sábado, abril 17, 2021

Gripen para o Brasil

Real capacidade ‘stealth’ do F-22 está sendo questionada novamente

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

f-22-raptor1

A companhia Lockheed Martin está sendo processada por um ex-engenheiro que afirma que a empresa forneceu deliberadamente revestimentos stealth defeituosos para o F-22.

O engenheiro, especializado em materiais de baixa observação, acusa a Lockheed Martin de fraudar a real capacidade furtiva do F-22 e falsificar os dados do revestimento para que o mesmo se encaixasse nas as especificações técnicas da USAF.

O engenheiro também alega que a Lockheed Martin mandou que ele não falasse com a Força Aérea sobre o problema e que suas sugestões de compra ou modificação de diferentes revestimentos foram ignoradas.

De acordo com o processo, a capacidade stealth do Raptor permaneceu defeituosa até 2004, com a Lockheed Martin sabendo que estava usando revestimento defeituoso e nunca alertando a USAF sobre o problema.

Esta não é a primeira vez que a verdadeira capacidade furtiva do F-22 é questionada. Em fevereiro deste ano, o POGO afirmou que os requisitos de manutenção do caça reduzem sobremaneira sua disponibilidade operacional. Na ocasião, o então Chefe de Aquisições do Departamento de Defesa, John Young , afirmou que o índice de disponibilidade do F-22 é muito baixo para se gastar dólares adicionais com mais encomendas.

NOTA do BLOG: Talvez esteja aí a explicação pela recusa da USAF em expor o F-22 no Paris Air Show.

- Advertisement -

150 Comments

Subscribe
Notify of
guest
150 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ExV.Emanuel

(provocation mode = ON)É… Talvez ele não seja o melhor caça no mundo afinal de contas (provocation mode = OFF)

Essa acusação deveria ser seriamente investigada pelo governo americano, sem brincadeira, pois o custo de produção das unidades desse caça não justificariam o fato dele não ter o revestimento de baixa assinatura de radar de acordo com as especificações da USAF.
Golpe aplicado a licitação publica é bem grave.

latino

Custo Unitário do F-22 Raptor Atinge US$ 400 milhões

tanto dinheiro em um vetor e agora essa noticia

Galahad

Se cancelar o gasto com publicidade, o custo cai a menos da metade. Quanto vcs pensam que custa um comercial com 02 horas de duração (Guerra Aérea do Futuro), mesmo exibido em tv paga? E um anúncio na capa da edição dominical do NYT?
Com toda a sinceridade, esse avião pode ser muito bom, mas também é uma tremenda empulhação pelo que custa.

Alexandre Marlon

Se isso ocorresse aqui, seria porque é Brasil. Não interessa se pessoas morrerão ou não. Desde que o dinheiro seja colocado no bolso, tudo bem … Quando será que essa filosofia, mudará, será que mudará algum dia? Sobre a nota do Blog,pode mesmo ter sido o motivo da ausência do F22 na Lockheed Martin, pois mesmo que a empresa tenha escondido esse defeito da USAF. No momento em que os caças começaram a serem usados, a assinatura de radar deve ter chamado a atenção para o fato de haver coisa errada com a furtividade da aeronave. Essa falcatrua talvez saia… Read more »

Alexandre Marlon

Sobre o trecho acima que falei, “Sobre a nota do Blog,pode mesmo ter sido o motivo da ausência do F22 na Lockheed Martin “, leiam: Sobre a nota do Blog,pode mesmo ter sido o motivo da ausência do F22 na Paris Air Show.

Marcos

Cara é so o que faltava agora…..isso acontece nessa altura do campeonato é de deixar o pessoal de cara mesmo….

marlos barcelos

Vai ter pessoas neste blog que vai dizer q tudo isso é mentira e o f-22 é um ovni que dominam os céus.Os f-22 podem até ser o melhor caça do mundo e ter o menor rcs do mundo, não duvido disso, mas não acho que ele seja tão melhor que os outros, acho estranho a usaf não treinar com caças europeus por exemplo, coo o rafale ou thyphoon, como então saberá que o f-22 é melhor que os outros teste de computador?se eles tem medo de expor a tecnologia, que treinem nos EUA com os caças europeus.

Raphael Barros

É por essas coisas que prefiro o Su-35BM, Rafale F3 e Eurofighter. Levo mais fé nos caças de 4.5 geração do que nos de 5ª

Murillo

Até parece. Se fosse verdade, a própria USAF teria percebido que o vetor estava apresentando um RCS maior do que o esperado.

