Home Indústria Aeroespacial Tudo o que você gostaria de saber (ou não) sobre o Gripen...

Tudo o que você gostaria de saber (ou não) sobre o Gripen NG

993
112

IMG_0465

vinheta-especialO Poder Aéreo disponibiliza em primeira mão aos leitores os slides da apresentação sobre o Programa do Gripen NG feita hoje aqui na Suécia.

Acabei de chegar ao Hotel e fiz o upload para que os leitores tenham acesso ao material que vai tirar todas as dúvidas com relação ao Gripen NG, o caça favorito da Força Aérea Brasileira para o F-X2.

Quem chamou até agora o Gripen de “gambiarra”, “avião que não existe”, “tem perna curta” etc, terá seus argumentos destruídos como demonstra a apresentação.

IMG_0470

IMG_0471

IMG_0426

Pontos de destaque da Palestra:

  • As tecnologias desenvolvidas para o NG poderão ser aplicadas às versões C/D caso os clientes queiram;
  • O NG está servindo para desenvolver tecnologias para os aviões já existentes e para a versão E/F;
  • O custo da hora de voo do Gripen na Suécia é de cerca de US$ 3.000,00. A hora de voo do NG está estimada abaixo de US$ 5.000;
  • A performance do NG está melhor do que prevista;
  • A Suécia não tem pressa em adquirir o NG, porque a Força Aérea pode operar os seus modelos atuais até 2015/2017. Mas a Suécia assumiu o compromisso de encomendar logo seus NG caso Índia e/ou Brasil comprem o avião;
  • A Suécia pretende operar o Gripen até 2040;
  • O Sea Gripen será desenvolvido caso Brasil e/ou Índia encomendem;
  • A Força Aérea Sueca migrará para o NG de qualquer jeito porque o número de bases diminuiu com o fechamento de várias delas após o fim da Guerra Fria. Os atuais Gripen também têm “pernas curtas” para as 3 bases atuais;
  • A Saab pode colocar outro motor no NG caso o cliente queira;
  • Mas o cliente pode comprar adiantado peças para o F414 para “X” anos, para evitar “embargos”;

IMG_0430

Clique nas imagens abaixo para ampliar os slides. Hoje à noite o editor do Poder Aéreo, Alexandre Galante, estará online no “Xat” para um bate-papo com os leitores. Até lá!

Subscribe
Notify of
guest
112 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gervasio Galante
9 anos atrás

Muito legais os slides…
Só fiquei confuso, com a flexibilidade de configuração de armamentos…, pelo que entendi, a primeira combinação em relação a segunda, eu poderia combinar a troca de 5 componentes???

Bom trabalho por ai!!!!

Wolfpack
Wolfpack
9 anos atrás

Bons slides, e o raio de operação estimado do NG é realmente comparável ao do Rafale. Galante, não consegue esta apresentação em alta definição.
[ ]s

Michel Lineker
Michel Lineker
9 anos atrás

Será que ele não vai ter um canhão ?

Wilson Giordani de Souza
9 anos atrás

Vai bombar o post…

Paulo Renato
Paulo Renato
9 anos atrás

Bom trabalho !!!
Aos poucos es´tão sendo mostrados vários detalhes do Gripen.

Abs.

ZE
ZE
9 anos atrás

“Hoje à noite o editor do Poder Aéreo, Alexandre Galante, estará online no “Xat””

O que seria “hoje à noite” ???

[ ]s

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

Xi!! Na apresentação foram colocar o Gripen Naval!!!!

Era o que queriam os detratores do Gripen para chamar mais um projeto de “avião de papel” ou de “avião de AutoCad”………

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Temos que elogiar o trabalho e o esforço do Galante. Mas a realidade é bem outra. SERIA muito bom se a SAAB tivesse convidado a turma da COPAC + o Jobim + o Lula + o Judiciário + o Legislativo + EU (rsrs) + Vader + Zé + todo mundo para ver de perto isso. A “”proposta”” é muito boa!!! Mas infelizmente é puro papel. Até o Sea Gripen apareceu. Falta muita grana e projetos para terminar. Nada está totalmente desenvolvido. Nem o Radar. Tá faltando um trouxa para bancar, pois nem a suécia aceitou. Deve sai realmente uma versão… Read more »

Mauro
Mauro
9 anos atrás

Ora, mas isso que foi postado não é o que já vem rolando há algum tempo na net? Planos e mais planos da Saab para o NG?

