Home Indústria Aeroespacial Mais cinco EC725 para a França

Mais cinco EC725 para a França

330
4

ec725-foto-eurocopter

O Ministério da Defesa da França encomendou cinco helicópteros EC725 adicionais à Eurocopter, como parte do plano de recuperação econômica do governo.

No último dia 30 de abril, a Eurocopter noticiou a decisão do Ministério da Defesa da França de encomendar mais cinco unidades do EC725, helicóptero médio multifunção da classe de 11 toneladas e mais recente versão da família Cougar. As entregas estão previstas para o período 2010 – 2012.

O contrato assinado com a DGA (Délégation Générale pour l’Armement – Delegação Geral para Armamento) inclui também serviços de suporte e, em consonância com o plano de recuperação econômica lançado pelo governo francês em dezembro do ano passado, deverá garantir 100 empregos na Eurocopter e 150 em seus fornecedores, por um período de 3 anos. Os helicópteros serão montados na fábrica da Eurocopter em Marignane, na França.

Segundo o CEO da Eurocopter, Lutz Bertling, a encomenda comprova a confiança que as Forças Armadas Francesas têm na empresa – tanto o Exército quanto a Força Aérea já empregam a aeronave diariamente, num total de 14 unidades. Desde dezembro de 2006 os EC725 dão suporte às operações da OTAN no Afeganistão, realizando evacuação aeromédica, busca e resgate, escolta, além de missões de ajuda humanitária.

ec725-foto-2-eurocopter

Fonte e fotos: Eurocopter

Nota do Blog: com essas 5 unidades adicionais, o número de EC725 encomendados / em operação nas Forças Armadas Francesas somará 19 helicópteros do tipo. Com 50 unidades encomendadas, o Brasil por enquanto credencia-se para ser o maior operador de EC725 no mundo.

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
João Curitiba
João Curitiba
11 anos atrás

Quando a Helibrás começar a montar os EC 725 aqui, a linha de montagem na França será desativada? Se for, teremos aberto um mercado para fornecer às nações do terceiro mundo.

XERXES
XERXES
11 anos atrás

bem joão eu acredito que isto não acontecerá, nós talvez seremos um fornecedor/montador de aeronaves pra américa latina e outras regiões, vale lembrar que as empresas que operam na plataforma de campos a partir do aeroporto de macaé/rj passarão a operar com 225 que é a versão cívil do ec725, em breve , o que já aumenta o número de aeronaves pra serem montadas aqui, além do suporte técnico e peças de reposição para esses operadores( o que aumenta a importância da linha de montagem no brasil)mas não acredito que fecharão a linha de montagem em marignane

João Curitiba
João Curitiba
11 anos atrás

Quando a Helibrás começar a montar os EC 725 aqui, a linha de montagem na França será desativada? Se for, teremos aberto um mercado para fornecer às nações do terceiro mundo.

XERXES
XERXES
11 anos atrás

bem joão eu acredito que isto não acontecerá, nós talvez seremos um fornecedor/montador de aeronaves pra américa latina e outras regiões, vale lembrar que as empresas que operam na plataforma de campos a partir do aeroporto de macaé/rj passarão a operar com 225 que é a versão cívil do ec725, em breve , o que já aumenta o número de aeronaves pra serem montadas aqui, além do suporte técnico e peças de reposição para esses operadores( o que aumenta a importância da linha de montagem no brasil)mas não acredito que fecharão a linha de montagem em marignane