Home Estratégia Rafale F3: nos próximos dois anos, com ASMP-A, AM39 e Damoclés

Rafale F3: nos próximos dois anos, com ASMP-A, AM39 e Damoclés

423
34

Rafale e AM-39 - foto Dassault e MBDA

A entrada em operação dos armamentos e sistemas, assim como a capacidade RECO NG, deverá acontecer ao longo de 2010 e 2011, segundo o Comitê de Orientação da Aviação de Caça da França

O título parece uma sopa de letrinhas, mas quem acompanha o desenvolvimento do Rafale sabe qual o significado dessas siglas: míssil ar-terra com ogiva nuclear, míssil antinavio e pod designador que, assim que forem incorporados operacionalmente à nova versão (F3) do Rafale, ampliarão e muito sua capacidade operacional.

Esse foi um dos temas da reunião realizada na base aérea de Paris-Balard, no último dia 3 de dezembro, do Comitê de Orientação da Aviação de Caça (comité d’orientation de l’aviation de chasse – Comorac). O primeiro encontro havia sido realizado no Estado Maior da Marinha, em 18 de junho, e novas reuniões deverão se suceder a cada seis meses.

Rafale e asmpa4 - foto Dassault e MBDA

O encontro foi co-presidido pelos comandantes da Força Aérea (Armée de l´air) e da Marinha Francesa (Marine Nationale), general Joël Martel e almirante Benoît Chomel de Jarnieu. Introduzindo a reunião, ambos assinaram a MSO – Mise en service opérationnel (entrada em serviço operacional, do Rafale F3 nas duas forças. Essa etapa engloba todas as missões ar-ar e ar solo que representam grandes melhorias em relação à versão F2. As novas funções do padrão F3 (capacidade RECO NG, míssil ASMP-A, míssil AM39 exocet e pod Damoclés) entrarão em serviço progressivamente em 2010 e 2011.

Também foram discutidos outros pontos, como um futuro esquadrão comum para conversão ao Rafale na base aérea de  Saint-Dizier, a coordenação de grandes exercícios e a presença da Marinha na base de Istres.

Rafale_F3_comorac - foto Marine Nationale

comorac_foto Armee de lair - sirpa air

FONTES E FOTOS: Força Aérea Francesa (Armée de l´air), Marinha Francesa (Marine Nationale), MBDA e Dassault Aviation.

SAIBA MAIS:

34
Deixe um comentário

avatar
34 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
kaleuIvanDaltonNunãoRodrigo Marques Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
motta_eiras
Visitante
motta_eiras

Bonito é , impõem respeito, no desembolso também.

Sds

Bosco
Visitante
Bosco

MODO DE PROVOCAÇÃO DO CHICO-AMX ATIVADO:
O dia em que o Rafale acabar de ficar pronto ele vai ser mesmo excepcional. rsrs….
Até míssil anti-navio ele vai ter, olha que legal…

MODO DE PROVOCAÇÃO DO CHICO-AMX DESATIVADO:
rsrs…
Chicão, não liga não. Tô brincando.
Um abraço.

Francisco AMX
Visitante
Member
Francisco AMX

Bosco, are you there? 🙂

sabe alguma coisa sobre o Apache?

abraço!

Bosco
Visitante
Bosco

Sem dúvida o Rafale é o mais bonito caça da atualidade, tirando meu queridinho F-22 que é “hors concours” claro. Se é bom aí eu já não sei. rsrsr….. Brincadeiras à parte a única coisa que destoa no Rafale é a sonda de reabastecimento que o povo lá da Dassault tinha que ter arrumado um lugar de por pra dentro. De resto é realmente muito bonito. Dizem que o que é bonito voa bem (mas será que luta bem .rsrs…). Hoje eu estou óóootimo.rsr.. Nota 10 pro F-22, 9,5 por Rafale e 9,3 pro Super Hornet que também é bonito… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

Não que eu ache o jeitão de “macho invocado” bonito. Longe de mim. rsrs…
Um abraço a todos.

Bosco
Visitante
Bosco

Francisco,
pra mim ele (Apache/SCALP-EG) já é operacional no Rafale, mas agora fiquei na dúvida, porque também achava que o AM-39 era e pelo jeito não é.
Um abraço.

