sexta-feira, maio 14, 2021

Gripen para o Brasil

Tradução da palestra do Coronel Terrence Fornof da USAF – 1a. parte

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Os vídeos do YouTube “IAF SU-30 MKI Red Flag Lecture Part 1 & Part 2” do coronel Terrence Fornof, um piloto de F-15 e diretor do Requirements and Testing office do USAF Warfare Center, na Base Aérea de Nellis, mostram o oficial dando um briefing privado de improviso, em agosto de 2008, a um grupo de pilotos aposentados conhecidos como “Daedalians”.
Segundo um comunicado oficial da Base Aérea de Nellis, o coronel Fornof não quis ofender qualquer aliado dos EUA, pois ele sabe em primeira mão a importância do treinamento com as forças aliadas e o fabuloso poder de fogo que trazem para a luta. Seus comentários durante este briefing são opiniões pessoais e não são os mesmos do Warfare Center ou da USAF.

A transcrição/tradução é do nosso amigo e colaborador Marine, que se prontificou a nos ajudar a colocar essas informações ao alcance de mais leitores.

“Eu tive a oportunidade…já houve uma discussão na nossa mesa sobre o SU-30 MKI, MKI significa I para Índia, MK na Rússia quer dizer que o M é o mais novo SU-30 e o K é a versao de exportação. Esses são aviões com “vector thrust”, “canards” e todas as armas avançadas que os russos construíram, incluindo o seu missil “active-radar” e o missil IR com alcance de 30 milhas que está na revista Jane’s…Vocês podem ler a Jane’s sobre esses avioes…(Risos).

Nós os recebemos aqui em Mountain Home(??) por 2 semanas aonde treinamos com eles e lhes ensinamos como voar para a Red Flag…E algumas coisas aonteceram: 1- Percebemos que os motores que estão nesses aviões são muito sensíveis a danos de objetos estranhos (Foreign Object Damage).
E a razão que isso é importante é que eles têm que levar 1 minuto antes de decolar e em um exercicio como o Red Flag em que lançamos de 60 a 80 avioes, se voce tem alguem que vai levar 1 minuto entre decolagens para lancar 6 avioes…”Falou! Vai encontrar outro lugar para você voar!” Então treinamos com eles e trabalhamos com eles para que encurtassem esse tempo para 45 segundos; ainda assim não aceitável; mas o que fizemos foi…Vocês vão decolar primeiro e chegando no espaço aéreo vão esperar pelos outros, porque eles carregam muita gasolina e podem fazer isso.

Eles estavam muito preocupados com F.O.D. é o fato que os motores russos não são tão confiáveis quanto os americanos. Uma das coisas que os indianos estavam muito desapontados é que quando danificavam os motores com F.O.D., os russos faziam com que mandassem esses motores de volta à Rússia e os russos os mandavam motores novos e os próprios russos fariam todo o trabalho lá na Rússia. O que não era uma situação perfeita para eles estando aqui nos EUA sem motores sobressalentes.
Como voaram? Bem, acho que a melhor maneira de descrever…Acho que tinha algo no jornal ontem mas eu não vi, tinha muita coisa nos jornais de aviação e vai haver muito mais sobre esse avião. Se você gosta de ir no computador e olhar no youtube, existe um ótimo vídeo de demonstração em que alguém colocou junto o F-22 voando sua demonstração e tem o piloto de demonstração do SU-30 voando também, fazendo sua demonstração exatamente igual ao F-22.

Em um show aéreo eles podem fazer a mesma demonstração, mas na realidade isso é o mais próximo que os aviões chegam um do outro. Quando comparado com aviões do EUA, aonde estão com relação ao F-16 e F-15? Ele é um pouquinho melhor do que nós. E isso é muito impressionante, tem um radar melhor, mais empuxo, tem “vector thrust”, armas com mais alcance…muito impressionante! Agora o que você tem que adicionar é o treinamento! Bem me deixa falar do F-22, está aqui em cima…ok…próximo!
Manobrando, uma coisa que fizemos muito foi lutar mano-a-mano e estávamos preocupados porque quando havíamos ido à Índia antes e lutamos com eles, sempre tiveram seus melhores pilotos, sempre lutamos com eles no “Nellis” deles e nós sempre tínhamos uma unidade operacional de Kadena, entre outros, aonde a “ratio” de experiência era de 80% de caras inexperientes com menos de 500 horas de vôo e 20% de caras que, na maioria das vezes, eram experientes, mas passaram os últimos tempos em posições de Estado-Maior e depois voltaram a voar, mas já tinha muito tempo que não voavam. Então eles foram lá e meio que agüentaram o tranco, mas os indianos bateram nos peitos e disseram…”Olha fomos capazes de bater neles mais do que eles foram capazes de nos bater”. E isso foi verdade lá.

