Home Nota Oficial Escolha de avião não pode ser apenas pelo aspecto militar, diz Jobim

Escolha de avião não pode ser apenas pelo aspecto militar, diz Jobim

154
65

Jobim na Câmara - foto via MD

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, explicou nesta quarta-feira (9/12) à Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados que o Brasil não pode utilizar unicamente o critério operacional de um equipamento militar para equipar as Forças Armadas.

O ministro recorreu a uma comparação com a aquisição de jipes, para responder a um comentário do deputado Wilson Picler (PDT-PR), que defendia a exclusividade da Força Aérea Brasileira (FAB) na escolha dos novos aviões de caça (projeto F-X2). O ministro, que já teve discussão semelhante com as Forças, em processos de compra de jipes, observou que no Brasil há produção de veículos desse tipo, mas que tecnologicamente não são tão capacitados quantos os Land Rovers.

“Se nós fossemos tomar uma decisão de adquirir só pelo aspecto operacional, teríamos que comprar um jipe da Grã-Bretanha; mas se nós discutirmos pela perspectiva do desenvolvimento tecnológico do país, nós podemos investir em um veículo leve nacional que não tenha capacidade técnica, para que este veículo – num período de tempo- esta empresa, possa se capacitar tecnologicamente para ter”, explicou Jobim.

“Isto chama-se política industrial de defesa e política industrial de defesa quem formula é o poder civil do país, que é o poder eleito. Eu respeito sua posição, entendo, mas quem decide política industrial do país é o poder civil e não os militares”, afirmou ao deputado.

Jobim, no entanto, deixou claro que esse raciocínio só vale para os produtos que, embora inferiores, atendam os requisitos operacionais básicos necessários às forças. Caso contrário, sequer entram na avaliação.

No caso do projeto FX-2, os três aviões em análise – F-18 (Estados Unidos), Gripen NG (Suécia) e Rafale (França) atendem os requisitos básicos. “Os três aviões cumprem os requisitos operacionais necessários, aí nós vamos verificar a parte correspondente à política estratégica do país”, disse Jobim em entrevista após a audiência pública.

CRITÉRIOS – Ainda aos deputados, Jobim disse que o governo espera da Força Aérea as seguintes informações: 1 – qual é a capacidade operacional da aeronave (“ Isso é assunto absolutamente da estrutura e competência da Aeronáutica”);2- qual a pretensão das empresas de transferir tecnologia; 3- qual a pretensão das empresas em relação a capacitação nacional; 4- qual o preço. “Quem vai decidir é o governo, e não a Força Aérea, porque agora quem decide produtos de defesa é o Ministério da Defesa, o governo civil”.

Jobim disse que a decisão final sobre o F-X2 pode ficar para janeiro, tendo em vista a proximidade do fim do ano. Após receber os estudos da Aeronáutica, o ministro discutirá o assunto com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a quem caberá tomar a decisão final, ouvido o Conselho de Defesa Nacional.

FONTE / FOTO: Ministério da Defesa

NOTA DO BLOG: os destaques no texto foram escolhas do Blog.

Subscribe
Notify of
guest
65 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
motta_eiras
motta_eiras
11 anos atrás

Isso aí SO chega. Ontem no jornal da Globo foi insinuado q esse programa pode ir pra 2011, pro proximo governo, acho melhor partir pros Mirage dos EAU enguanto estão disponiveis. Ano eleitoral só vai ter grana pra ações de fins politicos q gerem votos, 10 bi dá pra comprar muitos.

