quarta-feira, agosto 17, 2022

Gripen para o Brasil

Fábrica da Embraer na China não será fechada (ainda)

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Em nota curta, divulgada hoje  (07/10) pela Embraer, a empresa brasileira ainda não decidiu fechar sua fábrica na China. Diversas notícias veiculadas pela imprensa na tarde de hoje informavam que a Embraer fecharia sua fábrica na China devido aos planos chineses de produzir seus próprios aviões.

A empresa tem uma fábrica na China em associação com a Aviation Industries of China (Avic), para a fabricação do jato de transporte regional ERJ-145, de 50 lugares. A ideia da Embraer seria ter a autorização para construir um avião maior, de capacidade para 120 passageiros. Porém, a China está desenvolvendo aviões próprios. A última entrega de um ERJ-145 será feita em março.

Veja reprodução da nota abaixo.

Com respeito ao noticiário veiculado na imprensa acerca do fechamento das operações industrias da Harbin Embraer Aircraft Industry (HEAI), a Embraer esclarece que não há, até este momento, uma decisão sobre o assunto, estando a Empresa em negociações com o governo da China e o parceiro chinês, com vistas à continuidade das operações.

- Advertisement -

24 Comments

Subscribe
Notify of
guest

24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Galileu

Isso aew!!

“Espera mai um poquinho, xing ling tá quase teminando copia”

Tem mais é que sse dar mau mesmo, esses maluco de conselho, ganham uma grana e não sabem ****** alguma!

Cavalo doido

Temos que fazer com a China o que ela faz conosco. Se quiser ter acesso ao nosso mercado doméstico é necessária transferência de tecnologia para as nossas empressas.

Cavalo doido

nota. empresa

Colt

Hoje Brasil e China são parceiros econômicos e políticos.
Mas eventualmente os atritos aparecerão.
A Embraer precisa de autorização para produzir determinado avião, mas… :
– Chineses devem disputar leilões de energia em 2011.
( http://economia.estadao.com.br/noticias/economia,chineses-devem-disputar-leiloes-de-energia-em-2011,37980,0.htm )
– Empresa chinesa de motocicletas inaugura nova fábrica no Brasil
( http://portuguese.cri.cn/101/2008/01/03/1@81627.htm )
– Empresa chinesa quer investir em trem-bala no Brasil
( http://www2.camara.gov.br/agencia/noticias/TRANSPORTE-E-TRANSITO/147202-EMPRESA-CHINESA-QUER-INVESTIR-EM-TREM-BALA-NO-BRASIL.html )

Rafael (RS)

Impressionante, os caras estão vendo o que a China vem fazendo a anos com as empresas que lá se estabelecem (vide bronca dos russos e seus sukhois copiados), aprendem como fazer, depois impõem barreiras aos concorrentes, desfazem parcerias, dão preferência aos produtos ching ling e deu pra bola, haja incompetência, esses acordos com os chineses no presente pode ser no máximo um BOM negócio, e no futuro um DESASTRE.

J.Berto

Provavelmente a Embraer espera fabricar “para-quedas” na China!

Crusader

A Embraer tem é que sai fora da China e explodir a fabrica, para não sobrar vestígio algum! hehehehehe

Raul

Tem mais que se F*** mesmo. Quem manda ser burro!
Todo mundo sabia que isso ia acontecer…

Pelo menos a única coisa que podem roubar da EMBRAER são os detalhes dos projetos mesmo, já que de tecnologia ela não tem nada, pois praticamente só faz a montagem das aeronaves.

Edmar

Caros Amigos.:

Os chineses copiam tudo, “copiam tudo”, sem licença e depois poem barreiras economicas contra os outros paises.

Giordani RS

Xing-Ling deu lasteila nos blazucas…Xing-Ling agola é espelto…blazuca tentou se malando com Xing-Ling…

É…só os executivos da embraer não sabiam disso…quiseram dar uma de “gerrrrrson”…

Pinguim

Como já disseram, essa TODO MUNDO SABIA… menos os dirigentes da Embraer.
Chinês não quer comprar nada de ninguém, nunca. Só vender.

Carlito

“Colt disse: 7 de outubro de 2010 às 21:11 Hoje Brasil e China são parceiros econômicos e políticos…” Meu caro Colt, Note que os chineses pretendem investir em setores lucrativos e estratégicos por aqui, enquanto que o Brasil s torna cada vez mais mero fornecedor de commodites. E todas as vezes que embarcamos em algum tipo de acordo com eles, sempre levamos a pior. O Brasil pretende uma cadeira permanente no Conselho de Segurança da ONU, e os chineses prometeram nos apoiar em troca do Brasil reconhecê-los como economia de mercado. A nossa parte nós fizemos, mas a China não… Read more »

Carlos Augusto

Carlito, você tem razão os chineses só tem levado vantagens com esta parceria com o Brasil, mas os comunistas do PT não conseguem enxergar isso, agora eles estão crescendo o olho no pré-Sal, outra gelada é esse convite dos russos feito a Embraer, se a mesma aceitar, vai ser outra canoa furada, a dar mais prejuízo.

