domingo, setembro 25, 2022

Gripen para o Brasil

Super Hornet em detalhes: diferenças entre Block I e Block II

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Ontem (31/5) publicamos um post sobre um pequeno detalhe que difere o Hornet do Super Hornet. Mas como fazer para diferenciar um Super Hornet Block II de um Super Hornet Block I?

A principal diferença entre os dois blocos é a seção frontal da fuselagem. Porém, externamente ambas são idênticas. As diferenças estão principalmente no processo de fabricação (que reduziu o número de peças, o tempo de conclusão e os custos) e no espaço interno, que permitiu a acomodação de um novo radar do tipo AESA e seus componentes.

Mas há um pequeno detalhe no dorso da fuselagem, entre as duas derivas, que distingue ambos os blocos. A partir do Lote 26 (o primeiro lote produzido com aeronaves Block II) o Super Hornet incorporou exaustores do sistema ECS (Environmental Control System) com bocais diferentes (ver retângulo em vermelho na foto acima) dos anteriores e excluiu a necessidade dos “heat blankets”.

Conforme explicado anteriormente (ver post do dia 17/5), os dois Super Hornets que vieram ao Brasil este ano são do Block II e ambos possuíam este novo padrão de bocais de exaustão do ECS.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias

IMAGENS: Chegou o navio ‘Minervagracht’ transportando mais caças F-39E Gripen da FAB

O navio multipropósito Minervagracht trazendo mais dois caças Saab F-39E Gripen para a Força Aérea Brasileira já chegou ao...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -