sábado, abril 17, 2021

Gripen para o Brasil

‘Eurocanards’ no Dubai Air Show 2009: Rafale e Typhoon

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Apesar de ambos serem jatos bimotores com asa em delta e canards ativos, pode-se perceber nos vídeos as diferenças no design, assim como as semelhanças. O mesmo pode-se dizer das manobras realizadas. Vale lembrar que um deles faz a sua apresentação em configuração “limpa”, enquanto o outro carrega um tanque externo no pilone central.

- Advertisement -

24 Comments

Subscribe
Notify of
guest
24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Pancho

É tão sem graça ver vídeos desses dois manobrando… parece que os pilotos tem medo de quebrar os brinquedos…

Muito diferente de ver vídeos do Su-35… esses sim dão gosto de assistir… passo horas no Youtube assistindo… hehee

Abs.

douglasfalcao

depois que li a noticia sobre comentários feitos no oriente médio acerca da potencia dos motores do Rafale, que deveria ser maior, estou curioso para ver esse avião com carga total em um show aereo.

já vi demonstrações de F15 SU 35 F 18 e até de Gripen com carga externa, mas do Rafale não.

Gostaria de ver.

Edmar

Caros Amigos.:

Pelo que deu para ver o “Dassault Rafale” é mais manobravél que o “Eurofigther Typhoon”.

Acho que com a experiencia dos Franceses em fabricar aviões de combate, o “Dassault Rafale” saiu melhor.

Abraços.

Francisco AMX

O que eu percebi: Typhoon: algo mais parecido com as demosntrações russas, baixa velocidade e controle total, porém ficou cravado nisso, tanto que eles usaram um tanque ventral para aumentar o arrasto, deixando o caça mais fácil de reduzir velocidade quando da redução da potência, em alguns momentos dá para ver o pós-queimador desligando e ligando rapidamente, muito bacana… mas ficou numa apresentação mais acrobática. Rafale: foi perfeito! este caça é realmente mortal! arisco sem perder controle! foi tão acrobático em baixa valocidade quanto o Typhoon sem ter que carregar um arrasto para tal, e foi altamente manobrável em velocidade… Read more »

carl94fn

Edmar
Parece que vc tem razão, não sei se foi neste evento, mas o Rafale foi considerado melhor caça acrobático entre o F-16C e o Typhoon saiu neste blog mesmo há algum tempo atrás.
Enfim o Rafale tecnicamente é impecável, parabéns aos franceses!

sds

Francisco AMX

Carl94 e Edmar,

foi na Inglaterra este ano! ! lugar na apresentação! GOLD!

Felipe Cps

OFF-TOPIC: Tão falando por aí que “o Jobim entregou o relatório do FX2” pra Mulla, e que o próprio Jobim, tendo mencionado uma tal “dezembrada” falou que “talvez a coisa saia até o natal”.

Ou seja: adiado de novo, e desta vez sem certeza de data final…

Sds.

carl94fn

Francisco AMX em 24 nov, 2009 às 15:24

opa, valeu Fracisco

carl94fn

digo Francisco rsrsrs

Thierry

Francisco AMX, in terms of french training have a look at this article coming from a main french radio network internet site
use google translate
http://www.europe1.fr/Info/Actualite-Internationale/Asie/Nucleaire-les-grandes-manaeuvres-militaires-de-l-Iran/(gid)/256271#commentaires_articles

in practical, 12 Mirage 2000+Rafale,from south France to UAE, 4 C-135(distance about 5100 km, 3 refills each fighters),flying time 6,5 hours,average speed 780km/h
6h30=close from maximum capacity(oxygene reserve+oil lubrification engine)+ pilot and navigator fatigue
then targeting and launching cruise missiles on test zone in the desert.

Abraçao
Thierry

Francisco AMX

Thanks Thierry, I see this! 🙂

great performance of Dassault fighters!

Cya!

Francisco

casag

As asas do Typoon, dá prá morar uma família embaixo de cada uma.
Não sei a carga alar, a relação, mas acho que em número absoluto, são as maiores de todos os caças já fabricados.

Alguem tem idéia do número?

Francisco AMX

Felipe, será que minhas “profecias” de quando iniciei no blog vão se confirmar? quando eu dizia que o Mauro e o Hornet entre outros eram muito otimistas e eles diziam que eu tinha que ser mais otimista! lembra? eu mudei bastante! acho que eles me convenceram um pouco… mas vou ficar triste demais se eu estiver certo! 🙁

Tomara que se não sair nada de FX-2 que pelo menos se os EAU comprarem os Rafales, nos oferetem a preço bem baixinho, seus M2000-9 com RDY e capacidade futura de integrar o Meteor…

Abraço Bro!

