Home Noticiário Internacional Governo Sueco aprova compra de 60 Gripens NG

Governo Sueco aprova compra de 60 Gripens NG

194
29

Gripen NG por cima

O governo da Suécia aprovou a proposta das Forças Armadas de adquirir 60 aeronaves de combate Saab Gripen E (NG), proporcionando um grande impulso para versão de desenvolvimento do produto carro-chefe da fabricante.

Confirmada hoje, 17 de Janeiro, a decisão de colocar em campo a aeronave a partir de 2018 também é de grande importância para o governo da Suíça, que ano passado assinou um acordo com sua contraparte sueca para desenvolvimento conjunto do programa para o modelo E. A Suíça escolheu o tipo de aeronave com base no requisito de compra de 22 novas aeronaves para substituir seus caças Northrop F-5, com entregas iniciais previstas para meados de 2018.

Uma equipe de avaliação da Suíça conduziu seus voos mais recentes usando a aeronave demonstrativa para o Gripen E a partir das instalações da Saab, em Linköping, em Dezembro passado. A atividade envolveu a verificação e integração bem sucedida do radar de varredura eletrônica ativa do tipo multi-tarefa Selex Galileo Raven ES-05, disse a Saab.

O governo da Suécia tinha incluído uma proposta para compra de 40 a 60 Gripens de nova geração como parte de seu processo orçamentário de 2013, que foi lançado ano passado. As entregas finais das aeronaves estão previstas para serem concluídas em 2027, dada a aprovação da compra.

FONTE: Flightglobal / Tradução e Adaptação: Poder Aéreo

29
Deixe um comentário

avatar
27 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
20 Comment authors
Um Gripen conjunto para Suécia e Suíça | Poder Aéreo - Informação e Discussão sobre Aviação Militar e CivilFabio ASCBascheraFernando "Nunão" De MartiniGuilherme Poggio Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcos
Visitante
Member
Marcos

O PIB deles é 20% do nosso.
E ainda eles tem as corvetas Visby.

Adriano Bucholz
Visitante

Poderíamos pegar o embalo, o que acham???? rs

Giordani
Visitante
Member
Giordani

Quem me conhece sabe que não sou fã desse F-20 moderno, mesmo reconhecendo as qualidades do jacto…mas convenhamos, é uma excelente notícia para o caça! E ufa! Finalmente vai existir um NG de verdade! Nada de “gambiarra” voadora se apresentando por aí!!!

No final, o único que ‘non ecxiste’ é o Fantasia-X…

asbueno
Visitante
Member
asbueno

Não adianta. Os cérebros que governam esta nação simplesmente não querem a compra, seja deste ou daquele, tanto por desinteresse quanto por ignorância.

Não há gestão estratégica em qualquer setor que seja e isso faz tempo.

Como disse o Giordani, a notícia é boa para a SAAB. Para nós não faz diferença.

HMS TIRELESS
Visitante
Member
HMS TIRELESS

Aquela cantilena vista aqui e em outros espaços, de que suecos seriam vigaristas e que o Gripen E/F seria um golpe, cai automaticamente por terra…..azar o nosso, que poderíamos participar do desenvolvimento do mesmo e poderíamos ter uma linha de fabricação aqui, com os nossos aparelhos sendo entregues quase ou ao mesmo que os exemplares da Flygvapnet….Mas…já viu né? Nosso ex-presidente, guia dos povos e sol da humanidade, foi fazer lambança…..agora já era, e no momento a melhor opção para o FX-2 é o Super Hornet. Daqui a pouco um certo alguém vem com aquele papo de que quem manda… Read more »

Justin Case
Visitante
Member
Justin Case

Amigos, bom dia.

Há informações complementares sobre a notícia?
Minhas principais dúvidas:
– Não haverá Gripen F (biposto)?
– A decisão ainda depende de um comprador externo (Suíça?) para dividir os custos?
De resto, temos que reconhecer que a decisão é importante e coerente, pois certamente a Suécia terá necessidade de atualizar seus meios aéreos na década de 20.
Abraços,

Justin

Justin Case
Visitante
Member
Justin Case

Valeu, Edgar.

A segunda pergunta está respondida no artigo do link.
Abraço,

Justin

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Off topic

Índia informa que pode aumentar pedido de Rafale para 186 unidades.

Marcelo
Visitante
Member
Marcelo

Caro Justin, lembro-me de ter lido em algum lugar que não haverá a versão biposto (talvez na Flight International). Vou tentar resgatar a informação.

Quanto à notícia, ótimo avião, para a Suécia e Suíça (e outros países de mesmo porte territorial). Para o Brasil, gostaria de um avião maior, mas como um monte de foristas já disseram acima, nem este monomotor teremos…já joguei a toalha também…

Abraços.

Optimus
Visitante
Optimus

Srs. OFF, mas nem tanto: Ontem na TV Camara vi uma outra comissão sobre defesa, dessa vez com representantes das 3 forças… Tive que ouvir do Brigadeiro da FAB que o P-3 tem a mais avançada eletrônica do mundo (será que ele nunca ouviu falar do P-8 e SU-34?) e o mesmo (visivelmente constrangido com a pergunta) se recusou a fazer uma comparação entre as aeronaves Venezuelanas e Chilenas com as nossas – apenas dizendo que “estamos no mesmo nível” (seja lá o que isso signifique pra ele…) – mas uma informação importante que ele disse: Sim, os jordanianos são… Read more »

Penguin
Visitante
Penguin

A questão do biposto é que a Suíça só receberá monopostos E. O treinamento seria feito nos F na Suécia.

Nick
Visitante
Member
Nick

Agora resta a aprovação do Parlamento Suiço da compra dos Gripen E pela Suiça e aguardar o consequente desenvolvimento e fabricação do mesmo.

Única coisa que incomoda nisso tudo é que o Brasil poderia estar nessa parceria, mas fazer o que. F-5E é para sempre.

[]’s

Giordani
Visitante
Member
Giordani

Optimus disse:
17 de janeiro de 2013 às 17:51

Tem que dar os parabéns! Assistir a tv senado é um momento de penitência…sei bem…as vezes me penitêncio…hehehehe…

Mas que boa notícia nos trazes! Forevis-5 Tampax Ad Eternum!!!!!

Hamadjr
Visitante
Member
Hamadjr

Eu tento ser otimista mas ta difícil, se o Bolsanaro esta qualificado para dar informação sobre as condições das nossas Forças Armadas melhor do que os representantes das FA, então a vaca foi pro brejo ou nosso Estado Maior precisa parar de fumar aquele cigarrim do capet4 e voltar para a realidade.

ivanildotavares
Visitante
Member
ivanildotavares

Pelo que eu sei o Deputado Bolsonaro é um Capitão do Exército, licenciado para exercer o seu cargo político e um dos poucos que tem conhecimento e interesse pelos assuntos de Defesa. Corrijam-me se eu estiver errada.

Abs

ivanildotavares
Visitante
Member
ivanildotavares

Opa,

Corrijam-me se eu estiver errado!

Vader
Visitante
Member

O Deputado Federal Jair Bolsonaro é Capitão de Artilharia/R2, cursou EsPCEx, AMAN (turma 1977) e serviu na Bda Inf Pqdt. Saiu voluntariamente do EB em 1986, após ser preso por 15 dias por liderar movimento em prol de melhorias no soldo e nas condições de vida da tropa. Dois anos depois era eleito vereador no RJ com a plataforma específica de lutar pelos militares e contra o crime organizado.

É dos poucos que se preocupam com o mundo militar e a defesa nacional no parlamento. E dos poucos que falam a verdade na cara naquela casa.

Vader
Visitante
Member

Optimus disse:
17 de janeiro de 2013 às 17:51

A FAB com seus F-5 e P-3 dá pau na USAF e a MB é a Royal Navy do Atlântico Sul.

Salvou só o Exército, que tá ferrado.

É rir pra não chorar.

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Pegar o embalo???
Qual???
Os suecos já tem aquilo que tanto precisavam, um cliente externo.
Não precisam mais de nós.

thomas_dw
Visitante
thomas_dw

Chegamos ao ponto de que ate o Gripen virou um sonho …

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

thomas_dw disse:

Chegamos ao ponto de que ate o Gripen virou um sonho …

Caro thomas_dw, na verdade o Gripen E era um sonho quando o F-X2 começou. Agora virou realidade.

Pelo andar da carruagem é provável que quando o governo decidir pelo F-X2, o Gripen E esteja saindo de serviço.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

Aos que perguntaram sobre Gripen F (biposto), a resposta está aqui no Poder Aéreo mesmo, diretamente da fonte original (a divulgação do acordo-quadro entre Suíça e Suécia). http://www.aereo.jor.br/2012/08/28/md-suico-apresenta-detalhes-do-acordo-do-gripen-com-a-suecia/ Qualquer mudança nesse caminho de só encomendarem monopostos dependerá das negociações em andamento para o contrato final, mas a princípio esse não é o ponto principal em discussão mais recentemente, e sim a possível exigência de alguns parlamentares suíços de que a Suécia faça alguma compensação à Suíça caso haja algum atraso no desenvolvimento. Porém, para alguns o acordo já é amplamente favorável à Suíça e uma exigência dessas, politicamente, poderia dar… Read more »

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Quanto ao comentário do Optimus, È bem verdade…eu já comentei isto aqui se não me falha….. é risível ver as apresentações de militares no congresso…. e mais risível ainda quando proferem aquelas falas ufanísticas sobre as “nossas capacidades” atuais e “futuras”….. Tchê…eu não entendo…estão lá para o que ?? Em vez de botar a boca no trombone e vender o seu peixe… agem como se estivesse tudo as mil maravilhas, com tudo no estado da arte e sobrando verbas….. No fim….. a culpa é dos comandantes….. que já caducaram….. foram cooptados pelo sistema das saúvas…no final os militares que vão… Read more »

ivanildotavares
Visitante
Member
ivanildotavares

Prezado Vader,

Obrigado pelo comentário sobre o Capitão Bolsonaro. Achei que ele era licenciado do EB quando você informou ter o mesmo saído voluntariamente em 1986.

Abs

Justin Case
Visitante
Member
Justin Case

Fernando “Nunão” De Martini disse:
18 de janeiro de 2013 às 12:16

Grato pela informação, Nunão.

Curiosa essa decisão, no meu entender.
Embora Suécia e Suíça devam ter seus motivos para que não sejam investidos recursos no desenvolvimento do modelo F, isso poderia afetar a inserção no NG no mercado mundial, que ainda requer aeronaves bipostas.
Essa definição de não ter Gripen F era também inesperada porque o demonstrador de tecnologia é um biposto. Será mais difícil para a área comercial demonstrar o avião para potenciais clientes apenas com monopostos.
Abraço,

Justin

Fabio ASC
Visitante
Fabio ASC

Pelas minhas contas, serão entregues algo em torno de 9 ao ano…..

trackback

[…] Saab assina contrato que pode chegar a U$ 7,5 bi para o desenvolvimento e produção do Gripen E/F […]