Home Estratégia De Norte a Sul: mudança de ares para os F-5 chilenos

De Norte a Sul: mudança de ares para os F-5 chilenos

419
27

F-5 Tiger III deixam Antofagasta- foto FACH

Após 34 anos operando em Cerro Moreno, no Norte do Chile, F-5 Tigre III da FACH vão para Punta Arenas, no Sul

A ForçaAérea do Chile (FACH – Fuerza Aérea de Chile) informou que, no último dia 18 de março, os caças F-5 Tigre III que há 34 anos operavam a partir da Base Aérea de Cerro Moreno, da V Brigada Aérea de Antofagasta, despediram-se da base no Norte do país rumo ao Sul, Punta Arenas. Seguindo seu novo líder Comandante de Grupo (A) Sergio Romero, os pilotos da unidade deixaram para trás o deserto do extremo Norte do Chile brindando os que presenciaram o momento histórico com uma passagem em formação.

A cerimonia oficial de despedida já havia sido realizada no dia 12 de março. No Sul do País, em Punta Arenas, a unidade aérea vai operar a partir da Base Aérea de Chabunco, fazendo parte da IV Brigada Aérea. Em Antofagasta, permanecerá o Grupo N°7,  que deverá receber seus primeiros caças F-16 ainda este ano (modelos comprados usados da Holanda), além do Grupo N°8,  que já opera a aeronave.

No dia seguinte, 19 de março, a V Brigada Aérea comemorou os 80 anos da Força Aérea do Chile (cuja data fundadora é um decreto de 21 de março de 1930) com vários desfiles e homenagens, incluindo uma passagem de uma esquadrilha dos F-16 MLU do Grupo Nº8 (última foto), o que aponta para o futuro operacional daquela base, com seus esquadrões de combate padronizados.

F-5 Tiger III deixam Antofagasta- foto 2 FACH

F-16 desfile 80 anos FACH V Brigada aérea - foto FACH

FONTE / FOTOS: FACH

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
27 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fabio Mayer
Fabio Mayer
10 anos atrás

Eles ficarão mais ao sul, até o dia em que forem transferidos para a Força Aérea Brasileira, que até então não terá decidido ainda o FX-2 e precisará de sucata para cobrir seu gap operacional.

Bruno
Bruno
10 anos atrás

Estão colocando os seus melhores vetores mais perto de seu inimigo que é o Peru, achei bem pensado esse remanejamento de vetores.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
10 anos atrás

Onte´m comrpei a revista força aerea nº 62 e lá veio uma reportagem sobre o T-50 da KAI, tirando o fato de ser em parcria com os EUA a aeronave é muito bela e muito capaz, sendo perfeita para subistituir o F-5E/F, só achei um pouco cara para o padrão LIFT 25milhões a unidade, só não especifica se é da versão de treinamento ou da versão ataque/caça/treinamento. De quebra o um dos radares disponiveis é o elta-2032 que tem alcance estimado de 150km…….podendo ser usado para laçar missies bvr e no modo de abertura sintetica. Nada mal para um LIFT.… Read more »

Alex Nogueira
Alex Nogueira
10 anos atrás

AH na revista disse que o Chile comprou um segundo lote de 18 F-16MLU agora em Janeiro….e o Brasil nem pra resolver o F-X2.

emerson
emerson
10 anos atrás

Caro Alex, A informação mais recente sobre o FX2 é que o anúncio ocorrerá depois do feriado, muito próximo daquela outra que dizia que o FX2 seria decidido no fim de março. Acho que agora, nos cabe apenas esperar até pelo menos o início de abril. De qualquer modo, a short-list da FAB mostra três excelentes aparelhos que levarão a FAB a um patamar superior ao de qualquer outra força aérea da região. Mesmo hoje, os F5M-bvr-E/R99 mostram ao menos equivalência com as demais forças. O fato do Chile adquirir mais F16 usados mostra o limite do Chile em aparelhar-se,… Read more »

Alex Nogueira
Alex Nogueira
10 anos atrás

Relação custo beneficio. Por isso acho que seria interessante para a FAB o F/T-50 a da Kai, tem um custo de hora de voo menor do que grandes caças e esta de acordo com o cenário Sul-americano, seria um bom complemento para os Rafale/F-18, quanto ao gripen nem tanto pois os 2 tem motores cuja potência é muito próxima.

😀 que venha o F-X2 😀

emerson
emerson
10 anos atrás

estava pensandpo… melhor que o Chile compre 18 F16 do que 16 F18…. agora, não há espaço para os T50 para a FAB. Com a chegada do FX2 (qualquer um deles) e a aposentadoria dos Mirage2000, a FAB terá a sua linha de caças principal baseada no FX2 e a transição dos pilotos de A29 para o FX2 será feita em Natal usando os F5M (provavelmente de Canoas) que serão disponibilizados a partir da chegada dos FX2. Acredito que se o FX2 for decidido em abril, em 2013 estaremos com os novos caças em Anápolis, substituindo o Mirage2000 sem a… Read more »

André Castro
André Castro
10 anos atrás

E os F-5 da FAB que seriam deslocados para Manaus, alguem tem alguma noticia ?

