Home Aviação de Caça Boeing cumpriu MYP II antes do prazo e dentro do orçamento

Boeing cumpriu MYP II antes do prazo e dentro do orçamento

390
9

Todos os 257 Super Hornet e Growler desse contrato já foram entregues, somando-se os 210 do MYP I

A companhia Boeing anunciou no dia 22 que concluiu a entrega de  257 caças F/A-18E/F Super Hornet e EA-18G Growler para a U.S. Navy, referentes ao contrato plurianual MYP II. Todas as aeronaves foram entregues antes do prazo e dentro do orçamento.

As aeronaves foram entregues para  a Marinha entre 2007 e 2011 dentro do contrato plurianual assinado em 29 de dezembro de 2003. A Marinha adquiriu as aeronaves durante os anos fiscais de 2005 a 2009. Contratos plurianuais de aquisição fornecem um ambiente estável de produção que permite aos construtores e aos fornecedores a redução de custos através de compras em massa e aumento da produtividade.

O contrato inicial MYP II incluía 210 aeronaves F/A-18E/F e EA-18G. Ao longo do ano de 2009, outros 47 aviões foram adicionados ao contrato, incluindo 24 F/A-18Fs adquiridos pela  Royal Australian Air Force dentro do programa Foreign Military Sales.

Em 18 de setembro de 2010, a Marinha concedeu à Boeing o contrato MYP III para a entrega de  66 F/A-18E/F e 58 EA-18G, que serão adquiridos até 2013.

A Boeing entregou 210 Super Hornets para a Marinha durante o MYP I entre os anos fiscais de 2000 e 2004. A produção dos aviões durante os dois primeiros anos gerou uma economia de US $1,7 bilhão para a Marinha. O MYP III projeta uma economia de mais de US $600 milhões para a Marinha, atingindo um total de mais de US $2,3 bilhões para os três contratos.

 FONTE: Boeing

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: Poder Aéreo

VEJA MAIS:

9 COMMENTS

  1. “Todos os 257 Super Hornet e Growler já foram entregues.”

    E a pobre de Le Jaca, c/ o contrato indiano incluso, nem perto disto passa!!!
    Tsc, tsc, tsc…

  2. “Todas as aeronaves foram entregues antes do prazo e dentro do orçamento.”

    Não vai dar certo fazer negócio com uzamericanu. Por aqui as coisas funcionam diferentes: tudo é entregue fora do prazo e é sempre necessário muitos adendos financeiros, de modo a custar muito, mas muito mais que o programado.

  3. Enquanto isso tem gente que comemora efusivamente 120 vendas locais mais 126 internacionais, com 11 aeronaves saindo da fábrica por ano. Cadê os rafaletes?

  4. Mauricio R e Poggio, não se esqueçam também das 124 unidades do MYP III sendo entregues atualmente!

    Com os atrasos e aumento de custos do F-35C não duvido que ainda encomendem um MYP IV.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here