domingo, abril 11, 2021

Gripen para o Brasil

Primeiro ERJ-145 da Passaredo chegando

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

erj_145_passaredo

A Passaredo Linhas Aéreas passa a operar a partir da segunda quinzena de maio, com o primeiro jato dos cinco programados para esse ano. O jato modelo, ERJ 145, da Embraer, vai operar em rotas já atendidas pela empresa. Com esta política de investimento e ampliação, a empresa que opera em 13 destinos, espera triplicar seu faturamento, com relação ao ano de 2008.

A Passaredo Linhas Aéreas opera hoje com frota 100% nacional, sendo seis aeronaves EMB 120 Brasília e a partir da segunda quinzena de maio com o Jato ERJ 145. Ate o final de agosto, mais três jatos entram em operação, mais que dobrando o número de passageiros atendidos em relação a 2008.

FONTE: Mercado&Eventos

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
kaleu

Belissima noticia … excelente, parabéns a Passaredo e a seus empresários por prestigiarem a ind brasileira

kaleu

Robson Br

A Passaredo deve estar com o pé no chão, pois da outra vez aconteceu o mesmo com ela. Iniciou uma expanção inclusive com aeronaves A320 e logo em seguida teve que devolver tudo por causa da crise inclusive com o Dólar nas alturas. Vamos torcer para que ela cresça.

João Curitiba

Foi só resolver o problema de impostos para o mercado interno que as empresas nacionais começaram a adquirir aqui mesmo seus aviões. O melhor cartão de visitas da Embraer é sempre poder mostrar que as empresas brasileiras usam seus produtos.
O mercado interno de aviação ainda é incipiente e quem se preparar agora, vai colher os frutos mais à frente. Azul e Trip já viram isso. Agora a Passaredo mostra que também quer entrar nessa disputa.

Abraços

FD

Vamos se as tarifas não sofrem aumentos.
O ideal seria uma redução no custo, por conta da maior capacidade transportada, de 30 para 50.
A Trip opera os ATR com 48 ou 68 passageiros. E os novos E175 com 86, mas estes um agente me informou que só iriam ser utilizados nas cidades maiores, na rota Rio-vitória-salvador-recife-natal-noronha.

Vassili Zaitsev

Gostei do novo visual da Passaredo.

E tb gostei do fato de que ela só usa aeronaves 100% nacionais, modelos EMB-120 e ERJ-145.

abraços.

[…] de sua subsidiária integral ECC Leasing Company Limited, a Embraer entregou em abril passado o primeiro jato ERJ 145 à Passaredo Linhas Aéreas, no âmbito de um contrato de arrendamento assinado em novembro de 2008 para duas aeronaves deste […]

kaleu

Belissima noticia … excelente, parabéns a Passaredo e a seus empresários por prestigiarem a ind brasileira

kaleu

Robson Br

A Passaredo deve estar com o pé no chão, pois da outra vez aconteceu o mesmo com ela. Iniciou uma expanção inclusive com aeronaves A320 e logo em seguida teve que devolver tudo por causa da crise inclusive com o Dólar nas alturas. Vamos torcer para que ela cresça.

João Curitiba

Foi só resolver o problema de impostos para o mercado interno que as empresas nacionais começaram a adquirir aqui mesmo seus aviões. O melhor cartão de visitas da Embraer é sempre poder mostrar que as empresas brasileiras usam seus produtos.
O mercado interno de aviação ainda é incipiente e quem se preparar agora, vai colher os frutos mais à frente. Azul e Trip já viram isso. Agora a Passaredo mostra que também quer entrar nessa disputa.

Abraços

FD

Vamos se as tarifas não sofrem aumentos.
O ideal seria uma redução no custo, por conta da maior capacidade transportada, de 30 para 50.
A Trip opera os ATR com 48 ou 68 passageiros. E os novos E175 com 86, mas estes um agente me informou que só iriam ser utilizados nas cidades maiores, na rota Rio-vitória-salvador-recife-natal-noronha.

Vassili Zaitsev

Gostei do novo visual da Passaredo.

E tb gostei do fato de que ela só usa aeronaves 100% nacionais, modelos EMB-120 e ERJ-145.

abraços.

[…] de sua subsidiária integral ECC Leasing Company Limited, a Embraer entregou em abril passado o primeiro jato ERJ 145 à Passaredo Linhas Aéreas, no âmbito de um contrato de arrendamento assinado em novembro de 2008 para duas aeronaves deste […]

Combates Aéreos

Foi de Mustang e voltou de Fw190

Combates Aéreos: traduções inéditas por Roberto F.Santana   O piloto da USAAF, Capitão Bruce W. Carr, 20 anos, foi o único...
- Advertisement -
- Advertisement -