Home Aviação Civil Delírio aéreo

Delírio aéreo

149
33

Governo vai investir R$ 7,3 bilhões em 270 aeroportos; há 20 casos de terminais separados por menos de 100 km

 

Mariana Barbosa

Dos 270 aeroportos contemplados no plano de investimentos do governo federal para a aviação regional, há pelo menos 20 casos em que a distância entre dois deles é inferior a cem quilômetros. Em seis casos, essa distância é inferior a 60 quilômetros.

A maior proximidade é entre Lages e Correia Pinto, na Serra Catarinense: 33 quilômetros. Cacoal e Pimenta Bueno, em Rondônia, também receberão investimentos em aeroportos e estão separadas por 41,4 quilômetros.

“Não faz sentido investir em aeroportos muito próximos”, afirma Lucas Arruda, sócio-diretor da Lunica Consultoria em Aviação. “As companhias aéreas fazem previsão de capacidade com base na captura da demanda das cidades localizadas em um raio de cem quilômetros.”

Cem quilômetros -ou uma hora de automóvel- é uma referência internacional para estabelecer a distância ideal entre dois aeroportos no mercado doméstico. No caso de voos internacionais de longo curso, a distância sobe para 300 quilômetros.

Outros critérios entram na conta, como tamanho da população, presença de indústrias e atratividade turística.

“A distância entre Guarulhos e Congonhas é de 40 quilômetros, mas o tamanho da economia e da população é incomparável”, diz Arruda. Lages, por exemplo, sede de fábricas da Ambev e da Klabin, tem 156,7 mil habitantes. Correia Pinto, 14,8 mil. Cacoal e Pimenta Bueno, juntas, têm 112,3 mil habitantes.

Para Arruda, alguns desses aeroportos localizados em áreas muito próximas devem, sim, ser contemplados com investimento público em infraestrutura aeroportuária, mas de outra natureza.

“Você pode equipar o aeroporto muito pequeno para receber voos da aviação geral [jatos particulares, táxi aéreo etc.], mas não precisa equipá-lo com terminal de passageiros e toda a estrutura para receber voos regulares.”

“O que abunda não prejudica. Há demanda para os dois”, defende Paulo Marques, chefe de gabinete do prefeito Renato Nunes de Oliveira, cujo mandato se encerra hoje. “O governador, quando vem para Lages, pousa aqui. E Correia Pinto também vai priorizar a carga.”

O aeroporto de Lages acaba de ser reformado pelo governo estadual. A partir de janeiro, começará a receber um voo regular da Brava Linhas Aéreas (ex-NHT). Não se sabe o que vai acontecer com o voo, ou com o próprio aeroporto, quando Correia Pinto, que terá uma pista maior e mais densa, for inaugurado.

A meta é que 96% da população esteja a no máximo cem quilômetros de um aeroporto. Para isso, além de investir R$ 7,3 bilhões em 270 aeroportos, o governo vai custear parte da ocupação de voos. Quanto mais desconcentrada a rede aeroportuária, maior será a necessidade de subsídios para manter voos nesses aeroportos.

ESPANHA

A Espanha enfrenta esse problema e o governo discute a possibilidade de fechar aeroportos. O país ampliou a rede durante o boom imobiliário, e hoje falta passageiro.

De 52 aeroportos, mais de 20 estão a menos de uma hora de estrada de outro. Com 504 mil quilômetros quadrados, a Espanha é um pouco menor do que a região Sul (576 mil quilômetros quadrados), que terá 45 aeródromos. Mas a economia espanhola é seis vezes maior que o Sul.

FONTE:
Folha de São Paulo, via Resenha do EB

NOTA DO EDITOR: o título original era “Plano para aviação regional prevê aeroportos ‘grudados'”

VEJA TAMBÉM:

33
Deixe um comentário

avatar
32 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
18 Comment authors
AlmeidaivanildotavaresGuilherme PoggioRequenaRogério Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
HRotor
Visitante
Member
HRotor

O título do artigo é perfeito.
Completa incompetência e irresponsabilidade no diagnóstico do problema, na tomada de decisão e no uso de recursos públicos.
País desgovernado, mais uma vez os tolos pagadores de impostos vão bancar a conta do delírio.

