Home Sistemas de Armas USAF recebe financiamento para o programa LAAR

USAF recebe financiamento para o programa LAAR

188
71

A-29A Super Tucano_Flecha

vinheta-clippingA USAF recebeu o financiamento inicial para o programa de 2 biliões de dólares que será o responsável pela aquisição de 100 Light Attack Armed Reconnaissance para operações irregulares como aquelas que a USAF cumpre no Iraque e no Afeganistão. O LAAR deverá estar operacional até 2013, apenas um ano depois das primeiras entregas.

Entre os aviões já propostos à USAF estão o At802U, o Alenia Aermacchi M-346, o Embraer EMB-314 Super Tucano, o Hawker Beechcraft AT-6L e o Pilatus PC-6 Porter.

A USAF quer um aparelho que tenha um custo de hora de voo inferior aos mil dólares. Um avião de combate como o F-16C custa 7 mil dólares e o F-15E 44 mil.

O LAAR deverá ter uma ou duas metralhadoras de 7,62 mm duas bombas guiadas de 227 kg e capacidade para levar lançadores de rockets ou o míssil ar-terra Hellfire.

O programa LAAR poderá ser uma forma de vermos aviões brasileiros na USAF, depois destes estarem já nos EUA, sendo operados pela empresa de mercenários Blackwatter, mas agora de uma forma mais “oficial”.

Este concurso é vital para manter na USAF o tipo de apoio aéreo de proximidade que o A-10 disponibilizava e que agora – com a sua iminente saída de serviço – se está a perder, para insatisfação dos comandantes no terreno (no Iraque e no Afeganistão) que ressalvam a necessidade de um aparelho – simples e barato – que possa ser empregue em abundância e com menos reservas do que aviões mais sofisticados e difíceis de manter como aqueles que restarão no inventário da USAF, após o último voo do A-10.

FONTE: Air Forces Monthly, via Quintus

SAIBA MAIS:

71
Deixe um comentário

avatar
71 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
35 Comment authors
PrimogrifoDaltonLuisHarry Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Sirkis
Visitante
Sirkis

Saudações!

Alguém tem dúvida de quem vai ganhar?

JACUBAO
Visitante
JACUBAO

Apesar de ser brasileiro com muito orgulho, eu não acredito na vitória do ST por pura questão política. Os senadores americanos já fizeram um grande estardalhaço contra a venda do ST a USAF, e certamente farão outro em favor dos concorrentes americanos. É uma pena, pois sabemos que dos candidatos o ST é disparado o melhor e ele aida fez os pilotos americanos se apaixonarem por ele na Colômbia.

Manoel
Visitante
Manoel

tb não acredito que o STucano tenha qualquer chance.

Nick
Visitante
Nick

Com certeza o AT6-L vai levar apesar de ser apenas um projeto.

Se os militares americanos fizerem um pressão quem sabe o SuperTucano leve.

A-Bomb
Visitante
A-Bomb

Se o ST não levar azar dos americanos.
Alias um azar duplo.
Alem de perderem o melhor vetor disparado para o que eles querem podem também esquecer de vez o Fx-2.

Acho que se os ST não levarem lá eles não levam aqui nem se colocarem o f22 no lugar dos SH.

jc
Visitante
jc

Espero q o ST venca…provavelmente eh o melhor.
Uma pena a saida dos A-10. Aviao interessantissimo!

Paulo Renato
Visitante
Paulo Renato

O patriotismo Americano não vai permitir que o ST entre para o seleto grupo de avião americana.

Uma pena pois tem a melhor qualidade entre os concorrentes.

Abs.

Rogério
Visitante
Rogério

Mas se ele ganhar, será fabricado lá?

Alexandre Galante
Visitante
Member
Alexandre Galante

Não percam a esperança, esqueceram disso?

http://www.aereo.jor.br/2009/10/20/a-cartada-americana/

A-Bomb
Visitante
A-Bomb

Rogério em 02 jan, 2010 às 17:09

Conforme as leis americanas sim vai ser fabricado lá.
Me parece que para se adquirir qualquer tipo de material bélico para as forças armadas dos Estados Unidos um requisito obrigatório seria esse.

Mas não tenho certeza disso.

A-Bomb
Visitante
A-Bomb

Alexandre Galante em 02 jan, 2010 às 17:16

Não percam a esperança, esqueceram disso?
http://www.aereo.jor.br/2009/10/20/a-cartada-americana/

Venda Casada?

Danilo
Visitante
Danilo

Gente se ele ganhar provavelmente dentro do acordo estarão os super hornet para o brasil, eles não comprariam o super tucano se não pudessem vender algo ao brasil.

