Home Força Aérea Brasileira Mais informações sobre o interesse da FAB no F-7M

Mais informações sobre o interesse da FAB no F-7M

700
30

Em julho de 2010 o Poder Aéreo publicou um artigo sobre a história do interesse da Força Aérea Brasileira (FAB) nos caças de fabricação chinesa F-7M. O artigo foi baseado em uma série de reportagens publicadas pelos principais jornais do país naquela época.

Dentre estas reportagens estava aquela que acabou expondo o tema para a opinião pública nacional. O jornal “O Globo” no dia 28 de janeiro de 1987 publicou em sua primeira página a negociação entre o governo brasileiro e o governo chinês. A história da negociação, bem como o desenrolar dos acontecimentos, pode ser lido aqui no blog (clicar na imagem acima).

Por outro lado, esta é uma história rica em detalhes que, lentamente, começam a aparecer. O jornalista Pedro Paulo Rezende (o “Pepê”), especializado em assuntos de defesa e autor da matéria que expôs todo o caso, escreveu para nós citando mais algumas informações interessantes sobre o episódio.

Leia o post “Quando o MiG-21 quase voou com as cores da FAB” e depois confira as informações a seguir:

Num dia, os chineses me pediram que recomendasse um representante. Obviamente, lembrei-me do Harouche. Num dia, na Embaixada, ele me perguntou:

— Pepê, os chineses têm algo na mesma categoria?

Eu acabara de receber uma revista que falava do F-7M (em mandarim). O senhor Liu traduziu para o espanhol (falava com sotaque chileno) e eu verti para o português. Ainda comentei que tudo era uma loucura. Usando xerox de fotos da revista e uma máquina elétrica ele preparou uma apostila, que encaminhou para o tenente-brigadeiro Camarinha. Foi feito um grupo de estudo que topou! Daí veio um RFI pedindo preços e condições de exportação para 36 unidades. Os chineses responderam:

1. Custo unitário: US$ 3,5 milhões (um F-5E novo valia US$ 8 milhões)
2. Cada avião vinha com duas turbinas
3. Os pilones eram compatíveis com Sidewinder AIM-9 B ou P mas cada avião traria um tanque suplementar e dois mísseis similares ao Magic

A partir desse momento, decidiu-se enviar um grupo de avaliação para voar o aparelho, chefiado pelo coronel Silvio Potengy. O grupo chegou em Chengdu em pleno inverno. Havia um intérprete que falava um excelente português (o nome, se não me engano, era Xi Quing). Além do Potengy, havia um piloto de Mirage IIIEBr que, enquanto se familiarizava com os instrumentos, ejetou o tanque no chão da fábrica. Durante as caminhadas, ficaram surpresos ao descobrir, em um hangar, um F-16ª!

O Potengy gosta de contar que voou o avião com os instrumentos em chinês, mas isso é papo de piloto. Estavam em inglês. A dificuldade maior é que usavam sistema métrico e ele não tinha nenhum conhecimento dos arredores de Chengdu. Os controladores falavam inglês (com UM GRANDE SOTAQUE CHINÊS). […] o piloto de Mirage, depois do voo do Potengy, preferiu apenas endossar o parecer do colega.

O grupo também visitou a fábrica de Nanchang para avaliar o Q-5 Fantan. Ao voltarem ao Brasil, prepararam um parecer que aprovava a aquisição, mas sugeriam algumas mudanças no F-7M:

1. Substituição dos aviônicos GEC-Marconi por Collins
2. Duplicar a carga de mísseis com a substituição dos pilones das asas capazes de receber tanques de combustível por outros com dupla função
3. Substituir o assento ejetável por um Martin Baker Mk10

O radar foi considerado adequado, apesar da pouca área de varredura (se não me engano, 16º em todos os azimutes). Coincidência ou não, os modelos exportados para o Paquistão receberam mudanças similares às sugestões.

Também se preparou um estudo visando a substituição dos Xavantes da Aviação de Caça por caças J-7II com aviônica chinesa. Pediu-se uma cotação para um total entre 70 e 110 aparelhos. A ideia era criar mais um esquadrão em Manaus. Os AT-26 seriam empregados em tarefas de instrução e COIN. Os chineses responderam: mero US$ 1,5 milhão por unidade.

