Home Sistemas de Armas A-10 + 20

A-10 + 20

578
114

a-10-thunderbolt-ii-foto-usaf-a-allmon

Boeing entrega proposta à USAF de programa que, em conjunto com a troca de asas dos A-10 Thunderbolt II, poderá esticar em mais 20 anos a vida útil da frota

Nesta quarta-feira, dia 4 de fevereiro, a Boeing submeteu à Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) sua proposta para participar como principal contratada associada em um programa, estimado em 1,6 bilhões de dólares, que visa manter os  A-10 Thunderbolt II em operação efetiva por mais 20 anos.

Em junho de 2007 a Boeing já havia ganho um contrato de 2 bilhões de dólares para o fornecimento de 242 conjuntos de asas para a frota de A-10 da USAF, programa que atualmente está na fase de desenvolvimento de modelos 3-D. Enquanto a troca das asas visa permitir à frota mais 20 anos de voo, o programa de suporte denominado TLPS – Thunderbolt Life-Cycle Program Support (programa de suporte ao ciclo de vida da aeronave) permitiria manter o vetor como sistema de armas relevante pelo mesmo período, através de modernizações contínuas na estrutura, na mecânica, na aviônica e na propulsão.

a-10-thunderbolt-ii-taxiando-afeganistao-foto-usaf-s-morse

A USAF deverá selecionar até três competidores para cumprirem tarefas específicas durante a vigência do contrato. Os A-10, que entraram em serviço na Força Aérea dos Estados Unidos em 1976, atualmente são empregados em operações no Iraque e Afeganistão e vem sofrendo um grande desgaste, o que já deixou parte da frota no chão por motivos estruturais, conforme já noticiado no Blog do Poder Aéreo (clique aqui para acessar).

Fonte: Boeing Fotos: USAF (A. Allmon e S. Morse)

Subscribe
Notify of
guest
114 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
LeoPaiva
LeoPaiva
11 anos atrás

Penso que houve um erro na colocação do valor do programa, 1,6 milhões é muito pouco.

Sds.

Nunão
Nunão
11 anos atrás

Valeu pelo aviso! Erro de digitação já corrigido para 1,6 bilhões. Saudações.

Guilherme Jacobs
Guilherme Jacobs
11 anos atrás

isso vale para o variante do A-10 (o YA-10B) tb?

RL
RL
11 anos atrás

Caracas.

1,6 Bilhões de dólares praticamente em asas e outros componentes.
Nós estamos querendo gastar 2 bilhões em 36 unidades de caça e um contrato de transferência de tecnologia.

Quem pode pode né?..rs.

MARCELO
MARCELO
11 anos atrás

e pra vc ver que com o contrato que a FAB ta fazendo pra seus avioes nao vai ter repasse de tecnologia nem dos parafusos,,,….hahaah…AINDA ACREDITAO EM REPASE DE TECNOLOGIA

Da Silva
Da Silva
11 anos atrás

Realmente o valor é extremamente alto, é só pra quem pode.
Esses aviões, apesar de serem horríveis, são máquinas mortiferas, coitadinha da tropa que estiver em baixo dele numa guerra. Agora com esse “pequeno investimento” aperfeiçoando-o ele vai ficar realmente sinistro.

Da Silva.

Leonardo Angelozi
Leonardo Angelozi
11 anos atrás

Excelente escolha Americana, o A-10 é um dos aviões mais fantásticos que conheço, suporta enorme quantidade de bombas, manobridade e suas munições de Uranio Exaurido são mto ferradas.. Melhor aviao de Suporte Aéreo Cerrado que existe…

RL
RL
11 anos atrás

Eu acredito que sim, haverá repasse de tecnologia.
A SAAB finalizou recentemente o programa de transferência de tecnologia junto a Africa do Sul devido a escolha por aquele país do caça JAS 39 Gripen que equipa atualmente sua força aerea.

Ao menos, em se tratando de SAAB, acredito que podemos manter uma confiança e acredito que em se tratando dos demais vale o mesmo.

Quem quiser conferir a autenticidade da notícia, ai esta o link.

http://www.defesanet.com.br/fx2/sb_gripen_sa_1.htm

Abraços.