Bem, eles vêm à nossa base e trouxeram uma unidade operacional normal de SU-30 com uma “ratio” de experiência de 50/50 e seus caras experientes todos tinham vindo do MiG-21 Bison e o Bison é um aviao porreta! É um MiG-21 que muitos de vocês se lembram da era do Vietnã, exceto que colocaram radares de F-16 no nariz feitos pelos israelenses, carregavam misseis “active-radar” e um “jammer” israelense que os faziam praticamente invisiveis aos nossos radares originais do F-16 e F-15. E se vocês se lembram dos dias dos 44/77, o MiG-21 tinha a capacidade de entrar em uma “scissors” com você a 110 nós e 60 graus de mergulho de nariz e ir de 10.000 a 20.000 pés. Um avião muito manobrável, mas não tinha muitas armas boas; Agora tem um capacete com abertura “off bore sight” IR, missil “active-radar” e um “jammer” que lhes deixa se aproximar.

E daí que os pilotos experientes deles vieram para entrar no SU-30 e eles achavam que eram muito bons em lutas próximas. Então eles chegaram à nossa base e nós não nos preocupamos muito e deixamos o pessoal dos esquadrões operacionais brigarem com eles, mas depois eu e outros que usamos a mesma “bolacha” fomos lá brincar com eles um pouco também. Incrivelmente nós os dominamos! Os dominamos não com um F-15 limpo, quer dizer, sem tanques externos e esse tipo de coisa. Nós os dominamos com F-15s em configuração de guerra, quer dizer, com 4 mísseis, tanques externos com gasolina neles e tudo e eles estão lá com seus SU-30 limpos, com excecao de um “pylon” para carregar um “pod” que não tinha nada nele.
Eles ficaram impressionados, tão frustrados ao ponto que depois dos primeiros 3 dias eles disseram: “Quer saber de uma coisa? A gente não precisa fazer mais esse negócio de mano-a-mano, vamos partir pra outra coisa…” E nós ficamos desapontados porque na Índia só queriam fazer mano-a-mano porque estavam ganhando. (Risos).

Vector Thrust, o Raptor tem vector thrust, e de duas dimensoes mas funciona no modo “pitch”, quando o avião puxa e passa de um certo peso-ar; não é velocidade aérea; é um limite de peso-ar; em uma manobra “post stall” então o “vector thrust” entra em ação e voa o avião. No SU-30 ao invés de tê-lo em duas dimensões, no “pitch” ele tem em um “V”, se voce olha para a traseira do aviao o “thrust” move como em um “V” e o que isso faz é…ele não necessariamente tem que estar em uma manobra “post stall”, eles apertam um botão no manche e ligam o vector thrust, então se o avião estiver em uma manobra “scissors” e ele quer ir p/ direita ao invés de usar os “rudders” ele liga o vector thrust e põe o manche p/ direita e isso faz com que o “nozzle” puxe o avião para a direita.

Agora enquanto isso é bom e ótimo para muito empuxo o que isso faz e criar “drag” maciço, ele é um aviao grande, um aviao enorme e agora está sendo chutado e movido pelos céus, então o que acontece é que enquanto ele pode mover seu nariz, ele começa a cair…Bem…O que nós fazemos?
Nós temos enfrentado os Raptors e tomado uma surra e dizemos: Bem a única chance que você tem contra o Raptor é quando ele está manobrando e vindo de seu canto e você tem um cara inexperiente, porque os experientes sabem não entrar nessa mas o inexperiente…Não estou brincando mas olha só…28 graus p/ segundo de “turn rate” a 20.000 pés (assobio, Jesus!), o F-15 tem uma instantânea de 21 graus e mantida de 15-16 graus, já o Raptor pode manter 28 graus, e alguns desses caras novos inexperientes acham que isso nao é suficiente p/ eles, querem mais do que isso, então vem vindo pelo canto com a esperança de que o piloto do Eagle fique com medo só de apontar o nariz pra ele ate que ele vá a uma manobra “post stall”, uma vez que ele vá post stall o aviao pára de mover ao redor do centro de “lift” na asa e vai p/ o centro de gravidade no nariz, porque agora está indo somente por empuxo e o aviao vai virar dessa maneira…