Por outro lado, se, de fato, o Gripen NG existe, e não mero demonstrador de tecnologia, quer dizer então que aquele papo de desenvolvimento conjunto do avião com a indústria brasileira, foi para o espaço?

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Mauro disse: 12 de junho de 2010 às 15:35 boa pergunta !!!!!!! A realidade ficou bem mais clara com esse passeio do Galante pela Suécia. Bem que poderia ser diferente e eu estar completamente errado. O que está sendo colocado é comida velha requentanda posta de novo. A proposta é muito boa realmente, mas nem a suécia vai bancar. Basta ver o que está ocorrendo com o KC-390. A FAB tem a solicitação e a demanda, a Embraer tem o projeto, o governo brasileiro põe o dinheiro, faz encomentas e procura parceiros, que por sinal não são nem ideológicos como… Read more »

marcus
marcus
9 anos atrás

Temos que comprar mesmo o Rafale, ou qualquer outro avião Russo ou Europeu.
F18 nem pensar.
O Gripen poderia ser adqurido para substituir os AMX, e substituiria com vantagens.
Se não me engano temos 50AMX.
50 Gripens seriam uma opção muito boa.
20 Gripens navais para a MB.
60 Rafales para substituir F5 e Mirage 2000.

ZE
ZE
9 anos atrás

Caros, o Gripen NG será o Gripen E/F. Os Gripen C/D serão trazidos para o padrão Gripen E/F (Gripen NG), no QUE COUBER. Ou seja, sua eletrônica embarcada, seu radar AESA, MAW…serão instalados nos Gripen C/D. Os Gripen C/D exportados (Hungria, República Checa, África do Sul, Tailândia) poderão ser levados ao padrão E/F NO QUE COUBER. O Gripen E/F (Gripen NG) terá um raio de ação compatível com os seus concorrentes no FX-2, pois poderá carregar cerca de 40% de combustível a mais. Para não confundir ninguém, basta lembrar que os atuais Gripen C/D ao serem levados para o padrão… Read more »

athalyba
athalyba
9 anos atrás

Eu ainda acredito no Grifo.
Vai, Grifo, vai !

athalyba
athalyba
9 anos atrás

Ps: os suecos já testaram outra turbina nele ? Tirando a turbina, sobra o que para deixar o povo mais tranquilo ?

Talvez esse fosse um MEGA argumento para mostrar a flexibilidade do projeto e vender o Grifo para India e Brasil.

Marcos
Marcos
9 anos atrás

Caro colega “ZE” Não adianta explicar, explicar e explicar, os caras não querem dar o braço a torcer, não adianta, sempre terá um radar que não existe, uma turbina embargada, o alcançe sempre será menor, e por ai vai, é como diz o ditado O PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER VER. A minha 1ª escolha seria os SU, mas este a gente já perdeu. A FAB, conhece melhor do que niguem a sua realidade (Verbas), tenho medo sim que o gripen junto ao Brasil possa se tornar outro AMX (Pelado), mas ainda sim, apostaria neste projeto, pois é… Read more »

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

ZE disse: 12 de junho de 2010 às 16:48 “Não viaja não!!!!!!!”” Aliás viaja sim….Pede para o Galante conseguir com a SAAB uma passagem para você conhecer de perto o tal autoCAD. A proposta da SAAB é muito boa, mas não foi este o requerimento. Chega a ser vergonhoso o que está acontecendo. O FX-2 começou em 2008 e durante estes dois anos eles não conseguiram apresentar nem um demonstrador. Tá tudo parado. O que o Galante está mandando prova isto. Que vergonha!!!! Agora falam até poder utilizar outos motores, como fosse fácil substituir por outro. Até hoje não acabaram… Read more »

Rogério
Rogério
9 anos atrás

“Não oferecer para algum trouxa bancar, depois se ficar bom talvez compro alguns.
QUE VERGONHA!!!!!!!’