Muito difícil, pra não dizer impossível, que uma força aérea de qualquer país que fosse, não soubesse desse problema com a assinatura do caça, seja ele qual for.

Pra mim isso é conversa, provavelmente alguma intriga criada por alguém importante do governo que não ficou feliz com a continuidade da produção do F-22.

marlos barcelos

Murillo depois de gastar quase 100 bilhões de dólares do contribuinte americano, vc acha que a USAF iria admitir que o caça não prestava?que a tecnologia stealth dele não era essas coisas? é muito dinheiro envolvido, muita gente ganhando dinheiro por debaixo dos panos, não iriam admitir nunca, e são sim capaz de esconder os problemas, por isso acho que eles nunca coocaram o f-22 aprova, com caças de alta capacidade como gripen, su-27, rafale, thyphoons e nem vão colocar, só pra descobrirem que os f-22 não são tudo o que dizem, eles nem são loucos, então como explicariam isso… Read more »

marlos barcelos

Murillo

e tem mais se investigarem a USAF acho que vão achar um monte de produtos superfaturados, e muito roubo, não duvidem disso, tem muito congressista americano que iria ficar temeroso se investigassem os gastos das forças armadas americanas.

Felipe TP

Aposto que corpos serão encontrados em algum valão…

Marco

Ola a todos aqui no blog, ja tava com saudades de comentar uma das belas noticias que aqui aparecem. Bom sobre este assunto a opinião que eu tenho é que avaliando apenas as qualidades técnicas do caça, com toda a certeza o f-22 não vale realmente as centenas de milhões de euros que o congresso esta a dar por eles. Na realidade nós temos de ver o custo do projecto e saber qual o custo inicial pedido para o numero de caças que era exigido, ora se inicialmente seriam pedidas 800 aeronaves e de repente o numero desce para 180… Read more »

ExV.Emanuel

Eu concordo veementemente com o Marco. Só abro um porém, que é o de que todas as empresas de defesa atualmente estão pendendo para este futuro… O custo de produção dessas maquinas é altissimo pro potencial de mercado atual. E acrescento que quando é com os russos a resposta é “Claro né, olha o parte industrial deles… olha o nível dos engenheiros” mas quando é nos EUA que a qualidade tende a cair “Não… Só pode ser conspiração!”

Defesa é negocio, não importa o quanto neguem….

konner

konner em 16 set, 2008 às 11:41

“Podeis enganar toda a gente durante um certo tempo; podeis mesmo enganar algumas pessoas todo o tempo; mas não vos será possível enganar sempre toda a gente.”

( Abraham Lincoln )

Omega

Concordo com o Murilo e o Marco. A própria USAF saberia da baixa furtividade e vetaria a compra de mais caças, mesmo que estejam omitindo do contribuinte, continuar com o erro pode custar mais caro ainda. Outra coisa, os americanos não são confiáveis, eles podem muito bem lançar isso como propaganda pra qualquer país que esteja pesquisando sobre furtividade, e mais, depois de ter know how com os B2 e F-117 acho que isso não procede 100%. Até pode ter assinatura no radar mas, com certeza é mais baixa que qualquer outro caça no mundo. Não defendo as falhas, deve… Read more »

ExV.Emanuel

Ninguem disse que ele não presta ne camarada. Apenas que a assinatura de radar dele de 0,5m² que era o requerido pela USAF nao seja veridico…

Jonas Rafael

Acho difícil de acreditar. A própria USAF que foi a única a testar outras aeronaves em combate contra ele até agora é que deveria saber. Se eles não reclamam…

Tiago Jeronimo

“…De acordo com o processo, a capacidade stealth do Raptor permaneceu defeituosa até 2004…”

Permaneceu é passado, se estava não está mais.

Vocês tem que lembrar que há uma guerra ocorrendo no congresso e no departamento de defesa americano, uma guerra para decidir se a produção do F-22 Raptor continua ou não e noticias como essa vão continuar surgindo.

É comum tudo que é considerado o melhor da sua area ser criticado e suas capacidades serem questionadas, essas noticias não me surpreendem.

Omega

ExV.Emanuel, não presta não é a melhor maneira de expressar, mas dentro do contexto da pra entender o que quis dizer.

Pegasus

Se o F-22 esta com todos esses problemas, fora o revestimento, ser muito caro a manutenção e tempo de voo entre elas, fico me perguntado, sera que o PAK-FA russo vai conseguir melhor performace quanto a gasto, manutenções ou sera um beco sem saida que o F-22 esta levando todo mundo?Na tentativa de se igualar ao caça americano, pode ser gasto muito dinheiro sem o resultado esperado.

