terça-feira, agosto 3, 2021

Gripen para o Brasil

Rafale para os EAU: delegação dos Emirados visita St-Dizier

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

rafale-foto-armee-de-lair

Entre os dias 20 e 22 de abril, uma delegação dos Emirados Árabes Unidos (EAU) visitou a base aérea de Saint-Dizier da Força Aérea Francesa (Armée de l´air). A visita se deu no contexto de um projeto de aquisição de caças Dassault Rafale pelos EAU, e contou com a presença de representantes das indústrias ligadas ao programa da aeronave. Segundo o Armée de l´air, foram expostas as capacidades dos caças Rafale em operação no esquadrão 1/7 “Provence”.

A delegação conheceu também o centro de formação e o esquadrão de apoio técnico das tripulações das aeronaves do esquadrão, conhecendo as facilidades à disposição dos pilotos e operadores dos sistemas de armas. Segundo oficial francês presente à visita, a delegação partiu de volta para o Golfo em 22 de abril após “três dias ricos em informações”.

delegacao-eau-visita-st-dizier-1-foto-armee-de-lair

delegacao-eau-visita-st-dizier-2-foto-armee-de-lair

Fonte e fotos: Força Aérea Francesa

- Advertisement -

90 Comments

Subscribe
Notify of
guest
90 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
marujo

Como já se discutiu neste blog, é que podem ir Rafales para os EAU e podem vir Mirges 2000-9 usados (pouco usados é verdade, mas usados) para cá.

kaleu

Será que agora vai ?????

kaleu

Podem vir Mirage´s 2000-9 ???? … Vira essa boca pra lá … rsrsrs

Joaca

se vencer aqui, na Líbia e no EUA, o Rafale vais deslanchar. Mas falando sobre os Dash 9, ao meu ver, vão acabar na Índia ou em taiwan
At
Joaca

Hornet

Que os Mirages-9 fiquem lá nas Arábias mesmo…se eles acham que fizeram cagada em comprar esses aviões problema deles…

abraços a todos

Mirage

É bom eles comprarem logo antes que o petróleo deles acabem. Vão virar exportador de areia. rssssssssss

joao terba

Se vão comprar o Rafale é porque gostaram do Miragem,eles tambem possui o F16 atualizado, pelo jeito não constaram.
Abraço.

Francisco AMX

Volto a dizer, prefiro 76 Mirages 2000-9, quase novos, com RDY e Mica e posteriormente o Meteor, por 20 milhas a unidade totalizando 1,5 bilhões de dolares, e investir o resto num projeto de próxima geração. do que comprar o Gripen ou o SH…
Porém se for o Rafale… a coisa muda…

Everson

Pessoal li em uns coments anteriores algo sobre uma suposta deficiêcia do rafale quanto ao “supercruise”…alguém poderia me expor mais a respeito?
Sou leigo no assunto

Madvad

Pessoal senta o pau em 2000-9…que é parelho com F-16 Block 52+, isso se não for superior (em aviônicos, pq em desempenho o é..) sem nem motivo.

é um BAITA avião..dos mais modernos que qualquer Força aérea possui atualmente.

Robson Br

Pelos afagos do Obama ao Lula to achando que vai dar SH F18 blockII.
os franceses vão ficar com os navios da MB. A Embraer depende muito dos americanos para produzir seus aviões. Até para vender os Super Tucanos a ela depende deles. Os aviônicos dos seus aviões e seus motores são americanos. Pela tradiçao americana no fornecimento de equipamentoes ao Brasil, tivemos menos problemas que com os franceses. Não tirando os méritos do Rafale, acredito que teremos dificuldades em manutenção com os franceses. Com a substituição dos SH pelos F35 deverão sobrar muitos SH para reposição.

pacau

Boa noite gente passei uns dias em acampamento e estou por fora das novidades do FX-2, alguma novidade nesses ultimos dias?

kaleu

Hornet e Fco AMX,

Comprar 12 M.2000 (usados) foi uma merd… 36 M.2000-9 é uma cagada, agora 76 … NÃO TEM PREÇO !!!