No Eagle ou no Viper quando você vê isso você imediatamente sobe na vertical, porque sabe que ele nâo vai conseguir subir com você e você tem essa ínfima oportunidade contra o Raptor e nada mais! Agora a chave disso tudo é que você nunca nem chega tão perto do Raptor porque nunca nem o vê e ele te abate antes que você chegue até esse ponto. O SU-30, sem problema, avião grande, grande assinatura no radar, ele está fazendo “ballet” só pra chegar perto no ponto em que os aviões se encontram, mas ele está fazendo “jamming” e seus mísseis nao estão funcionando, então você entra nessa briga visual e quando você se aproxima dele e ele tem cerca de 22-23 graus p/ segundo de “turn rate” mantido; Nem perto do Raptor; e nós temos lutado contra o Raptor, então esse vai ser fácil cara! Então começamos a chegar neles e de uma hora p/ outra você vê a traseira abaixar e comecar a usar o vector thrust e agora ele começa a cair dos céus tão rápido que você nem tem que subir como faria contra o F-22, você só tem que puxar o manche um pouco, puxar o “throttle”, mudar p/ canhão e perfurar o cérebro dele…

Clique aqui para ler a 2a. parte.

- Advertisement -

395 Comments

Subscribe
Notify of
guest
395 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
André de POA

Rapaziada, o homem “detonou” tanto o produto russo quanto a qualidade dos pilotos indianos.

Corsario-DF

Opnião pessoal, no início ele aponta as vantagens dos indianos quando competem em “casa” e a derrota deles “fora”, para resumir o assunto, é igual a futebol, o mandante do campo sempre leva uma pequena vantagem…
Agora se ele falou isso dos Su-30, eu não quero nem ver o comentário dele para os nossos F-5M…

Sds.

Manfred Von Richthofen

Atentem para esse trecho: Quando comparado com aviões do EUA, aonde estão com relação ao F-16 e F-15? Ele é um pouquinho melhor do que nós. E isso é muito impressionante, tem um radar melhor, mais empuxo, tem “vector thrust”, armas com mais alcance…muito impressionante!

Ou seja, se FAB optasse pelo Su-35, teria um caça só “um pouquinho melhor” que os F-15 e F-16 da USAF…

André de POA

ele comentou a respeito do Su-30 e não do 35.

edilson

Tiro apenas uma conclusão do que ele falou, o diferencial foi a experiência dos pilotos?

quanto ao FOD, lembro que o F-16 também não pode operar em qualquer pista e ouve exemplos no brasil mesmo em que um aspirador de pó gigante teve que sugar as tranqueiragens da pista…

ou seja, para mim é só mais uma opinião.

Douglas

O que me chamou a atenção, não é a parte dos comentários de “voo” e sim o fato dos indianos terem dito a ele que os russos exigem os motores de volta quando ha necessidade de manutenção profunda……
pera ai, a india é um dos maiores operadores de avioes russos no mundo. Se com eles os russos nao permitem manutenção em solo indiano imagino o que fariam conosco e nosso pequeno lote de 36 SU 35….
Imagina ficar mandando motor pra “mãe russia” a 20 mil quilometros de distancia….

Douglas

Vai ver a FAB percebeu isso.

Renato

Será que a China também tem que enviar os motores para a mãe Rússia?

RL

Confesso que sou uma das viúvas do SU-35. Más tenho que confessar tb, que depois desses depoimentos, seja por um ponto de vista pessoal ou técnico, a FAB tenha acertado em não fechar com o Sukhoy e realmente concordo com o Douglas. Vai ver, a FAB tenha percebido mesmo a dificuldade que existe em trabalhar com os Russos, más tem que se levar em consideração a Venezuela. Será que Chavéz vai ficar mandando todo motor que sugar uma mosca para Moscou? Tem outro detalhe ai. Os Indianos não usaram toda a capacidade dos Su-30, agora nota-se que os caças americanos,… Read more »

Manfred Von Richthofen

A Marinha do Brasil também tem que enviar seus motores de A-4 para Israel mexer. Antes mandou para a Argentina, que não deu conta do recado.
Essa manutenção dos motores na Rússia deve ser a de revisão geral e não a de manutenção de rotina.