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
11 anos atrás

Se a USAF pretende trocar as asas do A-10, é pq ve algum sentido nisto, pois é um vetor extremamente importante, quando se fala em apoio de fogo direto as tropas no chão. Com o canhão rotativo dele, coitado do blindado que ficar na frente; vai ficar pior que queijo suiço.

Quanto ao valor destinado ao FX-2, creio eu que não será suficiente para comprar os 36 caças que a FAB almeja. Se o valor fosse de 3,6 bilhões de dóllares, aí sim seria suficiente para o que se pretende.

abraços.

welington
welington
11 anos atrás

Sou um fã assíduo desta aeronave, que tem uma grande resistência a impactos de mísseis inimigos, grande capacidade (Nº quantidade) e peso de armamentos alem de ser preciso, é uma das aeronaves de ataque mais poderosas do mundo, parabéns aos EUA que desenvolverão uma aeronave tão resistente e eficiente em sua misão.

madvad
madvad
11 anos atrás

eu lembro que depois que acabou a guerra fria…quase todas as unidades que operavam os A-10 na Alemanha foram dissolvidas…pois achavam que não tinha mais o pq do A-10 existir..já que não tinha mais a ameaça de blindados do Pacto da varsóvia.

Aí ocorreu a Guerra do Golfo e ele se mostrou indispensável, superando as expectativas.

E com certeza, é um avião formidável..eu adoraria ser piloto de A-10 =)

Voando baixo rente ao front…deve ter mais ação que voar 15.000 metros fazendo CAPs e mais CAPs..

Leandro
Leandro
11 anos atrás

Esse programa tb mostra que a missão tipo COIN demorará mais tempo para ser feita por UCAV’s…

Leonardo Angelozi
Leonardo Angelozi
11 anos atrás

A metralhadora mais poderosa ja instalada em uma aeronave o GAU-8Avenger http://en.wikipedia.org/wiki/GAU-8_Avenger

se deliciem com as informações técnicas!!

Abraços atodos

Wolfpack
Wolfpack
11 anos atrás

Os Estados Unidos têm uma força de ataque e defesa tão super dimensionada que poderiam enfrentar o mundo inteiro. Eles podem com certeza ficar com o A10 sem furtividade e tudo mais por mais 20 ou 30 anos em campo. Basta a célula aguentar.

Tiago Jeronimo
Tiago Jeronimo
11 anos atrás

O A-10 é um avião fantástico e ao meu ver insubstituivel, eles deviam é produzir mais e não só asas 🙂

Mirage
Mirage
11 anos atrás

Guilherme, o YA-10B foi construído apenas 1 para experimentação.

Aluisio
Aluisio
11 anos atrás

Dois aviões de CAS americanos que não existe rival à altura: A-10 e AC-130 Spectra. Se eu fosse um soldado num campo de batalha e avistasse um desses,nada nesse planeta me faria manter a pasiçao! hahaha :D. Meu sonho é um dia o Brasil operar um dos dois,aííí sim eu queria ver o Chapolim tirar onda com seus tanques russos! ;]

CDF
CDF
11 anos atrás

Boa noite à todos.
Estava navegando pelo ‘Dew Line’ quando vi uma notícia no mínimo curiosa. Não tem nada a ver com o tema do post, mas vale a pena pelo inusitado. Ao que parece, a Embraer estaria sondando o ator Tom Cruise a fim de utiliza-lo como garoto propaganda do Super Tucano nos EUA, voando em um deles, inclusive! Abaixo, o link da notícia (em inglês):

http://www.flightglobal.com/blogs/the-dewline/2009/02/brazil-solicits-tom-cruise-as.html

Um abraço.

