Home Asas Rotativas Peru recupera cinco helicópteros e quer comprar mais 24

Peru recupera cinco helicópteros e quer comprar mais 24

300
6

O governo peruano avalia propostas da França, Rússia e Estados Unidos para adquirir uma frota de 24 helicópteros para as Forças Armadas, disse em 15 de dezembro o ministro da Defesa, Pedro Cateriano, após assistir à entrega de cinco helicópteros recondicionados para o uso do Exército na luta contra a guerrilha e o narcotráfico.

“Estamos em conversações para a aquisição de 24 novos helicópteros e existem três propostas”, disse o titular da Defesa aos jornalistas no encerramento da cerimônia militar.

Cateriano explicou que a compra será feita “através do mecanismo governo a governo: estamos avaliando propostas da França, Estados Unidos e Rússia”.

A compra será concretizada “depois que as Forças Armadas emitirem seu parecer técnico”, acrescentou o ministro, sem precisar a data em que isto ocorrerá.

O anúncio foi feito durante a entrega de quatro helicópteros MI-17 (ver foto acima) e um Agusta 109-K, que foram postos em funcionamento após terem permanecido inoperantes por dez anos, com um investimento aproximado de US$ 5 milhões, segundo o Ministério da Defesa.

O Peru é um dos maiores produtores mundiais de cocaína e folhas de coca, segundo dados do governo norte-americano e das Nações Unidas, respectivamente.

Há mais de uma década remanescentes da guerrilha do Sendero Luminoso se instalaram no vale dos rios Apurímac, Ene e Mantaro, onde se encontra a maior região de cultivo de coca do Peru, e onde este grupo atua aliado ao narcotráfico, de acordo com o governo peruano.

FONTE: AFP, via Diálogo

FOTO: RPP

6
Deixe um comentário

avatar
6 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
OptimusuitinaxavierMauricio R.HRotornunes neto Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
ivanildotavares
Visitante
Member
ivanildotavares

Taí uma oportunidade que o Brasil tem de se desfazer dos franceses que custaram caro demais. Faria uma boa proposta ao Peru e, apesar do prejuízo financeiro porque nenhum país concorda em pagar o que pagamos, ficaríamos livre de uma parte do que, dizem, foram entubados a FAB, a MB e ao EB. Poderiam assim pensar em mais BH. Prejuízo pouco é lucro.

nunes neto
Visitante
nunes neto

Pense numa “coisa feia”!

HRotor
Visitante
Member
HRotor

Oportunidade para o bonzinho GF do Brasil fazer suas costumeiras “doações estratégicas”, bancadas pelos tolos pagadores de impostos tupiniquins……

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

Interessante a disposição, antes em investir na recuperação de meios indisponíveis, por um longo tempo e depois na reconstrução da capacidade de emprego.
Parabéns ao Perú!!!

uitinaxavier
Visitante
uitinaxavier

Tó achando que a Odebrecht está certa vai investir no Mi-171, Peru, Bolívia, Venezuela e Argentina todo mundo de Mi-171 só o brasil de EC-725. HUUMMMMMMMMMMMM.

Optimus
Visitante
Optimus

Programa de helicóptero russo que seria interessante o Brasil entrar como parceiro seria o MI-38 – mas isso é pra país que pensa grande e a longo prazo – mas, daí é querer demais de nossos “líderes”…