Abraços
Kaleu

Hornet

Kaleu,

kkkkkkkkkkkkk…

Boa!

abração

André Castro

Sobre o EAU menos de 5% do seu PIB vem do petróleo duas decadas atras isso era mais de 90% ,mesmo assim a crise tambem esta chegando lá, algumas obras faraonicas foram paradas ou adiadas, mais levando em consideração que EAU é um pais rico ,pequeno ,com uma população pequena ,que esta localizado em uma região explosiva ,acho que dinhero para investimento em defesa não vai ser problema.

Francisco AMX

he he Kaleu! boa tirada! Mas se não for piada, para mim é, explique para mim, pq tu considera o Mirage 2000-9 uma Mrd.., pode ser? 🙂 Vou falar uma verdade nua e crua para os amigos, o Mirage 2000-9 muito provavelmente teria as mesmas chances de dar cabo do SH em qualquer arena… pois é sabido e definido que combates BVR, com eficiência e garantia de sucesso, só se passarão a distâncias máximas de 60km, acima disso é provável que se percam os mísseis… e se o combate caisse na arena de curta e média distância os micas mostrariam… Read more »

Francisco AMX

Ah e Kaleu, tem preço sim, parece que vai ficar na casa de 20 a 25 milhas… semi-novos, com garantia, revisados e pneu novo! 🙂

Falando sério, teve gente aqui que fazia maiores elogios e endeusavam os F-5M… e agora caem de pau em cima de um avião infinitamente superior que pode custar nem o dobro de um F-5M…
Apoiam reformas extremamente duvidosas dos A-1 e Skyhawks e malham um M-2000-9, praticamente novo, estado da arte até o início de 2003! não dá para entender….

abraços

Bosco

Francisco, o problema é que o Mica dos Mirage possue um alcance de 60 km e o SH possue o Amraam (AIM-120C5) com pelo menos 80 km. Isso é o alcance máximo. O alcance onde o míssil tem uma alta porcentagem de sucesso (NEZ) é cerca da metade ou pouco mais, digamos, 40 km para o Mica e 50 km para o Amraam (os americanos operam o AIM120C7 com alcance de 120 km, com NEZ em torno de 80 km). Na arena de curto alcance o duelo seria entre o Mica e o AIM-9X. O americano ganha de novo. Sem… Read more »

J roberto

Bom,se os Mirage 2000-9 presta ou não para a FAB eu não sei,mas cá entre nós,que é um tremendo caça isso não tem como negar. A troca dos radares RDM pelos novos e muito capazes RDY, dão ao Mirage 2000-9, maior alcance de detecção (130 Km) e capacidade multialvos, uma vez que com esse radar se pode plotar 24 alvos, sendo que desses, pode rastrear 8, e ainda, apontar os 4 alvos mais importantes para serem atacados simultaneamente com o avançado míssil MICA. Essa capacidade excede ao de seu mais próximo concorrente no, mercado, o F-16, que não tem essas… Read more »

Fabretti

Fancisco, Vc compara o mirage 2000 contra um SH, Mas eu acho q o Brasil não vai entra em guerra com os EUA a não ser que de um ataque de loucura nos politicos e eles entrem em guerra contra os EUA. Entao vamos pegar um exemplo mais provavel um Typhoon ou ate um SU35, os mirages iriam sofrer para ganhar deles, acho que sofreriam mesmo estando com o R99. Ja com o Rafale agente ganharia facil facil de um Typhoon e ate de um SU35, se estando com um R99. Outra coisa que se deve avaliar eh que a… Read more »

Bosco

J Roberto,
o Mirage 2000 é um legítimo caça de quarta geração junto com seu amiguinho americano, o F-16.rsrs…

Fabretti

Fancisco, Vc compara o mirage 2000 contra um SH, Mas eu acho q o Brasil não vai entra em guerra com os EUA a não ser que de um ataque de loucura nos politicos e eles entrem em guerra contra os EUA. Entao vamos pegar um exemplo mais provavel um Typhoon ou ate um SU35, os mirages iriam sofrer para ganhar deles, acho que sofreriam mesmo estando com o R99. Ja com o Rafale agente ganharia facil facil de um Typhoon e ate de um SU35, se estando com um R99. Outra coisa que se deve avaliar eh que a… Read more »