Paulistinha

Olha, existe um livro de uma investigação profunda sobre os programas militares dos EUA “As jóias de Washington”, retirando os fatos que alguns produtos são superfaturados de propósito, para desviar verbas para projetos secretos, os demais apresentavam problemas graves de super faturamento, por ex: Uma simples escada de alumínio para acesso a manutenção do C-5, custava para o inventário da USAF a bagatela $50.000, detalhe a mesma empresa fabricante da referida escada, vende a mesma (amesma mesmo) por $250. Houve casos de parafusos na base de $5.000 a unidade, houve a desculpa que como eram para uso aeronáutico específico eram… Read more »

Paulistinha

Complementando, se não me engano, existem congressistas durante vários mandatos passados, que vem alertando da verdadeira farra do complexo militar norte americano…

Alecsander

Lembrando que indepedente de serem 180 ou 800 caças do tipo, os 2 primeiros F-22 entraram em operação no ano 2003, ou seja se os caças com revestimento stelth esta comprometida são os que foram fabricados ate 2004, qual e a proporção disto em relação aos 180 ou 800 caças F-22 que supostamente terão? Acho que seria augo inrrelevante não!

Alexandre Marlon

Paulistinha, lembra o autor do “As jóias de Washington”? Baixou da internet, ou comprou o livro? Se fosse possível lembrar pelo menos a editora, será mais fácil localizar ou fazer um pedido nas livrarias, se for um livro inexistente na internet.
Obrigado.

Pegasus

Bom, parece que operacional, eles tem hoje 139 disponiveis, e vão parar a fabricação em detrimento do F-35, mas e aquele caso de um piloto que não comseguiu abrir o canopi depois de aterrissar e tiveram que serrar o mesmo, e aquela peça de policarbonato que deve custar uns 50 mil dolares para outros aviões, para repor custara milhões.

Paulistinha

Boa noite Marlon.

Na verdade não sei se o título do livro é “As jóias de Washinton” (não me lembro mas deve ser o título do artigo) por isso mantive em aspas, tomei conhecimento a partir de uma reportagem em uma revista especializada em um artigo que comentava o livro.
Vou tentar achar a revista, pois lá deve ter a referência bibliográfica correta. Assim que tiver lhe repasso.

Saudações.

Octavio Lima

Acho que isto não é verdade. Durante a fase de OPEVAL quaisquer aviões para as forças armadas americanas são extensamente verificados. Se fosse verdade que a capacidade furtiva do avião fosse tão ruim assim seria fácil demonstrar que a “radar cross section” do avião não corresponde às especificações. Se isso tiver ocorrido então não é só a empresa que falhou mas também a seção responsável pelo OPEVAL. Os F-22 também já participaram de alguns combates simulados em Nellis, Nevada, com outros países aliados, alguns com AWACS (França e Arábia Saudita) e isso já teria sido divulgado antes. Também os militares… Read more »

Bosco

Sem falar que o todos os caças americanos, F-22 inclusive, fazem combates entre si e com ampla utilização de AWACS, radares de terra, outros caças dotados de AESA, IRST, etc.
Ou seja, a própria USAF, no caso da suspeita proceder, seria corresponsável em esconder a falha.
Agora, por qual motivo?
Para posar de gostosona e no processo botando o “cotovelo” na reta?
Estranho!

Bosco

E não podemos nos esquecer que o que um RCS considerado “defeituosa” para o F-22 deve ser pelo menos umas 10 X menor que a de um Rafale, por exemplo.
Ou seja, é bem melhor um F-22 ruim que um Rafale ótimo.rsrsrs…..
Um abraço a todos.

Giovani

Mesmo que ele não seja totalmente furtivo, mas ter capacidade supercruiser, um radar que talvez seja o melhor do mundo e super manobrabilidade já torna o F-22 “The Best of”.

O preço talvez seja exagerado mas anos pesquisa, a melhor tecnologia , e Bilhões de dolares foram emprgados nele, e ele é uma realidade e está voando a USAF não iria se enganar assim. Enquanto o Russo PAK-FA se quer existe ainda.