Sds

SO
SO
11 anos atrás

verdade Motta não polemizando, mas cada vez mais acho que tudo não passou de uma tremenda palhaçada, um cala boca em militares e um perfeito golpe, na verdade, seria estranho muitos favores pra quem nao gosta de militares tipo a historia da esmola grande demais, o problema que muitos cegos com visao perfeita não desconfiaram …. digo isso pq mesmo que venha, a meu 15 anos pra vir meia duzia …. bom, se isto ta bom, então quem sou eu neh … Mas idependente, chega disto, po, sao 35.678 noticias sobre e no final tudo com o mesmo nada a… Read more »

Clésio Luiz
Clésio Luiz
11 anos atrás

O exemplo dos Land Rover foi muito fraco. Eu conheço bem a área de automóveis, e posso dizer que não tem nada demais os jipes ingleses, que justifica-se comprá-los em detrimento de algo feito por aqui.

Agora, se for para fazer valer o que ele acabou de dizer na notícia, a escolha já deveria ter sido feita em favor do Gripen. Ao invés disso, ficamos mendigando redução de preço dos Rafales.

Rodrigo Marques
Rodrigo Marques
11 anos atrás

Jobim está correto. A FAB já pré-selecionou os 3 e fez um relatório mais aprofundado dando a sua visão ( se já está entregue o não, não vem ao caso agora). A decisão agora é política, é do nosso governo. Temos que nos posicionar. Eu me sinto muito a vontade em defender esta posição deste governo, que particularmente detesto e que no meu modo de ver deveria ter sido “impichado” em 2005. Como em 2006 ganhou democraticamente, bola pra frente. E está ficando cada vez mais clara a preferência pelo Rafale ( coincidentemente meu preferido e longe de mim ser… Read more »

Baschera
Baschera
11 anos atrás

Concordo, em tese, com o Sepol Olecram(SO)…

Comprar 6 ou 36 dá na mesma… ôoooo merreca!!!
Fazem quase 15 anos de enrolação e nada !!!
Igualzinho a área VIP da FAB….

Assisti, ou melhor, tentei assistir a explanação do Sr. Ministro na comissão …… dormi depois de DUAS horas do mesmo explicando abobrinhas do panorama no Haití e mais um monte de asneiras sem pé nem cabeça…. lamentável…. era só neguinho entrando, bocejando e dando um jeito de cair fora da tal apresentação……

Jobim…… vai dormir !!!

Sds.

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Eu concordo que a decisão deva ser política, aliás como tudo no Brasil vale salientar (e nem sempre tendo em vista o bem comum, também vale lembrar também). Mas o que não aceito é fazerem “teatrinho” e gozarem com a minha cara. Queriam o Rafale porque elegeram a França como novo parceiro estratégico? Pois que comprassem logo ele nos poupando a todos desse embrólio e não onerando as outras empresas “selecionadas” como coadjuvantes nesse faz de contas democrático “pra inglês ver”, e nem envorgonhando o país. Tentaram dar credibilidade ao programa F-X2 simulando uma concorrência mas o tiro saiu pela… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Amigo Bosco, não é bem teatrinho. Eu andei pesquisando o assunto e tem de tudo: desde lobbies fortes (por parte de alguns deputados e mesmo Brigadeiros desligados da FAB que agora prestam acessoria a alguma das concorrentes) até o atraso mesmo do relatório. Por isso que se está jogando a decisão para janeiro. De qualquer modo, a situação parece ser bem simples: precisa-se do relatório da FAB para saber se existe ou não alguma objeção técnica ao Rafale (existe concorrência, mas existe uma preferência política. E lembre-se que o relatório técnico avalia o preço também). Apenas isso. A decisão política… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Ainda sobre este assunto: “Governo deve fechar compra de caças em janeiro Agência O Globo O ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse nesta quinta-feira (10) que a decisão sobre a compra de aviões de caça para renovar a frota da Força Aérea Brasileira (FAB) será tomada em janeiro de 2010. Jobim afirmou que não haverá tempo para concluir as negociações ainda neste ano e, por isso, analisará as propostas apenas no próximo mês. Estão na disputa modelos da França, da Suécia e dos Estados Unidos. Segundo o ministro, a FAB ainda não enviou a ele um parecer técnico sobre as… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