Fabretti

Malz aew se ficou muito grande,

Bosco

Relembrando: A primeira geração inaugurou o uso dos motores à jato. A segunda geração quebrou a barreira do som. A terceira geração inaugurou o combate BVR e a capacidade de ataque de precisão ao solo. Maior exemplo foi o F-4. A quarta geração introduziu os caças na era digital (fly by wire, instabilidade controlada, etc),com grande interação homem-máquina (HUD holográfico, Hotas, telas multifuncionas, etc) A quarta geração e meia adotou o conceito da “conectividade”, introduzindo os caças no conceito de Guerra Centrada em Redes e aumentou a “consciência situacional” a um nível sem sem precedentes e concretizou o conceito de… Read more »

Bosco

Também a “quarta geração” consolidou o conceito de caça multi-role, uma tendência que começou com os caças de “terceira geração”.

Edmar

Caros Amigos.: Acho que o “Dassault Rafale F-3” vai ser uma boa opção para nós os Brasileiros. Além de ele ser o melhor entre os 3 concorrentes, é o avião que vai dar maior transferencia de tecnologia. Melhores: EM PRIMEIRO.: “Dassault Rafale F-3″……….. França. É o melhor avião para o Brasil. Altamente manobravél, possui 2 motores, voa a uma velocidade de 2124 Km e carrega 8000 Kg de armas aproximadamente. Sua hora voo varia entre U$$10 mil a U$$12 mil dóllares. Grande quantidade de transferencia de tecnologia. EM SEGUNDO..: “Saab Gripen NG”……………. Suécia. É um avião com suas boas qualidades.… Read more »

Bosco

Uma característica importante dos caças de “quarta e meia geração” foi o aumento do nível de consciência situacional. Na SGM um piloto tinha consciência do que ocorria a 5 km ao redor de sua aeronave, e apenas de dia. Com os caças de 4°+G essa “consciência” multiplicou 100 X, tendo passado para 500 km a qualquer hora do dia e em qualquer tempo.

marujo

Bem, acredito por n motivos (inclusive o de conveniência política e condições de pagamento que só os EUA podem oferecer) que vai dar Super Hornet no FX – 2. Mas, pessoalmente,tendo a concordar como Francisco AMX que 76 Mirage 2000-9 é um solução satisfatória no nosso teatro de operações aliada à participação brasileira num projeto de 5ª geração como o novo caça médio indiano ou um novo projeto da SAAB.É uma opção num momento de crise e um antídoto eficiente para a pocariada que os EUA tentarão empurrar brevemente aos paises latino-americdanos ,com a retirada de operação de F-16 e… Read more »

marujo

Só não vejo como pode haver transferência de tecnologia com a compra de um avião de segunda mão e de que tecnologia seria transferida.

dumont

Caros blogueiros, já está mais do que na hora do Brasil ter um caça no estado da arte e por isso torço para que o FX2 não morra na praia. O M2009 é um excelente caça, top da linha M2000, pode ser uma boa alternativa para o F5, mas não para o FX2. Voando com o datalink e operando o meteor ele pode até enfrentar o SH mas não em um combate de baixa intensidade, sem apoio de um avião radar. Só para lembrar o SH tem supercruise, radar AESA, mísseis com melhor alcance… Agora é bobagem dizer que são… Read more »

Felipe TP

Não sei porque o pessoal acredita nestes custos estimados.

Não foi aqui mesmo que postaram que um esquadrão da US Navy com F-18 SH tinha um custo hora/voo US$ 3.000. Não adianta ficar falando nestes custos que ninguém sabe de onde e como foram tirados estes números.

A SAAB fala que o custo hora/voo do gripen é US$ 3.000, mas será que com 36, 72, 120 unidades no Brasil vai ser este mesmo valor? Claro que não. Facilmente será um valor acima disso.

