentindo, então a coisa não está feia…está medonha!!!

Tomara que vc esteja errado e que seus pressentimentos só se dêem bem quando o assunto é a invasão da Terra pelos seres mutantes liderados pelo Michael Jackson. Tomara. Mas eu também tenho algumas desconfianças em relação ao processo todo…mas vamos ver no que dá.

um forte abraço ISAMHOGA

Julio
Julio
12 anos atrás

Caro Wilson Johann, ser feito de bobo já é ruim, o duro é ser feito de bobo pelo Paraguai, Bolivia, Equador e Venezuela e ainda emprestar dinheiro e financiar obras nessess paises. Quando olho o mapa da America do Sul, vejo o tamanho do Brasil e desses bolivarianos…é um absurdo..temos poder e tamanho para tornar esses países totalmente dependentes. Caro Wolfpack, discordo totalmente de vc. O Marco Aurelio Garcia, assessor para coisa alguma, não deve tirar férias..deve sim trabalhar e muito, de preferencia sob sol e chuva para devolver os milhoes de dolares que ele ajudou a dar para a… Read more »

Henrique
Henrique
12 anos atrás

Caros colegas, Entrando no campo dos comentários aos Russos… vcs notaram que, com a cambada “boliviariana” estes estão expandindo aos poucos sua influência e comércio com os “hermanos”? Se fosse o Brasil (minha opinião) aproveitaria o momento de fragilidade dos EUA (principalmente deste) e Europa e tentaria prover ao nosso país acordos militares que nos traga reais possibilidades de desenvolvimento em defesa e IMPOSIÇÃO militar às comadres do entorno. Talvez seja por isso que não se deu a devida importância aos equipamentos russos, os americanos devem estar realmente preocupados com a influência na AL e o Brasil ainda é a… Read more »

welington
welington
12 anos atrás

Isto é ridículo, os russos sempre estiveram dispostos a nos transferir tecnologia, esta desculpa esfarrapada não tem fundamento, mas tudo bem não teremos nem o SU-35 BM nem entraremos no PAK FA T-50 e teremos um caça que quando chegar já vai estar se tornando obsoleto, isto é uma vergonha, mas ta tudo bem NE, é Brasil, alem do mais a frança vai nos transferir tecnologia do super cougar a uma taxa máxima de 50% em mais de 10 anos isto é ridículo. Sinto que o que o Brasil fez com a Alemanha foi a mesma coisa que fizeram com… Read more »

welington
welington
12 anos atrás

Wolfpack em 27 nov, 2008 às 17:46
Criaram a cobra agora agüentem, o Marco Aurélio Garcia deve adorar tirar ferias em Cuba, Venezuela, Moscou, Bolívia, Ecúador… Nossa quanta porcaria junta…

Voçe acha Moscou uma porcaria?

Bosco
Bosco
12 anos atrás

” A culpa do que está acontecendo é da Odebrecht, empresa corrupta e corruptora que causou danos ao país, e de certos contratos de empréstimo que têm sido um verdadeiro assalto, como esse para financiar a empresa [hidrelétrica] San Francisco ”
Alguém saberia me dizer quantos funcionários públicos o Correa mandou prender por terem sido corrompidos pela Odebrecht e quantos estão atrás das grandes pelo mesmo motivo em relação ao BNDES?
Sem falar nos fiscais do governo federal equatoriano que deveriam estar seguindo a construção da usina e foram no mínimo irresponsáveis.

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Pela gravidade do fato e pelo montante de recursos envolvidos as cadeias equatorianas devem estar abarrotadas de funcionários corruptos, literalmente saindo pelo ladrão, dado ao ímpeto patriótico do presidente Correa e a sua honestidade e retidão de princípios.