e aqui um off-topic que tem a ver com o assunto: “Jobim negocia venda de aviões para o Peru O Globo – Por: Carolina Brígido O ministro da Defesa, Nelson Jobim, está negociando com o ministro da Defesa do Peru, Rafael Rey, a venda de dez a 13 aviões da marca Super Tucano, produzido pela Embraer, para ajudar o país no combate ao narcotráfico. O governo peruano tem pressa na compra e, por isso, Jobim estuda a possibilidade de a empresa brasileira “furar a fila” de encomendas da Força Aérea Brasileira (FAB) para atender à demanda do país vizinho. –… Read more »

motta_eiras
motta_eiras
11 anos atrás

Aí ,Bosco é q vejo a falta de sentido. Se é Rafale pq não anuncia-se Rafale? O problema q percebo é q não existe a grana pra anunciar o contrato. Todas as condições estão disponiveis, o melhor o pior o caro o barato o preferido .Falta grana ou vontade política devido ao ano eleitoral a se aproxima. E nós interessados e cientes das necessidades somos tratatos como trouxas.

Sds

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Apenas para tirar algumas dúvidas que foram (ao meu ver) implantadas na imprensa por meio de lobbies das empresas concorrentes, eu achei a ata do FX1 (o falecido) e tem coisas interessantes sobre a maneira como a FAB pensa e age. a) decisão política ou técnica (está claro que a decisão sempre será política e a FAB sabe e concorda com isso): “DEPUTADO PAULO DELGADO – Sr. Presidente, gostaria de solicitar uma informação ao brigadeiro Baptista. O ponto final do processo e a decisão por uma empresa serão tomados pela Aeronáutica, pelo Ministério da Defesa ou pelo Presidente da República?… Read more »

casag
casag
11 anos atrás

Hornet,

“Impedimentos legais escravizadores, como sempre aconteceu com nossos produtos de defesa” já diz muito, ou tudo, sobre a posição da FAB no FX-2.

Foi dito pelo brigadeiro escalado pela força para falar ao Congresso.

No entanto, sempre vai aparecer alguém com informação de cocheira sobre a preferência da FAB.

casag
casag
11 anos atrás

Ah, disse mais:” Eu não esperava que o Chile decidisse por um avião (F-16) que tem restrições de armamento e tecnologia”.

Naturalmente o SH, para nós, não tem restrição nenhuma.

Abs a todos.

Baschera
Baschera
11 anos atrás

Hornet em 12 dez, 2009 às 17:09 Mas amigo Hornet…as belas palavras do Brigadeiros citados são de ….2001, ainda no finado FX-1. Vamos ver…. uma amigo, neste final de semana, ia realizar um determinado lazer com um acessor direto de um Brigadeiro…… vamos ver o que ele acha e pode dizer. Outrossim…. como estão postando notícias de meios de comunicação… também posto aqui mais uma…. OS PRODUTOS DE JOBIM O poder de decisão pessoal do ministro ou é igual a zero ou só foge disso com o crime de improbidade, entre outros Jânio de Freitas “QUEM DECIDE sobre os produtos… Read more »

Rodrigo Marques
Rodrigo Marques
11 anos atrás

Desculpem pelo 1/2 off topic ( a discussão tá mt boa). Será que não daria para costurarmos politicamente a aquisição de parte, ou todos os Mirage 2000-9 dos EAU ( antes da crise lá, eles pretendiam obter os RAFALE, mas devolvendo os 2000-9). Vejam, Substituiríamos parte dos F-5/AMX por estes vetores, criaríamos escala para o nosso vencedor do FX-2, nesse caso talvez até uma pequena redução no seu preço, A França ficaria contente, os EAU ficariam contentes e nós reduziríamos o GAP entre nós e a dupla Venezuela/Chile mais rapidamente… Se não gostarem, podem me xingar, só poupem a minha… Read more »

casag
casag
11 anos atrás

Baschera,

As palavras do brigadeiro não valem para o FX-2?
“Impedimentos legais escravizadores”. Isto para F-16 usados.

