sábado, setembro 25, 2021

Gripen para o Brasil

Aviação de Caça da FAB em 2025

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Paulo Pedott, professor universitário na área de Publicidade e Propaganda e ilustrador free-lance, cedeu as imagens para este post especial, mostrando a visão “High-Low Mix” dele sobre a composição dos Esquadrões de Caça da FAB no ano 2025.

Para Paulo, a FAB deveria adotar o Rafale F-3 ou o F/A-18E/F Super Hornet para o GDA e o Gripen NG F-39BR para os demais esquadrões.

Na imagem abaixo, as bases dos Esquadrões e os alcances das aeronaves. Clique nas imagens para ampliar.

ARTE: Paulo Pedott/http://aulas.pro.br/paulopedott/

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

81 Comments

Subscribe
Notify of
guest
81 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
luiz otavio

já imagino as discussões tangentes à autonomia.

LBacelar

Me corrijam se eu estiver errado, mas acho que o F18 da imagem na verdade é um Hornet e não o Super Bug.

Mas gostei muito das aeronaves nas cores da FAB. Parabéns

Giordani RS

Hummmm…solução bem política essa, agradar a gregos e troianos…mas a melhor maneira de fracassar é justamente isso, agradar a Todos… Mas pelo que entendi, o professor já considera a baixa do A-1 e do F-5 em 2025… Outra coisa; Se é para baratear custos, por quê o SH mantém todo o equipamento para uso embarcado, mesmo para as nações que o utilizam em BA? Ah…deve ser para baratear custos deles…bem ou mal, o equipamento de dobragem das asas, por exemplo, praticamente nao será usado, mas o equipamento requer manutenção periódica e estoques de peças de reposição, assim como o trem… Read more »

Craveiro

LBacelar disse:
29 de julho de 2010 às 11:49

Entre outras coisas, a tomada de ar parece ser a do Hornet mesmo.

SxMarcos

Gostei da distribuição.
Apenas acho que a fronteira Brasil/Paraguai/Bolivia devia ter mais proteção.
Se adotássemos esta idéia High/Low não teria o porque do Rafale já que SH e o Gripen NG utilizam a mesma turbina e provavelmente outros equipamentos.
O problema é gerenciar um processo de ToT duplo.
Quem tudo quer tudo perde. Então o esquema é escolher um único vetor.

Fabio Mayer

Eu reforçaria a patrulha de fronteiras secas com mais AT-29 e mais esquadrões…

Darkman

Não gosto mutio dessa pintura !!!!
Mas o post ficou legal !!!

Abs.

Pete

Colocaram o Gripen como o “pernas-curtas” da historia … hahahah

Mas bem legal o post, fica o sonho de vermos um dia algo parecido.

BRASIL !

Vader

Não gostei. Não gosto dessa idéia de hi-low que, aliás, também desagrada à FAB. Se fosse para ser hi-low uma das aeronaves teria de vir sem ToT, pois não temos material humano para absorver duas propostas ao mesmo tempo. O alcance do Gripen E/F-Br também está errado, pois é de no mínimo 1.300km sem REVO. E o do Rafale tb está errado, pois é no máximo de 1.800km sem REVO. Também não gostei da distribuição. Vilhena/RO??? Não seria melhor cobrir com caças a fronteira Brasil-Bolívia Paraguai? O Centauro deveria estar bem mais ao sul. Quanto aos STs me parecem poucos… Read more »

Guilherme Poggio

O desenho do Rafale como a pintura da FAB ficou mais legal que os outros dois

relampago

Pela demora da escolha e pela possivel pressao dos concorrentes que
nao querem perder essa venda por nada, ja que o futuro do rafale e do ng dependem de nois e´claro que teremos surpresa em breve inclusive envolvendo o f18.

Barca

Tb poderia ser feito um Hi-Low nos seguintes moldes,como o MD quer unificar a manutenção poderiamos adquirir o Rafale F3 sendo nosso principal vetor e o Gripen NG,com motor frances,já que por estar na fase de projetos seria cabível uma adaptação,assim agradaria a gregos e troianos!

robert

Achei o máximo!

Tá ótimo assim. Só trocaria e colocaria todos os vetores com Gripen.