Giordani
Visitante
Member
Giordani

A “cumpañerada” acabou de achar outro veio de ouro! Só o estudo de viabilidade para cada aeroporto deve pagar a conta de uma eleição para prefeito!!!!!
O título da matéria é simplesmente sublime e define bem a incomPeTência dessa cambada! Desculpem o desabafo, mas é que terminar o ano com só mais uma desse (des)governo, é dose!

aldoghisolfi
Visitante
Member
aldoghisolfi

Área$ de e$cape? Um dia termina…

LuppusFurius
Visitante
LuppusFurius

Mas eles $ervem para $eu propo$$$$$ito !!!!!
Os 270 aeroportos abrigarão dois esquadrões completos de FX-2!!!

Saudações para todos!!!! 2012 acabou……..
mas ainda teremos 2013 e 2014, para aguentar estes Vagalumes-Com-Idéias-Brilhantes……..

Vader
Visitante
Member

Uai, mas não eram 800??? Baixou para 270? 🙂

Só rindo mesmo. Isso aí vai ser uma farra do boi para as prefeituras.

Inacreditável.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Pois é, Vader, eram oitocentos, mas já viraram 270.

Lula havia prometido construir cem presídios em quatro anos.
Fez dois.

Dilma prometeu construir sete mil creches.
Entregou sete.

Vader
Visitante
Member

Off Topic muito interessante, do Defesanet, um belo exemplo de humor inglês: http://www.defesanet.com.br/geopolitica/noticia/9134/Rena-do-Nariz-Vermelho “A presidente Dilma Rousseff virou a “rena do nariz vermelho”, personagem de histórias tradicionais de Natal, em uma sátira publicada pelo blog “beyondbrics”, do jornal britânico “Financial Times”. No “conto”, a publicação faz piada com a economia brasileira e com as previsões do ministro da Fazenda, Guido Mantega. O texto (o original, em inglês está abaixo) começa com Papai Noel retirando “Russolph, a rena brasileira” da equipe do trenó do Natal deste ano, substituída pelo líder chinês Xi Jinping. “Seu nariz vermelho é o problema”, afirma o… Read more »

asbueno
Visitante
Member
asbueno

De mal a pior. E eu não imaginava isso. Não dessa forma. O pior de tudo é que não há uma alternativa “concretamente boa”, alguém, pessoa + partido, que pretenda fazer algo bom, estudado e planejado, sem fisiologismo. Essa uma praga onipresente neste país. Ainda é um pouco cedo mas espero sinceramente que surja uma boa alternativa. Sobre os aeroportos, o investimento deve ao menos estar junto a uma política robusta e consistente de fomento da aviação regional de “baixa demanda” (sonho…). Senão é furo n’água. Essa política ao menos tem algo além de um esboço? Me lembro de ter… Read more »

asbueno
Visitante
Member
asbueno

De mal a pior. E eu não imaginava isso. Não dessa forma. O pior de tudo é que não há uma alternativa “concretamente boa”, alguém, pessoa + partido, que pretenda fazer algo bom, estudado e planejado, sem fisiologismo. Essa uma praga onipresente neste país. Ainda é um pouco cedo mas espero sinceramente que surja uma boa alternativa. Sobre os aeroportos, o investimento deve ao menos estar junto a uma política robusta e consistente de fomento da aviação regional de “baixa demanda” (sonho…). Senão é furo n’água. Essa política ao menos tem algo além de um esboço? Me lembro de ter… Read more »

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Caracoles…. nem no último dia do ano estes políticos nos dão folga.

Mas que aeroportos que nada…… baita papagaiada….. conversa mole !!

Sequer conseguem cuidar e administrar de meia dúzia de aeroportos já existentes….. falta desde papel higiênico até ar condicionado…..

Fantasia não falta….. no pais da piada pronta.

Agora com licença….. vou assar uma rena rara…. para a ceia……ela tem o nariz vermelho !!