ZE
Visitante
ZE

Todos sabemos que ele é o vencedor. Uma coisa é certa, é certíssima: Iremos lamentar a escolha do vetor francês. A razão também é conhecida: Nossa Força Aérea não tem dinheiro para operar algo caro para se comprar e mais caro ainda para se operar. Para tornar ainda mais a coisa pior, esse vetor não tem ESCALA. Os números divulgados acerca desse caça são sempre ínfimos. É sempre assim: Vai se adquirir 10 daquilo, 15 daquilo-outro… Senhores, só 13 Rafale foram construídos este ano. No ano que vem serão construídos mais 13. A encomenda de 60 Rafale é para vários… Read more »

Thierry
Visitante
Thierry

ZE, I know you don’t like the french Rafale and would like the US SH My point is to tell you your figures are wrong: already 80 Rafale delivered on an 120 units order,another 60 ordered=180 already ordered Budget planning on a 20 year time is a total of 286 Rafale ordered and delivered for Air Force and Marine Nothing to compare with USA in number I know-had Dassault been American, Rafale fighter would have been ordered at minimum 800-1000 units France is France, a medium size peaceful country, not a” cow boy” country invading here and there,wanting to rule… Read more »

motta_eiras
Visitante
motta_eiras

Ainda acho q para o nosso país continental ,de acordo com as informações q temos sobre preço é preferivel 72 gripen a 36 rafales.
Não há como duvidar q a SAAB não tenha capacidade de desenvolver e fabricar seu caça em parceria com o Brasil.

Sds

Felipe Cps
Visitante
Member
Felipe Cps

Thierry em 10 dez, 2009 às 13:56: “France is France, a medium size peaceful country, not a” cow boy” country invading here and there,wanting to rule the world, invading Irak for WMD invented theory,etc etc.That is the difference.Multi-lateralism.” Sorry Thierry, no offenses, but from the perspective of who knows something you guys are not a medium sized country (but a World Military Power), not so peaceful as you say (remember recents nuclear tests under Chirac in Mururoa Atoll), an are at least so imperialist as USA (ask about it to the africans), with the aggravating of being our single nuclear… Read more »

ZE
Visitante
ZE

Vamos aos fatos: No começo seriam 336 vetores. Por problemas financeiros, o número caiu para 294, e depois foi reduzido para 286. Devo repisar: Os números diminuíram por fatores econômicos. O próprio desenvolvimento do Rafale sofreu com os problemas econômicos. Os números que me lembro de cabeça são os 80 já entregues e os 60 que serão produzidos em muitos, mas muitos anos. Se tal número aumentar um pouco mais, em verdade, não fará muita diferença. O grande problema do Rafale é a sua falta de ESCALA crônica. Sua falta de ESCALA irá aumentar os custos de manutenção do vetor,… Read more »

Felipe Cps
Visitante
Member
Felipe Cps

ZE: “Espanta-me ainda mais o fato que parte da população brasileira já está com o sentimento de novo-rico imbuído.” A gente já tá gastando por conta do pré-sal da Mulla, kkk. É bem isso, “novo-rico”: o caboclo nunca teve um powto na vida, ganha um dinheirinho extra de herança de algum parente endinheirado que bateu as botas e qual a primeira coisa que o cidadão faz? Vai na concessionária e tira um carro zero pra “sair coas gatinha”… 🙂 Depois fica choramingando porque continua sendo pobre, rsrs… Me lembra também um pouco a fábula da Menina do Leite, rsrs. Mas… Read more »

Francisco AMX
Visitante
Member
Francisco AMX

Bosco! meu post saiu depois mas não li as tuas “provocações”!
ESCUTA AQUI SEU RAPAZINHO!…. rsrsrsrs

Bosco dizer que o SH é bonito, tu forçou a amizade!… digamos que ele é presença!… rsrssrsr

Sobre o F-22 nós somos do mesmo time! 🙂 eta avião porreta de lindo!

casag
Visitante
casag

Alguém sabe que míssil é o que está no cabide central do Rafale da segunda foto decolando do NAE?

