sábado, dezembro 3, 2022

Gripen para o Brasil

Mais imagens do novo caça furtivo chinês J-31

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Novas fotos e imagens em CG do caça stealth chinês J-31. Na última foto, o J-31 comparado ao J-20.

- Advertisement -

31 Comments

Subscribe
Notify of
guest

31 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Baschera

Galante,

São artes mais do que fotos reais…..

Embora o protótipo “001” (aeronave Nº 31001, onde 31 é a desinação da aeronave ou J-31 e 001 é o número do protótipo) nas duas fotos inferiores, mais abaixo, parecem ser de aronaves, ou versões levemente diferentes…. assunto que já está causando certa polêmica em fóruns estrangeiros.

Outra coisa que estão dizendo, inclusive pelos especialistas russos, é que na verdade praticamente todo este vetor seria um Su-27 com uma nova carcaça ou fuselagem …..

Sds.

Alexandre Galante

Bascha, a primeira e a última imagem são fotos, o resto é CG. Eu gostei desse Frankenstein.

Daglian

Descaradamente semelhante ao F-35. Resta saber se será tecnologicamente de 5a geração mesmo, embora teoricamente o seja.

asbueno

O fato de ser bimotor e ter uma fuselagem mais larga permitiria uma baia de armas maior?

Max

Deve ser mesmo um Su-27adptado (com fuselagem copiada de caças Americanos) como dizem os russos. Um pais que apenas aperta parafusos de eletrônicos ocidentais e que não produz sequer a tela do Ipad (por exemplo) ,não pode dar um salto tão grande em termos de tecnologia. Nem sequer conseguiram fazer uma copia decente do motor do Su-27, como podem aparentemente estar enfrentando menos problemas que os Russos no desenvolvimento de um caça de 5ª geração. Não da pra esquecer o video promocional da força aérea chinesa de alguns anos atrás que usava grotescamente cenas pirateadas de Top Gun . É… Read more »

Groo

Acho que não cabe um compartimento lateral para mísseis WVR como o do F-22,

Maldita tinta escura propositalmente usada para dificultar a visão dos detalhes do avião

LuppusFurius

Belo F-35 Genérico, mas fico com o Original ,que não é demais para a nossa FAB.

Groo

Dois motores e duas entradas de ar faz o avião não necessitar de um túnel interno formando um “Y” ligando as entradas de ar ao motor, que ocupa muito espaço interno, permitindo um único e grande compartimento.

Dois motores facilitam um compartimento de armas maior ainda se os motores forem espaçados, praticamente na lateral, como no PAK-FA, Tu-16, RA-5, Buccaner etc.

Groo

Melhor ainda se for um Su-27 genérico com outra fuselagem, imaginem um Typhoon, Rafale,ou Gripen com um shape stealth.

ricardo_recife

É inegável o salto de qualidade dos chineses em termos de tecnologia aeronautica. Mesmo que o Thunder não passe de um Mig-21 com uma nova fuselagem e motor, o Chengdu J-10 já é outra história e demonstra como os engenheiros e militares do país conseguiram transformar um bom projeto de avião de ataque (o IAI Lavi) em um caça bombardeiro mediano, acredito que ainda inferior a projetos ocidentais, mas bem superior a qualquer coisa que tenham fabricado antes. O novo caça J-31 me parece um F-35 bimotor, mas parecer um Lightning II não quer dizer que tenha o mesmo desempenho,… Read more »

alphasr71a

Meló que o oliginal e balatinho tb, galantido.

rs

Roberto F Santana

Muito prezados senhores, Tamanha é minha curiosidade em saber sobre a tecnologia chinesa, que fiz um curso rápido de chinês pela internet. Vamos então, ao que pude apurar: Na segunda figura: O motor. Lá fala: Chin chun chá, chan chin chá chun. As asas. Chan chun chan O canopy: Chan, chun chun, chan chan , chun. Os mísseis: Chan, chan! Chen chun! O radar: Chan, chan, chan! Chun, chan chun! As entradas de ar: (devem ser bem complexas, dado o tamalho da descrição): Chan, chun, chen, chin,chon! Chan chun, chun chun, chun.Tchun (?) tchun tchun. P.S. Aprendi só a pronuncia,… Read more »

Tadeu Mendes

O jato possui a forma de 5 geracao, mas a funcionalidade nao existe. Forma nao significa conteudo, ou para simplificar, quem ve cara nao ve coracao. Apesar de ser uma tecnologia antiga, (ja se passaram mais de 20 anos), eu nao creio que os chineses dominem Ciencia de Materiais e tecnologias de manufatura de tais componentes. Nem mesmo espionando. Me parece mais um aviao de propaganda do PC. chines do que um avanco tecnologico por parte deles. Um verdadeiro Stealth necessita forma e conteudo (material absorvente de ondas eletromagneticas). O Daglian reconheceu a silhueta do F-35 nesses jato. A unica… Read more »

Giordani

Max disse:
3 de novembro de 2012 às 20:29

Cara,

O Japão era assim nos Anos 60…

Max

Giordani,
Mas produziam aviões na segunda guerra mundial que deram muita dor de cabeça aos americanos.
Culturas completamente diferentes.
Nos anos 60 os japoneses já tentavam entrar no mercado americano com um radio transistor que não tinha rival em termos de miniaturização.Conhece a historia da Sony?