Sds.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Vai ter mais aeroporto que avião!!

Marcos
Visitante
Member
Marcos

a.t.e.n.ç.ã.o.:

ESPANHA – Anuncia Dissolução das Forças Armadas
(Fonte: Defesanet)

Comentário meu: é tudo o que a cumpanherda queria. Se preparem: o fim está próximo, não só do F-X2, mas como todo o resto.

Giordani
Visitante
Member
Giordani

Inacreditável! O governo da espanha dissolveu as FFAAs com a desculpa da “falta de ameaças” e como medida econômica!?!?!?!?!?! Apesar de ateu sou obrigado a dizer: MEU DEUS!!!! Nem o mais estúpido dos inocentes teria tal ideia só para garantir os lucros de um punhado de banqueiros!!!!!
Eu, como investidor, não colocaria meu dinheiro num país que não tem capacidade de se defender!!!!

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Marcos,

Sabe como é!

Fazem 15 anos que não tenho sinistro nenhum com meu carro…
Faço quase sempre o mesmo percurso de casa para o trabalho, ou para a casa dos meus irmãos, ou para o clube que é pertinho, menos de uma milha…
Quase sempre de uma garagem para outra…
Já sou cinquentão e tenho o pé mais leve…

Acho que vou cancelar o SEGURO do meu carro…
Afinal o risco é mínimo e ‘QUASE’ não existe!

Brincadeirinha… pois eu não sou louco ou idiota como estes espanhóis.
Quando vc pensa que não tem mais riscos,
provavelmente o risco está na esquina a te espreitar.

Sds,
Ivan.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Giordani:

E a ação parte do Partido Popular local, que segundo a wikipedia é um partido conservador. Sabe-se lá a essas alturas o que é “conservador”.

Se o objetivo é salvar a Espanha, temo que vão afundar mais ainda. A ação de desmantelamento pode é gerar um efeito multiplicador negativo, além de destruir completamente a indústria bélica espanhola.

Mas isso lá é problema deles. Temo que alguns idiotas queiram copiar a idéia por aqui. E vão por o quê no lugar? Melícias? Melícias bolivarianas?

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Sei lá, o tal Mariano Rajoy, Presidente da Espanha, usa barbinha e, nessas alturas, usa barbinha, é comunista.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Melhor seguro que existe é aquele que você tem e não precisa usar.

nunes neto
Visitante
nunes neto

Obaaaaa, material de segunda mão de qualidade,esqueçam essa coisa de fabricar aqui mesmo, vamos comprar a esquadra espanhola toda…

AlexJ
Visitante
AlexJ

Pessoal, essa notícia é fake. Vasculhando nas agências e principais periódicos espanhóis, bem como em sites governamentais e militares daquele país, não encontrei absolutamente nada.Somente no defesanet, mas sem qualquer indicação de autoria e/ou da fonte. A tal “notícia” está no espaço “geopolítica” do site onde é comum encontrarmos publicações mais exóticas do que esta.

PS.: Quem dera fosse verdade… LHD Juan Carlos semi novo, Alvaro de Balzán aegis, etc. Taí, esse é meu desejo de ano novo.

nunes neto
Visitante
nunes neto

O Brasil já tomou a mesma decisão faz tempo,esses Espanhois gostam de nos copiar, por esse período 2023, não teremos mais forças armadas tb, teremos FS (Forças Sucateadas).Abçs

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Alex

Pode ser!
Embora, lá por Abril passado, os mesmos já tenham comunicado que tinham a intenção efetiva de reduzir o tamanho de suas FFAA.

aldoghisolfi
Visitante
Member
aldoghisolfi

CRIANÇAS!
UM EXCELENTE ANO NOVO PARA TODOS NÓS!

