sábado, abril 17, 2021

Gripen para o Brasil

Finlândia confirma parte da verba para modernizar seus Hornets

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

finnish-f18-foto-airspace-apg-flight-international

O governo finlandês confirmou neste mês de abril a verba de 280 milhões de dólares para modernizar os 63  F/A-18 Hornets da Força Aérea Finlandesa, com 40% do total já reservado no orçamento de defesa de 2009. Trata-se de parte de um programa completo de modernização com orçamento estimado em 1,3 bilhões de dólares. Segundo reportagem do site Defensenews, o programa de modernização postergaria a necessidade da Finlândia selecionar um novo avião de combate, pelo menos, para bem depois de 2020, o que contrasta com países próximos como Noruega e Dinamarca, que decidiram adquirir novos caças ao invés de prosseguir modernizando os atuais.

A principal meta relativa ao orçamento de 280 milhões de dólares consiste em incorporar, até 2014,  novos armamentos ar-superfície de longo alcance, a serem escolhidos entre os provenientes dos Estados Unidos, como o Joint Air-to-Surface Standoff Missile (JASSM) ou o míssil Taurus, desenvolvido por uma parceria da Suécia com a Alemanha.  O programa no seu aspecto geral deverá ficar a cargo da finlandesa Patria Aviation, através de um acordo com a Boeing, e pretende também melhorar o poder de fogo, capacidade de navegação da frota e a consciência situacional dos pilotos, proporcionando melhor desempenho em operações conjuntas da OTAN.

Fonte: Defensenews Foto: Airspace/APG via Flight International

- Advertisement -

16 Comments

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wilson Johann

Não sabia que a Finlandia possuia tantos F-18. Assim como fizemos com nossos F-5, eles poderão deixar esses caças no “estado da arte”, trazendo-os para os padrões tecnológicos atuais dos caças de quarta geração sem gastar uma fortuna com a aquisição de novos aviões. Afinal, é uma frota padronizada e numerosa como muitos anos de uso pela frente.

Abraços!!

Robson.Br

Por isso que acho que vai dar Hornet, pois teremos sempre caças usados disponíveis.

Cantarelli

Nao curto muito esse hornet acho o rafale mais moderno o griphen é um caça progetado para europa nao serve para nos nen com tanques eu acho que nao serve ainda aqui é um pais gigante a europa cade dentro do brasil pois opito por rafavel depois hornet. Voltando ao asunto do tipico olha a Finlandia fas o certo em modernisar os caça ao menos eles tem caças melhores que nossos f-5 , nos temos os pilotos temos aviao radar de apoio mas nao temos caças boms os f5 tao muito velho e ultrapassados se aquela proposta da frança for… Read more »

dumont

A comparação com os outros paises escadinavos não é correta, os Hornets finlandeses são muito mais novos que os F16 nouruegueses e dinamarqueses.

Sobre o no signignificante de caças (é bom lembrar que a finlândia tem somente 5 milhoes de habitantes) deve se notar que a TO deles é de enfrentamento com os russos (como na 2aGG, onde alias se deram bem).

Vassili Zaitsev

Só que 280 milhões de dólares não é suficiente para uma excelente modernização em 63 células de F-18. Creio que a modernização pretendida não envolve o radar ou os motores F-404. Se estes itens estivessem incluidos no pacote, o valor saltaria facilmente para a casa do 1 Bilhão de dólares.

É a minha opnião.

abraços.

AJS

Sim caro Vassili, como está escrito em negrito na notícia.
Abraço.

Nunão

Vassily, os 280 mi são só para as armas superfície-ar stand-off

Super Hornet

Sr Galante, meu parabéns pela matéria e fico muito feliz com a presença do Blog nessa reunião, fica o exemplo dos franceses aos outros concorrentes, vou conversar lá na Boeing pra resolver isso rss

Uma dúvida, eles sabem vender o peixe?

Semper Fidelis

Wilson Johann

Não sabia que a Finlandia possuia tantos F-18. Assim como fizemos com nossos F-5, eles poderão deixar esses caças no “estado da arte”, trazendo-os para os padrões tecnológicos atuais dos caças de quarta geração sem gastar uma fortuna com a aquisição de novos aviões. Afinal, é uma frota padronizada e numerosa como muitos anos de uso pela frente.

Abraços!!

Robson.Br

Por isso que acho que vai dar Hornet, pois teremos sempre caças usados disponíveis.

Cantarelli

Nao curto muito esse hornet acho o rafale mais moderno o griphen é um caça progetado para europa nao serve para nos nen com tanques eu acho que nao serve ainda aqui é um pais gigante a europa cade dentro do brasil pois opito por rafavel depois hornet. Voltando ao asunto do tipico olha a Finlandia fas o certo em modernisar os caça ao menos eles tem caças melhores que nossos f-5 , nos temos os pilotos temos aviao radar de apoio mas nao temos caças boms os f5 tao muito velho e ultrapassados se aquela proposta da frança for… Read more »

dumont

A comparação com os outros paises escadinavos não é correta, os Hornets finlandeses são muito mais novos que os F16 nouruegueses e dinamarqueses.

Sobre o no signignificante de caças (é bom lembrar que a finlândia tem somente 5 milhoes de habitantes) deve se notar que a TO deles é de enfrentamento com os russos (como na 2aGG, onde alias se deram bem).

Vassili Zaitsev

Só que 280 milhões de dólares não é suficiente para uma excelente modernização em 63 células de F-18. Creio que a modernização pretendida não envolve o radar ou os motores F-404. Se estes itens estivessem incluidos no pacote, o valor saltaria facilmente para a casa do 1 Bilhão de dólares.

É a minha opnião.

abraços.

AJS

Sim caro Vassili, como está escrito em negrito na notícia.
Abraço.

Nunão

Vassily, os 280 mi são só para as armas superfície-ar stand-off

Super Hornet

Sr Galante, meu parabéns pela matéria e fico muito feliz com a presença do Blog nessa reunião, fica o exemplo dos franceses aos outros concorrentes, vou conversar lá na Boeing pra resolver isso rss

Uma dúvida, eles sabem vender o peixe?

Semper Fidelis

Reportagens especiais

Poder Aéreo no Cavanaugh Flight Museum

Visitamos recentemente o Cavanaugh Flight Museum (CFM) no norte de Dallas, no Texas, para conhecer um pouco mais da história da...
- Advertisement -
- Advertisement -