30
Deixe um comentário

avatar
29 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
15 Comment authors
JokerDrCockroachivanildotavaresDinhoWagner Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Clésio Luiz
Visitante
Active Member
Clésio Luiz

Eu tenho uma Revista Força Aérea com uma entrevistado Potengy em que ele comenta sobre esse episódio. Estou com preguiça de procurar agora, mas se eu não me engano o primeiro voo que ele fez a aeronave o painel estava mesmo em chinês. Somente depois (um ano eu acho) já com a aeronave modificada de acordo com nossas especificações, o painel estava em inglês. E no primeiro voo, apesar da promessa chinesa de ter um controlador que falasse inglês, isso não se confirmou, e ele teve que se contentar com um voo bem básico, por instrumentos, ao redor da fábrica,… Read more »

Everton Maganin
Visitante
Everton Maganin

é tambem me lembro dessa materia… se nao me engano é na RFA com a capa do AVRO… mas enfim fiquei na duvida. oque fazia um F-16 na china nos anos 80 ?

Giordani RS
Visitante
Giordani RS

Eu lembro desta matéria na RFA, que por sinal, de texto muito bom…Acredito que foi uma solução de desespero do Alto Comando da força, pois as perspectivas já naquela época eram “de fundo do poço”.
Penso que se a FAB tivesse fechado com os chineses, estaria tão mal quanto hoje, pois “nefte pais” nunca foi problema de embargo ou falta de pessoal, sempre foi falta de grana, de interesse político pelas FFAA´s…

Vader
Visitante
Member

Me desculpe o nobre editor (sei que está apenas repercutindo a notícia), mas o texto é uma PIADA, e um acinte contra a inteligência, aliás como soe ocorrer com o que normalmente afirma o referenciado nobre “jornalista”, a saber: “Além do Potengy, havia um piloto de Mirage IIIEBr que, enquanto se familiarizava com os instrumentos, ejetou o tanque no chão da fábrica. Durante as caminhadas, ficaram surpresos ao descobrir, em um hangar, um F-16ª!” Ah tá, o tal “piloto de Mirage IIIEBr” “ejetou” o tanque de combustível no chão da fábrica e não deu nada, mesmo estando os instrumentos “em… Read more »

Clésio Luiz
Visitante
Active Member
Clésio Luiz

Sobre o F-16, existe essa possibilidade, embora remota, já que se tinha suspeitas que o Paquistão pudesse ter suprido uma unidade. Não é difícil que a China tenha em troca fornecido algumas dezenas de unidades de F-7 para obter um segredo desses.

Soyuz
Visitante
Member
Soyuz

O que se retratou para a historia foi apenas um lado da “história”, isto é a aventura de pilotos de primeira linha, viajando 20.000Km para voar um avião totalmente diferente em um país então envolvo em mistérios. Este é o lado mais “legal” da história, mas este lado aventureiro para jornalistas e entusiastas era apenas uma parte do problema e seguramente o menos importante. Se analisarmos o contexto de 1987 a FAB tinha os Mirage-III com 15 anos de uso ou seja metade da sua vida útil, tinha os primeiros F-5 a 12 anos na força, o AMX entraria em… Read more »

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

“…e é claro que os F-7M foram uma manobra engenhosa para tornar as negociações mais fáceis…”

Os americanos nesse sentido exerceram pressão sobre os chineses, devido ao envolvimento destes no projeto do Sabre II p/ o Paquistão.
Qndo o piloto brasileiro retornou a China PRC, a oferta chinesa já não existia mais.

Soyuz
Visitante
Member
Soyuz

Ola Mauricio,

“Quando o piloto brasileiro retornou a China PRC, a oferta chinesa já não existia mais”.

Não acho de toda improvável esta versão, mas também não acredito nela de imediato.

Você poderia detalhar mais sobre isto, especialmente a fonte desta informação?

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

A fonte é a própria reportagem da RFA, o piloto brasileiro (Potengy?) retorna á China PRC p/ avaliar novamente o F-7, desta vez incorporando algumas das modificações sugeridas da visita anterior; são os próprios chineses que informam ao piloto brasileiro isso.