Mateus_LB
Mateus_LB
11 anos atrás

Eu também adoraria ver um desses defendendo o país,bem q nós poderiamos desenvolver uma aeronave paracida,pq apesar de ser um ótimo avião ele é ralativamente simples,eu acho q nós poderiamos ser grandes fornecedores para os países da america latina,áfrica e oriente médio,é claro correndo por fora como estamos fazendo com o C-390,ERJ-145 AWACS,super tucano,são mercados q preferem ter o Brasil como fornecedor,pois eu acho q pelo menos agora eles tem confiança em nós,ñ querem um país q para ñ deixar os aviões de outros sem armas peças e tudo mais tem q passar pelo senado para aprovar a venda.Mas para… Read more »

Paulo Renato
Paulo Renato
11 anos atrás

Os A10 dão de mil nos F5M nossos, se comprassemos uns 20 desses estariamos melhor equipados.
São bonitos e bons, fazem um bom estrago a qem estiver por baixo.

Abs.

Roberto
Roberto
11 anos atrás

Quem sabe o Obama não manda a USAF transferir uns 10 A-10 para a FAB,como gratidão pela participação na Red Flag/08.rs rs
Só de olhar na sua cara de tubarão já dá medo!!

rodrigo rauta
rodrigo rauta
11 anos atrás

Eu acho que nos temos o nosso A-10 de “bolso”. Se chama Super tucano. Obviamnete guardada as devidas proporçoes de capacidade, os super tucano são excelente plataformas de apoio de fogo e ataque. Tem manobrabilidade, velocidade e tecnologia. Bastava a nossa FAB investir mais em equipamentos para este avião.Seria o nosso “A-5”
ehehehhehe
abraços!

Rodrigo
Rodrigo
11 anos atrás

Uma dúvida!

Na guerra do Afeganistão contra a URSS os EUA deram um monte de mísseis portáteis para os Afegão derrubarem os Heli da URSS.

Não sobrou nada?

Alguém aí tem informações sobre aviões ou Heli dos EUA derrubados na guerra do Afegenistão?

Fábio Max
11 anos atrás

E tem gente no Brasil que reclama quando se fala em modernizar aeronaves da FAB.

Leonardo Angelozi
Leonardo Angelozi
11 anos atrás

Na verdade Aluisio o AC-130 tem um foco de ação um pouco diferente do A-10 apesar de ambos serem classificados como A, Além do AC130 Usar uma munição do tipo SABOT, ele serve mais para proteção de força e defesa de perímetro, o mesmo não usa mísseis e não é um puro avião de ataque, porém em determinadas situações faz algumas missões semelhantes ao A-10 mas geralmente só usado quando requerido fogo por tropa. O A-10 se infiltra em colunas inimigas a baixa altitude e usando da sua boa manobridade (se infiltra em colunas de tanques!!! não de SAM’s)

Abraços

Renato
Renato
11 anos atrás

Já pensaram nele patrulhando os rios da amazõnia? Show!

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Alguém sabe quanto custa/custou este avião para a USAF (aquisição)??? Este avião, para a FAB, na AL, seria show! não precisaríamos mais Helis anti-tanques…. Tem um vídeo no you-tube que ele “metralha” uma casa, no Iraque ou Afeganistão, não lembro, com o AVANGER, e simplesmente a casa cai! Li que a munição perfurante/incendirária do GAU-8, tem uma energia tão grande, que depois que ela penetrou a blindagem de um MBT, um projétil apenas, pode fazer um estrago na tripulação de forma a tirar o carro do combate instantaneamente… ela eleva a temperatura dentro do carro para mais de 80 graus!… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Paulo Renato, A-10 e F-5M são “coisas” bem diferentes, um não desqualifica o outro! o A é de ataque e o F é de fighter!
Um exemplo: Se um A-10 tentar combater um F-5M ele, invariávelmente, será destruido, não terá nenhuma chance, ele não foi feito para combater um aviação de superioridade aérea e sim para destruir tanques, apoiar infantaria, e atacar o inimigo em solo infiltrando-se a baixa altura…..

Abraço
Francisco

pjms
pjms
11 anos atrás

Caro Paulo Renato, você está enganado quanto a superioridade do A-10 sobre o F5E/FM. O A-10 seria derrubado a distancias de 70 Km pelos mísseis BVR,e em contra partida o A-10 não os possui, somente sidewinder !!Em caso fosse dog-fight, este avião tem uma velocidade muito baixa(612 Km/h),mas perde em capacidade de manobras!!

