quinta-feira, setembro 23, 2021

Gripen para o Brasil

ATG Javelin, um caça particular

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O ATG Javelin é um pequeno jato particular de alta velocidade, que foi desenvolvido pela Aviation Technology Group (ATG), antes de sua falência. Projetado para a certificação da FAA 14 CFR part 23, o Javelin tem a aparência de um avião de caça, um conceito pouco comum em aviões civis.

A versão Javelin Mk.20, foi desenvolvida entre a ATG e Israel Aerospace Industries, para cumprir a tarefa de treinador em forças aéreas. O primeiro voo ocorreu em 30 de setembro de 2005.

A ATG interrompeu o desenvolvimento do Javelin em dezembro de 2007, após falhar em conseguir um financiamento de US$ 200 milhões para o projeto. A companhia subsequentemente declarou falência em 2008, encerrando o desenvolvimento do Javelin.

Javelin Mk.10
Características Gerais
Tripulantes: 2
Comprimento: 37 ft 0 in (11.28 m)
Envergadura: 25 ft 1 in (7.65 m)
Altura: 10 ft 6 in (3.20 m)
Área alar: 140 ft² (13 m²)
Peso vazio: 4.655 lb (2.111 kg)
Peso máximo de decolagem: 6.900 lb (3.100 kg)
Propulsão: 2× Williams FJ33-4-19J turbofans, 1.750 lbf (8.0 kN) cada
Performance
Velocidade máxima: 500 nós (575 mph, 925 km/h)
Alcance: 1.000 milhas (1.151 mi, 1.852 km)
Teto de serviço: 45.000 ft (15.000 m)
Razão de subida: 9.000 ft/min (46 m/s)
Carga alar máxima: 46 lb/ft² (220 kg/m²)
Razão potência/peso mínima: 0.56

- Advertisement -

29 Comments

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Groo

O que passa na cabeça de um investidor que coloca dinheiro nisso?

Dell72

F5 Iraniano disfarçado
agora falando serio seria muito dificil adaptar algum foguete ou missil nele?

Daniel Rosa

Bem, com uma pequena “re-engenharia”, motores com maior potência e uma avionica “estado de arte”, poderia ser um excelente treinador para a FAB… claro que com plantas compradas para execução e construção pela nossa Embraer…

zmun

Té que é bonitinho. Mesma proposta aerodinamica do F-5, só que melhorada. Reparem nas saidas dos motores que estão protegidas, o bichinho queria ser stealth!!!

MatheusTS

Acho que pra ser cicil eles teriam que dar um curso de piloto de quase caça aguentar umas cargas G… Consertesa ia ter de 1 a 3 acidentes por ano com esse avião….

Brandalise

Treinador para a FAB? Preparem-se para o FX-3, isso sim… soh nao vira realidade pq nao eh Frances. Neh nao, Lobim?

MatheusTS

a só faltava uma GE 404 ou 414 ai ele seria super sonico só que tinha que aumentar o tamanho principalmente para o tanque e o motor novo.
O cockpit ta de primeira para uma empresa não militar só falto um HUD.
me surprendi com as caracteristicas Stealth.
Seria um belo avião de treinamento pena ele ter sido abandonado como outros por ai…

Madvad

Aquele “bico de pato” entre os motores me lembram o Tomcat.

Sabre

Nunca ouvi falar dessa empresa, agora pense se a Aviation Technology Group (ATG), consegue desenvolver um treinador por que a Embraer não consegue, eu acho que na avaliação da embraer não é lucro frabicar um treinador a jato, o mercado já está bem inchado de aviões dessa categoria!

Giordani RS

E o F-5 fazendo história…
Isso só prova que o que tem de gente capacitada e inteligente por esse mundo a fora…e depois queremos “transferência” de tecnologia…é só ter vontade nesse “gigante adormecido em berço esplêndido” que podemos fazer qualquer coisa! Se quisermos, vamos a Lua!
Mas não…a nação tupiniquim só se preocupa com futebol, novela e bbb…

Eduardo

Esse caça tem “perna curta”, se colocasse outro motor com maior potencia, certamente consumiria mais combustivel, aew teria que refazer ele com asas maiores para aumentar a capacidade de combustivel, complicado!

Alex

ATG e Israel Aerospace Industries.

olha o Tio Jaco, sempre mostrando que investimento em pesquisa vale a pena.

Rodrigo

Os israelenses, na minha visão são sempre o exemplo a ser seguido tecnologicamente falando.

Não se metem a fazer de tudo, mas o que fazem é da melhor qualidade.

Eles tem o que falta aqui, diretriz.

Aqui inventaram um documento que não traz uma diretriz clara. Se a END fosse séria privilegeria o desenvolvimento de base que praticamente não existe no Brasil.

Giordani RS

Um outro caça particular que vale dar uma olhada: PIRANHA
Ele é muito parecido do gripen, quase um plágio…Era de um grupo suíço. Chegaram a fazer voar um modelo em escala menor.

Cdr

Tem mais alcance queo Gripen, vamo compra esse!!!

Nick

Se a estrutura desse “caça” aguentar +9G/-6G, + asas maiores e um par de motores mais potentes……poderia ser um bom treinador avançado, e à custos muito baixos…O design é bonito, lembra um T-38 atualizado.

