Home Asas Rotativas H-36 Caracal completa mil horas de voo no Esquadrão Falcão

H-36 Caracal completa mil horas de voo no Esquadrão Falcão

324
12

H-36 Caracal - EC725 - foto FAB

O Esquadrão Falcão, de Belém (PA), ultrapassou em setembro a marca de 1.000 horas de voo com o H-36 Caracal, o mais moderno da frota de helicópteros da Força Aérea Brasileira. Recebida pela FAB em dezembro de 2011, a primeira aeronave foi encaminhada à Unidade que tem a missão de explorar todas as características do H-36. Ao todo, a FAB terá 16 unidades do modelo, fornecido pela empresa Helibras.

Ao longo de dois anos e meio de operação, o Esquadrão Falcão já utilizou o seu primeiro Caracal em missões reais, como no combate a incêndio florestal no Amapá, apoio a Polícia Federal na libertação de reféns em Mato Grosso, missões de misericórdia em comunidades e tribos indígenas. A Unidade Aérea também marcou presença na FIDAE 2012, uma feira de aviação militar que acontece no Chile. Para isso, o H-36 fez o longo deslocamento de Belém até Santiago, com passagem pela Cordilheira dos Andes.

H-36 Caracal - EC725 - foto 2 FAB

As 1.000 horas de voo também incluíram treinamentos em missões como resgate na água, navegação a baixa altura e voo em formatura tática ao lado do segundo H-36 já recebido. Capaz de levar até 4,5 toneladas de carga e com dois guinchos para içamento de pessoas ou cargas, o H-36 Caracal também tem demonstrado superar os antigos H-1H com seus sistemas eletrônicos.

Além de realizar os voos na nova aeronave, os militares do Esquadrão Falcão também formaram grupos de trabalho para discutir as capacidades do novo helicóptero e também da versão a ser recebida a partir de 2014 que incluirá novos equipamentos, como sistemas de alerta de ameças e sensores de visão no espectro infra-vermelho. Um grupo também avalia a realização de missões de reabastecimento em voo com helicópteros, algo hoje realizado na FAB somente por aeronaves de caça.

H-36 Caracal - EC725 - foto 3 FAB

FONTE / FOTOS: FAB (Esquadrão Falcão)

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Augusto
Augusto
6 anos atrás

Interessante notar que os helicópteros que alguns diziam estar groundeados conseguiram bater 1.000 horas de voo, tendo inclusive atravessado ambientes tão hostis quanto diferentes, como a Amazônia e a Cordilheira dos Andes, para chegar ao Chile.

Mais curioso ainda é observar que os sistemas eletrônicos que se dizia ser um dos maiores motivos de indisponibilidade no norte do país em razão da umidade e das altas temperaturas, é justamente algo que se vê sendo elogiado no texto, quando se lê que “o H-36 Caracal também tem demonstrado superar os antigos H-1H com seus sistemas eletrônicos.”

rommelqe
rommelqe
6 anos atrás

Apenas algumas observações: 1. A FAB certamente não desqualificou o proprio fabricante no que diz respeito a efetuar TODAS as inspeções e demais cuidados preconizados para garantir a operação segura do Caracal (não confundir com Puma e Super-Puma). Portanto atingir 1000 horas de voo não quer dizer que a FAB tenha descuidado deste ponto fundamental e realizado algumas dezenas de horas só de US e outros ensaios não destrutivos. 2.Conforme já informado em outras materias do AEREO, e na imprensa em geral, a EASA/HELIBRAS somente disponibilizaria os “novos” eixos lá por volta de 2015; alguem pode confirmar se esse planejamento… Read more »

juarezmartinez
juarezmartinez
6 anos atrás

Augusto disse: 17 de setembro de 2013 às 22:41 Interessante notar que os helicópteros que alguns diziam estar groundeados conseguiram bater 1.000 horas de voo, tendo inclusive atravessado ambientes tão hostis quanto diferentes, como a Amazônia e a Cordilheira dos Andes, para chegar ao Chile. Augusto, eu não vi ninguém aqui no PA dizer que eles graudeados, eles estão SIM, como parâmetros de voo degradados e limitações operacionais, tais como, proibição de voo sob o mar, limite de voo a 2,0 horas para realizar inspeção na visual na transmissão, limite de atuação de cíclico até a questão das deformação das… Read more »

Marcelo
Marcelo
6 anos atrás

Augusto disse:
17 de setembro de 2013 às 22:41

pois é, Augusto…quando se compra alguma coisa, chovem críticas e quando não se compra nada, também !…não é fácil agradar a gregos e troianos.

juarezmartinez
juarezmartinez
6 anos atrás

Marcelo: O GF não tem que agradar nem a Gregos e nem Troainos, tem sim é que ser responsável com impostos que nós todos, contribuintes do erário público pagam.
E ainda, só para te lembrar que COMPRAR NÃO SIGNIFICA OPERAR .

Grande abraço

Marcelo
Marcelo
6 anos atrás

Ok Juarez. Mas essa notícia me passa a (boa) impressão de que estão operando, sim. Ou seja, o imposto que eu pago está sendo usado para alguma coisa boa.
Abraços

ricardo_recife
ricardo_recife
6 anos atrás

Os Cougar e Puma que apresentaram problemas todos tinham mais de 2.500 horas de vôo. Quem sabe o que vai acontecer quando eles chegarem lá?

juarezmartinez
juarezmartinez
6 anos atrás

Marcelo! tu vistes operação aonde??? Estes helis estão VOANDO com limitações claras e definidas pela Eurocopter, e lembro que VOAR NÃO SIGNIFICA OPERAR.

Grande abraço

Marcelo
Marcelo
6 anos atrás

oi Juarez. será que eu li a mesma reportagem que você? pois ela diz sobre combate a incêndio, apoio à PF, missões humanitárias, e vários tipos de treinamentos. Voar não significa Operar? para uma Aeronave? então ok…e sim eu sei que existem limitações definidas pela própria Eurocopter, mas ao que parece, isso não está impedindo a OPERAÇÃO.
Abraços!

Augusto
Augusto
6 anos atrás

juarezmartinez disse: 18 de setembro de 2013 às 7:42 “Augusto, eu não vi ninguém aqui no PA dizer que eles graudeados, eles estão SIM, como parâmetros de voo degradados e limitações operacionais, tais como, proibição de voo sob o mar, limite de voo a 2,0 horas para realizar inspeção na visual na transmissão, limite de atuação de cíclico até a questão das deformação das pás de hélice estarem resolvidas.” Juarez, não quero ser indelicado a ponto de apontar o nick de algum(ns) colega(s) que tenha(m) dito que os helicópteros estão groundeados, mas basta você dar uma pesquisada no histórico dos… Read more »