Tem um site ontem as caracteristicas dele:

http://www.geocities.com/raptor_taw/A-10.htm

Abraços

Paulo

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
11 anos atrás

parece até o Brasil, daqui a pouco a USAF vai fazer canibalismo em suas aeronaves também.

caninbalismo é tirar peça de um caça e colocar noutro.

André
André
11 anos atrás

Caracas ,a metralhadora (GAU-8Avenger) é maior que um fusca!!! eu já havia escutado alguma coisa sobre essa metralhadora ,só não sabia que estava estalada em un avião.

Leonardo Angelozi
Leonardo Angelozi
11 anos atrás

As munições do GAU-8 tem tanta energia cinética porque em sua composição existe Uranio Exaurido….

JACUBÃO
11 anos atrás

Na boa esses teco-teco como muitos dizem, seriam excelentes para o EB/FAB.
Todos da A. do Sul iriam se cagar todo com o Brasil, inclusive o Chile com os seus Leopard A2.

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
11 anos atrás

prefiro helicopteros de ataques, são mais maleáveis, pode pousar em qualquer lugar, e são mais precisos, voam mais lentos portanto mais fácil de mirar e acertar o alvo. Os mi-35 podem fazer plenamente o trabalho dos a-10, que não se enganem só está na USAF porque os f-35 atrasaram, o f-35 deveria também substituir os a-10, apesar de serem aeronaves completamente diferentes.

Os EUA possuem helicopteros como os cobra e apaches que metem mais medo, porque podem estar em qualquer lugar os a-10 precisam de aeroporto, se não tiver um por perto os tanques podem seguir em frente.

Baschera
Baschera
11 anos atrás

Tenho um vídeo que mostra a ação dos A-10 Thunderbolt II no Iraque em 1991, principalmente da GAU-8. Lembram-se daquela fila de milhares de veículos calcinados, principalmente civís, numa rodovia entre o Kuwait e o Iraque?? Aquilo foi obra dos A-10.

Sds.

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
11 anos atrás

Baschera,

Aquela Rodovia ficou conhecida como Rodovia da Morte.

Já vi algumas cenas do local, são chocantes aqueles corpos carbonizados, parecendo carvão.

abraços,

Francisco AMX, 12:20hs,

Realmente. Só de imaginar a pressão interna da torre quando um ou mais projéteis de 30mm explodirem no interior……. quero ver qual tímpano aguentaria.

abraços.

Ivan
Ivan
11 anos atrás

Uma dúzia de A-10 na FAB, devidamente modernizado na Aeroeletrônica pelos israelenses, representaria um grande poder de fogo antitanque e de apoio aproximado. Poderia inclusive fazer parte de uma eventual força de paz expedicionária, pois nas tropas da ONU vejo apenas os E.U.A. formando com aeronaves expecialistas em CAS (Close Air Suport ou Apoio Aéreo Aproximado). O conceito do A-10 é originário da 2ª Grande Guerra, na União Soviética, que usava os lentos mais pesadamente blindados Sturmovich (acho que a grafia é assim) e hoje a Rússia herdou os Sukois SU-22, muito efetivos mais sem o espetacular Avenger… Dentro de… Read more »

JACUBÃO
11 anos atrás

Eu tenho uma dessas magníficas máquinas em escala 1×72, com as cores padrão otam da Alemanha. São magníficos aviões de combate, talvez um dos mais eficiêntes até hoje, e com certeza teria muito orgulho de ver essas aeronaves nas cores do Brasil. Porém esses aviões são tão importantes mesmos nos dias de hoje que a USAF quer vêlos nos próximos 20 anos, como está acontecendo hoje com os B-52, e mesmo sendo velhos, nunca foram exportados, mesmo para aliados como INGLATERRA, JAPÃO e ISRAEL.

JACUBÃO
11 anos atrás

SU-22 ou SU-25????????

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Marlos, Marlos….deixa pra lá….

Valmor
Valmor
11 anos atrás

…gostei da expressão do colega Marlos “voam mais lentos portanto mais facil de mirar e acertar o alvo”.rrsssss

é pra cair o C.. da bunda mesmo!!!

