sexta-feira, setembro 17, 2021

Gripen para o Brasil

O arsenal do Gripen NG

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

As imagens geradas em computação gráfica mostram diferentes configurações de armamentos previstas para o Gripen NG, que está sendo oferecido para várias forças aéreas.
Além de bonito, o pequeno caça sueco pode levar uma carga bélica espetacular, como mísseis ar-terra stand-off, mísseis ar-ar de curto e longo alcances, pods designadores e bombas guiadas a laser.

- Advertisement -

131 Comments

Subscribe
Notify of
guest
131 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Thiago Sala

Ótimo caça com grande variedade de armamentos e incrível q possa carregar tudo isso!!! Mas só na Suécia pra conseguir fazer missões com esta configuração…
Quem saberia dizer o raio de ação com carga bélica assim???
Acho q para o Brasil mesmo com revo não é o mais indicado.
Abraços

ABC

Eu, desde o começo do FX-2, torci para que este caça fosse o escolhido. Ele tem alcance maior que do F-5 e é de custo operacional baixo, monomotor e etc (como os F-5). Além disso, eu acho, que não mexeríamos no modus operandi da FAB.

Thiago Sala

Ótimo caça, mas qual seria o raio de ação com uma configuração bélica desta??
Ótimo para Suécia e outros, mas acho q não para o Brasil, por causa do alcançe e dos motores americanos.

Thiago Sala

Para complementar… Vendo as fotos é incrível o q ele consegue levar de armamento, os F-5EM conseguem levar no máximo 4 ar-ar certo? seria 2 de curto alcançe e 2 derby ok? Seria possível essa configuração de cabides duplos nos F-5?

Richard

Acho que perdemos a oportunidade de estar voando com essas máquinas desde o F-x. Agora poderiamos estar complemmentado a força com um caça pesado ou apostando em mais e mais Gripens

Poggio

Parece que passou desapercebido de muita gente, mas o motor foi substituído por uma versão mais nova e mais econômica, o que aumentou o alcance. Além disso, mudanças internas permitiram o aumento da capacidade interna do tanque.

Alfredo_Araujo

Exatamente Poggio.. li uma entrevista de um gerente comercial da SAAB e ele disse q o alcançe do Gripen NG esta 40% maior q o da versão atual.. isso sem tanques externos..
O novo motor ainda nao é o definitivo.. a versão definitiva, dizem, estar quase pronto. Ele teria capacidade supercruiser..

geele

Realmente um caça espetacular! Más creio que não seria adequado para nossa necessidade(pouca autonomia precisaria de revo),e fora de nossas ambições(transferencia de tecnologia contem muitos sistemas made in USA).

dumont

O Gripen é realmente interessante, nas fotos menores tem uma com 6 BVR + 2 de curto alcance E 2 tanques extras… assim o alcance não deve ficar tão comprometido, apesar dos cabides duplos gerarem + arrasto.
O que eu não acredito é que o novo motor seja + econômico, é mais potente, isso sim, a autonomia maior vem do ganho de espaço nas asas com redesenho dos trens de aterrissagem.

Wagner_ASW

Se o Brasil viesse a adquiri-lo, os seus aviônicos e outras partes não são todos fabricados nos EUA ??? Ai complica a coisa!!! Além de que eu não acredito que sua autonomia tenha melhorado muito com a mudança dos motores!!!

FALCON

Caramba!!!!!!Qto armamento, não sabia q esta nova versão podia carregar essa qde de armas,pena q ele é inadequado p/ nós (pouca autonomia).Para mim só existe um caça p/ o Brasil seu nome :SU-35.ABRAÇOS A TODOS.

Paulo Costa

O Gripen NG melhorou bastante em relação ao anterior.
maihttp://www.jsfnieuws.nl/wp-content/NLGRIPENPRESSBRIEFAug08.pdfs info no site da Saab.

Paulo Costa
mc

quem montou estas imagems digitais do caça com todo este armamento so esqueçeu dos trens de pouso pois com tudo aquilo ali nao sobra espaço pra subir e descer o dito!!