Baschera
Baschera
11 anos atrás

Buemba..Buemba….Buemba….

El todo poderoso Jobim, segundo algunas informaciones de uno bloguista de la capital federal:

“A venda de 100 mísseis Mectron MAR-1, incluída no contrato assinado entre a FAB e o intermediário paquistanês, foi cancelada pelo ministro da Defesa do Brasil, Nelson Jobim.”

Será vero ???

Desculpem o Off Topic !!

Sds.

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Baschera, Na minha opinião não importa muito a época! que não é tão distante assim, (FX-1), o que importa é que o Brigadeiro falou e a posição oficial da FAB da época, que não deveria ser muito diferente hoje (lembra da palestra do Brigadeiro sobre as barreiras dos americanos hoje?) e que certamente comprova o que falo e defendo: se hoje a FAB “escolhe” outro, posso ter quase certeza que é por razões ideológicas (sim o comando da FAB tb tem! e tb se mete em política nos bastidores), financeira (de cunho “esquematóide”) ou ranço com o GF! O Fato… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Baschera em 12 dez, 2009 às 17:34 Eu citei o trecho falando do Fx1 para entendermos alguns procedimentos. No caso: o aspecto político envolvido na questão. Quando o Brigadeiro cita o exemplo do F-16 do Chile, ele etá reafirmando o aspecto político. E depois, como sabemos, o Brigadeiro Alvarenga já fez aquela palestra elucidando os problemas da FAB enfrentados com equipamentos militares dos EUA. E esse aspecto político (basta raciocinar um pouco, de 2001 até o ano passado a FAB mantém claramente uma desconfiança em relação a equipamentos senpíveis dos EUA) não foi inventado e nem está sendo defendido pelo… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

apenas para informar aos desavisados, da maneiro como funciona esse negócio de lobby: “Mais uma do deputado Itagiba: O deputado federal Marcelo Itagiba (PMDB-RJ) anunciou, nesta sexta-feira (11), que vai começar a recolher assinaturas para a formação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as recentes compras de equipamentos militares, fechadas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o presidente francês, Nicolas Sarkozy. O parlamentar afirmou querer saber quem são os brokers (intermediários) da operação e pretende apurar se um integrante do Ministério da Defesa ficou hospedado na casa de um dos fornecedores do armamento, durante visita… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

E pra concluir, a maneira como a imprensa “lê” (faz uma edição onde omite certas partes) e como os blogs ingenuamente (?!) repassam informações pela metade. Sobre o abaixo-assinado (que não tem motivação republicana nenhuma, é só lobby mesmo) que muita gente (os alucinados de sempre) aqui no Blog já deduziu um milhão de bobagens a partir dele : “A iniciativa de Picler foi rejeitada pelo também deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) que disse que não estava sabendo do abaixo-assinado, classificado por ele como uma “interferência do Poder Legislativo no assunto”. “Achei até um pouco indevido a entrega deste documento… Read more »

motta_eiras
motta_eiras
11 anos atrás

Eu sou favoravel a dois vencedores , arranjos sejam feitos. Um dará segurança pra q o outro cumpra sua parte. O Gripen deverá fazer parte dessa parceria, por motivos de preço. Nunca Rafale e SH.

Sds

motta_eiras
motta_eiras
11 anos atrás

Tá dificil ter um quanto mais dois. rsrs

Sds

kaleu
kaleu
11 anos atrás

Olá Hornet, tudo bem contigo ? Permita-me discordar de sua opinião / visão que vc divulga como sendo VERDADEIRA e FATO INQUESTIONÁVEL em detrimento das evidências a que chama de lobby DA IMPRENSA MARROM … meu amigo … se o relatório aponta o Rafale, o caça ja teria sido escolhido … isso é evidente! Não há dúvida de que o relatório elaborado pela FAB aponta para uma escolha diferente do GF … motivo que leva o MinDef as inúmeras declarações que exemplifico abaixo: – “o Brasil não pode utilizar unicamente o critério operacional de um equipamento militar para equipar as… Read more »