Bosco

casag,
não sou especialista, mas só com o intuito de colaborar, creio que se a asa for realmente grande tal fato redundaria em uma menor ‘carga alar’.
Conferi no google.
Um abraço meu amigo.

casag

Bosco,

Carga alar é o peso total do avião dividido pela área total das asas. Quanto maior for a área das asas, menor será a carga alar.
E este fator, a carga alar, quanto mais baixo, mais manobrabilidade o avião terá. Tem contrapartidas, é claro.

O que eu não sei é a área absoluta das asas do Typhoon.
As asas do F-15 por ex., se não me engano, têm 39,00 m2 aproximadamente.

Francisco AMX

Este “pedacinho” do artigo do piloto Peter Collins da RAF sintetiza com perfeição o vídeo do Rafale, acima!:

“A taxa de implantação no estado estacionário em 350kt foi de 270 ° / s, o início do rolo sentiu rápido, mas confortável. Na 450kt, a taxa de rolo mesmo estado estacionário foi alcançado, mas a taxa de aparecimento roll foi simplesmente incrível. Eu nunca experimentei qualquer avião de caça começar ou parar de rolar tão rapidamente.”

Bosco

casag,
concordo. Mas no seu comentário anterior você se referiu ao Typhoon como tendo uma “grande” asa e uma “grande” carga alar.
Um abraço.

casag

Bosco,

Valeu!

Abraço.

Felipe Cps

Chicão: Conversamos no Xat, e li o artigo do tal Collins. Tentei ver os vídeos com a maior isenção possível. Ressalte-se que nunca achei muito importante esse negócio de capacidade de manobra; fosse assim o T-27 bateria qualquer caça, rsrsrs. Pra não falar que o Su-27 seria o melhor caça do mundo. E não é MESMO. Cara, num dá. Dizer que o Rafale manobra mais que o Typhoon vai contra o bom senso e meus sentidos. Cito só como exemplo as manobras deste último em 2:15, 2:48, 3:52, 4:20, 5:10, 5:30 e 6:20. Fora que o Typhoon parece que está… Read more »

Felipe Cps

Ops, onde está “sub-alar”, leia-se “sub-ventral”.

Francisco AMX

Felipe, procure um oculista! rápido! rsrssr

Abraço Bro!

Felipe Cps

Ééééé Chicão, parece que caiu a casa do tal Collins…

Veja o comentário do ZE em 25 nov, 2009 às 11:09 em:

http://www.aereo.jor.br/2009/11/24/dassault-envia-carta-ao-poder-aereo-a-respeito-do-rafale-para-os-emirados/#comments

Rapaz, que fraudezinha mequetrefe dessa Dassault não? 🙂

Abs.

Luan

Rapaiz,o trance 3 ta aí,vai atrasar pelo geito,mas as versões anteriores ja estão completas.a RAF aprovou,é só ver as noticias nos sites gringos,é o novo xodó da Luftwaffe,o que dizer da Austria então rs. Acho o Typhoon o melhor caça da Europa,sua interface “homem-maquina” é talvez só superada pelo F-22 e talvez futuramente pelo Gripen NG,Imaginem o que não facilita a vida do Piloto.Álem de ja ter o melhor motor Europeu,ainda vão dar um Up nele rss.Dentre outras tantas coisas. Bom,resumindo… Inglaterra,Itália e Alemanha sabem o quanto é perigoso levar um projeto desse tamanho sozinhos,o mundo se aproximou mas tem… Read more »

Francisco AMX

Já li Felipe, nada de mais, contra-informação! quem foram os fulanos que “detonaram” o Peter Collins? quem? who? viu! se eu quisesse falar mal dele argumentos eu encontraria, só que para por em cheque um piloto como ele, que tem muito a zelar, um piloto de testes! que voou várias aeronaves, sei que voou F-16 e F-15, e é lógico que sim! voou o Hawk que tem desempenho muito bom, foi piloto da red-arrow, ele só emitiu sua opinião, sua posiçâo, e disse que foi o melhor caça que ele voou! falou bem do Rafale sim, o que tem de… Read more »

Combates Aéreos

‘Visual. E travado’: Última chamada de rádio de Abhinandan antes de disparar e derrubar o F-16

Essa foi a última chamada de rádio do MiG-21 Bison do Wing Commander (Comandante de Ala) Abhinandan Varthaman, da...
- Advertisement -
- Advertisement -