Leandro Furlan

Agora os abobadinhos que viam o Sukhoi no youtube.com dar “ré” no ar e achavam que isso era ser o melhor caça do mundo vão reclamar… Quem gosta de aviação militar e entende um pouco das táticas usadas em combate aéreo sabe que o Su-35 é um avião ultrapassado. O projeto é o mesmo do Su-27, o que muda é a aviônica. Não é à toa que a Rússia tá desesperada, dia e noite, fazendo o PAK-FA para tentar rivalizar com o F-35 Lighting II. Depois que os EUA aposentam sua primeira aeronave de caça stealth, o F-117 Nighthawk, é… Read more »

Leandro Furlan

Caça russo é um só, e se chama MiG-35 (MiG-29OVT para os entendidos).

Vovódka

obrigado pela traducao!!!! agora a vovo’ aqui entendeu o que esse Terencio Fornofio falou mal do sukhoi!!!!!! que conversa e’ essa de reclamar que o Sukhoi faz bale’ na hora dos doguifaite????? quem entende de bale’ e’ russo!!!! e bielorusso que nem eu e o Pavelzinho!!!!! quem vai furar celebro dele e’ a vovo’ que vou jogar uma garrafa de vodka na cabeca desse Terencio Fornofio que nao sabe nada!!!! E viva o movimento das viuva de sukhoi que so’ aumenta!!!!! Fora F22 !!! Fora Fornofio e Fora FX2!!!!!

Manfred Von Richthofen

Leandro, segundo o coronel da USAF o ultrapassado Sukhoi é um “pouquinho melhor” que o F-15 e F-16…
O Flanker é só segundo melhor caça do mundo.

Henrique Sousa

Manfred, pelo que entendi da tradução do Marine, motor que sofreu alguma avaria por FOD, precisa ser mandado para a Rússia.

Não julgo se isto e normal, absurdo ou o que seja, pq não tenho conhecimento de como são as rotinas de manutenção de outros motores.

AMX

Se o envio dos motores para a Rússia for apenas (quer dizer, ‘apenas’) por causa do FOD, não há nada de surpreedente. Afinal, fatalmente FOD consiste em quebras ou inutilização das palhetas do fan e do compressor. Partes que, sabe-se, são as mais sensíveis do motor e que poucos países têm tecnologia para fabricá-la (se não me engano são: EUA, França, Grã-Bretanha, Rússia e China). Assim, como a Índia não a possui e teria que mandar ao fabricante, também não é surpresa o comentário do americano, já que ele não teria esse problema. Mudando de assunto: Feliz Dia da Bandeira… Read more »

paulo costa

O F-5 tem alem da entrada de ar na frente da asa,tem tambem na lateral,isto faz com que a ingestão diminua bem.
Estas aletas,ou barbatanas abrem quando está taxiando,
levamtando voo,ou em derminadas situações em voo.
O F-2000 tem uma pequena entrada nas laterais tambem.
O Mig-29 tinha uma vedação completa na entrada de ar,
sendo que o ar tinha entrada por cima,isto foi feito na
antiga Russia,recentemente este aparato foi removido,
devido ao peso e custo..

König

A India opera atualmente cerca de 50 Su-30MKI ainda não compraram os 240 Planejados se esse numero for atendido creio que valera a pena ter uma filial de alguma empresa que faça a manutenção desses motores.

Saudações

Coralsea

Marine!

Valeu pela tradução; Mountain Home é uma base aérea no estado de Idaho; lá estão estacionadas as seguintes unidades:
366th FW / 389th FS com os F-15E
366th FW / 390th FS com os F-15C
366th FW / 391st FS com os F-15E

paulo costa

No nosso caso,se as turbinas do AMX,precisarem de revisão,
temos uma oficina aqui,completa da Rolls Royce em SP,idem
para os F-5 ,que a antiga Celma fazia revisão completa,no
caso dos F-2000,a turbina é modular trocando partes se nece-
ssario aqui mesmo.A Helibras tem seus motores revidados
pela turbomeca,em Xerem,RJ,e varias outras marcas…
Temos um parque industrial,e acredito que vamos mante-lo.