Almeida

Quanta desinformação! Nem parecem que são realmente entusiastas no assunto! O Gripen NG é praticamente um projeto novo, como os norte-americanos fizeram com o Super Hornet. O trem de pouso principal foi reposicionado para as laterais inferiores das asas, aumentando a capacidade interna de combustível em 40% e melhorando sua relação com os pilones ventrais e subalares. O motor é baseado no F-414 do Super Hornet e possui muito mais potência que o RM-12 original, sendo também mais econômico. E, apesar de ser um projeto da GE, o motor foi licenciado e é produzido na Suécia pela Volvo. Para quem… Read more »

RL

Realmente um excelente caça. Concordo com as duas opiniões mais colocadas pelos amigos do Blog. 1 – Uma formidavel máquina dos ares. Seria um excelente custo beneficio, más que no entanto por questões de alcance deixaria a desejar em um pais com dimensões tão grandes. 2 – O fato de possuir muitos itens de fabricação made in USA, nos deixaria ainda dependentes de certa forma das imposições das leis para trasnferencia de tecnologia de Washington, quando a intenção do Brasil esta indo em sentido contrário, a total liberdade de seus próprios meios. Uma pena os EUA ficarem com certas burocracias… Read more »

Thiago

É uma maldade que fazem com esse caça ele é melhor que muito caça da atualidade como refale,F-16,F-18,Mig 35 entre outros é o melhor caça do mundo mas a sua imagem sempre estar relacionada aos EUA e isso que complica a venda dele a muitos paises

shandowlord

Com 6 BVR + 2 de curto alcance E 2 tanques extras tem um raio de ação de 1300km, ninguém reparou que a parte traseira ficou gorduchinha e com isto o arrasto aumenta assim o ganho real na autonomia fica relativa? Com 5 tanques externos e sem armamento o Gripen NG tem autonomia de 4075km, lógico que sem armamento seria um lixo.

Henrique Sousa

Volto a repetir uma máxima militar que diz: Você luta como vc treina!

Infelizmente parece que muitos não sabem disto.

Comprar o avião, e nisto que erram por ficar comparando mano a mano os aviões, e apenas uma das etapas. Depois vem o mais importante que é treinar, manter e desenvolver tanto o equipamento como o material humano. E nisto acho o Gripen inigualável.

Ampla variedade de armamentos JÁ integrados, inclusive os que constam dos arsenais da FAB, menor custo por hora voada, avanço tecnológico………

Para mim a melhor opção para o Brasil.

Roberto

ele possui versão embarcada ?

Baschera

Não. Não possui versão embarcada…. dos que concorrem ao FX-2 somente tem versões embarcadas o Rafale C e o Super Hornet F-18E/F.
Sds.

Roberto

Obrigado.

Almeida

Otimo complemento feito pelo amigo Henrique Sousa ao meu post. Alem de tudo, o suporte tecnico e treinamento da Saab associado a ampla integracao de armamentos e sistemas ja em uso pela FAB o tornam a melhor opcao para o Brasil.

Henrique Sousa

É Almeida, infelizmente números como custo de hora voada, índice de disponibilidade, homens/hora para manutenção, e informações como compatibildade com o AEW já operacional, armamento em uso já integrado à aeronave e por ai vai, não fascinam tanto como o super-jato vindo das frias estepes setentrionais e capaz de calar a boca do império do mal.

Mas quem pensa na operacionalidade nunca esquece destas informações.

Jaff

Estão todos entusiasmados, felizes, assombrados com as configurações de armamentos do Gripen, etc, etc, etc… Só vi um cara mostrando que sabe do que fala (sem desmerecer absolutamente todos os outros que demonstraram ter lido informações técnicas DISPONIBILIZADAS aos interessados, ou seja, leram o que interessava ser informado, por quem de direito…): o Mr. Falcon, dizendo que o único caça para o Brasil tinha nome: o Sukhoi SU-35. Que não foi finalista pq Washington pressionou – segundo a Folha, sutilmente – o governo brasileiro para não comprar mais armamento aéreo russo (já há a compra de helicópteros de ataque russos… Read more »

gaitero

Quem diz que o gripen não é adequado ao Brasil é porque não conhece nada de FAB. E Jaff Pelo que a FAB disse, o Su-35 Foi descrito como um ”pesadelo logístico” Não estamos falando de melhor ou pior, e sim de adequado ou não, nossa doutrina é totalmente diferente da Russa, eles trocam o motor, tiram tudo fora e poem um novo a cada 6000 Horas, o Brasil teria condição? Não, não teria, assim como não terá de manter 120 caças, se estes não forem baratos para se manter como é o gripen NG. Infelismente muito não sabem a… Read more »

alferes

De novo essa ladainha que o SU-35 atravessa o Atlântico com 8 toneladas de armas nas asas sem reabastecer…Sendo que tem poucas, snão nenhumas, perspecivas de venda. Na internet o SU-35 é o melhor, então porque todos os países do mundo não o compram? Realmente espero que o Gripen NG venha, mas que venha com Meteor, RBS-15, Taurus KEPD 350 e mais R-99.

