segunda-feira, junho 27, 2022

Gripen para o Brasil

Rafale para o Iraque?

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Rafale 03

Uma delegação do Ministério da Defesa francês esteve na última semana em Bagdá e encontrou-se com o primeiro-ministro iraquiano Nouri Al-Maliki segundo o site Tactical Report. A conversa entre os dois lados visou o estabelecimento de cooperação na área militar.

A França durante a “era Saddam Hussein” foi um importante parceiro militar do Iraque. Agora ela busca restabelecer essa parceria, mesmo com o grande suporte militar norte-americano. Uma das ofertas seria a venda de caças Dassault Rafale para o país árabe que, no passado, foi um importante usuário do Mirage F.1.

Uma outra possibilidade seria a aquisição de caças Mirage 2000-9 usados, envolvendo uma triangulação com EAU. Os Mirage seriam devolvidos à França como parte do pagamento em uma eventual compra de Rafale pelo EAU. De qualquer forma, não há nada de concreto até o momento.

- Advertisement -

22 Comments

Subscribe
Notify of
guest
22 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wilson Giordani de Souza

Acho brabo.

Wilson Giordani de Souza
Vader

Rafale no Iraque? Ahahahahahahaha… 🙂

Diegao

Vixi,e o Iraque tem grana pra isso ???
Se o Brasil tah chorando pq dizem q a hora/voo custa USD 15000,00,imagine se eles vao ter condições de bancar a aeronave,e sem contar os custos de aquisição da mesma e do restante q vai nela…
Acho q seria uma boa eles comprarem os M2000-9 dos EAU,e que eles fiquem lah mesmo….

Tito

Rafale no Iraque? Ahahahahahahaha… 🙂 (2)

Ivan

Rafale para o Iraque?

Brincadeira ‘né’ Poggio?

Já uma triangulação com os Emirados Árabes Unidos, pode até ser possível, pero no mucho.
O Iraque fica com umas 3 (três) dúzias de Mirage 2000;
Os EAU compram cerca de 28 (vinte e oito) Rafale F-4;
E Sarkozy fica bem na foto com a Dassault.

Mas em clima de futebol, cabe a pergunta:
– Será que os franceses combinaram com o goleiro yankee?

Abç,
Ivan.

Tito

E agora com a aprovação da nova rodada de sanções contra o Irão o Lulinha vai ficar “dodoi” com os Gauleses.

Então:

Rafale no Brasil? Ahahahahahahaha… 🙂

Vader

De fato, após o final da pantomima do Irão (o maior mico da diplomacia brasileira em toda a nossa história), agora o Jobim finalmente vai poder decidir, rsrsrsrs…

grifo

A propósito: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/06/conselho-de-seguranca-da-onu-aprova-nova-rodada-de-sancoes-ao-ira.html

Os “professores de geopolítica” aqui do blog diziam que a parceria estratégica com a França ia muito além dos submarinos e dos caças, envolvia altíssimos interesses nacionais, posicionamento estratégico do país no mundo, etc. etc.

Agora que o país levou um pé-na-bunda histórico do Conselho de Segurança da ONU, com o aval e o empenho pessoal do Sarkozy, como é que fica?

É bom a França tentar vender mesmo o Rafale para o Iraque porque aqui a coisa já era…

Wilson Giordani de Souza

grifo disse:
9 de junho de 2010 às 16:27

Pois é. Sem pontos na política externa, restará ao governo angariar pontos na interna.

Qual caça representa um maior número de pontos na política interna?

Vader

grifo disse: 9 de junho de 2010 às 16:27 Pois é Grifo. Esse mesmo cidadão que afirmou esse tipo de bossa foi o mesmo que disse certa feita que “a eleição de Obama era um fato histórico” para o mundo. Acho que ele achava que o Obama iria encaminhar os EUA para uma “nova era de socialismo mundial”, hehehe… Na verdade broe, chego à conclusão que existem três tipos de pessoas no mundo: aqueles que enxergam a realidade como ela é; aqueles que enxergam a realidade como gostariam que ela fosse; e aqueles que por burrice e falta de “simancol”,… Read more »

Robson Br

Indiferente as trapalhadas brasileiras em Honduras e no Irã, o fato que os EEUU não vão fornecer material de 1ª linha para o Iraque. Se eles quiserem comprar material de 1ª linha vão ter que buscar em outras fontes, pois os EEUU não fornecem material a países instáveis, pois podem ser utilizados contra eles.