Essa ultima frase sua é exatamente o que eu penso sobre a Dassault.

Enquanto as outras potências buscavam integração para diminuir os custos, os franceses buscavam a independência em tudo, com isso criaram um caça caríssimo e agora buscam um OTÁRIO para dividir a conta, de 28 bilhões de euros.

[]s

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

Duvidam dos 5000 euros hora/voô do Gripen mas, que os 26000 euros hora voô do Rafale vão baixar.

Que venha o Rafale mas, que a hora voô de 26000 euros saia dos bolsos apenas de quem o defende ……

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Rogério disse: 12 de junho de 2010 às 20:24 Não sou torcedor de caça, pois não é time. Mas contra fatos não há argumentos….. A Boeing e a Dassault ofereceram um produto pronto que a cada dia apresenta novas novidades. Estão incorporando motores melhores e mais econômicos. E o OUTRO. Desde o lançamento do FX-2 não evoluiu nada. Não chegou nem a DEMO. Quando chegará a protótipo? Por receio de embargos pelos EEUU, já falam que o Brasil pode incorporar outro motor, como se fosse tão fácil. Falam também que podemos comprar X-anos de peças para evitar mais embargos. QUE… Read more »

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

VERDADE JÁ!!!!!!!

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

“…Não adianta levar políticos e jornalista para lá. Não adianta patrocinar formadores de opinião….” Formadores de opinião? Para quem serviria essa opinião? A FAB prefere o projeto/caça Gripen. Não é mais necessário formar opinião de ninguém, basta seguir o seu trabalho feito no levantamento técnico e no máximo verificar o que diz a Índia sobre os testes. E por falar em Índia, já divulgaram qual(is) caça(s) falhou(aram) no deserto? Bem, parece que o Gripen que não foi !!!!!! E como vão as vendas do Rafale hein ?!?!?!?

Justin Case
Justin Case
9 anos atrás

No post: “# A Saab pode colocar outro motor no NG caso o cliente queira; # Mas o cliente pode comprar adiantado peças para o F414 para “X” anos, para evitar “embargos”;” Galante, Explique melhor esses tópicos, por favor: – Colocar outro motor é simples assim? Acha que eles fariam isso com pouquíssimos recursos (deles) em alguns meses, um ou dois anos? – Qual motor seria? Será que tem outro com as mesmas vantagens de “escala” do F-414 e sem restrições de TOT e sem possibilidade de embargo? – E a sugestão/possibilidade comprar antecipadamente peças do motor para evitar embargos.… Read more »

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Antonio M disse: 12 de junho de 2010 às 21:07 “”E como vão as vendas do Rafale hein ?!?!?!?”” Já falei que não sou torcedor de caça, mas se for levar para esse lado gostaria que mostrasse as vendas do NG. Podia ir mais longe….mostrar pelo menos o DEMO. Vou repetir: deveriam convidar a turma da COPAC + o Jobim + o Lula + o Judiciário + o Legislativo + EU (rsrs) + Vader + Zé + todo mundo para ver de perto isso. Seria bom para acabar com esta fantasia…. Não adianta mudar de assunto. O assunto é gripen… Read more »

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

“..gostaria que mostrasse as vendas do NG. Podia ir mais longe….mostrar pelo menos o DEMO…” Pois é. Não dá para vender o caça, ainda não existe. O que se vende é o projeto, um consórcio e não há enganação nisso como está bem explanado aqui. Há risco, o que é inerente a qualquer iniciativa. O risco Rafale já está bem calculado, pelos 20 anos no mercado sem vender nada enquanto o Gripen já é operado em alguns países. Não diga para nós que ele não existe. Mande um e-mail para a FAB alertando-os para isso…..

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

E o caça precisa vender sim, senão não tem escala e nem consegue baixar seus custos de operação.

E o Gripen já vende, o Rafale ainda não. Parece que até apelando para um “rolo” a Dassault está com o Iraque:

http://www.aereo.jor.br/2010/06/09/rafale-para-o-iraque/

“…aquisição de caças Mirage 2000-9 usados, envolvendo uma triangulação com EAU. Os Mirage seriam devolvidos à França como parte do pagamento em uma eventual compra de Rafale pelo EAU…”

E depois são os suecos que estão querendo “formar opinião”….