Alex Nogueira
Alex Nogueira
10 anos atrás

É que querendo ou não os F-5F também tem tempo de vida útil muito limitado e sequer tem FBW.

Nick
Nick
10 anos atrás

Caro Alex Nogueira,

Não vejo necessidade de um LIFT como o A/T50.

Custo de aquisição e manutenção altos, além da necessidade de abrir uma nova linha logística.

Para conversão para os caças que sejam feitos diretamente nos Rafales B e antes disso em simuladores.

[]’s

Alex Nogueira
Alex Nogueira
10 anos atrás

Não penso no T-50 somente como LIFT e sim num complemento dos Rafales, visto que sua hora de voo é mais barata em relação ao Rafale.

Galileu
Galileu
10 anos atrás

Boa pergunta os cansados F5 vão mudar de casa?? quando em 2020 vier os gripen??

Tirando a minha previsão, alguem sabe mesmo se os f5 vão mudar de base?

Giordani RS
Giordani RS
10 anos atrás

Um recado aos “amigos” latinos…não é a toa que eles são na atualidade os melhores da América do Sul…

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

Repararam como o Chile é profi??? observem os hangares que protegem os caças das intempéries… muita areia… na BAC, no 14, os caças tem um Hangar de uns 10 metros de altura, sem nenhuma proteção lateral, sem nenhuma camuflagem que realmente faça diferença, tudo é um pequeno aeroporto! mais previsível impossível!… Esta arquitetura de BA do Brasil vai ter que mudar drasticamente nos próximos anos… é muito insegura… A noite, um comando inimigo bem treinado é capaz de deixar no chão toda a BA… ou tô falando bobagem… acho que não… está na hora de as FA serem realmente preparadas… Read more »

Coral Sea
Coral Sea
10 anos atrás

Nunão

Algumas outras novidades da FAB; não sei se já foram publicadas aqui; em caso positivo, peço desculpas

O Esquadrão 1°/16° Esquadrão Adelphi (AMX) mudará de Santa Cruz/RJ para Campo Grande/MS
O Esquadrão 2°/7° Esquadrão Phoenix (Bandeirulha) muda de Florianópolis/SC para Canoas/RS; a base de Florianópolis será fechada.
Os Esquadrões “Coral” e “Cascavel” (C-130) mudam de Afonsos/RJ para Anápolis/GO.
O Campo dos Afonsos será fechado; ficará apenas uma unidade de ensino.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
10 anos atrás

Na verdade a FAB tinha que renascer. Só assim seria possível corrigir os graves erros que estão sendo enfrentados.

emerson
emerson
10 anos atrás

Olá Nunão, Suas informações são bem parecidas com as que eu possuo. O Pacau aposentando o Xavante (os Impala já foram aposentados), recebendo F5M inclusive todos os bipostos. A única coisa que me parece dúbia é que o Pacau não será deslocado para Manaus, mas apenas um destacamento de aeronaves ficará lá. O Pacau continuaria em Natal fazendo a conversão de pilotos do A29 (após um período servindo nos terceiros) para a primeira linha da FAB. Pelo que sei, os FX2 irão primeiro para Anápolis (12) e depois para Canoas (24), liberando muitos F5M para formar um novo esquadrão em… Read more »

André Castro
André Castro
10 anos atrás

Nunão , valeu pela informaçãon.

Clausewitz
Clausewitz
10 anos atrás

Pessoal, mesmo com o FX2, adoraria ver os Tigres III, aqui.

Giordani RS
Giordani RS
10 anos atrás

Francisco AMX em 22 mar, 2010 às 15:06 Esta arquitetura de BA do Brasil vai ter que mudar drasticamente nos próximos anos… é muito insegura… A noite, um comando inimigo bem treinado é capaz de deixar no chão toda a BA… ou tô falando bobagem… acho que não… Cara, Eu servi numa Base Aérea…a noite, é tenebrosa a coisa…qualquer SAS podem entrar, vão matar um ou dois sentinelas na faca, vão colocar cargas de demolição e o pior, vão poder escolher, se na pista(BA´s com uma única pista?!) ou nos aviões…é triste a realidade, mas para que um comando SAS… Read more »

André
André
10 anos atrás

Esses F-5 chilenos são mais modernos que os nossos modernizados?

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

Giordani, mas se vier voando, aí nós ainda temos chance de saber que eles estão vindo… mas não seria assim… seria por ações de comandos mesmo…

Um exemplo disso, é que nos anos 70/80, quando a Argentina não era nada “confiável”, e nossas forças estavam voltadas para o cone-sul, a BAC tinha este mesmo nível de defesa… ou seja, praticamente nada!…

Sds!

airacobra
airacobra
10 anos atrás

certa vez ja citei em outro post que a FAB poceria muito bem comprar esses tiger III e modernizar para o padrão M, deixando os radares e alguns avionicos para a modernização dos A-4 da MB pois é um dos radares estudados para equipalos e pra mim seria a melhor opção e ainda daria aos A-4 Mod capacidade BVR com os Derby