domingo, junho 13, 2021

Gripen para o Brasil

AMX da FAB, na Cruzex 08

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Cruzex 04nov08 121

No alto, o A-1 com a pintura original e abaixo, com a camuflagem atual da FAB.

Cruzex 10nov08 058

Cruzex 10nov08 057

FOTOS: Camazano

- Advertisement -

16 Comments

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Giordani RS

Para uma aeronave dedicada a penetração a baixa altitude, não me parece que a primeira camuflagem(tá mais para superioridade aérea!?) fosse eficiente, pois uma vez avistado do alto(por olhos, não por sensores), o aparelho se destacaria contra o fundo marrom ou verde…já sobre o mar, não sei, talvez funcionasse…
A atual camuflagem realça a verdadeira finalidade da máquina: Levar o medo ao inimigo…

Ivan Silva

Se a embraer possui essa tecnologia, por que não investe em pesquisas e avanços tecnológicos próprios, ao invés de ficar gstando bilhões para outras nações, por que não gastar em inovações e avanços para nós mesmos, tai os super tucanos para dizer, por que não criar um super carcará……mas como depende-se tudo dos outros, querendo tudo de mão beijada, como o nosso Tamoyo e o Osório…..esquecidos.
abraço

Gutex

E misseis, nesses exercicios algum foi “disparado”??
É verdade esta historia de que estas aeronaves nao possuem cabeamento para os trilhos das asas e muito menos radares??

bbc_poa

Sugestão aos editores:

Movam a foto do A1-A com a nova camuflagem para logo abaixo do A1-A antigo, para facilitar a comparação das camuflagens.

lavand

Porque raramente alguém responde estas e outras questões?
Gostaria que alguém respondesse, na Italia alguém sabe de algo?
Tem alguém aí?
Se houve algo de positivo então porque foi descontinuado a parceria destas empresas, houveram erros e acertos e todos aprenderam, a eronave foi sub-utilizada assim como sua continuação na forma de uma nova aeronave que pudesse ter sido uma (das primeiras) de emprego múltiplo, com custo baixo, foi deixada de lado por nós e pelos italianos.
E os suecos que não participaram não disperdiçaram ou eu não entendi nada?

Eleazar Moura Jr.

Mas quando é mesmo que a EMBRAER vai entregar a primeira aeronave modernizada à FAB? não entendo o porquê de tanto tempo para modernizar uma aeronave fabricada por ela mesma e relativamente moderna, ou seja, a modernização dos F-5 era bem mais problemática (teria que modificar o nariz da aeronave por causa do radas Grifo, todos os sistemas eletrônicos, a parte elétrica, assento ejetável, etc tudo isso numa aeronave fabricada em outro país e de concepção mais atrasada). Bom, mas como tudo na FAB é assim mesmo só nos resta esperar que pelo menos o protótipo voe esse ano e… Read more »

Edu Nicácio

Belo avião, de verdade… Dá um orgulho danado ver que, apesar de todas as dificuldades, embargos tecnológicos, sabotagem (ONG’s?), estamos progredindo…

Precisamos de muito mais e podemos muito mais…

BRASIL POTÊNCIA!

Giordani RS

Lavand, O AM-X foi descontinuado em ambos os países, porém, aqui, o caldo foi mais embaixo. A Itália teve de conceder empréstimos ao brasil(li isto numa VEJA se não me engano) para a continuidade do projeto, porque simplesmente, os (des)governos cortaram, cortaram e cortaram as verbas necessarias, tanto que basicamente o AM-X brasil é considerado por alguns como “inacabado”. por exemplo, o A-1, apesar de possuir trilhos na ponta das asas, é incapaz de lançar um míssil sidewinder, por não ter a bordo um sistema de refrigeração para o mesmo(se eu estiver errado, que algum amigo me corrija)! Quanto aos… Read more »

Galileu

A melhor coisa que fizeram, foi privatizar a Embraer, aquilo estava virando um Banespa…… 90% era cargo de confiança “cabide”

Giordani, porque será que as aeronaves da FAB triplicam a vida util…hahaha, não sai do chão!

Giordani RS

“Galileu disse: 29 de abril de 2010 às 14:34 A melhor coisa que fizeram, foi privatizar a Embraer, aquilo estava virando um Banespa…… 90% era cargo de confiança “cabide” E a ANAC o que é hoje? Enquanto era o DAC, a coisa funcionava…e funcionava tão bem, que os partidos não conseguiam enfiar seus rábulas lá dentro…daí qual foi a solução? Criar uma agência…o que era aquele presidente banana? E aquela mulher do charuto? Nesse país, para fazer uma greve geral, não se consegue nem meia dúzia de gatos-pingados, mas pra um sambinha, a nação pára!* Quadro da dor… * =… Read more »

Vplemes

Giordani RS disse:
29 de abril de 2010 às 14:56

Nem me fale, esta reforma ortográfica só serviu para bagunçar a cabeça das pessoas. Pura cosmetologia, não mexeram em nada que valhesse a pena.

Robson

Giordani RS disse:
29 de abril de 2010 às 13:52

O mais pero que eu achei de um A-1, disparando foi isso, rsrs

http://www.aereo.jor.br/wp-content/uploads/2008/12/a-1-flares-foto-fab.jpg

Robson

Giordani RS disse:
29 de abril de 2010 às 13:52

Achei esse video tambem

http://www.youtube.com/watch?v=WSqhK-KsT00

Tomcat

Giordani, não sei ainda existem hoje as demonstrações de tiro nas comemorações da aviação de caça. Fui nas de 1988, 1989 e 1990 na BASC e assisti às demonstrações de tiro. Eu era moleque na época, com uns 14 anos e vi tudo. Lembro de termos chegado à Santa Cruz, indo direto para a lateral esquerda do hangar do Zeppelin, onde pegamos um ônibus da FAB que transportava oficiais, convidados e autoridades. Seguimos paralelos à pista, contornávamos a cabeceira (neste momento os caças começavam a decolar para a demonstração e vi dois Mirages iniciando a corrida e ligando o PC… Read more »

Matheusts

Robson isso não seria nada de armamento mais sim de equipamento de defesa o Chamas para que o missel desvie do alvo seguindo as chamas.
Queria ver um video do HUD de um caça em treinamento “dodfight” da FAB

Rodrigo Cesarini

lavand disse:
29 de abril de 2010 às 13:31

Porque raramente alguém responde estas e outras questões?
Gostaria que alguém respondesse, na Italia alguém sabe de algo?
Tem alguém aí?

O Google é seu amigo, use sem medo.

[]s

Reportagens especiais

Gripen M comparado ao C e ao E: os trens de pouso

Diferentemente do Gripen E, cujo trem de pouso dianteiro mudou para uma só roda, o projeto da versão naval...
- Advertisement -
- Advertisement -