kaleu
kaleu
11 anos atrás

Em minha opinião pior que essa desculpa esfarrapada de “escolha política / geopolítica” … trata-se de uma escolha ideológica em que se postula ficar o mais longe possível dos EEUU … pagando qualquer preço por isso … mesmo em detrimento de nossa ind. aeroespacial … a esoclha deveria ser política sim, porém do ESTADO e não do GOVERNO … Essa postura do Gov atual é uma falta de respeito para com a Democracia, pois, parte-se do principio de que a atual ideologia será permanente … entretanto, a democracia determina a “alternância” de governos e de ideologias, através de eleições livres… Read more »

Thierry
Thierry
11 anos atrás

Kaleu

“trata-se de uma escolha ideológica em que se postula ficar o mais longe possível dos EEUU ”
then buy chinese,north corean,russian…
France anti USA:of course
Rafale:worst technical of the last 3 selected:of course

Hornet,you loose your time discussing politics here.For your private info,in France they say 40% Dassault rebate is not enough and Brazil wants more:last news.
Abraçao

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Thierry em 12 dez, 2009 às 21:32

“then buy chinese,north corean,russian…”

Why not Swedish dude?

“France anti USA:of course”

Ahahahahaha… LOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOL, rsrsrsrs… YOU FRENCH ARE ALLIED OF THEM!!! STOP SAYING YOU´RE AGAINST THEM! IT´S NOT TRUE!!! AND YOUR FIGHTER IS FULL OF AMERICAN TECHNOLOGY!

Sds.

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Muito bem postado, Kaleu. Caça Ideológico: é isso o que sobrou do funesto FX2. No mais, é mais do mesmo (info velha), Bobim, o palhaço, tentando dourar a pílula e justificar o injustificável, e os esquerduxos de sempre tentando desqualificar toda e qualquer notícia que seja contrária a seus intentos, inclusive as do Blog; em boa hora vem o editorial do Aéreo recolocar os pingos nos “I”s… Verdade é que como elles não se conformam com a realidade, só apanham dela, rsrsrs… Perceba como até a tal palestra do Brigadeiro do FX1 eles tentaram sorrateiramente “editar”… e depois ainda tem… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Engraçado como tem gente que acredita que o comando da FAB ou qualquer FA do Brasil é uma ilha de idoneidade total… Acredito que são bem superiores a párea política… mas não são santos! interesses rondam as FAs… e não é de hoje… tem vários ex-comandantes por aí dando assessoria em empresas privadas… algumas delas certamente concorrentes do FX-2… TÁ PARA NASCER GENTE 100% SÉRIA EM QUALQUER PODER NO BRASIL! portanto esta coisa de ficar dizendo que fulano é isso, fulano é aquilo… é chover no molhado! Eu espero que o MD e GF estejam no caminho certo! apenas isso!… Read more »

kaleu
kaleu
11 anos atrás

Thierry em 12 dez, 2009 às 21:32 Desculpe-me a franquesa, em minha opinião nem de graça (gratuíto) seria bom … manutenção francesa é um desastre … temos experiência com os mirage´s lembre-se … comunalidade com nossa Força é zero e os senhores estão cobrando a integração “fora do contrato” … é um tiro no escuro … queira vc goste ou não e contrário a teoria da conspiração do Hornet (comentarista aqui do blog) … o Rafale ficou em 3º, of course, se tivesse ficado pelo menos em 2º o contrato já estaria fechado … lamento que tudo isso esteja ocorrendo… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Queria saber se os amigos que já se sentem prejudicados como cidadãos no tocante ao FX-2, se já estão providenciando ajuizar uma ação no STF…?? 🙂

Aqui no blog não adianta reclamar não! se vcs sabem de algo podre mesmo, dou maior apoio moral !