Eles não são bobos com certeza só jogam pra ganhar …

Sds.

Alexandre Galante
Visitante
Member
Alexandre Galante

A-Bomb, sim, toma lá, dá cá.

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

Vocês vira o que eu vi? Um F-15E custa 44.000 DÓLARES POR HORA DE VÔO!!!!!! E ainda reclamam do Rafale…

Alexandre Galante
Visitante
Member
Alexandre Galante

Clésio, a hora de voo do F-15E é mais barata que a do Rafale, de 2006. 44 mil dólares dá R$ 76.692, o Rafale custava R$ 87.500.

Baschera
Visitante
Baschera

Alexandre Galante em 02 jan, 2010 às 17:16

Bem lembrado Galante…. mas o tal “acordo” militar Brasil-EUA é condição sine-qua-non para posição do ST ao projeto LAAR. Não ouvimos mais falar nada sobre isto….

Sds.

Jorge Lee
Visitante
Jorge Lee

Esta noticia parece estar um pouco equivocada em respeito ao A10C… eles foram recém modernizados – continuam sendo modernizados – e devem operar por mais 15-20 anos… a fonte é a mesma da noticia, a Airforces Monthly e a também da Combat Aircraft Magazine… Também torço pelo ST, mas acredito que o AT-6 leve essa, mais uma vez. Azar para o Tio Sam como afirmou A-Bomb. Como é um requerimento de urgência, se o ST for escolhido, algumas unidades seriam produzidas aqui antes de passarem para as linhas de montagem americanas… Lembrem-se que a EMBRAER tem uma planta na Flórida… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

Galante e amigos,

um off-topic que pode dar o que falar (Já chegou a ver?)

http://pbrasil.wordpress.com/2010/01/02/t-50-pak-fa-em-voo/#comment-2705

Uma foto do PAK-FA? Será que ele mesmo?

abraços a todos

Justin Case
Visitante
Member
Justin Case

Hornet, boa tarde.

Para mim, parece montagem.
E também acho que o avião está muito baixo sobre a pista para estar com o trem de pouso quase recolhido (muito cedo).

Justin

“Justin Case supports Rafale”

Flanker
Visitante
Flanker

Hornet,

Claramente é um fake. Montagem mal feita. Já tinha visto essa foto no meio do ano, quando o PAK-FA não tinha nem taxiado.

Bosco
Visitante
Bosco

Jorge,
isso mesmo. Que eu saiba os A-10 estão previstos para voarem até 2030 ou 2040.
Esse programa não é para substituição do A-10.

Hornet
Visitante
Hornet

Flanker e Justin,

pois é, tá com cara de montagem mesmo. Mas coloquei aqui para o caso de alguém ainda não ter visto.

abração

El  Carajlo
Visitante
El Carajlo

Avião barato de manter, e a hora de voo tambem barata. Ainda tem gente que sonha com o A-10 aqui, nem eles querem (aguetam) mais.
Os nossos tucanos tem uma vantagem, o baixo custo e um aparelho muito superior a maioria em sua classe. Turbo helice de ataque leve. Os USE não levaram o Texan levaram o Super Tucano Brasileiro.

Flanker
Visitante
Flanker

A única coisa que eu gosto no A-10 é o barulho que o canhão dele faz.

RodrigoBR
Visitante
RodrigoBR

Galante, “Clésio, a hora de voo do F-15E é mais barata que a do Rafale, de 2006. 44 mil dólares dá R$ 76.692, o Rafale custava R$ 87.500.” Acho que houve um engano do amigo. Este valor de R$87.500 do Rafale é da versão naval(sempre mais cara). O preço da hora de voo da versão convencional(Rafale F3 C – Força Aérea) é muito inferior a este, estando atualmente em torno de U$14.000(14 mil dólares). Esta questão da hora de voo é um dos pontos que estão em negociação entre o governo brasileiro e o governo francês, na tentativa de reduzi-lo.… Read more »

JACUBAO
Visitante
JACUBAO

Hornet meu amigo.
Vendo as fotos no link que vc postou, eu acabei de perceber que o desin do “meu 5ª geração” que estou desenhando, é bem parecido em alguns aspectos, assim como tem semelhança com o F-22 e com o F-15.
Um abração meu amigo.

Alexandre Galante
Visitante
Member
Alexandre Galante

Rodrigo, como eu disse esse era o preço da hora de voo em 2006. Mesmo 14 mil dólares pra FAB é caro.

Alexandre Galante
Visitante
Member
Alexandre Galante

Pessoal, essa foto do PAK-FA é uma montagem muito tosca..rs

JACUBAO
Visitante
JACUBAO

Galante, vc recebeu o meu e-mail com a vista superior do meu 5ª geração?
Ainda está faltando a vista frontal e lateral.
Um abraço amigão.