Roberto CR

Rapaz, eu tenho umas perguntas de leigo que sou: 1 – o texto fala que o engenheiro denunciou o revestimento. Para mim revestimento pode ser tinta ou concreto (rsrsrs). De qual revestimento estamos falando? Em que partes do avião? 2 – supondo que nos testes ele foi aprovado com o tal revestimento fazendo o que tinha que fazer, o que foi usado em 2004 no início da produção é que não presta? 3 – sempre achei surpreendente a reação do F 22 frente ao concorrente da Boeing durante o processo de escolha. O avião da Boeing estava com o cronograma… Read more »

Francisco AMX

Bosco, não que eu esteja afirmando, mas a USAF é responsável pelo desenvolvimento do F-22, ela o escolheu e o aprovou, sabemos que neste campo os lobies são fortíssimos, e, como vc disse, este problema deve ter reduzido um pouco a furtividade do Raptor, mesmo assim ele ainda deve ser o de menor RCS, mas como eu sempre disse, não acredito na tal superioridade supremo do F-22 e isso tb falo no RCS publicado por aí! Não acho que valha a pena para a USAF, que tem a mairo e melhor FA do mundo, poderia ser para uma Alemanha ou… Read more »

Felipe Cps

Nossa, o Marlos não apenas acha que a LM prevaricou como acha que a USAF está envolvida, mesmo que ela tenha que colocar seus preciosos pilotos em risco…

Marlos: dá uma olhadinha pelo Google Earth naquele “lixão” de aviões que os EUA tem no deserto do Texas (s.m.j.) e me responda: o que seria mais importante pra USAF, mais precioso, aviões ou pilotos?

Pessoal, tá mais que na cara que isso é parte da guerra que se tornou a continuidade do programa F-22. É bomba por todo lado.

Abraços.

PS:

Alexandre Marlon

Obrigado, Paulistinha.

marlos barcelos

não disse que teria gente aqui no forum dizendo que nada disso ocorreu? O engenheiro do projeto disse que aconteceu de colocarem placas defeituosas no caça e que os dados de furtividade foram forjados, portanto o rcs do f-22 não é o divulgado é superior a isso, vcs acham que um engenheiro iria desafiar a boeing e a USAF se ele não tivesse como provar? só se ele fosse um completo louco, louco esse que participou dos projetos do f-117 e b-2, mas pelo jeito tem especialistas aqui que conhecem mais o f-22 que o próprio engenheiro do caça. Vocês… Read more »

Felipe Cps

PS: por favor, não vamos dizer que o F-22 foi preterido ao X-32 por questões político-econômicas ok?

O X-32 é uma Quimera, não um avião…

Felipe Cps

Marlos:
1. É mais que óbvio que o engenheiro não pode estar desafiando LM e USAF sozinho. Deve ter um mundo de lobby atrás dele.
2. Salvo melhor juízo, seria fácil detectar que a RCS do F-22 não é aquela coisa, usando o radar de qualquer outra aeronave que passe perto do F-22. Assim, pilotos de outros esquadrões, com outras aeronaves (F-15, F-16, F-18, etc) teriam a capacidade de lograr o F-22 no radar, se isso acontecesse. Uma mentira dessas dificilmente passaria escondida por muito tempo. Mentira tem perna curta.

Bosco

Francisco, tem-se que saber, caso proceda a denúncia, se o problema existia e foi resolvido ou se persiste. Persistintdo, há de se saber se tem solução e a que custo. Se não tem, há de se perguntar o quanto tal problema degrada a operacionalidade do F-22 do ponto de vista tático. Ou seja, é sabido que um F-22 pode se aproximar de um sistema de mísseis S-300 a uma distância de 30 km sem ser detectado. Nessa distância o sistema de defesa aérea estaria vulnerável as bombas JDAM de 1000 lb que quando lançadas de grande altitude e velocidade possuem… Read more »

marlos barcelos

só vou acreditar que o f-22 é um caça fantástico quando elestestarem o caça de verdade, contra os gripen, rafales, su-27 e thyphoons e demosntrarem que nenhum desses caças consegue detectar um f-22 a cerca de 100 km de distância, e que os f-22 conseguem detectar esses caças a uma distância superior, bem superior, e não ficar pagando history channel, para mentir, dizendo que meia dúzia de f-22 é capaz de derrubar um esquaddrão de rafales e su-27. Enquanto os ameicanos não provarem a eficácia dos f-22 o próprio congresso americano continuará desconfiado, o contribuinte americano ficará desconfiado, e notícias… Read more »

marlos barcelos

Felipe Cps sou de uma familia de militares, então posso falar, quando um militar descobre algo errado passa pro comando, coronel ou general no caso do exército, na aeronáutica coronel ou brigadeiro, e eles é que decidem se passam a informação adiante ou não, se investigam ou não, e não se fala mais disso, ninguém vai se queimar com o comando, ninguém vai desafiar o brigadeiro, então mesmo que pilotos descubram o defeito eles não podem fazer nada, se o comando assim quiser. No Brasil só para ilustrar o IPM (inquerito policial militar) quem investiga tem que apresentar o resultado… Read more »