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

“…Não diga para nós que ele não existe. Mande um e-mail para a FAB alertando-os para isso…..”

Ah sim, para a Força Aérea Indiana também, pois o que foi testado por lá foi uma holografia…..

Francisco AMX
Francisco AMX
9 anos atrás

A coisa é simples!… se planta… se colhe!

mas sobre o NG e seus slides… nada de anormal, mais do mesmo, acho que “nunca será”! rsrsrsrs

ZE
ZE
9 anos atrás

A única vergonha é o Rafale ter ficado em último lugar em todos os quesitos da FAB. Essa informação foi dada por um oficial da FAB ao Galante. Isto é um fato !!! A não ser que você queira chamar o Galante de mentiroso. Em 2015, ano chave para o F-X2, só 1 (um) Rafale será produzido. 10 anos (ou mais, dependendo de como você conta) se passaram e apenas um número pífio de Rafale foram produzidos. 82 Rafale produzidos em, no mínimo, 10 anos, dá uma média de 8,2 Rafale produzidos ao ano. Trata-se, pois de um caça SEM… Read more »

Guilherme Poggio
Reply to  ZE
9 anos atrás

ZE escreveu:

82 Rafale produzidos em, no mínimo, 10 anos, dá uma média de 8,2 Rafale produzidos ao ano.

ZE, na semana que vem será publicado uma série de textos tratando da cooperação européia no desenvolvimento e produção de caças. Trarei alguns números sobre a produção de caças na França na década de 1970 e você verá como a história era diferente.

ZE
ZE
9 anos atrás

Antonio M disse:
12 de junho de 2010 às 21:37

Amigo Antonio M, essa notíca do Iraque é mais um factóide, ou seja, é mais uma bobagem que o Blog tem que postar em nome da seriedade (seriedade do blog, não da notícia boboca sem pé nem cabeça).

Se algum dia o Iraque comprar algum avião de caça, sua origem será norte-americana pelas razões que todos sabemos (quem não souber, sugiro estudar um pouco acerca do assunto).

[ ]s

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Os EEUU não vendem material de 1ª linha para serem usados futuramente contra eles. Um material bélico novo deste nível é para 30 anos e neste tempo todo a geopilítica muda muito. Vide Irâ e Afeganistão que outrora era apoiado pelos EEUU e hoje… O Iraque ainda é muito instável e se quiser fomar uma nova força aérea, deverá começar deste modo. >>A única vergonha é o Rafale ter ficado em último lugar em todos os quesitos da FAB. Essa informação foi dada por um oficial da FAB ao Galante. R.: A FAB tem muitos oficiais…….e todos aqui que defendem… Read more »

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Interessante………
>>>Será que é o frio ou pelo fato de esperar mais coisas concretas com a ida do Galante lá, pois as gripets sumiram todas…
rsrsrsrsrsrsrsrsr

Se o resultado sair na segunda e der F-18 ou Rafale, as viúvas natim-mortas da banana autoCAD sueca não poderiam nem chorar, pois nesses dois anos de FX-2 não chegaram nem no DEMO. Quiçá em um protótipo.

DrCockroach
DrCockroach
9 anos atrás

ESte eh um email da Eurojet, de alguns anos, sobre a possibilidade de adaptar o EJ200 (Typhoon) ao Gripen: “Dear Mr. Ioannidis, Thank you for your e-mail. Saab has years ago already investigated the technical and operational feasibility for re-engineering JAS 39 Gripen with the EJ200 engine. Both Saab and EUROJET Turbo GmbH concluded that a re-engineering only shall be considered if there is a customer demand available. From a technical point of view, the EJ200 engine would fit into the engine bay of JAS39 Gripen with minor changes applied to the interface connections. The commercial feasibility of re-engineering JAS39… Read more »

grifo
grifo
9 anos atrás

– E a sugestão/possibilidade comprar antecipadamente peças do motor para evitar embargos. Isso é solução que se apresente?