[]’s

fredy

Brinquedinho legal hein?

Só achei que as asas são muito pequenas. A sustentação em baixas velocidades nao deve ser das melhores, o que pode ser perigoso para pilotos com pouco treinamento nesse tipo de aeronave.

fredy

Nick, nenhum piloto do mundo aguentaria realizar uma manobra com 6G negativos.

De fato, a resistência humana a forças G negativas, as quais forçam o sangue para a cabeça, é muito menor do que as positivas que com o uso de trajes especiais pode chegar a até 9.5 G . O limite média de tolerância é de -2G a -3G por alguns segundos . Acima disso a visão da pessoa fica vermelha, podendo causar, na pior das hipóteses, um acidente vascular celebral.

Alex

Israel é país que mais investe em P&D Foi a partir da necessidade de democratizar a ciência brasileira que, em 1985, surgiu a Conferência Nacional de Ciência e Tecnologia. Após jejum de 16 anos, a comunidade científica, em 2001, organizou a segunda edição do evento já com a incorporação da inovação tanto na pauta dos debates como na nomenclatura do encontro. Em 2004, para formular estratégias de ação e acelerar o processo do desenvolvimento sustentável do Brasil, foi realizada a 3ª CNCTI. Mas apesar desses esforços, o Brasil, além de estar bem atrás na lista dos países que mais investem… Read more »

Tairusiano

Muito interessante esse assunto Galante
a empresa do javelin faliu mas nos estados unidos é vendido um avião o Viper Jet que tambem é um caça particular XD

Giordani RS

Achei o desenho do PIRANHA.
Para quem quiser matar a curiosidade…

http://img380.imageshack.us/img380/6012/piranharq0.jpg

Leandro

Giordani RS disse: 17 de agosto de 2010 às 14:16 Giordani, essa piranha é feia que por demais…rsss 1º – De vez em quando eu leio aqui algo sobre os atuais F-5M passarem a ser aviões de treinamento avançado para a FAB, já que estão passando o AMX para o padrão “F-5M” qual desses dois preenche melhor essa lacuna, o F-5 ou o A-1? 2º – Falando em caças de treinamento, alguém aqui sabe me dizer se alguma vez a FAB e a Marinha realizaram (ou realizam) treinamento no estilo dogfight entre os seus pilotos de caça? (algo do tipo… Read more »

Klevston kstonboner

É um avião muito lindo para passear, eu queria um desses para fazer umas viagens seria muito legal…Que sonho hein…

Brandalise

Se dinheiro nao fosse problema, eu ia preferir um P38, P40, P51… Giordani, lembro de ter lido que o F-5 nao apresentava boas caracteristicas de voo para pilotos novatos, meio “arisco”; dentre os 2, seria na minha opiniao o A-1. Mas nenhum eh um treinador dedicado, portanto penso que na verdade nenhum seja adequado. A aeronave de treinamento deve atender aos requisitos do programa de treinamento. lembro de ter lido na enciclopedia “avioes de guerra” um perfil operacional do Hawk que tratava dos tipos de missao de treinamento; um texto bem legal. Entao, antes de escolher o aviao treinador, em… Read more »

grifo

Giordani, lembro de ter lido que o F-5 nao apresentava boas caracteristicas de voo para pilotos novatos, meio “arisco”; dentre os 2, seria na minha opiniao o A-1. Caro Brandalise, na FAB os pilotos somente chegam ao F-5 após a conclusão do curso de caça e do curso de líder de esquadrilha, ambos feitos atualmente no A-29. Não são portanto pilotos novatos, e na verdade foram já bastante selecionados. Apenas os melhores chegam a esta etapa. O F-5 não é tido como um avião “arisco”, e quem voou ambos diz que é mais fácil de voar que o T-38 Talon… Read more »

Challenger

Empresas particulares fazendo o que grandes Governos não conseguem.

É Fod@!!!

Galileu

Da hora essa aeronave…

Tá mais furtivo que o F5 ahahahah

Luiz Eduardo

Pô, se eu tivesse a conta bancaria do Eike Batista até comprava um desses pra dar umas “bandas” por aí! 😛

Luiz Eduardo

Pra “brincar de piloto de caça” ta bom demais da conta, sô! Rsrs… Nessa questão de projetos que não “vingaram”, gostaria de deixar uma sugestão para o Blog, ou caso já tenha a máteria me indicar como posso ler, é algo sobre o X-32 da Boeing que perdeu para o X-35 da LM. Vi uns videos no youtube dele e fikei impressionado, realmente ele pousa e decola (mesmo STOVL) muito melhor e mais fácil que o F-35 – foi realmente uma pena não ter seguido adiante – e acho perdeu mais por causa do seu projeto inovador, q certamente causou… Read more »

Últimas Notícias

Eve, da Embraer, e Bristow firmam parceria para desenvolver operações de UAM com pedido de até 100 eVTOLs

Melbourne, Flórida, 23 de setembro de 2021 – A Eve Urban Air Mobility, uma empresa da Embraer, e a...
- Advertisement -
- Advertisement -