Leonardo Angelozi
Leonardo Angelozi
11 anos atrás

Poxa Marlos, ok vc acha q helicópteros são superiores, agora mes responde::

1º Quantas toneladas de armamentos (bombas e etc) guenta um Apache, Tiger, MI-35, etc e quanto vc acha que guenta um A-10?

2º Supondo q haja um conflito a 350Km e blindados flagrados pela inteligencia se aproximam em coluna para x local, quanto tempo um helicóptero leva para chegar ao local e quanto tempo um A-10 leva para chegar ao local?

Helicopteros são muito versáteis mas todos, tanto os A-10 quanto os Helis tem suas limitações operacionais e tecnicas!!

Abraços

Leonardo Angelozi
Leonardo Angelozi
11 anos atrás

AAA esqueçi os A10 tem um “negócio q explode” que Chama AGM 65 Maverick, eles não precisam ficar parados no ar para disparar os Mavericks nen voar do lado da coluna inimiga!!!!

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
11 anos atrás

Leonardo Angelozi

Os helicopteros carregam menos armas, mas são mais vesáteis pode estar em qualquer lugar, não precisam de aeroporto helicopteros como o mi-35 podem ficar escondidos sob a mata e decolar destruir tanques voltar e se camufla novamente, os a-10 precisam de um aeroporto, portanto se não tiver um por perto os tanques podem passar a vontade, helicopteros podem ficar estacionados em qualquer local, em caso de guerra isso é fundamental.

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
11 anos atrás

Leonardo Angelozi

um helicoptero utilizando as mesmas armas do a-10 pairando no ar e um a-10 a 500km/h a margem de acerto é a mesma? esse a-10 tem uma mira fantástica.

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
11 anos atrás

Leonardo Angelozi quanto ao tempo de chegar no alvo depende da distância do aeroporto, queria ver um a-10 chegar no meio do iraque tendo o aeroporto mais próximo o de riad na arabia saudita e os apaches podendo ficar estacionados dentro do iraque em qualquer ponto diversos pontos poderiam ter apaches e mesmo mais lentos chegariam muito antes por estarem máis próximos ao alvo, e se destruissem o aeroporto os a-10 nem poderiam decolar, um país que não tem domínio do espaço aéreo os a-10 seriam inúteis, os helicopteros poderiam ficar camuflados por exemplo no meio da floresta decolar e… Read more »

Leonardo Angelozi
Leonardo Angelozi
11 anos atrás

Mas me fala uma coisa é o avião q acerta ou o sistema guiagem da arma q fecha o alvo? o q é mais fácil de acertar? um helicoptero parado no ar ou um avião fazendo zig zag a 330Km/h? Se fosse assim todos paravam de fabricar aviões e colocavam Merlin para AWAC, Colocavam Misseis Alarm em Helicóptero e mandavam fazer SEAD,.. Ex: vamos supor que um helicoptero ta parado atacando um alvo, o padrão é sempre o mesmo ele fica rente ao solo, ai sobe, lança e desce de novo, (isso parado no ar) se o SAM localiza o… Read more »

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
11 anos atrás

Caramba, pensei que nunca precisaria me aliar ao Marlos, mas vamos lá:

Leonardo, 18:33hs,

…..Colocavam MARLIN como AWAC………. pq não???? se o Sea King é um excelente AEW…………………

abraços.

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
11 anos atrás

Leonardo Angelozi

um helicoptero atinge um tanque a 8 km de distância, um um míssil antiaereo só atingirá o helicoptero se for disparado de perto, porque um radar não detecta um alvo rente ao solo, agora esse míssil tem que ter um alcance maior que 8 km.

Os iglas usados pelo exército não tem este alcance, uma coluna de tanques deveria então se deslocar com um veículo com mísseis anti-aereos mais isso também resolveria o problema quanto aos a-10 e os helicopteros voam mais baixo que os a-10, sendo mesnos perceptível ao radar, além do que também são blindados.

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
11 anos atrás

Leonardo Angelozi

porque vc acha que o resto do mundo prefere helicopteros para esta missão, até mesmo as potências européias, e nunca desenvolveram um avião para esta missão.