Me parece uma solução óbvia e simples. Isto já é feito regularmente por quando existe um last buy do fornecedor original, como recentemente no caso do motor Spey dos A-1. Até o final da vida útil estamos vivendo de spare parts compradas antecipadamente pela FAB e pela AMI.

Agora, burrice é temer um embargo americano e comprar um motor fabricado por um aliado militar dos EUA.

ZE
ZE
9 anos atrás

DrCockroach disse: 13 de junho de 2010 às 1:27 Obrigado, amigo. Parece que os defensores do Rafale estão tão equivocados quanto o Governo Federal. O Brasil não pode e não deve fazer negócios com ditaduras idiotas como a da Venezuela, Cuba, Coréia do Norte, Irã. Eu não estou falando isso apenas pela parte política ou ética, mas também pela econômica. Vamos esquecer a ética e a política e vamos direto para a parte econômica. A Venezuela que tanto assusta alguns aqui desse blog, está à beira de quebrar. Em verdade, é o país com o maior risco no mundo (em… Read more »

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

>>O Brasil não pode e não deve fazer negócios com ditaduras idiotas como a da Venezuela, Cuba, Coréia do Norte, Irã. R.: O Brasil não deve armar estes países, mas deve vender alimentos, produtos e serviços. A medida que nossa influência anvança, a política deles mudam. —-> Alguem acha que no tempo da realeza a população do irâ vivia melhor do que agora. A repressão e a roubalheira era muito grande. —-> Quem colocou aquele rei no poder e por que? A raiva da população iraniana contra os EEUU não é ideológica e sim por patrocinar o governo covarde e… Read more »

Leandro RQ
Leandro RQ
9 anos atrás

Se o Poder Aéreo abrisse um “bolão do FX2” eu apostava que o Super Hornet vai ganhar…

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

ZE disse:
12 de junho de 2010 às 23:57

Caro ZE, concordo, tanto que escrevi “…Parece que até apelando para um “rolo” …”.

Mas pessoalmente não duvido que a Dassault tentaria isso, no desespero de finalmente fazer a 1ª venda internacional do Rafale ….

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

“…>>Repito, se o Tio Samuel quisesse, a FAB ficaria no chão !!! R.: TA NA HORA DE MUDAR ISSO!!!! INDEPENDÊNCIA JÁ…” E se formos de Rafale, se o tio Sarkozy Dassault & sucessores quiseram, a espinha dorsal da FAB ficará no chão …. E a França já deu mostras disso muitas vezes, inclusive no Brasil: Revista Tecnologia e Defesa nº 118 Reportagem “Um avião sob quatro bandeiras” Pág. 51/3 “…O governo fedeal foi primeiro à França, na época a mais importante fornecedora de equipamentos militares para o Brasil, em função da Missão Militar Francesa, o que significava que não só… Read more »

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

Ah sim, o texto que postei acima refere-se à época da Revolução Constitucionalista de 1932.

athalyba
athalyba
9 anos atrás

Colega Ze, Assim como num tópico anterior, em que vc afirmava sem a menor base factual que os Emirados Árabes Unidos estavam quebrados (não só Dubai, mas todos eles), vc tb faz duasafirmações que não são sustentadas pelos fatos: 1) A economia venezualana caiu 3,3% durante 2009 ( setor não-petroleiro CRESCEU 6%), por causa da crise, mas cresceu nos cinco anos anteriores, consecutivamente. Por causa ds dificuldades de infra estrutura, o crescimento para 2010 deverá ser da ordem de 1%, mas o investimento em obras crescerá mais de 30% em relação a 2009, que já tinha crescido outros 20% em… Read more »

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

—->>Pois é. Os tempos são outros mas já fomos boicotados pelos Franceses mesmo tendo pago (e pelo jeito é uma prática meio que contumaz até recentemente) mas atendidos pelos EUA. R.: ESTÁVAMOS em guerra civil e depende de que lado os franceses estavam. Dos constitucionalistas ou do ditador vargas. Na década de 60 e 70 houve o inverso: os EEUU boicotaram o Brasil e a salvação foi a frança. Tudo depende da GEOPOLÍTICA ATUAL. Os Alemães foram e os Japoneses foram os grandes inimigos dos EEUU na 2ª GM, mas antes mesmos do final da guerra já estavam costurando acordos… Read more »