JACUBAO
Visitante
JACUBAO

Galante, deixa eu fugir do assunto só mais uma vez.
O chat está com problemas? Não estou conseguindo entrar?

Flanker
Visitante
Flanker

Me entrometendo…

JACUBAO, você faz aeromodelos ou está apenas desenhando?

JACUBAO
Visitante
JACUBAO

Só estou desenhando, mas já montei vários caças na escala 1.72.

Alexandre Galante
Visitante
Member
Alexandre Galante

Jacuba, Xat operando sem problemas aqui, Recomendo que dê reset no seu modem e reinicialize sua máquina.

Craveiro
Visitante
Craveiro

Então o lance é assinar com os americanos, levar o SH, tirar o que for possível de TT (se é que haveria alguma – em qq dos casos), vender os Super Tucano e ganhar um aliado de peso para o KC 390. A Boeing babaria para tirar a primazia da Lockheed com o C 130.

Jobim, meu filho, feche no SH. A bendita TT não vai ococrrer como vc imagina, se é que realmente imagina. rsss…

Seria “barba, cabelo e bigode”!!!

Rsss…

Abraços

Hornet
Visitante
Hornet

Jacubão,

de todas as versões, desenhos, montagens ou o que for, que eu já vi do PAK-FA (ou de qualquer outro avião), este aqui é o que eu achei o mais invocado.

http://paralay.com/t50/opana.jpg

O que vc está desenhando tenho certeza que ficará invocadão também.

abração bro!

ps. A montagem daquela “foto” que postei acima eu não conhecia, mas fiquei contente que aquela não seja a versão verdadeira do PAK-FA, pois é uma das piores que já desenharam…hehehe

Wolfpack
Visitante
Wolfpack

Galante, e o de US$7.000,00 /hora, será que a FAB consegue operar.
Os critérios para o FX2 deveriam ser os que são aplicados a esta concorrência para os LAARs da USAF.
1o.- Números de US$ / hora de vôo (o que podemos operar); Critério eliminatório;

2o.- Custo por unidade;

3o.- Custo de reposição manutenção;

4o.- Acesso irrestrito a insumos de reposição pela vida do vetor;

5o.- Fabricação Nacional;

6o.- Transferência Irrestrita de Tecnologia.

.
.
.

100o. – Performance, qualidade e tempo de entrega.

Cancela logo este FX2, por favor. A FAB não consegue operar nem F16 MLU com estes recursos…

Seal
Visitante
Seal

*Feliz 2010 para todos!

Se os americanos fossem um pouco mais humilde,talvez o ST podia levar essa!!
Seria um orgulho para o Brasil ver os seus Super Tucanos operando no TO afegão,junto com os AMX italianos.
“Dobradinha a la brasileira…”rsrs

Flanker
Visitante
Flanker

Hornet,

Pra mim ninguém ganha deste:
http://duler.ru/CONTENT/pic/industrial/SU_PAKFA_pic_7.jpg

Mas provavelmente o PAK-FA vai ser parecido com isso:
http://www.aereo.jor.br/wp-content/uploads/2009/11/T50_PopularMechanics_1-500×437.jpg

JACUBAO,

Depois que você terminar seu avião mostra pra galera aqui do Blog!

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Ô loco meu, tão trocando as asas e os avionicos dos A-10, não estão procurando um sucessor, ainda. O que aliás não estaria nas capacidades do ac da Embraer, pois o que o “javali” faz, nem 2 A-1/AMX juntos conseguem fazer. Em uma guerra em que os Harrier americanos e britânicos deveriam estar fazendo história, quem dá as cartas ou é o feioso em questão ou algum UAV anabolizado, nem helicóptero artilhado se mete pois tem faltado folego. Interessante notar que algo de podre está ocorrendo no “reino da Dinamarca” do apoio aéreo aproximado americano, pois estão colocando uma aeronave… Read more »

vassili
Visitante
Member
vassili

Pessoal, cadê o OV-10X Bronco da Boeing na lista dos candidatos??????

A Boeing apresentou a proposta de reabrir a linha de produção do Bronco em uma nova versão, muito mais potente que os atuais….

Para mim, é o mais sério candidato ao posto do programa LAAR…

Vcs se esquerceram que alguns senadores ja se manifestaram expressamente contra a USAF comprar algum modelo que não seja local????????

abraços.

