sexta-feira, junho 24, 2022

Gripen para o Brasil

Embraer e Boeing assinam acordo de cooperação

Destaques

Edgarhttp://jelopes.com
Colaborador e TI dos sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres.

A Embraer e a norte-americana Boeing anunciaram nesta segunda-feira um acordo de cooperação para beneficiar clientes, as duas empresas e a indústria de aviação, conforme comunicado divulgado pela fabricante brasileira de aviões. “O acordo estabelece um relacionamento importante entre duas das maiores empresas aeroespaciais do mundo para cooperação em temas relacionados à melhoria da eficiência operacional, segurança e produtividade de aeronaves e satisfação dos clientes, gerando valor para as duas empresas e seus clientes”, diz a Embraer, na nota.

Frederico Curado, diretor-presidente da Embraer, e Jim Albaugh, presidente e CEO da Boeing Commercial Airplanes, assinaram o acordo durante a visita da presidente do Brasil, Dilma Rousseff, aos Estados Unidos, na sequência do encontro anual do Fórum de CEOs Brasil-EUA, uma parceria público-privada entre os governos brasileiro e norte-americano que reúne executivos líderes de ambos os países. Curado e Albaugh lideram o subcomitê para aviação do Fórum de CEOs.

Ainda segundo o comunicado, a Boeing e a Embraer acordaram em buscar diversas áreas de cooperação, incluindo funcionalidades para aeronaves comerciais que aumentem a segurança e a eficiência, pesquisa e tecnologia, bem como biocombustíveis sustentáveis para aviação. “As duas empresas também buscarão outras áreas de cooperação visando benefícios mútuos e valor para seus clientes”, diz a Embraer, no comunicado.

A Embraer informa também que o anúncio do acordo de cooperação foi feito no mesmo dia em que foi assinado um memorando de entendimento para parceria em aviação entre os governos brasileiro e norte-americano. O memorando visa expandir e aprofundar a cooperação entre os dois países na aviação civil, por meio do estreitamento da comunicação entre agências governamentais e aumento da cooperação e iniciativas do setor privado, criando parcerias econômicas e promovendo investimentos.

A Boeing e a Embraer já possuem outros acordos de cooperação. Em julho de 2011, as empresas anunciaram planos para financiarem uma análise de oportunidades para a produção de combustível sustentável para a aviação, a partir da cana-de-açúcar. Em março de 2012, a Boeing, a Embraer e a Airbus anunciaram um memorando de entendimento para o desenvolvimento conjunto de biocombustíveis para a aviação com custos econômicos acessíveis e desempenho equivalente aos de origem fóssil.

FONTE: Estadão / FOTO: Embraer

- Advertisement -

3 Comments

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
cristiano.gr

Com certeza a última cartada americana para a venda dos SH foi dada nessa visita da presidente e devem ter sido ofertas bem tentadoras em termos de preço, armamento a ser vendido junto, peças de reposição e, talvez, um aumento na TT, ficando a TT, ainda, muito atrás da oferta da Rafale, porém dúvido que levem, sendo que talvez o governo brasileiro use as ofertas como barganha para melhorar as outras ofertas conconrrentes.

Marcelo

para ser sincero, eu vi as declarações da Dilma e do Obama, e eu fiquei com a impressão de que a reunião não foi lá muito cordial não…será então que vamos de Gripen, ou de Rafale??? Essa ansiedade ainda me mata!
🙂

Marcos

Eu já tinha uma forte descofiança de que o vespão já tava perdido, agora tenho certeza.

Últimas Notícias

VÍDEO: Colaboração Real 4 – Episódio 15 – O Comando de Preparo

A implementação de um sistema como o Gripen Brasileiro, gera um grande desafio para os profissionais que conduzem esse...
- Advertisement -
- Advertisement -