Ozawa
Visitante
Member
Ozawa

Apesar da reportagem extensa e articulada do defesanet, e segundo consta, reproduzindo palavras do próprio chanceler, ao ler o portal do EL PAÍS sobre uma notícia publicada em 24/12, não posso deixar de notar o contraste do seu teor com essa fatídica, se verdadeira, reportagem do defesanet… Segue um enxerto do El PAIS e em seguida o link com a reportagem completa. ” El País 24 DIC 2012 – 12:45 CET – Rajoy destaca que España es más segura gracias a los militares en el exterior: El presidente del Gobierno, Mariano Rajoy, se ha dirigido esta mañana por videoconferencia a… Read more »

Groo
Visitante
Member
Groo

“O que abunda não prejudica…”

Olha o nível da argumentação dos nossos dirigentes.

nunes neto
Visitante
nunes neto

Groo, concordo com nossos dirigentes, quanto mais “aBundância”melhor,adoro aBUNDância,kkkk.Bom Galera, até ano que vêm, feliz 2013 para todos nós,e desculpa por algo que eu tenha dito, que tenha ofendido algum dos amigos (sou chato,rabujento e teimoso, vou tentar melhorar em 2013 🙂 ), e parabéns aos editores e colaboradores da trilogia, da revista, que Deus abençoe todos, muita saúde,paz, alegria, realizações e muita grana para todos vcs.Abçs

HRotor
Visitante
Member
HRotor

Depois que reli o artigo e os comentários, acabei entendendo um pouco da ciência utilizada pelo nosso governo no setor aeronáutico… É que a área do Brasil é 8.514.876 Km2, arredondando dá “uns 8 milhão”. Pega os 100 km da distância entre aeroportos da norma “internacioná”, eleva ao quadrado pra ficar “quinem” o quadrado dos km da área “deftipaífff”, resultando 10.000. 8.000.000 dividido por 10.000 dá 800!!! Mas um número assim redondo não pegou bem, então põe aí no estudo um número quebrado e elimina “as prefeitura” que não são “cumpanhera”. Pronto, pura ciência aeronáutica! E nós aqui malhando, ô… Read more »

Giordani
Visitante
Member
Giordani

Bom pessoal, ultima olhadinha desse ano no PA…p-p-p-por e-e-e-esse ano é só p-p-p-p-pessoal! 😉

Ano que vem tem mais…
…Fantasia-X…
…Forevis-5…
…Pro$ubs…
…Opalão…

Rogério
Visitante
Member
Rogério

Giordani disse:
31 de dezembro de 2012 às 14:13

Meu Deus, esses europeus ficaram malucos, se isso for verdade, a historia não pedoará, vão pagar um preço altissimo por essa aventura irresponsavel.

Requena
Visitante
Requena

Essa notícia sobre a Espanha é fake.
Saiu num site tipo “Sensacionalista” de lá.

Dia 28 de dezembro é o “Día de los Santos Inocentes” e é tradição o povo criar esses “factoides”.
É tipo um primeiro de abril.
Defesanet se queimou feio na parada.

ivanildotavares
Visitante
Member
ivanildotavares

O Marrocos iria adorar. Ceuta e Melila seriam finalmente conquistadas.

O serviço secreto do índio cocalero soube com antecedência e não perderam tempo: nacionalizaram uma importante Companhia espanhola lá.

Giordani
Visitante
Member
Giordani

Parabéns ao defesanet. Que mico!!!!!

O problema é que o frei beto, ardoroso defensor do FIM das FFAAs tupiniquins, vai usar e abusar desse deslize do defesanet…

Almeida
Visitante
Member
Almeida

Nota DefesaNet Agência de Notícias Caros Leitores. Pedimos excusas pela publicação desta nota. O que ocorre é que, nos países hispânicos, o dia dos bobos é o 28 de Dezembro, chamado o Dia dos Ingênuos. No último dia do ano publicamos uma notícia que extrapolava as tendências, que estão ocorrendo, no atual momento na Espanha. Há o Plano Vision 2025 com um agressivo programa de redução de efetivos e equipamentos, mas nenhuma decisão foi tomada até o momento pelo governo espanhol. Quanto às empresas há a difícil situação (real), da empresa de construção naval NAVANTIA. O Editor DefesaNet 01 Janeiro… Read more »