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“Se os americanos fossem um pouco mais humilde…”

Não existe isso de americano ser mais humilde, há uma concorrência, vença essa concorrência e negocie o contrato, forneça o que foi contratado de acordo c/ a legislação americana aplicável; simples assim.
A M-9 é italiana; a M-249 belga, a sucessora deverá ser alemã; o M-777 inglês; o M-136 é sueco; o HH-65 e o UH-72 franceses e fabricado lá, sem essa de montar kit; o C-27J é italiano; o HC-144 é espanhol; o VH-71 eo MH-68 são italianos.

Hornet
Visitante
Hornet

Vassili,

bem lembrado. Aliás, acho que as chances do Super Tucano (embora eu torça por ele) são mínimas, para vencer esse programa nos EUA.

Como vc lembrou do Bronco, aqui tem um desenho de como será sua nova versão:

https://4.bp.blogspot.com/_VoabGNCjIxg/Sz1hu5b9HbI/AAAAAAAADHI/iCfXV3sYOO4/s1600-h/OV-10+2l9se4m.jpg

abração bro!

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“Pessoal, cadê o OV-10X Bronco da Boeing na lista dos candidatos???”

Aparentemente dançou pois a aeronave procurada, deve ter a capacidade de proporcionar treinamento e não somente missões operacionais.

Pensador
Visitante
Pensador

Não hà mais duvida ´ST por SH é só esperar pra ver,compra o meu que eu compro o teu.os “ómi”liberaram a verba, agora manda quem pode e obedece quem tem juizo a oportunidade chegou é pegar ou largar.Os rafaleco vão espumar de raiva mas deu a lógica,sem maiores riscos ainda não estamos em condições de dar as cartas e bater na mesa ,deixa estas bravatas pro imbecil do hughinho maluco.É melhor um amigo rico que dois remediados.E vamos em frente dos males o menor apesar de achar o GRIPEN uma ótima oportunidade mas quem sou eu para optar?

Hornet
Visitante
Hornet

Mauricio Br, vc tem razão. Pelo visto o Bronco X da Boeing dançou mesmo. “Possible contenders include the AirTractor AT802U (a modified crop duster), Alenia Aermacchi M-346, Embraer EMB-314 Super Tucano, Hawker Beechcraft AT-6L and Pilatus PC-6 Porter. Boeing’s OV-10(X) Bronco proposal, based on the twin-engine, twin-boom forward air controller of the Vietnam era — for which no production facility has even been chosen — now appears an unlikely candidate. The aircraft will be required to have a rapid engagement capability, in order to reduce the sensor-to-shooter timeline. The LAAR aircraft will also operate as a forward air controller (FAC),… Read more »

Robson Br
Visitante
Member
Robson Br

Se for por troca-troca, esquece o F-18 x Super tucano “”Concorrência dos caças. Silvio Queiroz Não existe data marcada, mas o governo Lula deve anunciar ainda no começo do ano quem será o fornecedor dos novos caças para a Força Aérea Brasileira, um contrato da ordem de 5 bilhões de euros. Pela vontade do presidente, o contrato sairia para o Rafale, da francesa Dassault, em nome da parceria estratégica com Paris e da amizade pessoal com o colega Nicolas Sarkozy. Mas a FAB e a indústria aeronáutica parecem gostar do pacote oferecido pela sueca Saab para vender o Grippen NG.… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

Pessoal, não é por nada, não. Mas se um dia o Brasil tratar de sua defesa aérea como uma mera questão de barganha entre empresas, então para tudo que eu quero descer…hehehe E essa matéria não é de hoje, é do dia 4 de dezembro do ano passado. Já faz um tempo que os “ómi” liberaram a verba para o programa LAAR e nem por isso mudou o mundo e nem tão pouco as negociações no FX2. Tudo como dantes…hehehe Mas espero que a Embraer consiga vender os Super Tucanos para os EUA. Espero mesmo. Torço por isso. Agora, pra… Read more »

Pensador
Visitante
Pensador

Pois foi no inicio de dezembro que o bicho pegou e colocou o tagarela numa sinuca de bico.Americano é fods deu o bote no momento certo e agora josé?

Wolfpack
Visitante
Wolfpack

Seal o AMX Italiano apresenta o canhão 1× 20 mm (0.787 in) M61 Vulcan rotary cannon, o que não existe no AMX Brasileiro (o nosso nem radar têm), e o Vulcan foi embargado pelos Estados Unidos da América, o mesmo que o pessoal sonha que vai adquirir os ALX e deseja fornecer o F18 E/F Super Hornet a FAB.
Abs

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“…e o Vulcan foi embargado pelos Estados Unidos da América, o mesmo que o…”

Eram outros tempos em um contexto geopolitico diferente, não foi a semana passada e nem ontem.