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

“…2) Não quero parecer pedante, mas vc já esteve na simpática Santiago de León de Caracas ??? Já andou pela Autopista Francisco Fajardo e olhou as bancas de jornais ??? Já ouviu o povo falando nas ruas de Ñuñoa ou Las Condes ??? Claro que não: só quem nunca foi à Venezuela diz de boca cheia que é uma ditadura …” Isso que disse acima pode-se comparar a Getúlio Vargas, para usar um exemplo nacional. O “Pai dos Pobres”. LuLLa e PT chamavam isso de paternalismo, assistencialismo quando na oposição e no governo, chamam de democracia e segurança social. E… Read more »

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Seria interessante voltar ao assunto: GRIPEN ND

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Seria interessante voltar ao assunto: GRIPEN NG

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

“…R.: ESTÁVAMOS em guerra civil e depende de que lado os franceses estavam. Dos constitucionalistas ou do ditador vargas. Na década de 60 e 70 houve o inverso: os EEUU boicotaram o Brasil e a salvação foi a frança. …” Por que a França pegou o pagamento primeiro antes de virar “boazinha”?!?!?!? E os americanos viram oportunidade de negócio e cumpriram o que prometeram. E nos anos 70 boicotou em parte. Não fornecia equipamento de 1ª linha pois o Brasil não era exatamente confiável além de ser uma ditadura militar. Jimmy Carter disse isso claramente. Estavam tentando corrigir o tratamento… Read more »

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

O material acima esgota o “assunto Gripen NG”.

Agora basta o GF ter vergonha na cara e anunciar logo o ganhador dessa porcaria de FX2………

Hornet
Hornet
9 anos atrás

“Agora basta o GF ter vergonha na cara e anunciar logo o ganhador dessa porcaria de FX2”

O MD fará isso até julho. O Rafale será anunciado o vencedor em breve.

abraços a todos

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Antonio M disse: 13 de junho de 2010 às 13:25 Você tem algum problema ideológico contra os franceses. Os EEUU sempre nos boicotaram e so vendiam quando outros já tinham feito. Durante o Gov. Sarney os americanos nos boicotaram e não queriam nos fornecer mais F5 usados. Só fizeram depois que os chineses decidiram nos fornecer os J-7. Se você conhecer a história dos boicotes americanos (vide Poder Aéreo) verá o motivo da desconfiança dos militares brasileiros com eles. –> A FAB teve que comprar os Meteor dos ingleses, pois os americanos nos boicotaram, depois compramos os Mirage III, pois… Read more »

Guilherme Poggio
Reply to  Robson Br
9 anos atrás

Robson Br —> Vc sabe qual o motivo que a MB apartir da década de 60 começou a padronizar com os ingleses?……pengunte a eles. Não esqueça que as Garcia salvaram a nossa pele quando não tínhamos mais nada para colocar no lugar dos AMS e Gearing. E também dos dois NDD e do LST que vieram a preço de banana para tapar uma enorme lacuna da MB. Bom, também tem o caso de uns A-4, outros SH-3 e os futuros SH-60, mas isso é café pequeno. Vamos deixar o resto para o outro blog.

Robson Br
Robson Br
9 anos atrás

Hornet disse:
13 de junho de 2010 às 13:43
“Agora basta o GF ter vergonha na cara e anunciar logo o ganhador dessa porcaria de FX2″

>>>>>Realmente este FX-2 está enchendo o saco,,,,,

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

Eu sou “daquela época” Um dos principais motivos era o antiamericaismo dentro do governo e das forças armadas brasileiras. Lindolfo Collor ministro de GV era abertamente fascista (ainda que o fasciscmo não havia caído em desgraça) e o próprio GV e vários generais eram simpáticos à Alemanha nazista. Os EUA fizeram muita propaganda para ter uma base em RN e construir Volta Redonda mas, isso acaba em pouca confiabilidade e ainda, vários nazistas se instalaram no Brasil e AL. Uma reportagem da Folha de são Paulo (vou localizar quando tiver tempo) mostra que próximo a represa Billings em São Paulo,… Read more »