Bareta

Muito bem colocado! Se o SU-35 fosse o melhor, porque muitos outros paises nao o comprariam, fora que o preço é tão bom!!!! Porque vcs viuvos do SU-35 não trocam uma ferrari por um honda? O melhor é desenvolver um caça nosso, porém ainda não dá,mais isso nao quer dizer que já nao há projeto, ou voces acham que depois das descobertas dos poços de petroleo de santos já não estao trabalhando? Temos que ser práticos, precisamos de um caça moderno de baixo custo operacional , com tecnologia conhecida com perspectiva de aquisiçao de peças daqui alguns anos, com posibilidades… Read more »

Edmar

O “Saab Gripen NG”, poderia ser uma ótima opção se tiver mesmo um maior raio de ação do que o “Dassault Rafale”.
Só que teriamos que saber se os EUA poderiam vetar o armamento, pois grande parte do equipamento desse avião é americano e com o Rafale os equipamentos não seriam Americanos.
Temos que aguardar a decisão da FAB…
Que eles façam uma boa escolha.

Edmar

Para mim, ou “Gripen NG” ou “Rafale C”, pois eles são ótimos aviões de combate.
Fiz algumas pesquisas pela Internet e descobri que o “Gripen NG” e o “Rafale C”, levam uma ligeira vantagem sobre o “Boing F-18”.
Então chegando a uma conclusão, para a FAB, seria interessante o Caça Frances ou o Suéco, e já descartar de cara o Caça Americano, pois os EUA, estão fazendo aviões superiores ao F-18.

Edmar

Eu estou de acordo com o Bareta, o SU-35 já era, deixe que os Venesuelanos comprem eles.
A “FAB”, tem grandes profissionais respeitados e se eles não escolheram o SU-35, alguma coisa tem…
Então para mim ou o “Saab Gripen NG” ou o “Dassault Rafale C” e se o Gripen for realmente melhor que o Rafale e os americanos não vetarem a venda de armas para o Brasil por causa que o Gripen possui algumas peças Americanas, então que venham o “Saab Gripen NG”.

bruno

o gripen seria uma boa, mas ainda acho mais adequado para o brasil entrar de vez no projeto do PAK FA T-50 indo russo
eh o caça de 5ta geraçao em estagio mais avançado hoje (depois do F22 ja em operaçao…) e eh a melhor escolha a longo prazo,ja que o Brasil nao sofre nenhuma ameaça
alem de preencher os requisitos de transferencia de tecnologia (concepçao e projeto) e beneficios p/ industria brasileira(embraer/avibras) e pelo que tudo indica sera superior a tds os caças em operaçao hoje (e equivalente ao F-22 americano)

Edmar

Acho, ou seja, tenho quase certesa que vai ser ou “Rafale” ou “Gripen” e agora só nos resta aguardar.
Quer souber de novidades, comente no blog…

Bareta

Pessoal, esqueçam o projeto de construir um nacional, o tempo seria muito grande e quando terminasse ja terá a tecnologia dos nao tripulados. É obvio que o Brasil quer transferencia de tecnologia para então projetar um VANT. A revista força aerea deste mes tras algumas reportagens de ex pilotos da FAB bem conceituados e destrimcham tudo que gostariamos de saber sobre estas acsiçoes.
Um Abraço Bareta

Rodrigo

Os russos não cumprem acordos…prometem mundos e fundos pra vender….depois já era…cobra de Deus se acreditar em vida após a morte!!