No mais está tudo bem distribuído, só colocaria a base dos Tucanos o 3/3 em vez de Santa Maria, colocaria perto de Cascavel-pr, que dai cuidava mais do narcotrafico vindo da Bolivia e Paraguai.

luiz otavio

pergunta de leigo:
não parece que a tríplice fronteira Br/Ven/Col está um pouco desguarnecida? o grupo Pacau só chegaria lá com Revo, o que não é bem simples, requer toda uma logística.

Gilberto Rezende-Rio Grande RS

O Gripen não só está de pernas curtas mas também de braços finos… Indiretamente o autor corrobora a tese que passei a defender desde a divulgação do short list do FX-2 com a exclusão do SU-35 da disputa. O vencedor do FX-2 TEM de ser ou o Rafale ou o Super Hornet, o Rafale é a solução INDEPENDENTE do Congresso Americano e o Super Bug é uma coleira Yankee que a médio/longo prazo PODE significar a absorção da Embraer pela Boeing. O Gripen NG não é opção pois com base na sua tecnologia não vamos produzir um caça biturbina com… Read more »

Diego Tarses Cardoso

Acredito que o Brasil não deva adotar o F/A-18 que apesar de ser uma excelente aeronave,acabaria deixando o Brasil nas mãos voláteis americanas,que um dia acordam de mau humor e prejudicam seus outrora aliados.
Infelizmente o único jeito de o Brasil ser totalmente independente de outras nações é desenvolver sua própria aeronave,e ainda sim corre o risco de ficar dependente nas áreas de motores,armamentos,aviõnica e radares,que também levam,na sua maioria,peças americanas.

Dalton

Aos amigos acima…

É o Super Hornet mesmo ! Pena não estar na mesma escala pois ele é o maior dos tres !

abs

RenanZ

Acho que o Brasil deveria re-colocar na linha de produção o 14-bis, pois foi o único projeto exclusivamente Brasileiro, incluindo a “tecnologia e aviônica”. E ainda sim, não foi feito aqui !!!

Edu Nicácio

Tempos atrás eu pensei em criar três mapas (com cada um dos finalistas) e um exclusivo com o Su-35. Ele preveria a construção de novas bases, maior dispersão e um mix Hi-Low (Ok, Vader, entendi que a FAB não quer dois vetores).

Não teria feito melhor… Ficou muito bom. Eu só corrigiria as informações de raio de combate.

Abraço.

Nick

Bela ilustração do Prof Perrot, mas o Gripen não parece Gripen e o F-18 E SH não parece o F-18 E. Sobre os alcances não vou questionar, sem pesquisar primeiro, mas por exemplo, é divulgado que o Gripen para missões AR-AR tem um alcance de 1300km, + 30 min on station. Do mesmo modo o alcance máximo do Rafale é de 1850 km, com 3 tanques subalares+ tanques conformais. Sobre a Distribuição eu não consideraria os A-29 como caças, e sim uma força de ataque ar-solo. Assim sendo substituiria todos que estão destacados por Gripen NG, o que daria 158… Read more »

Deivid

Opa Opa Opa,pode acrescentar mais A-29 nessas fronteiras que assim tem muito ponto cego(Brasil tem poucas bases militares!!aff) e ja que é para faser uma força aérea mista então seria melhor Gripens ng navais para o NAe São paulo,pois o maior problema dele é o peso dos A4 Skyhawk,mas ta show de bola!! seria ótimo para o Brasil éssa foça mista!!

Vader

Pessoal, esqueçam essa de hi-low mix, tudo na FAB está sendo pensado e equacionado para que ela opere um único vetor multirole em 2025. Não fosse isso e poderiam ter entrado no FX2 outras aeronaves, caças “puro-sangue” como o F-15E. A FAB jamais quis um caça dedicado, e sim um multirole. Se está certo ou errado é outra conversa (eu particularmente acho que com qualquer um do FX2 não precisaríamos e não teríamos dinheiro para nenhum outro), mas simplesmente não vai rolar. E, sim, os AT-29 são aviões de ataque, nunca caças. Servem para interceptar aviões de traficantes, mas contra… Read more »

Elenilson

_____________

EDITADO. COMENTÁRIO OFENSIVO

TODOS POSSUEM O DIREITO DE OPINAR SOBRE O F-X2, ASSIM COMO RESPEITAR A OPINIÃO ALHEIA

Fernando "Nunão" De Martini

“Elenilson em 29 de julho de 2010 às 13:30”

Elenilson, pergunto pra você, sem querer desqualificar seu próprio comentário:

Por que alguém ser “professor universitário na área de Publicidade e Propaganda” seria, por si só, algo que impossibilitasse entender de FX, aviação, FAB etc?