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

ou vão confiar em deputado para fazer a CPI? rsrsrsrs

kaleu
kaleu
11 anos atrás

Carla Bruni … The BEST Frech avion …

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Em tempo: O Palhaço Bobim “esquece-se” de mencionar ao Deputado Federal Marcelo Itagiba, QUE POR SINAL É DE SEU PARTIDO, que a FAB fez em seu relatório uma EXTENSA análise da questão PREÇO, não apenas de aquisição mas de hora-vôo, além da análise da melhor relação custo-benefício! Isso ele não fala. Porquê? Porque Bobim, o palhaço, está 110% comprometido com a aquisição do caríssimo e nem tão melhor caça francês, a ponto inclusive de haver “blindado” o seu “chefe” (em tese, rs) cefallópode de receber informações sobre os outros caças, até o ponto de o mencionado mandatário haver dito o… Read more »

kaleu
kaleu
11 anos atrás

Felipe Cps em 12 dez, 2009 às 22:06 Olá Felipe, Mesmo o aclamado video do Brig. Venâncio não não se mantém de pé em uma análise mais profunda … procure ler as “negativas” dos EEUU, no vídeo do you-Tube (da apresentação) na maioria os pedidos estavam incompletos e tem o caso em que uma empresa achou que o preço não compensava e “inventou” uma negação, e o “expert” do Brig. comeu bola. Veja abaixo o comentário sobre o vídeo em um blog internacional : http://www.flightglobal.com/blogs/the-dewline/2009/10/brazilian-brigadier-bashes-us.html 1) a lot of the cases he cites are very old, and stem from the… Read more »

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Francisco AMX em 12 dez, 2009 às 22:21 “Queria saber se os amigos que já se sentem prejudicados como cidadãos no tocante ao FX-2, se já estão providenciando ajuizar uma ação no STF…?? Aqui no blog não adianta reclamar não! se vcs sabem de algo podre mesmo, dou maior apoio moral !” Chicão, fica frio, existe uma coisa em processo que se chama “interesse processual”: ninguém pode processar enquanto não houver interesse efetivamente afetado. Assim, enquanto não for assinado o(s) contrato(s), nenhuma providência judicial se pode tomar. Mas vc não tenha dúvida que se a escolha do caça for ideológica,… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

He he Felipe, até consigo ver uma “banderinha” na tua mão! rsrsrsr

abraço!

kaleu
kaleu
11 anos atrás

Quem entende esse Ministro?

Agora vem esbravejar que a escolha é Civil … porém o que mais gosta de fazer é vestir uma farda pra posar para as fotos!

É um Tchonga, mesmo!

kaleu
kaleu
11 anos atrás

He he Felipe, até consigo ver uma “banderinha” na tua mão! rsrsrsr

é Chicão … pensa no Felipe com uma bandeirinha “vermelha” na mão no meio da passeata … vai sair até no NY Times … rsrsrsrs

abc
kaleu

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Interessante o link Kaleu. Obrigado, é isso mesmo.

Eu pra ser honesto nunca levei a sério o tal vídeo do Brig. Venâncio. A uma porque de cara me cheirou anti-americanismo puro terceiro-mundista, coisa que me dá vontade de vomitar (já lembro de gente vestindo camisa preta suada com a foto do canalha Quévara e boininha vermelha cheia de caspa); a duas porque todos os “embargos” que ele mostrou fizeram o Brasil desenvolver produtos próprios, em muitos casos melhor do que o gringo.

Sds.