Eu acho que amelhor opção deve ser o Rafalle C, por o acordo será feito em conjunto com outros, como dos scorpene… Acho também que o Brasil não ta comprando só um avião…tá principalmente atrás de tecnologia, pq passamos anos estagnados nas mão do FHC, que passou 8 anos e não fez porra nenhuma…

FERNANDO

Ótimo caça para a Suécia, pessimo para o Brasil, seu raio de ação é curto, os pilotos da FAB não querem este avião por provavelmente terem que reabastecer em pleno voo pelo menos duas vezes. O escolhido dos pilotos da FAB era o SU 35, que infelizmente não vingou, esperamos que o RAFALE vença, pois fugiriamos da orbita militar norte-americana.

Lucas

Falam que existem um tipo de programa de computador que simula combates de caças de diferentes marcas e paises, e pesqui-sei pela net e descobri que os japoneses possuim um programa destes e lá em suas comparações deu os seguintes resultados…( só japonês mesmo né). O “F-22 Raptor”, sai vencendo tudo: – Abatendo rapidamente os F-16. – Abatendo rapidamente os Mirage F-2000. – Abatendo rapidamente os Sukhoi 30. – Abatendo com um pouco de dificuldade os F-35. – Abatendo com um pouco de dificuldade os Gripen JAS. – Abatendo com um pouco de dificuldade os EuroFighter Typhoon II. – Abatendo… Read more »

Edmar.

Os caças “Rafale”, ou os “Gripen NG”, acho que qualquer um dos dois será uma boa escolha para o Brasil, pois vão ser aéronaves novas e de alta tecnologia. Os aviões “AMX A-1” depois de sua modernização vão ser muito importantes para o Brasil, pois além de ser fabricação nacional, eles são muito bons e um dos melhores do mundo em sua função de ataque-ao-solo. Os caças F-5M, depois de sua modernização ficou muito bom também, pois eles realizaram alguns testes e treinamentos e seu resultado foi muito bom. No torneio de aviação no nordeste neste ano ( CRUZEX ),… Read more »

Mauricio Veiga

Acredito que a relação custo/benefício assim como as alterações técnicas e melhorias no projeto original tornão o GRIPEN NG o franco favorito para o FX-2. Política à parte o caça sueco oferece o pacote que melhor se adapta as condições operacionais da FAB e que consequentemente tornaria mais fácil a conversão operacional assim como a integração com os demais sistemas e aeronaves em uso atualmente pela nossa força aérea. A versão NG cumpriria todos os requisitos operacionais estabelecidos para a futura aéronave de combate Brasileira. O F-18 SUPER HORNET continua sendo um avião lento e com sérias restrições políticas, oque… Read more »

jacinto

MUITO BOM ESSE GRIPEN NG, P/ NÓS SERIA O MELHOR DE TODOS MAIS BARATO COM MAIS TECNOLOGIA E MENOS MANUTENÇÃO E TAMBÉM MAIS BARATA E COM MENOS NIVÉL DE PROBLEMAS, SÓ Q DEU RAFALE E ISSO JÁ ESTAVA NA CARA E INFELIZMENTE A BUROCRACIA E A CORRUPÇÃO FALOU MAIS ALTO

Edmar

Acho que dos três finalistas o melhor é.: “Saab Gripen NG”…………..Vel.: 2125Km. …………………Carga Bélica.: 6000Kg + ou – ……………………..Alcance.: 1100Km. OBs.: É um caça mais pequeno, mais leve, pode pousar em pistas mal preparadas, tem um baixo custo de manutenção e sua hora voo é a mais barata dos concorrentes. É de fabricação Suéca e de motorização com licença Americana. Não possui versão Naval até o momento. Possui um motor. “Dassault Rafale”………….Vel.: 2124Km. …………………Carga Bélica.: 8000Kg + ou – ……………………..Alcance.: 1033Km. OBs.: É um caça de porte médio, desenvolvimento Francês e já foi posto em missão na guerra do Afeganistão.… Read more »

Edmar

OBs.: Com a nova configuração do “Gripen NG” seu Alcance agora varia de “1100Km” a “1600Km”.

Para o Brasil no momento este avião é o melhor sem dúvida.