Estou perguntando bem na boa, sem pegadinhas nem nada, apenas movido pela curiosidade em relação à argumentação de seu comentário.

André Castro

Pelo mapa , umas das regiões mais sensíveis da Amazônia fica sem cobertura, a região da cabeça do cachorro na fronteira com a Colômbia.

ZE

“Diego Tarses Cardoso disse: 29 de julho de 2010 às 12:51 Acredito que o Brasil não deva adotar o F/A-18 que apesar de ser uma excelente aeronave,acabaria deixando o Brasil nas mãos voláteis americanas,que um dia acordam de mau humor e prejudicam seus outrora aliados”. Diego, mãos voláteis dos americanos ????????? Mãos voláteis ????? Como é que se chama um país que firma um Acordo de Parceria Estratégica com um outro país, onde o primeiro se compromete a comprar até a mãe de armamento (Brasil) e o outro se compromente a nos apoiar no Conselho de Segurança da ONU, assim… Read more »

dieter91360

Sonhar não custa nada…

SABRE

A idéia é essa uma boa distribuição para não deixar buracos na defesa,não interessa se uma ou outra base não é pertinente, mas o rascunho que penso é esse!Uma distribuição mais equitativa,Lembram quantas horas os AMX levaram para sair do sul até a região norte, na missão Princesa dos Pampas? Uma eternidade!

SABRE

Para morrer esse assunto de base, eu acho que a região norte deveria ter pelo menos duas bases de caças, é um absurto que MAIS de 50% do pais uma região de 5 Milhões de quilometros quadrados, não tenha um esquadrão com caças de primeira linha, um ABSURDO!

ZE

Às vezes, eu fico perplexo com o antiamericanismo sem pé nem cabeça. Ponham uma coisa nas vossas cabeças: países têm interesses !!!! França, EUA, China, Costa do Marfim, Burkina Faso….todos têm interesses. Atualmente, é impossível produzir tudo em casa (já foi assim faz muito tempo). Ouso falar que não deve existir um caça 100% doméstico no OCIDENTE. !!! Aliás, com as parcas informações que temos, ouso a CHUTAR que não existe um caça DE PONTA feito 100% domesticamente no MUNDO. Estou, portanto, incluindo a Rússia e a China nessa equação. Como já disse, é apenas um chute. O “eu acho”… Read more »

Marcos

Caro ZE

A isto ( Franceses), pode-se chamar de, Mãos Furadas

Madvad

“Elenilson disse:
29 de julho de 2010 às 13:30
Paulo Pedott, professor universitário na área de Publicidade e Propaganda…

Tá explicado…esse entende de FX mesmo! O burroechat´s também…luiz marinhos…

Só para constar, ele é um entusiasta da aviação, A VIDA TODA estudou sobre, assim como muitos daqui.

Conheço ele dos céus virtuais (Warbirds) á anos.

Madvad

Vader

De fato, o trabalho dele foi muito bom, uma verdadeira arte, não é o caso de se desqualificá-lo.

Alexandre Galante

Zé, a razão desse anti-americanismo bobo é trabalho de décadas de professores de esquerda fazendo a cabeça dos alunos.

Mas o engraçado é que continuam tomando Coca-Cola, acessando a internet, assistindo a filmes e ouvindo música americana.

Ser anti-americano assim é mole. 🙂

Alexandre Galante

O Elenilson gostaria de desenhar como o Pedott, é isso.

Alexandre Galante

Ronaldo, não vou discutir o assunto “guerra ilegal” com você aqui nesse tópico. Se quiser conversar sobre o assunto, entre no Xat da Trilogia, todas as noites existem vários leitores para debater.

