segunda-feira, junho 14, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Crise nos Emirados pode cancelar aquisição do Rafale

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

País árabe encontra-se mergulhado em uma séria crise financeira

Rafale-afeganistao

vinheta-exclusivoUma das maiores possibilidades de venda do caça francês Rafale parece estar se fechando, pelo menos por um determinado tempo. Mergulhado em uma crise financeira, os Emirados Árabes Unidos dificilmente terão recursos para a compra de um novo caça.

A Dubai World, uma empresa de investimentos estatal de Dubai, pediu nesta quinta-feira aos seus credores um prazo de seis meses para pagar suas dívidas que totalizam U$59 bilhões. Em tese, foi declarada uma moratória.

Não se trata de uma crise pequena. Ela já afetou boa parte do mundo financeiro. Na madrugada desta sexta-feira (27/11) os mercados asiáticos tiveram fortes baixas e já pela manhã as bolsas européias sinalizavam baixas expressivas. Este evento, justificam os analistas financeiros, é fruto da moratória declarada pela Dubai World.

Dubai é um dos sete emirados que compõem os EAU (Emirados Árabes Unidos). Localizado no Golfo Pérsico, o país encontra-se em uma região de grandes tensões e de vizinhos militarmente poderosos.

Além da questão da crise financeira, os EAU possuem uma Força Aérea de dar inveja a muitos países. Dotada de modernos aviões de caça e em grande quantidade, os EAU não necessitam de substitutos ou complementos. A principal força de ataque daquele país do Golfo Pérsico é formada por quase 150 caças modernos do tipo F-16 e Mirage 2000.

F-16E_EAU-foto-dailyindustry

O F-16 é o principal caça dos EAU, tanto em quantidade como em qualidade. O modelo em uso pelo pais é o “Block 60”, um dos mais modernos F-16 existentes no mundo. Foram adquiridas 79 aeronaves, incluindo 24 bliplace F (há relatos de que um avião foi perdido em 2006).

Além dos F-16 existem cerca de 70 Mirage 2000. Estes estão entre os Mirage 2000 mais avançados do planeta. Além dos 32 Mirage 2000-9 comprados novos em 1998, perto de três dezenas de Mirage 2000 mais antigos também foram atualizados.

Como se pode ver, o equipamento aéreo é bastante moderno e o principal problema do país é encontrar pilotos devidamente qualificados para voá-los.

Mirage_2000-5-EAU-foto-industrydaily

Os EAU manifestaram recentemente a possibilidade de abrir mão da compra do Rafale para a aquisição de um caça de 5ª geração. No entanto, este anúncio pode ser interpretado como um sinal de que as condições financeiras do país já não eram boas e que a compra de qualquer caça seria adiada para uma oportunidade melhor.

Deve-se destacar que o Rafale não foi excluído das preferências dos EAU. O que ocorre é que a crise atual não permitirá a aquisição do mesmo em um curto período.

LEIA TAMBÉM:

FOTOS: Defensedailyindustry

- Advertisement -

13 Comments

13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Thierry

We shall see.Extrapolations at this moment are too early …
Dassault is not the only supplier suffering from decrease and cancellations since 12 months in the airworld industry.This Dubai crisis won’t help anybody for sure.
But Dubai is only one emirate of the UAE which have billions in reserve.Let’s see today and the next days how they solve all that.

Thierry

get the very last info directly on site:
http://www.thenational.ae/

Their last article on Rafale:
http://www.thenational.ae/apps/pbcs.dll/article?AID=/20091115/NATIONAL/711149818

RodrigoMF

Babau AMX Francês….

Felipe Cps

U N I E N C O M E N D A ! ! ! 🙂

flaviodepaula

Mais um vez, o Rafale é preterido não por questões tecnicas, mas por politicos/financeiras…

andrepoa

Rapaziada do Blog, quem lia e via documentários sobre Dubai sabe o absurdo que o negócio era.. Agora imaginem a seguinte questão: Eu tomo emprestimo a juro e empresto a prazo sem juro, o que acontece comigo? Simples: Bancarrota! Era facil para o Emir ordenar compras e projetos bilionários com o petróleo a mais de 100 dolares o barril e subindo, mas depois da crise imobiliaria americana o dito cujo não só desvalorizou muito (ou voltou a realidade) como estabilizou baixo. Mas o Emir não voltou a realidade. Outro detalhe: imagina eu compro uma casa por um milhão de dolares… Read more »

ZE

Cansei, mas cansei de postar EXATAMENTE isso neste blog. Parabéns aos editores. Se o Rafale não for vendido (e será) ao Brasil, possivelmente será o maior fracasso da indústria militar francesa. Se o Brasil não comprar esse vetor caríssimo de se manter, ninguém o fará. Atentem: Não existe país (fora o Brasil e a Índia capaz de comprá-lo). Os Emirados não podem comprá-lo, a Polônia (que parece a bola de vez)não pode comprá-lo. O Kwait já disse que não quer comprá-lo. A Suíça, suspendeu seu programa até o plebiscito. Muito possivelmente, eles suspenderão o programa até 31/12/2020. A Grécia está… Read more »

Ivan

ZE, Alguns destes países que vc relacionou como sem condições de comprar o Rafale eu, respeitosamente, discordo. A Polônia poderia sim, comprar o Rafale, mas não vai fazer isto. Porque? Estratégia de defesa. Ela teme, com toda a razão, uma ameaça da Russia, e tem como aliado confiável (para a Polônia) os Estados Unidos da América. Sim, o ‘nefasto’ gringo, pois o resto da Europa é refém energética do Gás russo. Então, compra casada com acordo estratégico. Kwait, depois do que passou, vai comprar tudo made in USA e só compra de outra marca para completar a linha de frente,… Read more »

Francisco AMX

ZE, aprecio suas composições econômicas, mas acho que o amigo é muito apocaliptico com o Rafale, ele pode sustar caro, mas os outros, pode ter certeza, estão enganando nos custos! escreve isso aí na tua planilha de análise financeira! 🙂

Abraço

Ivan

Thierry,

Concordo que é muito cedo para avaliar a questão, até porque a opção estratégica dos Emirados Árabes Unidos é bem clara, dois pilares, dois parceiros, se um falhar, tem o outro.

Contudo, como os Mirage 2000 são relativamente novos, muito efetivos e foram modernizados para o padrão M2000-9 (salvo engano) recentemente, há um momento de crise financeira a ser superado, é possível que os Xeiques adiem uma possível compra.

Mas acredito que será só adiamento, em todo caso é cedo.

Abç,
Ivan.

Francisco AMX

Vamos oferecer para eles 20conto por M2000-9! olhem a foto do bixo! que lindo ele na FAB, com 4BVRs 2 IR, 2 tankão! e voando como ele voa! sendo adquirido por um preço bacana… vamo urubuza eles!

Francisco AMX

ou 30 pelos F-16B60! 🙂 seria melhor ainda! rsrsrsrs

Reportagens especiais

Infográfico: Caças a jato dos Estados Unidos da América – 1945 a 2015

Os aviões de combate dos Estados Unidos da América continuam na liderança tecnológica No infográfico de autoria de u/numante, podemos relembrar...
- Advertisement -
- Advertisement -