Patriota

Viúvas chatas do Su. Anti-americanismo infantil. Enfim, as outras críticas parecem boas. O Império do Mal chamava-se União Soviética, antes que eu me esqueça. Sobre o caça, prefiro o Gripen, afinal tem a melhor relação custo/benefício como já foi mencionada, além de criar uma parceria econômica com a Suécia e as grandes companias suecas como volvo, saab, ericsson. Os russófilos deveriam ler sobre como os indianos já estão vendo navios no desenvolvimento do PAK-FA. Russos não cumprem acordos e seriam lesivos para o Brasil. Sobre a transferência de tecnologia que pode ser vetada pelos americanos. Oras, questões políticas também são… Read more »

Paulo stéffano

O certo seria o Brasil começar a desenvolver seus próprios caças e não ficar tentando achar um em uma imensidão de caças que são aprópriados para outros Páises

Do_Antro

A opção BOEING não se enquadra nos padrões de um país que se busca modernizável, e até onde entendo, o moderno é não ficar na dependência. FORA DEPENDÊNCIA! O Dassault já está ultrapassado em várias comparações. O SAAB é o mais indicado para o modelo de FA que se pretende e se pode tornar possível em um país com tantas outras “prioridades”

Nino

Só uma perguntinha:
Alguém connhece algum país que utiliza o Gripen NG oferecido ao Brasil?
Assim como o Su-35, o Gripen-NG é só um promessa. Se vocês atentarem para as fotos acima, verão que elas foram feitas em computador. Me parece que existem um ou dois protótipos.
Assim como o Rafale, o Gripen NG tem o problema de ser utilizado apenas por suas respectivas forças aéreas (Suécia e França) o que deve encarecer a sua manutenção.
Só um último detalhe, o Gripen NG foi forecido à Holanda e foi rejeitado.

Nino

Não tenhamos a ilusão de que vamos fabricar e exportar caças supersônicos de última geração.
Países com prioridades militares muito maiores que o Brasil como Israel e Japão desistiram de fabricar seus próprio caças.
Quando falamos em tranferência de tecnologia, estamos falando em termos a capacidade de “pendurar” no caça e arma que quisermos e integrarmos seus sistemas aos nossos.
Para uma compra como a nossa (36 unidades), é muito pouco para que os países fabricantes forneçam muita coisa.
Só para efeito de comparação Israel posui aproximadamente 250 F16 e 75 F5. O Japão possui 160 F15.

Helder

Estou acompanhando estas discussões “muito técnicas” há tempos. A FAB quer o caça e o país quer tecnologia, e precisamos dos dois. Fazendo uma analogia, quando compro um brinquedo para minha filha, procuro aquele que chama a atenção dela, não o que eu gostaria de comprar. O vencedor já foi escolhido pelos pilotos da FAB, este, sim, é o melhor caça. Quem vai voar, atacar e se defender é quem sabe. E todos vocês devem saber qual foi o escolhido. Discussões sem sentido daqui e dalí sobre qual seria o melhor é perda de tempo. Viúvas do Sukhoi, ou aqueles… Read more »

tacape

Olá amigos.
A discursão é ótima e os comentários inteligentes. Acredito que o avião já foi escolhido a muito tempo, pelos melhores especialistas:pilotos, engenheiros, especialistas e seus chefes. Cabe aqui uma consideração sobre Israel não produzir caças. Eles tem um fornecedor fiel (EUA). E ter uma fábrica de aviões em seu território, seria oferecer um ótimo alvo para bombardeios. É melhor contar com a fábrica lá nos EUA.

Luis Alberto

Além das qualidades mencionadas do GRIPEN NG, ele é o único dos três selecionados que vôa super-cruiser o que é uma fantástica vantagem tática. Todos os sistemas essenciais são plenamente dominados pelos suecos com total independência dos americanos. Seu armamento, além de serem os mesmos usados pela FAB, pode ser compatibilizado com armamentos israelenses, sul-africanos, europeus, etc. “Nunca se deve botar todos os ovos na mesma cesta”. Scorpenes, Caracal, fragatas FREEM, etc. já tá de bom tamanho para os franceses. Na guerra das Malvinas, os fraceses, além de suspenderem o fornecimento de mísseis Exocet para os argentinosm ainda mostraram aos… Read more »

Últimas Notícias

Governo argentino reserva US$ 664 milhões para compra de caças JF-17 Thunder em 2022

Segundo o site Aviacionline, foi apresentado ao Congresso Nacional da Argentina o projeto de orçamento para o ano fiscal...
- Advertisement -
- Advertisement -