O tema aqui é a FAB em 2015 e as ilustrações do Pedott.

Karmann

Galante, mataste a porretada! Num golpe único e certeiro. Ainda hoje, estamos infestados dessa praga em todo sistema de ensino. No colégio do meu filho, tinha um professor destes, de geografia, que gostava de doutrinar a molecada. Meu garoto chegou em casa, como todo bom adolescente papagaio de pirata, repetindo as baboseiras do dito. Só que como bem disseste, ele também é chegado numa coca cola…rsrsrsrs. Entre outros mimos mais. E como a escola é particular, tivemos a oportunidade de travar um pequeno embate sobre esse “mantra” idiota. O assunto terminou quando perguntei a ele se ele fazia parte da… Read more »

Marcos

Pois é ZE

Depois disso tudo, o pessoal vai beber uma coca-cola bem gelada e pegar um cineminha.
E Viva os vermelhusos

Edu Nicácio

Informações colhidas na Web:

Aeronave……..Raio de Combate………Traslado

Rafale F3…….1.430 km…………….3.700 km*
F/A-18 SH………900 km…………….3.330 km
Gripen C/D……..800 km…………….3.200 km
Gripen E/F……1.300 km…………….4.070 km*
Su-35BM………1.300 km…………….4.500 km*
EF-2000………1.390 km…………….3.790 km*

http://en.wikipedia.org/wiki/Dassault_Rafale
http://pt.wikipedia.org/wiki/F/A-18E/F_Super_Hornet
http://en.wikipedia.org/wiki/JAS_39_Gripen
http://en.wikipedia.org/wiki/Sukhoi_Su-35BM
http://en.wikipedia.org/wiki/Eurofighter_Typhoon
http://www.f-16.net/f-16_forum_viewtopic-t-6094.html
http://www.flightglobal.com/articles/2010/07/13/343778/farnborough-saab-plots-bright-future-for-gripen-programme.html
http://www.globalsecurity.org/military/systems/aircraft/f-18-specs.htm

*Supercruise ready

Giordani RS

Alexandre Galante disse: 29 de julho de 2010 às 14:00 Zé, a razão desse anti-americanismo bobo é trabalho de décadas de professores de esquerda fazendo a cabeça dos alunos. Mas o engraçado é que continuam tomando Coca-Cola, acessando a internet, assistindo a filmes e ouvindo música americana Ser anti-americano assim é mole. Matou! Disse tudo! E isso serve para o Mundo todo! Os “terroristas”(e os bolivarianos, por que não) metem o pau no Tio Satãmuel…mas bebem coca-cola, voam de Boeing, andam de GM e usam calça jeans… Existe um filme(um avião de carreira sequestrado por terrosristas arabes), não lembro agora… Read more »

Vader

“Guerra Ilegal”?

Com mandato do CS da ONU, uma força de coalizão com gente do mundo inteiro, inclusive de países islâmicos trava uma “guerra ilegal” no Afeganistão???

E isso após a maior potência do globo terrestre ter sofrido o maior ataque terrorista de sua história por gente que estava abrigada lá no mesmo Afeganistão, com apoio do governo de então, o Taleban?

Guerra ilegal? É mesmo é?

Taí o resultado da doutrinação vermelhuxa… não se sabe nem mais o que é legal e o que não é…

Leandro

ZE eu diria que a mão francesa é a mão leve…rsss

Gostei das ilustrações, mas ainda acho que o Brasil NÃO PRECISA de novas bases, apenas distribuir melhor a aviação de caça e aumentar o número de aeronaves (e que sejam de ponta)!

No mais, Perrot, belas ilustrações, gostei muito do NG e do Rafale, a do F-18 ficou meio barro meio tijolo!

Ps.: A autonomia do F-18/Rafale é aquela mesmo que aparece no mapa? Aquilo é com ou sem REVO?

Galileu

opa Alcance do gripen ta errado, do NG então bem superior ao que o professor mostrou.

Alexandre Galante

O Pedott refez a ilustração dos caças e já fiz a substituição.