Colt

Carlito disse:
8 de outubro de 2010 às 8:32

“Colt disse:
7 de outubro de 2010 às 21:11

Hoje Brasil e China são parceiros econômicos e políticos…”

Meu caro Colt,…”

O Carlito, o fato é que são parceiros econômicos e políticos, se vc não gosta dessa realidade ou de como ela é manejada, mande uma carta para o Presidente, reclame com ele.

Carlito

Colt, Não estou discutindo se Brasil e China são parceiros comerciais ou não (é obvio que são). Chamo a atenção apenas ao teor desta parceria, onde a China vem se impondo cada vez mais como o lado mais forte da relação, e o Brasil vem aceitando tudo isso de maneira passiva. Pelo visto você acha perfeitamente “normal e saudável” o Brasil vender toneladas de commodities a preço de banana e comprar manufatrados chineses de valor agrefado, não? E pelo visto você também não seu deu ao trabalho de ler e compreender o meu comentário, onde conclui que “a relação comercial… Read more »

Carlito

Correção: Onde se lê “agrefado”, sustitua por “agregado”.

Carlito

E onde se lê “sustitua”, seria “substitua”…

Mario Blaya

Carlito,

o Brasil, Australia, Canada etc etc, são todos exportadores de commodities para a China, o que ela consome hoje em termos de manufaturados e bem pouco perto do leque que ela produz, alem disso vc deve estar acompanhando, com um cambio ruim para nos e otimo para eles, os chineses nem precisam massacrar seus operarios para ter uma vantagem enorme em termos de preço de seus produtos.

a China tem a força do comprador, ele sempre tem razão!

Carlito

Exportar commodities não é necessariamente ruim. Qualquer coisa que se consiga vender em qualquer lugar é ótimo. No entanto, basear a exportação apnas em commodities não é atitude de um país com aspirações a potência. E devemos lembrar também que Austrália e Canadá, embora sejam países considerados desenvolvidos, não são nações realmente representativas quando o assunto é poder econômico e influência global. A Austrália e o Canadá possuem algo em comum: A proximidade a grandes centros de influência global (Japão no caso da Austrália, e EUA no caso do Canadá). As economias destes dois países são profundamente atreladas e dependentes.… Read more »

Colt

Carlito disse: 8 de outubro de 2010 às 13:34 “Pelo visto você acha perfeitamente “normal e saudável” o Brasil vender toneladas de commodities a preço de banana e comprar manufatrados chineses de valor agrefado, não? E pelo visto você também não seu deu ao trabalho de ler e compreender o meu comentário, onde conclui que “a relação comercial com a China é de vital importância para o Brasil, mas os termos desta relação deveriam ser revisados o mais rápido possível” Carlito, pelo jeito vc não entendeu que…… : “”Mas eventualmente os atritos aparecerão. A Embraer precisa de autorização para produzir… Read more »

Mário

Ouvi dizer que Lula mandou uma carta como sempre a política do gov companheiro ao gov Chinês e não obeteve resposta até agora e assim ficou, façamos um trato com eles se é que dar para fazer acordos com eles, se a Embraer fechar eles não poderão investir no agronegócio e aqui uma das nossas maiores motores para impulsionar nossa economia para eles investir no Brasil haverá de ter reciprocidade se não, não haverá conversa é toma lá da cá bateu levou , é o gov brasileiro que tem que abrir os olhos é por causa dele que há essas… Read more »

Carlito

Beleza Colt, acho que chegamos em um ponto comum!

Tive recentemente uma experiência com projetos de motocicletas para uma empresa chinesa. Pude sentir na pele a cultura predatória deles.

Particularmente “EU” tenho não um, mas dois pés atrás com os chineses. Eu pensaria muito, mas muito bem antes de negociar com eles.

Colt

Depois do final de Boston Legal só tenho uma coisa a dizer a respeito:
Denny Crane !!! ahuahuaua

Raptor

Eles são ótimos para copiar devido a dois princípios:

1- Econômico (clonar), científico (apreender).

Considerado o primeiro como ilegítimo no ocidente.

2 – De defesa.

Verifica-se cada equipamento incluindo todos os componentes de origem ocidental (evitar sabotagem/coleta de informações. Exemplo: devolveram o Boieng “grampeado”).

Inpulsiona o tópico 1 e é considerado legítimo pelo ocidente.

Eles também prevê o inverso, ou ambos.

Componentes eletrônicos podem ser analisados por imageadores comuns em medicina. Equipamentos e mão de obra qualificada é que não falta.

Maquiavel a risca e Sun Tzu a perfeição…

Eu não faço mais piadas de chineses…

Últimas Notícias

Força Aérea dos EUA realiza teste de míssil nuclear que tinha sido adiado em meio à tensão na China

WASHINGTON - A Força Aérea dos Estados Unidos realizou na terça-feira (16) um teste de um míssil balístico intercontinental...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -