Home Asas Rotativas Desfeito acordo entre Agusta Westland e Embraer

Desfeito acordo entre Agusta Westland e Embraer

535
28

Memorando de cooperação entre as empresas havia sido assinado em janeiro deste ano

 

AgustaWestland-AW159-Wildcat

Clayton Netz

vinheta-clipping-aereo A Agusta e a brasileira Embraer desfizeram nesta sexta-feira (19) o acordo para a instalação de uma fábrica de helicópteros no Brasil. As razões do fim da aliança não foram esclarecidas pelas empresas.

As duas empresas haviam assinado um memorando de cooperação em janeiro deste ano para formar uma joint venture. À época, analistas interpretaram o anúncio como uma forma de a Embraer diversificar suas receitas, que são muito dependentes da aviação comercial.

A empreitada iria bater de frente com a brasileira Helibrás, controlada pela francesa Eurocopter, que atualmente detém cerca de metade do mercado de helicópteros civis. A Helibrás é até hoje a única fábrica de helicópteros do Brasil.

FONTE: IstoÉ Dinheiro

NOTA DO EDITOR: veja nota à imprensa divulgada pela Embraer abaixo

Nota à imprensa

 

São Paulo, Brasil; Cascina Costa, Itália, 19 de abril de 2013 – Dando sequência ao comunicado conjunto à imprensa emitido em 21 de janeiro deste ano, relativo ao memorando de entendimentos assinado entre Embraer S.A. e AgustaWestland, companhia do grupo Finmeccanica, as empresas anunciam hoje a decisão conjunta de encerrar negociações sobre o tema sem que tenha sido alcançado acordo para o estabelecimento de uma joint-venture no Brasil.

VEJA TAMBÉM:

 

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos
Marcos
7 anos atrás

O Comissariado pode ter entrado em ação para proteger a filha mais nova.

Marcos
Marcos
7 anos atrás

Só uma pergunta: que helicóptero estaria na negócio?

Marcos
Marcos
7 anos atrás

Não é a primeira vez que a Embraer tenta entrar no mercado de helicópteros. Na primeira vez não deixaram justamente para privilegiar a criação da Helibras, que nunca produziu nada.

Depois veio o acordo entre a própria Eurocopter e a Embraer para de fato fabricar o Dauphin/Panther por aqui, mas novamente a coisa não andou, de modo que a única coisa que temos é a montagem de parte de uma kombi.

Agora isso.

Marcos
Marcos
7 anos atrás

A Embraer ainda vai se juntar à Sikorsky, a empresa do país imperialista, dirigido pelos racistas brancos de olhos azuis que querem tomar a Amazônia Verde, a Amazônia Azul, todo o petróleo e a água potável e mais alguma coisa que se descobrir.

Baschera
Baschera
7 anos atrás

Nem a Embraer, mesmo com seu poderoso lobby, deu conta…. e nenhuma outra vai dar… só quando e se… mudar a orientação política do GF. A Helibrás/Eurocopter, neste quesito, está garantida !

Querem um exemplo: Quem mais, da mídia, além de UMA única publicação relatou os problemas em curso com o projeto EC-225/725 ??

E está está fora da distribuição de verbas da empresa… foi “queimada”.

E quem se atrever a fazer o mesmo também será, seja quem for….

Eles pagaram muito bem por esta lambança toda….. muito bem !!

Melhor deixar por aí….

Sds.

Requena
Requena
7 anos atrás

Marcos disse:
19 de abril de 2013 às 22:02
“A Embraer ainda vai se juntar à Sikorsky”

Sonho meu… 🙂

Almeida
Almeida
7 anos atrás

“Brasileira” Helibrás? De brasileira só tem o registro do CNPJ, pois nada mais é do que o escritório da Eurocopter no Brasil.

E segue o circo…

Augusto
Augusto
7 anos atrás

Se o forte lobby da Odebrecht no governo tem a ver com a notícia… vai saber! O fato é que ela avança no intento de produzir e manutenir helicópteros russos no Brasil. Em breve teremos Helibrás e Odebrecht produzindo aeronaves de asas rotativas.

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

“A Embraer ainda vai se juntar à Sikorsky, a…”

a) a Sikorsky está sabendo,

b) e concordou???

“Em breve teremos Helibrás e Odebrecht produzindo aeronaves de asas rotativas.”

Qnto a Odebrecht eu não sei, mas qnto a Helibrás, aka “Apertaparafusobrás”, que “em breve” demorado esse; trinta e tantos anos e nada ainda!!!

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Será que o A-109 dançou, da concorrência da MB???

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

“…além de UMA única publicação relatou os problemas em curso com o projeto EC-225/725 ??”

Por falar nisso, a Eurocopter define reparo provisório p/ o EC-225!!!

Vão vendo o contexto da coisa:

“…to fully resolving the issue. “It is more about working with the regulators, the operators, the oil companies and the passengers to restart flying,” he says.”

(http://www.flightglobal.com/news/articles/Eurocopter-defines-interim-fix-for-grounded-EC225s-384841/)

Soyuz
Soyuz
7 anos atrás

Avião é avião, helicóptero é helicóptero. São mercados completamente diferentes, com engenharia, nuances e culturas diferentes. Porque a AgustaWestland (ou outra fabricante) iria precisar da Embraer no Brasil? Acredito que mais pela força política da marca Embraer e sua influencia sobre compras governamentais do que por ganhos tecnológicos ou operacionais. Vocês acreditam que ambas empresas iriam desenvolver um helicóptero nacional? A Helibras anunciou isto dia 9 deste mês com 8 dias de atraso, porque a noticia era para 1 de Abril. Pense você como um executivo de uma industria de helicópteros olhando para um lugar chamado Brasil onde um helicóptero… Read more »

Nick
Nick
7 anos atrás

Acredito que um acordo entre Embraer e Sikorsky seria mais produtivo.

Mas… Concordo que o Lobby da Eurocopter foi mais forte, afinal quem está patrocinando a EADS no Brasil tem que proteger seus interesses.

[]’s

Vader
7 anos atrás

Há! O Politburo detonou o acordo Embraer-Agusta?

Previsível…

Edcarlos Prudente
Edcarlos Prudente
7 anos atrás
HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
7 anos atrás

Alguma dúvida meus amigos? Sem dúvida foi o pesado e nefando lobby da Helibrás para garantir os seus privilégios na terra Brasilis ou seja, fingir que constrói helicópteros para que o governo a financie. É evidente que a Joint-venture EMBRAER-Agusta iria colocar em xeque a própria sobrevivência da Helibrás visto que a montagem no Brasil de produtos como o A-109 simplesmente ia matar a reserva de mercado da mesma. Lamentável. Mais um capítulo da farsa do “Brasil – PuTênfia”

Gilberto Rezende
Gilberto Rezende
7 anos atrás

Os açodados de SEMPRE já apontam os seus dedinhos yankees para o teclado para culpar o PT e os franceses pela joint-venture da Embraer com a Augusta-Westland ter dado errado… Cáspite !!! Será que os BRILHANTES não se dão de conta que no momento que a Embraer está vivendo é do MAIOR INTERESSE DELA MESMA não se envolver com uma subsidiária do grupo Finmeccanica que justamente está atolado até o pescoço de acusações de suborno tendo seu presidente sido inclusive preso na Itália. E que o SILÊNCIO da ruptura com a Embraer é uma mera cortesia para não queimar mais… Read more »

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

“…não se envolver com uma subsidiária do grupo Finmeccanica que justamente está atolado até o pescoço de acusações de suborno tendo seu presidente sido inclusive preso na Itália.” Dois meses de investigações e nada. “MoD and IAF, both have completed their internal probes to see if there was any irregularity but have found nothing. On the other hand, the Central Bureau of Investigation (CBI), which filed a Preliminary Enquiry into the matter on February 25 followed by a registration of case on March 13, has been unable to come up with anything concrete for the MoD.” (http://www.defense-aerospace.com/article-view/release/144408/two-months-on%2C-still-no-proof-of-corruption-in-indian-helo-deal.html) No mais como… Read more »

Gilberto Rezende
Gilberto Rezende
7 anos atrás

Como vira-latamente o Soyuz e o Maurício R. colocaram: “Basta ter um bom produto, montar um centro de serviços no Brasil e ter um bom serviço de pós venda e ira realizar negócios.” Todas as montadoras de automóveis e demais multinacionais de múltiplos ramos industriais com instalações fabris no país discordam de vocês e com a novas legislações da Base Industrial de Defesa, Compras Militares e de preferência de aquisição de empresas nacionais do vendidos e entreguistas nojentos do PT a EADS, AEL, IAI e vários outros grupos estão comprando empresas brasileiras ou se associando a grupos nacionais para ter… Read more »

Soyuz
Soyuz
7 anos atrás

Gilberto, antes de tudo, respeito. Não chame as pessoas de vira latas (ou que possuem complexo de vira latas) porque discordam de você. “Todas as montadoras de automóveis e demais multinacionais de múltiplos ramos industriais com instalações fabris no país discordam de você” Já que tocou no segmento automotivo (que é completamente diferente do aeronáutico) vamos lá. O mercado automotivo brasileiro tem duas peculiaridades em especial. O primeiro é o tamanho é o quinto do mundo. E o segundo são as margens de lucro, notoriamente maiores do que a media mundial. A questão do preço elevado do automóvel no Brasil… Read more »

Soyuz
Soyuz
7 anos atrás

“Uma dica ao Soyuz a Helibrás recém completou 35 anos e vendia helicópteros antes do governo do PT…. As mazelas do país são do país o pessoal hoje acha que TUDO começou em 2003… Memória política seletiva”. É verdade Gilberto. A Helibrás nasceu mais por força de políticos de direita, que dominaram a política nacional por décadas do que por obra do PT. A empresa já vendia dezenas de helicópteros para as FA´s e forças policiais, mesmo antes de Lula ser candidato a primeira vez a presidente em 1989. A questão não é o PT ter negócios suspeitos com a… Read more »

Baschera
Baschera
7 anos atrás

O “problema” com a fabrivcante européia de helicópteros não tem nada de industrial…. a menos que esteja-se falando do erro de projeto dos EC-225/725….

O problema é mais embaixo…. políticos dos dois lados da moeda nacional estão envolvidos….. por isto ela manda e obedece quem tem juízo…. senão …. exatamente como o Soyuz escreveu: as duas quadrilhas levaram o seu…. se levaram !!!!

O número é em moedinha européia….. e tem oito zeros a esquerda.

Sds.

Baschera
Baschera
7 anos atrás

Digo: tem oito zeros a DIREITA !!

sDS.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
7 anos atrás

Putz, Baschera, essa eterna briga entre a esquerda e a direita acabou atrapalhando até a posição dos seus zeros!!!

joseboscojr
joseboscojr
7 anos atrás

Helicóptero também é avião.

Carcará 01
Carcará 01
7 anos atrás

Me perdoem, mas o “cumpanhêro” Gilberto, que por sinal tem o mesmo nome de um dos maiores cães de guarda ideológicos do pt, sem duvidas tem __________.. Só falta agora ele defender o gordinho da CN, como os comparsas dele andam fazendo impunimente… Olhem só a palhaçada!!

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=211461&id_secao=8

EDITADO: SENHORES, SEM OFENSAS PESSOAIS POR FAVOR. O MODERADOR.

Carcará 01
Carcará 01
7 anos atrás

E outra: a “apertaparafusobras” pode existir desde 1889, mas “nunca como antef nefte paif” foi tão aparelhada… Como aliás tudo que se liga a este governo…

Vader
7 anos atrás

O negócio da Kombi Voadora da Apertaparafusobrás para as Forças Armadas, com “transferênfia di tequinulugia” foi um negócio que agradou a gregos e troianos. Agradou ao PT, que cobrou seu costumeiro dízimo, através do lobby de uns certos irmãos aí… Agradou ao PSDB, que teve a fábrica montada em MG, estado do “Aecinho”. Assim, todo mundo ficou de boca bem fechadinha, enquanto a nação era assaltada, tendo que aceitar em suas forças armadas um lixo de helicóptero velho recauchutado e cheio de problemas, pelo preço de um caça F-16. Nada mais natural que essas mesmas forças políticas, que tanto lucraram… Read more »