Curvo

Boa tarde à todos. Permitam-me dar alguns pitacos nesta seara (não muito familiar à minha formação), não tenho muito tempo disponível e portanto menos tempo ainda para pesquisa, mas devo dizer que hoje em dia, concentrar-se muitas bases num só Estado (RJ) (Marinha e Aeronáutica) não é muito inteligente, ainda mais as bases aéreas bem ao lado do mar !!! Por conta disto eu na minha mixa opinião deveríamos até ter bases no RJ, mas mais descentralizadas, não tão próximas às áreas controladas pelo narcotráfico, pode haver contaminação !!! Em razão disto colocaria (ilusória e hipotéticamente falando) pelo menos um… Read more »

Vader

Ronaldo disse: 29 de julho de 2010 às 14:50 Então o Sr. aprenda a diferenciar as coisas antes de falar bobagens. Uma coisa é o Iraque, conflito unilateral anglo-americano, que está por ser encerrado, enfim, pela administração Obama. Outra bem diferente é o Afeganistão. E se eu soubesse onde está o Osama iria pegar a recompensa, e não te contaria aqui. Acho que qualquer soldado das Forças de Coalizão faria o mesmo, por sinal. Por fim, você pode até dizer que o USA tem enorme influência na ONU: isso é um fato, pois a UN é como uma empresa na… Read more »

Curvo

Ou seja, participando do desenvolvimento de uma aeronave de nova geração poderíamos até ir de 5ª geração de prateleira (uma vez que praticamente “TODOS” até lá já estarão prontos e não teríamos oportunidade de aprender fazendo !!! Temos poucas emprêsas para absorção dêsta tecnologia ??? Sê criarmos a demanda os interesses aparecem !!! Teríamos ganho de escala em todos os níveis da área de aviação, atrairíamos a criação de novas emprêsas, criando assim um clima de segurança e certeza, com relação à tecnologia absorvida, à princípio poderíamos desenvolver o nosso treinador à jato (para começo) com variante naval (por que… Read more »

Giordani RS

TédioVisão…

Uma coisa sempre digo: TV à cabo é ruim. Pior sem ela…

E dá-lhe faustão e jogo do curintiã na massa…

Gabriel T.

Foi dito lá em cima que o RAFALE será um caça independente. Podem falar de tudo do RAFALE, mas independente eles jamais será. Além dos componentes americanos, tem a questão política francesa. Toda vez que trocam de presidente, trocam o tratamenta dado aos outros países. É só acompanhar o Miterrand, Charles de Gaulle, Chirac, etc. O país mais perigoso para se depender em armamento é justamente a França. Porém é o único que vende quando ninguém quer mais vender.

Vader

Ronaldo disse: 29 de julho de 2010 às 15:04 Ah Ronaldo, vc não gosta da ONU? Nem eu. Eu por mim acho que o Brasil deveria deixar aquela ONG gigante e cuidar da própria vida. Mas essa é apenas minha opinião. Você não gosta do CS da ONU? Nem eu. Acho que é uma completa inutilidade. Motivo pelo qual não entendo a sanha dos bolivarianos do Itamaralívia em ter um assento permanente por lá. Mas daí a dizer que a Guerra do Afeganistão é ILEGAL vai uma distância muito grande. NÃO É. O Brasil e quase todos os países do… Read more »

Gabriel T.

E de novo falam que o NG tem perna curta. Vocês precisam olhar as fotos do RAFALE, ele tem dois motores e aonde ele vai, vai sempre com dois tanques enormes de combustível. O mesmo para o Super Hornet, que tem dois motores. É uma conta matémática muito simples. Quem gasta mais, um ou dois motores? O problema para o NG não é o alcance. Para ele ter esse alcance de 1300km ele é obrigado a levar 2 tanques grandes de combustível. Isso significa que ele perte estação para armas. Para um caça que já tem poucas estações para armas… Read more »

Últimas Notícias

USAF seleciona o turbofan F130 da Rolls-Royce para o programa de remotorização do bombardeiro B-52

A Força Aérea dos EUA anunciou em 24 de setembro que deu à Rolls-Royce um contrato de US$ 500...
- Advertisement -
- Advertisement -