segunda-feira, abril 12, 2021

Gripen para o Brasil

Nota oficial da Embraer sobre a venda dos jatos para a Argentina

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

e-190-austral

A Embraer fechou contrato com a Austral Líneas Aéreas, da Argentina, para a venda de 20 jatos EMBRAER 190. O contrato será efetivado após o cumprimento de certos requisitos, o que deverá ocorrer em dois meses. O início das entregas está previsto para o primeiro semestre de 2010.

A cerimônia de assinatura do contrato foi realizada na Casa de Governo da Argentina, e contou com a presença da Presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner; da Ministra da Defesa, Nilda Garré; do Ministro de Planejamento, Julio De Vido; do Secretário de Transporte, Ricardo Jaime; do Presidente do Grupo Aerolíneas Argentinas/Austral, Julio Alak; e do Embaixador do Brasil na Argentina, Mauro Vieira. A Embraer esteve representada pelo Vice-Presidente Executivo para o Mercado de Aviação Comercial, Mauro Kern, e pelo Diretor de Contratos – Aviação Comercial, Eduardo Munhós de Campos.

“Temos muito orgulho de estrear nossos E-Jets na Argentina e de participar da renovação da frota desta companhia aérea de renome internacional”, disse Mauro Kern, Vice-Presidente Executivo da Embraer para o Mercado de Aviação Comercial. “Esperamos estabelecer um relacionamento de longo prazo com esta importante empresa aérea e apoiaremos suas operações com os modernos e confortáveis jatos EMBRAER 190.”

Os aviões serão do modelo AR (Advanced Range), de maior alcance, permitindo vôos de até 4.400 km (2.400 milhas náuticas), e serão configurados com 96 assentos, dispostos confortavelmente em duas classes. Os passageiros terão à sua disposição um sistema de entretenimento de bordo com monitores individuais. A Austral pretende utilizar os jatos EMBRAER 190 principalmente para intensificar freqüências em rotas domésticas, com potencial para abrir novos mercados, permitindo à empresa voar rotas sem escalas dentro do território argentino, bem como destinos internacionais na América do Sul.

Em paralelo e independentemente da negociação de aeronaves para a Austral, a Embraer e o Governo da Argentina, por meio de seu Ministério da Defesa, assinaram um Memorando de Entendimento para o apoio ao desenvolvimento e à capacitação tecnológica da Área Material Córdoba (AMC) visando o fornecimento futuro de serviços e peças para aeronaves Embraer, segundo práticas de mercado e competitividade.

FONTE: Embraer

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
COMANDANTE MELK

Oque podemos dizer é oque é justo, PARABÉNS A EMBRAER por mais esta venda.

[…] confirmação da aquisição dos jatos da Embraer pela Aerolíneas Argentinas-Austral encerra um ciclo de 15 anos sem novas aeronaves […]

[…] A Aerolíneas Argentinas sofreu prejuízo mensal de até US$ 63 milhões, admitiu o presidente da companhia, Mariano Recalde, que afirmou que está renegociando um acordo de compra de aviões da Embraer. […]

COMANDANTE MELK

Oque podemos dizer é oque é justo, PARABÉNS A EMBRAER por mais esta venda.

[…] confirmação da aquisição dos jatos da Embraer pela Aerolíneas Argentinas-Austral encerra um ciclo de 15 anos sem novas aeronaves […]

[…] A Aerolíneas Argentinas sofreu prejuízo mensal de até US$ 63 milhões, admitiu o presidente da companhia, Mariano Recalde, que afirmou que está renegociando um acordo de compra de aviões da Embraer. […]

Combates Aéreos

Pilotos de Gripen tailandeses aprenderam com a derrota para os J-11

O motivo da derrota dos Gripen JAS39C da Tailândia nos dogfights do exercício Falcon Strike 2015 com caças J-11...
- Advertisement -
- Advertisement -