Êle tem entradas de ar para turbjatos.

Thierry
Visitante
Thierry

Felipe, french nuclear arms were built only to prevent forever being invaded-as you know our now excellent german friends used to come visit us once every 20 or 40 years between 1870 and 1940-my great grand mother was born in the underground of a house with prussian 1870 soldiers staying in the house,my grand father on the side of my mother at the age of 17 was a volonteer in Verdun in 1917 as a flame launcher,etc etc he survived and I am here to write ZE, SH price is the same as Rafale;heavy talks now on price you can… Read more »

Francisco AMX
Visitante
Member
Francisco AMX

Casag é o ASMP-A, com ramjet… anti superfície…

dá uma olhada nesta foto do apache! este mete medo! rsrsrs

comment image

Abraço!

Rodrigo Marques
Visitante
Rodrigo Marques

RAFALE F3 com isso tudo? Por favor, instalem o AESA e entreguem 36 em Anápolis, Sta Cruz e Canoas. Gostaria de um ASMP-A também… Nesse caso pode entregar um só, desde que ativado e na Praça dos Três Poderes… 🙂

Ps. Se não for muito incômodo, o ASMP-A de preferência numa quarta-feira entre 10:00 e 18:00.

Thierry
Visitante
Thierry

Felipe,our american friends own 100 times more of that
http://www.youtube.com/watch?v=zXR3Ge9QdXU

Dalton
Visitante
Dalton

Mon ami Thierry…

A França (pacifica) uma vez enviou um esquadrão naval sob comando do
Almirante Roussin com ordens de bombardear o Rio de Janeiro
caso as exigencias francesas não fossem atendidas…indenizaçao
pelas perdas sofridas com o bloqueio brasileiro ao Uruguai.

França, Alemanha, Italia, Inglaterra, Japão, todos os paises que
detinham colonias tem um passado negro…não vejo porque a França
foi diferente.

O Dia D nada significa para vc? Não foi bom ter os cowboys do lado
de voces?

França e toda a Europa temiam a URSS, que tinha armas atomicas e não os alemães.

bonne chance

Felipe Cps
Visitante
Member
Felipe Cps

Thierry:

Nice family story (wish could my family got so much adventure to tell, hehe: most exciting thing was they journey to Brasil). I knew that (about germans) and respect. It´s a country need, a form of keeping away eventual enemies. All of this I not only respect, but agree and support.

But don´t tell us that having this power and having done what it takes to have and keeping update nuclear weapons make France a “medium size peaceful country”. It is not true, and you know that.

Abs.

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Thierry, Meu sonho é um HIGH / LOW mix para o Brasil. Meu pesadelo (bad dreams) é o custo. Por esta razão sou favorável ao pequeno e econômico (low cost) Gripen NG, com a perspectiva de fabricá-lo no Brasil, na verdade dividindo a linha de produção com a Suécia de TODOS os Gripen NG. A Suécia, que têm uma visão de defesa independente, como a França, percebeu antes de todos que precisa de um ‘sócio’ para manter uma linha de produção de caças modernos, com a anuência festiva da SAAB, a empresa fabricante. Se não o fizer, provavelmente utilizará o… Read more »

Thierry
Visitante
Thierry

Ivan,

frankly saying I would propose a federal brazilian state fund to take a part of the Dassault share capital -sthg like 30% to start -in order to be part of the management .Maybe that will end like that.We see.
Abs.

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Thierry,

Esta alternativa não é muito conveniente.
O Brasil já fez um esforço para desestatizar várias áreas da economia, notadamente nas questões empresariais.
O que foi muito traumático e, até mesmo, polêmico.
Hoje o esforço estatal que cabe ao nosso país é de investimento em geração e transmissão de energia, mesmo assim com forte participação e concorrência do capital privado.
Além, é claro, de todas as obras de infraestrura necessária a sustentar o desenvolvimento nacional.

No mais, deixa a Embraer montar o avião que o Ministério da Defesa lhe encaminhar… depois a gente faz o nosso.

Sds,Ivan.