Soyuz
Visitante
Member
Soyuz

Nunca tinha me atido a este fato, então o “golpe de mestre” saiu pela culatrá…rs

Nick
Visitante
Member
Nick

A revelação mais importante é que os chineses tem um F-16 A, mesmo que dos primeiros blocks. Muita coisa que pode ter sido replicado depois no J-10 A………..

[]’s

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

Isso até os americanos sabiam, tanto que após o episódio do Massacre da Praça da Paz Celestial, a cooperação c/ a China PRC é interrompida e em seguida o próprio Paquistão é embargado pelos americanos, por conta tb do seu programa de armas nucleares.
Daí hoje os F-16 vendidos ao Paquistão conterem c/ meios de rastreamento de sua localização, independentes da anuência dos paquistaneses.
Qnto a habilidade dos chineses em incorporarem quaisquer melhorias no J-10, obtidas quer do Laví ou desse F-16, o excepcionamente longo período de desenvolvimento da aeronave, tornou isso supérfulo.

Vader
Visitante
Member

Nick disse:
15 de junho de 2011 às 14:58

“A revelação mais importante é que os chineses tem um F-16 A”

Nick, isso é trollagem da braba…

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Vader disse:
15 de junho de 2011 às 8:42

Hahahaha…Lord…assim vc me mata de tanto rir…. rssss. qualquer modo, me poupou um trabalhão escrevendo o que eu penso.

Se alguém souber o número da RFA que trata do assunto, poderia postar aqui….. pouparia também um grande trabalho de procurar a matéria, pois como tenho quase todas as revistas até 2009…ficaria difícil procurar em todas.

Quero reler a matéria pois não lembro de quase nada…..

Sds.

Grifo
Visitante
Grifo

Eu disse que o caça sueco não chegaria ao final com base em documentação encaminhada pela IAF às autoridades militares brasileiras. Provei estar certo. Essa era aquela mesma “documentação” que falava que o Super Hornet precisou de oxigêncio suplementar decolar de Leh? 🙂 🙂 Quem sabe isto foi repassado naquela conversa onde o Saito disse que devia muitos favores ao Bueno? 🙂 🙂 Vader, acho que o Pedro Paulo Rezende deve ser respeitado como o maior criador de histórias sobre defesa da Internet brasileira. O oficial ejetou o tanque no chão da fábrica? Tinha um F-16 parado lá para quem… Read more »

Grifo
Visitante
Grifo

Ah, perdi mais esta pérola:

Foi muito interessante porque um J-7 II passou adiante da porta do hangar e o sistema, ao detectá-lo, deu um alarme sonoro para efetuar um disparo!

Que perigo este F-7M hem? 🙂

Se passasse aquele F-16 na frente dele então, ninguém segurava…

Wagner
Visitante
Wagner

Se vira agora, Vader…

Wagner
Visitante
Wagner

Agora que li melhor, não entendo pq vcs dois estão brigando por causa de um detalhe desses.

Se tinha F 16 lá ou não, e daí ?? A questão é os F 7 na FAB, o merito da história. De resto, nao entendi pq dois topicos gigantes falando sobre isso…

mas vou tomar meu café aqui calmamente e esperar a treplica do Vader… ih ih ih !!! Enquanto isso voi assistir um video dos Tu22 atacando um PA americano !! ah ah ah !!

🙂

Dinho
Visitante
Dinho

Pedro Paulo Rezende disse:

“Posso dizer apenas que sinto pena de sua capacidade de aprender, mas nada posso fazer em relação a isso.”

“Revise seus conceitos, seja menos raivoso e aprenda com a diversidade de opiniões.”

Não posso deixar de concordar com essas palavras, pois são indispensáveis para a boa convivência. Apenas ressalvo que deve valer para todos, inclusive o autor.

Discussões apaixonadas, miopes e parciais apenas poluem o ambiente e destoam dos objetivos desse forum de discussões.

Wagner disse:

“ih ih ih !!! Enquanto isso voi assistir um video dos Tu22 atacando um PA americano !! ah ah ah !!”