DORNIER

vale resaltar que e primeira vez que os SUKHOIS Pousarao na America pra participar de um vento como da RED FLAG .os anti sukhois nao poderia ficar com bico calado com tal fato acontecer dentro da casa deles depois que revista JANE ( HAHAHAHAHAHA) pois os pontinhos nois I pros F15 defasados que particulamenti so foi bom pra filme de Hollyowood hahahahahah.ai vem os Franceses Dassault so fico nos cantos obiservando.olha ainda bem que metade do mundo reconhece que Santos Dumont foi pai da aviancao pq pra eles(Yankes)eles sao os melhores em tudo e na frente de tudo )coisa idiota… Read more »

joao

O probelma e que e sempre a mesma propaganda desenfreiada…tudo produzino nos USA e superior a tudo do resto do mundo. Acreditar na propria propaganda e um erro descomunal,que conduz a subestimar o inimigo,outro erro fatal no campo de batalha. SO espero que ele nunca opine dos nossos pobres F-5,ou ele vai nos colocar no mesmo pacote que os MIG-21 cubanos.

gaitero

Amx:
Mudando de assunto:
Feliz Dia da Bandeira pra todos!!
Hoje sim é um dia pra agitarmos ela, pendurar na janela e ter orgulho de ser brasileiro!!

Abraços!

– E de quebra assistir ao Brasil e Portugal…………

Marine

Coralsea, Muito obrigado! Pois e, pelo fato de ser do USMC ainda nao tinha ouvido falar dessa base da USAF. Eu ja havia estado em Kadena aonde fizemos um assalto simulado a base mas nunca fui a Idaho e pra te confessar a traducao levou tanto tempo que nem tive o tempo de pesquisar sobre a Mountain Home… Aos demais foristas, De acordo com o Coronel os indianos tinham que mandar pra Russia os motores danificados por FOD, podemos tirar nossas proprias conclusoes sobre se isso faz parte da manutencao normal ou nao. Desculpem por levar tanto tempo para fazer… Read more »

Alfredo_Araujo

O ódio q alguns aqui tem pelos americanos faz com que esses caiam q nem cachorrinhos no colo da propaganda militar russa…

Nao existe forma dos equipamentos militares americanos serem piores q os russos!!! Com a quantidade de dinheiro e com o know-hall tecnologico do Tio Sam, com certeza eles tem e terao o melhor hoje, e daqui a mto tempo!!! Como q a Russia, investindo 1/5 do q os EUA investem em defesa, conseguirao ter equipamentos melhores??? è impossivel!!!

Se isso fosse possivel Angola, Somalia, Uruguai, Suriname, etc… seriam potencias militares investindo um trocado qualquer…

Hornet

Marine,

obrigado duplamente, pela tradução e por ter dito que também “apanhou” um pouquinho pra fazê-la…

Fiquei feliz, porque quando vi o vídeo, apanhei que nem um cachorro véio pra entender todas a gírias e todos os termos técnicos que ele falava, pensei que tivesse desaprendido o pouco que sabia de inglês…mas se até vc “apanhou” um pouquinho também…Ufa! Meu inglês ainda tem salvação…dá pra pedir um hamburger com coca-cola…hehehehe…

valeu! e um forte abraço

Hornet

Sobre a tradução, ficou melhor pra compreender os detalhes do que ele disse, mas dentro do contexto em que ele falava e sem desmerecer a experiência e o conhecimento técnico do Col. da USAF (vejam os posts da matéria anterior, sobre esse vídeo, teve uma boa discussão por lá), continuo achando ser difícil tirar grandes conclusões sobre o assunto, pois era uma palestra informal, em que o Col. Fornof passava a idéia dele sobre a participação dos Flankers na Red Flag. De qualquer modo, serve como um dado a mais para tirarmos nossas próprias conclusões, mas vejo como um dado… Read more »

Diego

Quando os MKI estavam na Red Flag será que tinha algum observador brasileiro por lá??

Vai ver esse foi um dos motivos que desqualificaram o SU-35 do F-X, apesar de na teoria serem superiores aos SU-30MKI.

O Rafale pelo o que li se saiu bem, o Gripen parece que só fez missões e ataque ao solo, alguém confirma?

Abs

Thiago Sala

obrigado Marine pela tradução!!!