Talvez os Franceses enxergaram uma oportunidade aí, principalmente para desovar os prováveis M2000-9.

Rogério

Rafale no Iraque? Ahahahahahahaha… 🙂 (3)

Luan

Rafale no Iraque? Ahahahahahahaha…:) (4)

O humor frances é impagavel.

[]’s

Wolfpack

Pessoal, com a atitude francesa pró status quo, vejo que o Brasil não terá como fechar este FX2, politicamente ficou intoleravel qualquer aliança com países do CS da ONU (China, Rússia, Estados Unidos, França, Inglaterra) e também para os que pensam no Gripen NG, um acordo com a Suécia, pois a máquina propulsora do Gripen é americana.
Se o Brasil ficará descontente com a atitude francesa nesta votação de hoje, ficará ainda mais distante dos Americanos e vice-versa.
[]s

Wolfpack

A votação de hoje no CS foi emblemática pois mostra qual caminho o Brasil deve seguir em seu desenvolvimento nuclear daqui pra diante. Ou temos uma arma nuclear como Israel, Índia e Paquistão, ou vamos se tornar este João Bobo da política internacional. Não se leva a sério países não nucleares.
Israel faz o quer no Oriente Médio, assim como Índia e Paquistão e nada de uma resolução do CS contra estas Nações.
Estamos no segundo time e nunca seremos uma Potência Econômica sem um Guarda Chuvas Nuclear.
[]s

Marcos

E assim termina a novela Rafake, pelo menos aqui no Brasil.
E agora, poderia sim NJ se rebelar e colocar os SU-35 de volta no Fx2, Lula indignado com o amigo frances, compra 50 SU e de quebra põe o Brasil no PaK Kaf.
Sonhar ainda é possivel……

Rogério

Meu caro Wolf, havia alguma dúvida sobre o posicionamento politico francês ou mesmo o chinês?

Quanto ao posicionamento russo, esse foi resolvido com o congelamento do programa antimísseis na Europa, até o Líbano, lar do Hesbollah, não foi contrário, o mundo agradece!!!

Quanto ao Rafale no Iraque, é só lembrar que a França ainda deve os Mirage F1 que foram pagos pelo Saddam.
[]s

Robson Br

O Jobim já deve estar é jogando a toalha.

zmun

Concordo com o ultimo post do Valter. Qualquer acordo com a França num momento como esse seria um tiro no pé. Talvez o grande erro do Lula foi achar que poderia jogar um pouco de realidade na diplomacia internacional. Precisamos lembrar que o que sustenta a coragem do Irã é o dinheiro americano. Afinal, quem compra o petróleo iraniano? Essas sanções sair para nostrar para o Brasil e Turquia quem manda no mundo. Lula foi feliz em dizer que as sanções sairam por pura birra americana. Que moral os americanos e a ONU têm para falar de armas nucleares? Um… Read more »

João

Nem francês, nem suéco e muito menos russo. Aposto que muito em breve os nossos caçadores estarão com um sorriso de orelha a orelha por causa da aquisição da maquina mortifera nada mais nada menos que o F/A-18-E/F. Afinal o Lula é o cara, mas o cara de bobão pois quem entende mesmo de avião é o Obama. O Rafale até hoje não venceu nenhuma concorrência e foi até dispensado pela Índia e com um preço bem mais abaixo do que oferecido ao Brasil. A França não é bem querida la pelo Oriente Médio e também o americano não vai… Read more »

João

Depois de tudo isso acho que seja uma justiça compararmos essa turma a um certo astro do ROCK que ficou conhecido como o pé frio da COPA… A seleção que recebeu sua torcida caiu no fiasco.

Últimas Notícias

Rússia lança barragem de mísseis na Ucrânia

As forças russas lançaram um ataque de mísseis de cruzeiro em larga escala em locais em toda a Ucrânia...
- Advertisement -
- Advertisement -