Boa diversão e Manera da vodka.

Vader
Visitante
Member

“O senhor talvez não saiba, mas estive nas fábricas de Chengdu, Nanchang e Xian” Nem por isso a palavra de Vossa Senhoria se constitui em argumento de autoridade. Ou seu argumento vale mais do que a lógica. Claro que sua afirmação envolve uma grande dose de antipatia por não defender a mesma solução que o senhor quer para o F-X2 Não, não tenho antipatia pela sua opção para o FX2. A prova disso é que aqui mesmo (como em qualquer lugar) converso normalmente com muita gente que é “rafalista” desde criancinha. Tenho antipatia é pela mentira e pela empáfia. Por… Read more »

Wagner
Visitante
Wagner

Nossa processar alguem por causa de opinião num blog de internet ??? ” Vader” é um nick, como o cara vai processar vc ?? Vamos ver ESSE_LENTÍSSIMO SR DR JUIZ DE DIREITO DA COMARCA DO BLOG AEREO – BRASIL Pedro Paulo Rezende (o “Pepê”), especializado em assuntos de defesa e autor da matéria que expôs todo o caso, já devidamente qualificado, vem expor e requerer o que segue : Dos Fatos : 1) Que na data de 16/06/2011, sentiu-se moralmente ofendido pelo individuo vulgo ” Vader” , de nome provável Anakin Skywalker, residente e domiciliado no planeta Naboo, na orla… Read more »

Wagner
Visitante
Wagner

Putz, errei, Naboo é da Padmé, o Anakin está em Tatooine !!!

Wagner
Visitante
Wagner

Sugestão ao Poder Aereo : Não traga gente para cá que tenta colocar coisas que não tem nada a ver no meio das discussões. Se for para trazer jornalistas que não compreendem o espírito de um blog, é melhor evitar situações desagradaveis como essa. Agora se aparecer um jornalista xingando a Russia, e eu com certeza vou reagir tanto quanto o Vader reagiu nesse episodio acima, eu serei ameaçado de ser processado ??? O sr jornalista deve ser lembrado de uma coisa : CF- Artigo 5°, inciso IV: ” é livre a manifestação do pensamento(…) ” . Todos aqui estão… Read more »

ivanildotavares
Visitante
Member
ivanildotavares

Sem essa de processo Sr. Jornalista. Quando aqui alguém exagera um pouco, passa dos limites com o outro, se resolve por aqui mesmo e fica por aqui mesmo. O Blog tem os editores que estão sempre advertindo e até editando comentários inconvenientes. Se o Sr. quiser “arrasar” o Vader é só publicar uma matéria execrando o F35 e pronto! O Vader vai ficar tão enraivecido que o Sr. já estará vingado. Mais não faça nem isso porque ele acrescenta muito aos interessados nos assuntos aqui postados.
Opinião de Ivanildotavares, o GUPPY do PN.

Abraços

Ops: Wagner, não bota pilha não. Hehehe.

ivanildotavares
Visitante
Member
ivanildotavares

Wagner.

Favor ignorar a “Ops” do meu comentário acima.

Abraços

DrCockroach
Visitante
DrCockroach

Nossa, eu nao tinha lido isto.

Sem falar na informacao do mesmo que o RCS do Rafale eh apenas 1% do SH. 🙂

Pronto, agora tb serei ameacado de processo, mas contratarei o Vader p/ defender…

[]s!

Wagner
Visitante
Wagner

DrCockroach disse:
18 de junho de 2011 às 4:16

ah ah ah ah ah !!!

Boa !! 🙂

vanildotavares disse:
17 de junho de 2011 às 23:52

Blz !!

Joker
Visitante
Member
Joker

Pessoal menos por favor, tenho profundo respeito por muitos dos comentarista daqui, mas essa troca de gentilezas não leva a nada! Pessoalmente discordo de algumas posições do autor do texto sobre os F-7BR, mas a atual situação dos comentarios não atribui nenhum valor.

DrCockroach
Visitante
DrCockroach

Prezado Joker,

A informacao que citei eh procedente, mas acho que vc estah certo, eh bem melhor voltarmos aos topicos do Blog, todos ganham.

[]s!