Madvad

“O Mig-29 tinha uma vedação completa na entrada de ar,
sendo que o ar tinha entrada por cima,isto foi feito na
antiga Russia,recentemente este aparato foi removido,
devido ao peso e custo..”

na verdade Paulo Costa, foi removido nas versões atuais, pq na raiz da asa, agora existem tanques de combustíveis, o que impede de ter todo o maquinário que movimentava o defletor.

welington

Manfred Von Richthofen Atentem para esse trecho: Quando comparado com aviões do EUA, aonde estão com relação ao F-16 e F-15? Ele é um pouquinho melhor do que nós. E isso é muito impressionante, tem um radar melhor, mais empuxo, tem “vector thrust”, armas com mais alcance…muito impressionante! Welington Isso um SU-30 MKI imaginem o SU-35BM. Edilson Quanto ao FOD, lembro que o F-16 também não pode operar em qualquer pista e ouve exemplos no brasil mesmo em que um aspirador de pó gigante teve que sugar as tranqueiragens da pista… AMX Se o envio dos motores para a Rússia… Read more »

welington

O SU-35BM tem uma tela protetora que se levanta nas decolagens e abaixa quando a mesma decola.

Wolfpack

Me parece que o caça da foto acima é um MIG29 da IAF e não um SU30 MKI, correto? Também não sei se era sua proposta mostrar um SU30 Galante.
O Coronel da palestra merece alguns descontos claro, mas o essencial ele disse que é preocupante a falta de confiabilidade dos SU30MKI e do tempo para colocá-los no ar.
Mais uma vez estou satisfeito pela decisão da FAB em não seguir com o SU35 como opção ao FX2.
Abraço

Wladimir

Olha, tchê, concordo que o F-22

welington

O que? MIG-29 não é um SU-30 MKI.

Wolfpack

Desculpe, é sim o SU30MKI, fiquei confuso com a lança com radar de alerta traseiro do Flanker.
Abraço

Wladimir

Olha, tchê, concordo que o F-22 é o melhor caça do mundo (todos concordamos), mas desfazer tanto assim das aeronaves russas, por favor. E o pior é que tem muita gente que acredita! O Su-30MKI realmente é inferior ao F-22, mas afirmar que F-15 e F-16 das versões mais antigas e totalmente carregados superam os aviões russos estando em configuração limpa também é demais. Pessoal, quem entende um pouco, não precisa muito, de aviação de combate sabe que há algo de errado nestas afirmações.

Vassily Zaitsev

Marine, 14:40 hs,

Desse jeito, o Galante vai para o vermelho novamente.

Tiago Jeronimo

# Manfred Von Richthofen em 19 nov, 2008 às 12:11 Leandro, segundo o coronel da USAF o ultrapassado Sukhoi é um “pouquinho melhor” que o F-15 e F-16… O Flanker é só segundo melhor caça do mundo. # welington em 19 nov, 2008 às 17:34 O F-22 é atualmente o melhor caça do mundo mas somente até a chegada do PAK FA T-50, Meus caros quem disse que atualmente os F-15s e F-16s de modelo antigo são os segundos melhores? Você está esquecendo do Eurofighter, do Rafaele, do Gripen, do F/A-18E/F, do F-15 copm radar AESA, do F-16 C/D Block… Read more »

Marine

A todos, Acho que tem havido uma certa confusao com o contexto da palestra do Coronel… Ele nao disse que o F-15 e F-16 e superior ao SU-30, pelo contrario disse que o russo e um pouco melhor. Basicamente o que ele fez foi apontar as falhas do SU-30 que embora um excelente aviao obviamente tem falhas, mas o mais importante e o ponto que ele fez sobre treinamento…O que ele disse e que pilotos experientes como ele e outros de F-15 acostumados a duelar contra os Raptors conseguem jantar os SU-30 MKI pelo fato de seu treinamento mesmo eles… Read more »

Galante

Mandou bem, Marine! Pegou o fio da meada.
A próxima tradução vc pode cobrar por hora…rs