Então, não confiem muito nestes números de vendedores, na prática, poderá ser muito diferente.

Francisco AMX

Pois é Bosco, vc mesmo relata que estão bem próximos em alcance, o que eu digo é que o Mica é um míssel bem conceituado no “mercado” eficiente de fato! muitos o colocam em pé de igualdade com o AMRAM em precisão e alcance “real”, perdendo em letalidade por ser menor… Minha sensação, é que, com 76 M-2000-9, poderíamos formar mais esquadrões eficientes, em todoas as regiões do Brasil, daria 6 esquadrões de 12 aeronaves + reservas… por valores muito menores que os 36 FX-2 (SH e Gripen) (lembro que se for o Rafale fico com ele) e certamente não… Read more »

GHz

Pelo que li certa vez, os EAU decidiram adquirir os Mirage 2000-9 “apenas” em face da negativa americana em integrar o míssil de cruzeiro Black Shaheen (versão do SCALP EG) nos F-16E Block 60.
Isso me cheira a nego$$$iata…

[[ ]]
GHz

gaspar

as primeiras unidades estao previstas para serem entregues antes da copa do mundo… sera que essasa primeiras unidades ja estarao com os misseis brasileiros/sul africanos ?? A-Darter e os outros ??

Francisco AMX

O Brasil não terá um míssel como o meteor? ou o AMRAM? ficaremos com um Derby melhorado? o Darter? ou será um mix?
Pois de que adianta ter um caça com radar AESA de longo alcance que carrega um míssel efetivo de 40km!?….
Temos que ter o Rafale com o Meteor e Mica, já que vai ser daqui a 6 anos mesmo…. senão os Mirage2000-9 rsrsrs vaõa me cacetear denovo!;…..

Edmar

Caros Amigos.: Acho que o “Dassault Rafale F-3″ vai ser uma boa opção para nós os Brasileiros. Além de ele ser o melhor entre os 3 concorrentes, é o avião que vai dar maior transferencia de tecnologia. Melhores: EM PRIMEIRO.: “Dassault Rafale F-3″……….. França. É o melhor avião para o Brasil. Altamente manobravél, possui 2 motores, voa a uma velocidade de 2124 Km e carrega 8000 Kg de armas aproximadamente. Sua hora voo varia entre U$$10 mil a U$$12 mil dóllares. Grande quantidade de transferencia de tecnologia. EM SEGUNDO..: “Saab Gripen NG”……………. Suécia. É um avião com suas boas qualidades.… Read more »

Bosco

Francisco,
eu concordo com você. Eu até prefiro mesmo os Mirage/Mica se caso o Rafale ganhe mas não venha com o Meteor. Pra ter Rafale/Mica podemos muito bem termos Mirage/Mica.
Seria o tal caça tampão, até termos um de quinta geração ou de sexta (do jeito que a coisa vai poderá ser até mesmo um de sétima. rsrs…)
Eu acho o conjunto Mirage/Mica fantástico.
Só não acho que ganhe do F-18 SH.rsrs…..

kaleu

Caros amigos Madvad e Fco AMX, Como bem disse o amigo Mauro, os 1ºs aviões da FAB aptos ao ambiente BVR foram os F-5Ms, não vejo parâmetros muito superiores com a chegada dos M-2000, entretanto como vc (Madvad) bem disse : “nao ficamos sem aviões no GDA”, concordo … e o merd… que mencionei foi só uma piadinha … sem ofença. Não posso concordar em substituir o FX-2 pelos M-2000-9, por mais eficientes que sejam, devemos nos lembrar que a FAB quer vetores para 30 anos e o Mirage encerrou sua produção no ano 2000 (a 9 anos), será um… Read more »

Marlos Barcelos

Como tem gente q pense pequeno, caça tampão, o Brasil sempre comprou caças tampões, agora que quer comprar caças de altíssima tecnologia, tem gete querendo a política do velho caça tampão, essa política´é muito forte no Brasil, prefiro que o Brasil compre qualquer dos 3 fx-2 que são grandes caças e vamos mudar de vez a política do caça tampão.

