Home Noticiário Internacional De olho na Coreia do Sul, Boeing vai iniciar novos testes do...

De olho na Coreia do Sul, Boeing vai iniciar novos testes do F-15 ‘Silent Eagle’

311
7

Cauda dupla inclinada estará de volta nos testes de túnel de vento que a Boeing deverá iniciar neste trimestre

Segundo matéria do site Flight Global, a Boeing deverá realizar uma nova série de testes de solo, de voo e de túnel de vento, relacionadas a diversas características fundamentais do F-15 Silent Eagle (SE) proposto para disputar o contrato F-X III da Coreia do Sul.

Os testes em túnel de vento em um modelo em escala do F-15 SE, com baias conformais de armamento, deverão começar em março ou abril, segundo o vice-presidente de vendas da Boeing, Howard Berry. As baias de armamento são tanques de combustível conformais modificados, e permitem que o F-15 leve seu armamento internamente, o que diminui a assinatura da aeronave aos radares.

Esses testes também vão determinar o desempenho aerodinâmico em diversos ângulos da cauda dupla inclinada proposta para o Silent Eagle. O conceito original da empresa apresentava as superfícies verticais inclinadas em 15 graus, sendo essa uma técnica para aumentar a furtividade do caça. Com esse tipo de cauda, o avião pode inclinar-se a 15 graus em cada lado sem apresentar um ângulo de 90 graus a radares aerotransportados.

Como um bônus não planejado, a cauda dupla inclinada também melhora levemente o desempenho aerodinâmico da aeronave, segundo a Boeing.

Já os testes de voo de um “F-15 internacional avançado” vão começar no quarto trimestre de 2012 ou no início do próximo ano, segundo Berry. O novo avião de testes que será construído terá os novos sistemas do cockpit, os sistemas digitais de guerra eletrônica e sensores revelados quando da apresentação do conceito do Silent Eagle, em 2009.  Os testes visam preparar o caça para que este possa entrar em serviço na Coreia do Sul em 2016.

Em breve, a Coreia do Sul deverá lançar um pedido de propostas (RFP) para o requerimento do F-X III. Espera-se que um contrato para a aquisição de 62 aviões seja concedido em outubro. A Boeing provavelmente vai competir com o Eurofighter Typhoon e o Lockheed Martin F-35.

FONTE: Flight Global (tradução, adaptação e edição: Poder Aéreo)

FOTO: Boeing

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Almeida
Almeida
8 anos atrás

Continuo achando que, mesmo com a decisão do Japão pelo F-35, neste momento, para a fase III do FX sul coreano, vai dar mais F-15.

Eles tem urgência, o F-35 ainda vai demorar e as outras duas fases do programa viram a compra de mais de 60 F-15K.

No futuro eles cancelarão o projeto de caça de 5a geração local e irão de F-35, mas não agora.

jacubao
jacubao
8 anos atrás

Lindão!!!! 🙂

Leonardo
Leonardo
8 anos atrás

Perda de tempo da Boeing, com certeza vai dar F-35.

Almeida
Almeida
8 anos atrás

Quer apostar, Leonardo?

Almeida
Almeida
8 anos atrás

Lairton, em que Mundo o senhor vive?

O programa JSF do F-35 Lightning II possui NOVE parceiros internacionais: Estados Unidos, Reino Unido, Itália, Canadá, Austrália, Turquia, Holanda, Noruega e Dinamarca. Além disso, vendas já foram anunciadas e aprovadas para Israel e Japão.

Informe-se um pouco mais antes de escrever sobre um assunto, faça o favor.

Mauricio R.
Mauricio R.
8 anos atrás

Tb não boto fé, mesmo c/ a KAI trabalhando no seu desenvolvimento e na fabricação das bais laterais.
É somente um remendo em um design bastante conhecido, não uma aeronave absolutamente nova.

Vader
8 anos atrás

Uai, e agora voltaram as derivas inclinadas?

Remendo é isso aí. Agora, com todas essas modificações, imaginem o quanto vai demorar.