Bosco
Visitante
Bosco

O único míssil que eu realmente admiro dos russos e que não tem equivalente no ocidente (no Japão tem um semelhante em desenvolvimento que é o ASM-3) é o AS-17 Krypton supersônico que tem uma versão anti-navio. Na década de 80 os franceses estavam desenvolvendo um míssil anti-navio supersônico lançado do ar semelhante ao Krypton num programa denominado ANF (Anti-Navio Futuro em francês). Ele foi baseado na tecnologia do ASMP e que por sua vez gerou o ASMP-A. Infelizmente o término da Guerra Fria e a mudança da prioridade da guerra de mar aberto para a guerra litorânea, pôs fim… Read more »

casag
Visitante
casag

Valeu AMX e Nunão,

É este mesmo que mete medo. Imaginar que pode ter o equivalente a 300 mil ton. de dinamite num ‘foguetinho’ daqueles…

E o ramjet deve dar um confortável e seguro alcance para o vetor.

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Bosco,

E o Brahmos desenvolvido pela India com a Rússia?

Me parece ser um míssil de ‘respeito’.

Alcance em torno de 280 a 300 km;
Velocidade em torno de mach 2,8;
Versões mar-mar, terra-mar e ar-mar.

Ivan.

Bosco
Visitante
Bosco

Ivan, o Brahmos (SS-N-26) eu acho muito grande. Sem dúvida é um míssil formidável mas pesa umas 3 toneladas e só se adapta à doutrina russa e aos navios e aviões (caças bombardeiros gigantes ou bombardeiros) russos. Para nós por exemplo acho que só se fosse para armas plataformas costeiras. Eu particularmente prefiro os pequenos e furtivos mísseis ocidentais na função sup-sup. Já quanto ao Krypton ou ao japonês ASM-3 eu abro uma exceção já que são pequenos (menos de 800 kg) e podem ser lançados por caças (normais) a Mach 3.0 e a mais de 100 km de distância,… Read more »

Thierry
Visitante
Thierry

crazy past, air -dropped ! tactical nuclear bomb (1967-1988) 70 kilotons on Mirage IV
comment image

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Bosco,
O Brahmos, se tivéssemos uma plataforma adequada, seria uma arma com uma alta capacidade de dissuasão.
Mas as alternativas do Krypton ou do japonês ASM-3 são mais operacionais para nossa realidade.
Qualquer alternativa é muito distante da nossa realidade, e, pelo que tenho lido, nosso futuro míssil anti navio será de geração mais antiga. Não sei se teria condições de superar as defesas dos navios modernos.
Abç,
Ivan.

Bosco
Visitante
Bosco

Vamos operar no futuro, além do Exocet AM39 e do Sea Skua, os mísseis Penguin nos SH-60 e possivelmente os Harpoons nos P-3. Qualquer um dos concorrentes ao F-X2 irá operar mísseis que já fará parte das dotações da FAB ou da Marinha. Acho todos bons mísseis dentro das suas indicações. Agora, sempre achei interessante um mix para operar a partir de caças formado por mísseis supersônicos radar ativos e mísseis subsônicos furtivos com orientação passiva. Um ataque desses coordenados iria deixar qualquer defesa vulnerável. Enquanto a defesa se preocupa com um (ou mais) míssil se aproximando a velocidade supersônica… Read more »

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Gostei da idéia.
Respeitosamente,
Ivan.

kaleu
Visitante
kaleu

Thierry em 10 dez, 2009 às 13:56 Que papinho furado heim amigo ? Só os “canhotos” escolhem rafale … e não é pelo avião não (não viaja) … é uma questão “política) (leia-se ideológica) é pra se manter o mais longe possível dos americanos … se sukhoy estivesse na parada, os canhotos de plantão não queriam rafale nem pintado de ouro … com esse precinho … hummmm … nem os canhotos seriam trouxas … NINGUÉM sério neste país, quer Rafale amigo … nem FAB, nem GPF-X2, nem Copac, nem Embraer, nem pilotos, nem Fiesp, e há no congresso 195 assinaturas… Read more »

Thierry
Visitante
Thierry

kaleu

“Só os “canhotos” escolhem rafale”= not buying american means being a “canhoto” he he
Very simplist way of thinking .Black or white.Good or bad.
Sds