Edmar

Caro Amigo Marlos Barcelos.:

Concordo com você…, mas, acho que adquirir o “Boeing F/A 18E Super Hornet” vai ser uma fria futura.
Os Americanos são muito sistemáticos e também não vão transferir toda a tecnologia, além de vetar os melhores armamentos.

Acho que teria que vir para o Brasil o “Dassault Rafale F-3” ou “Saab Gripen NG”.
Suécia e França já não são tão problemáticos.

Vovódka da Sibéria

E’ isso ai’ Joca, viva a Russia,e a veia aqui acrecenta viva tambem pra Bielorussia e o Sukhoi-35 e foooooooooora FX-2!!!!!!

E viva as viuvas!!!!!

A veia aqui ta’com pouco tempo de computador entao aproveito rapidinho pra avisar meus netinhos queridos e viuvas do meu saudoso Brasil que esse treinamento aqui na Siberia e’ puxado demais da conta viu!!!!! E ja’ perdi 9 kilos e meio mais ainda faltam mais uns vinte e poucos pra superar a meta e ir pro espaco e a veia vai conseguir sim!!!!!

Vovódka da Sibéria

Ue’??????? Onde foi parar o comentario do Joca que tava aki em cima???? Ih meu Pavelzinho do ceu eu to vendo coisa!!!!! Tenho que comer alguma coisa e tomar uma vodka pra voltar ao normal!!! Beijo nas viuva e Deus abencoe meus netinho e que a veia aqui sobrevive a essa Siberia que ta’ que ta’!!!!!!

Francisco AMX

Amigos! não confundam minha posição sobre o M-2000-9 e o FX-2! Marlos: pensar pequeno pode ser pensar maior do que pode! pense nisso! por várias ocasiões deixei claro que torço para que o Brasil faça negócio com a França e traga o Rafale F-3! para ontem! minha posição sobre os M-2000-9, por um preço convidativo, deve-se ao fato de posicioná-los frente ao SH e ao Gripen! tenho plena convicção de que 36 SH ou Gripens não seriam superiores, no somatório, a 76 M-2000-9 e não prestariam um serviço de disponibilidade e treinamento maior, pelo contrário! mas numa condição de investirmos… Read more »

pinchas landisbergis

Estes “turcos” realmentem compram , não ficam só na pressão como nós , e são capazes de vender até canoas no deserto do Saara.
Não me admiraria se conseguissem nos vender os Mirage 2000 9, não ficariamos mal servidos e venderiam “baratin a brestaçón bros brimo”

Vassili Zaitsev

Eu sou a favor da compra de alguns Mirage 2000-9 para a FAB. Se equipados com RDY e MICA. Não vejo pq de tabtas críticas ao aparelho. Se colocar um Mirage 2000-9 frente à um F-16 Block 50, creio que o Mirage se saia vencedor em 70% das surtidas.

É claro que é minha opnião pessoal, nada profissional, entendam bem.

abraços.

marujo

Como já se discutiu neste blog, é que podem ir Rafales para os EAU e podem vir Mirges 2000-9 usados (pouco usados é verdade, mas usados) para cá.

kaleu

Será que agora vai ?????

kaleu

Podem vir Mirage´s 2000-9 ???? … Vira essa boca pra lá … rsrsrs

Joaca

se vencer aqui, na Líbia e no EUA, o Rafale vais deslanchar. Mas falando sobre os Dash 9, ao meu ver, vão acabar na Índia ou em taiwan
At
Joaca

Hornet

Que os Mirages-9 fiquem lá nas Arábias mesmo…se eles acham que fizeram cagada em comprar esses aviões problema deles…

abraços a todos

Últimas Notícias

Pilotos russos usaram receptores GPS feitos nos EUA durante missões de combate na Síria

Pilotos militares russos usaram receptores comerciais GPS de navegação por satélite durante suas operações de combate na Síria, de...
- Advertisement -
- Advertisement -