kaleu
kaleu
11 anos atrás

Felipe, que ninguém nos ouça … Tá uma queda de braço porreta nos bastidores … o GF quer que a FAB “retifique” o relatório e a FAB diz: “quer escolher, escolha, mais assuma … o relatório é isso aí … não tem o que mexer … a proposta é ruim mesmo … é muito cara mesmo … Com cada lado segurando o seu lado do “cabe de guerra” … o Brasil quer “projeção” … fica de um lado SH do outro Rafale … não tem acordo … O Lula fala “caça americano eu não aceito” … e a FAB: “conheço”… Read more »

kaleu
kaleu
11 anos atrás

Esqueci de um detalhe .. tbm é o único que não prejudica a imagem do Lula no ano de eleições … é o mais barato, o que mais transfere tecnologia e é o único que será fabricado no Brasil gerando empregos dentro do território brasileiro … ademais os BILHÕE$$$$ ficam dentro de nossa economia … só não ganha se o Pres. fosse Burro … e isso sabemos que o cara não é …

abc
kaleu

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Nunão, não me refiro ao Blog Aéreo, embora eu ache que muitas vezes o Blog Aéreo fica restrito a uma meia dúzia de fontes da imprensa apenas, sem procurar outras fontes para cotejar as informações de uma mesma notícia (isso é apenas uma crítica construtiva). Um exemplo: o blog postou a informação do “abaixo-assinado” de uma fonte jornalística que não dava o complemento da notícia. Em outras fontes, havia o complemento que citei acima. Na minha opinião (e é opinião pessoal) acho que vale a pena cotejar as notícias com várias fontes jornalísticas para averiguar o tipo de edição que… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Kaleu, a sua pergunta está mal colocada. Não é desta forma que está sendo avaliado os caças e nem tão pouco será assim que se tomará a decisão final. Não é o Lula que escolhe os caças. Quem escolhe e seleciona os caças é a FAB. Uma vez que a FAB apresente as possibilidades e diga que tal e tal caça cumprem os requisitos técnicos, a definição se faz no âmbito da política. A FAB tem autoridade para avaliar os caças, mas não tem autoridade para definir a estratégia política (seja geopolítica ou mesmo industrial) do Brasil. Cada macaco no… Read more »

ZE
ZE
11 anos atrás

De uma vez por todas. O Rafale é um caça muito, mas muito caro. Ainda que a França dê um desconto de 40%, 50%,60%…Sua manutenção, assim como suas peças, continuariam caríssimas. Há vários problemas com esse caça: É cotado em Euros, não tem ESCALA, seu próprio país não comprou e nem comprará o número de vetores outrora prometidos (o que encarece ainda mais a operação). O Eurofighter é cotado em Euros, porém ele tem ESCALA. No início, houve um mercado cativo de 4 países (Alemanha, Reino Unido, Itália, Espanha), ao qual foi adicionado a Áustria e a Arábia Saudita. Os… Read more »

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

kaleu em 13 dez, 2009 às 0:39: “só não ganha se o Pres. fosse Burro … e isso sabemos que o cara não é” Pela primeira vez vou ter que discordar do amigo Kaleu. A Mulla é “ixperto”, um verdadeiro rato (no sentido bom… ah, tudo bem, no mal também, rs) político, mas em todo o resto é um cidadão tôsco, despreparado, ideologizado e, pra piorar, mal-assessorado. É burro sim. Mas até um burro é capaz de lances geniais, e ele os tem, sofro em admitir. E vou ter de discordar de novo, quando o amigo fala que o GF… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Thierry

don’t worry.

As you know, I am very busy and I’m without free time to post frequent comments here at the Blog.

But I do not discuss politics on the Blog, because here it is not the appropriate place for it. I leave it to those who have nothing better to do or for those who do not have a better argument to support their positions on the FX2.

40% is not good. At least 80% discount plus 2 bottles of wine… hehehe

abração bro!

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Nunão, em tempo: na matéria postada pelo Blog – “F-X2: segundo colunista, relatório está com o presidente há dois meses” -, na minha opinião, o Blog Aéreo fez o correto. Deixou uma “nota do Blog” explicando que existem várias versões sobre isso na imprensa (aliás, o próprio título da matéria do Estadão já é uma versão pra lá de louca!). Acho que é assim que deve ser. E no caso específico deste post sobre o “Relatório” as notícias são tão desencontradas e desparatadas que chegam mesmo a ser ridículas (o relatório está há dois meses com o presidente?!!! Como?!!! Dois… Read more »