terça-feira, junho 15, 2021

Gripen para o Brasil

TAM e Gol estão entre as quatro empresas aéreas mais perigosas do mundo

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Airbus TAM

vinheta-clipping-aereoA empresa de consultoria alemã Jet Airliner Crash Data Evaluation Center (Jacdec), criou um ranking onde colocou a TAM e a Gol entre as quatro companhias aéreas com menos segurança do mundo em 2012. Segundo o levantamento, a mais segura é a Finnair, da Finlândia.

Foram analisadas as 60 maiores empresas de aviação civil do planeta, levando em conta os acidentes aéreos ocorridos desde 1983, número de passageiros que já viajaram pelas empresas e de mortes, além da quilometragem já percorrida por cada uma.

Entretanto, o resultado não conta casos em que a empresa não teve culpa por um acidente, como no caso da Gol. Em 2006, um de seus aviões chocou-se com um jato executivo Embraer Legacy 600, pilotado por dois norte-americanos. Ao todo, 154 pessoas morreram no desastre.

O estudo indica que a TAM e a Gol ocupam a segunda e quarta posições entre as piores empresas, respectivamente. A menos segura é a China Airlines, enquanto a Air India ocupa o terceiro posto. As companhias brasileiras subiram uma posição em relação a 2011, quando a TAM era a mais perigosa e a Gol, a terceira.

De acordo com o levantamento, a TAM registrou seis grandes acidentes desde 1983, que resultaram na morte de 336 pessoas. O último desastre envolvendo a empresa foi em 2007, quando um Airbus 320 vindo de Porto Alegre não conseguiu parar na pista do Aeroporto de Congonhas e se chocou contra um prédio, matando 187.

Já a Gol conta apenas com um acidente em sua história, justamente a colisão com o jato executivo Embrear Legacy 600. O relatório, por fim, mostra que no ano de 2012 ocorreram 496 mortes por acidentes aéreos, duas a menos que o anterior.

Veja as 10 empresas aéreas mais seguras do mundo:

1) Finnair
2) Air New Zealand
3) Cathay Pacific Airways
4) Emirates
5) Etihad Airways
6) Eva Air
7) Tap Portugal
8) Hainan Airlines
9) Virgin Australia
10) British Airways

FONTE: Yahoo Finanças  / COLABOROU: Ednardo de Oliveira Ferreira

- Advertisement -

12 Comments

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Giordani

Sei não…esse relatório está um tanto “politizado”…

O avião da gol foi albaroado no ar por dois incompetentes e entra para as estátisticas. Já o concorde fura o tanque por que um outro avião “soltou pecinha” e não entra para as estátisticas????

O relatório eu questiono a qualidade dele…já os serviços prestados por essas duas companhias aéreas…

jairo boppre sobrinho

Giordani
Vc disse tudo, se a Gol teve apenas um acidente na historia inteira da cia. e neste não teve culpa, como pode ser considerada insegura?
Com relação aos serviços, tb concordo com vc…
Abs

Marcos

Prefiro voar de TAM que de Air France.

Mas em se tratando de confiabilidade, é pouco provável que alguma dessas companhias africanas ou de algum cuziquistão da vida seja mais confiável que as nossas.

E de fato o atendimento das companhias nacionais é um lixo.

HRotor

Relatório para lá de tendencioso, o que não isenta nossas companhias de estarem muito aquém do ideal em segurança e qualidade.

Clésio Luiz

Isso pode servir de argumento para pressionar o governo brasileiro a abrir mais espaço para empresas estrangeiras, por causa da Copa e das Olimpíadas.

Giordani

Clésio Luiz disse:
12 de janeiro de 2013 às 10:31

Matou a charada!

jacubao

Os incopetentes que “abateram” o B737 da GOL são americanos, talvez isso explique a GOL nessa relação.

Vader

Menos, gente. É fato que os pilotos americanos do Legacy foram incompetentes, mas a falta de radares confiáveis na região do acidente e as falhas do controle aéreo também tiveram culpa no evento.

jairo boppre sobrinho

Caro Vader
Com todo o respeito – mas neste caso, considerando-se que o problema está na região e nas falhas do controle aéreo – seria o caso de considerar a cia. como perigosa?

Vader

jairo boppre sobrinho disse:
12 de janeiro de 2013 às 19:44

Claro que não. Um acidente aéreo nunca acontece por apenas um motivo, mas nesse caso em particular a GOL não teve nenhuma culpa no evento.

Apenas quis destacar que a culpa não foi só dos pilotos do Legacy, mas da ineficácia de nosso controle de tráfego aéreo.

Sds.

Mauricio R.

E a tão celebrada Azul, está indo pelo mesmo caminho.

[…] TAM e Gol estão entre as quatro empresas aéreas mais perigosas do mundo […]

Reportagens especiais

O AT-26 Xavante, conforme visto (e voado) por Franco Ferreira

  O texto abaixo é de autoria do nosso amigo Gustavo Adolfo Franco Ferreira, tenente-coronel aviador reformado da FAB, especialista em Segurança...
- Advertisement -
- Advertisement -