Fábio Max

Eu sou daqueles que pensam que a superioridade de um avião só se comprova em combate. – Os fabricantes superdimensionam os poderes de seus produtos; – Os concorrentes subdimensionam; – os países não mostram, nos exercícios, todo o potencial de seus rmamentos; – aliás, é difícil que em exercicios internacionais, os países enviem material de primeira linha. Fotos, vídeos, catálogos, comentários, etc… tudo é manipulável. Mas o combate não. Por isso que eu penso que os americanos estão certos, eles prestigiam o próprio equipamento e subdimensionam o dos outros. E os outros, no caso, a Rússia, deve é fazer o… Read more »

paulo costa

Madvad,a entrada de ar superior foi removida devido ao aumento do tanque de combustivel,mas o maquinario de comportas continua,
eu tenho o esquema aqui,são tres posições,agora duas,pois em
velocidade supersonica as comportas se ajustam para diminuir a pressão do fluxo de ar,como em varios supersonicos,mais faceis
de ver ,como mig-21,o cone variavel,o f-15 com o angulo de
entrada movel,etc.Ou seja não tem mais a proteção,com
isto volta para a Russia mais vezes,eles gostam de dinheiro tambem,ok?sds…

welington

Concordo ninguém tinha falado que os F-15 e F-16 eram superiores ao Flanker mas o contrário foi dito sim pelo COR. Pornof, ouve um engano por parte do nosso amigo Wladimir, o Flanker juntamente com o PAK FA T-50 iriam trazer a tão sonhada independência tecnológica e a nossa superioridade aérea com nossos poucos vetores a serem adquiridos pois fabricaríamos as mesmas sob licença, participaríamos do desenvolvimento do PAK FA aprendendo tudo sobre o mesmo e absorvendo o Maximo de tecnologia alem dos Russos abrirem um centro de manutenção das mesmas no Brasil, ,ai acabaria o problema de manutenção no… Read more »

Raphael

Welington, o Su eh com certeza um dos melhores cacas do mundo. Mais como voce pode afirmar com certeza que eh o 2o melhor? Nao esqueca que tem F-15K e F-15SG por ai que sao muito superiores a os que a propria USAF opera.

Daniel

Pessoal,

Sou um civil leigo e por isso uma perguntinha básica:
Esse negócio de autonomia de interceptação (dos defensores dos SU-30 ou 35), que seria capaz de sair de Anápolis para interceptar os venezuelanos e voltar sem REVO, não seria mais estratégico ter bases aéreas na Amazônia com Rafales ou com os F-18?

welington

Raphael o F-15k e o SG não são e nem serão superiores ao SU-35BM, pois o SU-35 normal é superior a essas versoes o SU-35BM é muito superior é o que a Russia tem de melhor Juntamente com o MIG-35, a unica aeronave que supera o Falnker é o F-22.
Com os Flankers na amazonia teriamos um poder de disuação ainda maior pois poderiamos atacar até paises da america central sem apoio de REVO que são aeronaves muito vulneraveis.

welington

Lembrando queo SU-35 BM é superior a essas aeronaves devido as suas caraquiteristicas superiores como RCS, alcanse, capaçidade de trasporte de armas, manobrabilidade,radar(apesar do radar do F-15+(modernizado ou em suas novas versoes de exportação) ser AESA mas em alcanse ele perde.),supercruise.
O F-15 é um otimo vetor se tratado com material RAM e com radar AESA e bem armado é superior aos deltas europeus.

Hornet

Wellington e amigos,

Já viram esse vídeo?

http://video.aol.com/video-detail/-i-am-ready-su-37-super-flanker-vs-f-22-raptor/34286128

É uma “versão russa” do duelo do Raptor contra o Super Flanker. Dêem uma olhada, é muito legal. E se quiserem comentar…

abraços

Vovódka, não vá se emocionar ao ver a bandeira brasileira no Super Flanker, cuidado com a pressão, hein?

um forte abraço

ps. E tem mesmo uma bandeira do Brasil no Super Flanker, aparece meio rápido mas dá pra ver bem.

welington

Mui belo!!!
Olha as fotos do Sukhoi SU-35 BM 902 http://sukhoitribute.blogspot.com/2008/10/sukhoi-su-35-bm-902_10.html
Vovódka se quiser posso lhe enviar as mais novas projeções do PAK FA T-50 peguei de um site Russo.

Reportagens especiais

Mectron lança livro dos seus primeiros 20 anos e revela detalhes de seus programas

Alexandre Galante A Mectron apresentou com exclusividade ao Poder Aéreo/Forças de Defesa na terça-feira (10.12.13), em São José dos Campos-SP,...
- Advertisement -
- Advertisement -