Bosco

Marlos, você insiste com essa idéia que o F-22 tem que participar de brincadeiras para se firmar. Meu caro! Exercícios simulados com países amigos, em território americano, com patrocínio americano, seguindo as regras americanas, com combustível americano, AWACS americano, radar de controle de tráfego americano, etc, não passa de brincadeira. Não serve pra nada. Você que não confia nos americanos iria confiar no resultado positivo ou não em relação ao F-22? Esses exercícios não passam de manobras dos americanos para descobrirem como os outros países lutam e o “placar” não é representativo de nada. Muito pelo contrário, é mais fácil… Read more »

marlos barcelos

Bosco acreditaria nos resultados de testes de combates aéreos, se for verdade os dados dos f-22, eles jamais seriam abatidos a médias e longas distância, portanto, ganhariam de qualquer jeito, pq até no combate próximos eles tem empuxo vetorado. Agora gastar 80 bilhões de dólares só no projeto, mais 450 milhões de dólares por caça e não testá-lo contra possíveis adversários? por que? enquanto isso ocorrer os dados dos f-22 são só boatos. Os americanos testaram os f-15, f-16, f-18 nos testes como red flag, e os f-22 não participam? eles sabem a qualidade dos f-15,f-16 e f-18, já os… Read more »

Bosco

Os F-15, F16 e os F-18 são produtos de exportação americanos. Ou seja, muito países os possuem. O F-22 é de uso exclusivo. Só isso já seria um bom motivo para que não fosse avaliado por forças adversárias. Por outro lado os EUA possuem caças com as características dos Rafales, Typhoon, Su-30, etc, para que possam simular os mesmos contra os F-22. Não creio que a USAF espere, no caso de uma situação de guerra real de alta intensidade contra um oponente com vetores avançados, que o F-22 não será derrubado nunca. Isso não passa pela cabeça de ninguém. O… Read more »

Omega

Bosco, falou e disse!

Bosco

Um F-22 por 250 milhões de dólares é caro a bessa, mas não podemos nos esquecer que pagamos 3 milhõs por cada míssil Penguin, que diga-se de passagem é “descartável”. Um F-22 custa 250 mi mas pode ser usado por umas 6000 horas pelo menos, o que dá mais ou menos umas 2000 saídas de combate, transportando em cada uma delas pelo menos umas 2 t de carga útil. Somando 2000 x 2 t teremos a 4000 toneladas pelo menos, transportada ao longo de uns 20 anos. Nossos Penguin de 3 milhões vão nos custar 100.000 dólares o quilômetro e… Read more »

marlos barcelos

Bosco

250 milhões é só o caça. fora a manuntenção, fora o piloto que só o treinamento nos EUA custa 6 milhões de dólares, e os f-22 tem vida útil de 4.000 horas de vôo, bem menor que os f-18 8.000 horas de vôo, os primeiros f-22 irão ser retirados de serviço em 2022 se não for feito um aumento de vida útil, só para constar.

Francisco AMX

Bosco, concordo com seu raciocínio, porém o que eu falo é de crer nesta superioridade avassaladora! eu, particularmente não creio que as diferênças se compensem… Acredito que o Raptor é o melhor, sem dúvidas, mas não garantido sobre 3 adversários como o Typhoon e ou o Rafale… mas…

Abraço

luciano

Podem passar a fonte desta notícia?
E o problema foi até 2004, sendo que se esses materiais de revestimento devem ser aplicados periodicamente, então não nenhum efeito crônico.

Aproveito e deixo este link, sobre problemas de corrosão nos F-22:

http://www.pogo.org/press-room/pogo-in-the-news/national-security/ns-f22-20071021.html

Marlin

Bosco….

Vc foi over no descrever do f22 e suas aplicacoes taticas

parabens pelo texto

Reportagens especiais

Commemorative Air Force apresenta ‘Wings Over Dallas’

Dallas, Texas - A Força Aérea Comemorativa (Commemorative Air Force - CAF) realizou neste fim de semana o show aéreo...
- Advertisement -
- Advertisement -