Max

Me enganei, não era nos anos 60 , era nos anos 50.
Vou tentar postar um link:
http://www.sony.net/Fun/design/history/1950.html

Max
ivan.ffilho

Se aparencia conta alguma coisa, achei muito melhor que o J-20!
E realmente parece muito com o F-35, mas provavelmente não tem o mesmo nível de refinamento, será que um dia saberemos?
Agora, chamar de um SU-27 modificado acho que é dor de cotovelo dos russos, o que esse avião tem do SU-27? só se for turbinas, aviônicos… ta, pode ser bastante, mas… bem, sei lá.

Vader

“Efe-tlinta-e-ching”! 🙂

Nick

Parabéns aos chineses, estão fazendo a lição de casa direitinho. 🙂

O design do J-31 é um cópia descarada do F-35, com pitadas do F-22. Ou seja o desenho do caça é de um 5ª geração, ponto.

Agora SE o desempenho e capacidades do mesmo igualam o do F-35, são outros quinhentos. Ninguém (nem mesmo os chineses, já que os dados do F-35 são classificados sabem) sabe.

De qualquer forma, eles já estão á frente dos Europeus. 🙂

[]’s

Roberto F Santana

Sem brincadeiras agora. Sobre a discussão sobre as cópias chinesas e se são boas ou não. É inegável a influência que os alemães tiveram na aviação com a descoberta e o desenvolvimento das tecnologias em aerodinamica, armamento, motores a jato, etc. Tudo foi usado por americanos, ingleses, franceses e russos.É claro que isso seria, mais cedo ou mais tarde, descoberto e desenvolvido, mas é fato, que houve um adiantamento de pelo menos dez ou quinze anos.Era uma novidade. Entretanto, com os chineses é diferente. É o mesmo metal, o mesmo combustível, a mesma eletrônica.A mesma química e as mesmas leis… Read more »

Giordani

Max disse: 3 de novembro de 2012 às 21:34 E continuo, os “tigres asiáticos” eram assim na Década de 80 do século Passado… Não adianta. Nada se cria, tudo se copia… 😉 E outra coisa, a China sempre foi a maior potência na história da humanidade. Enquanto os europeus evitavam tomar banho e morriam por escorbuto, os chineses já sabiam dos benefícios do banho diário e levavam suas hortas a bordo…Não fossem as intermináveis guerras internas, hoje a língua mundial seria xing-ming…eles só estão retomando aquilo que sempre foi deles…e convenhamos, é muito mais fácil manter um projeto de Estado… Read more »

G-LOC

Su-27 com uma nova carcaça ou fuselagem ….. esta história de “su27” com nova carcaça e fuselagem está muito estranha. O motor também é diferente então só resta os aviônicos. Não consigo imaginar como se consegue fazer uma informação sobre o conteúdo olhando apenas as fotos. Está é muito pior que a afirmação dos portugueses que o PAKFA é um Su27 todo amassado. Este avião é praticamente um F-35 bimotor, mas o F-35 é praticamente um F-22 monomotor. Tem o conceito em engenharia que cita que uma solução ótima sempre será copiada. O próprio F-22 tem uma cofiguração geral parecida… Read more »

Baschera

Lembrem-se que alguns anos atrás, não lembro bem o ano, partes importantes do programa do F-35 foi “hackeado” e muitas informações foram expostas obrigando um redesenho caro e demorado de várias partes importantes e sistemas novos. Segundo John Reed, articulista do FP (Foreign Policy), chama a atenção que os spoters e fotógrafos caçadores de blogs tiveram acesso irrestrito aos arredores das bases militares onde se testava este jato chinês…. o que pode ter sido meramente proposital. Ele também compartilha da ideia aparente de este jato ser uma mistura externa de F-22 (do meio para trás) e F-35 (do meios para… Read more »

G-LOC

Bachera, os projetos coreanos e japones também são parecidos com os caças americanos. Não existe muita opção de configuração.

Os motores também não tem muita opção ou seria um equivalente ocidental com a mesma potencia como as turbinas do EFA e Rafale. É o mesmo motor do J17, e seria bom para o caso do paquistão comprar.

Os avionicos iguais do Su27 significa apenas uma padronização com outros caças. No caso da FAB comprar o J31, eu defenderia a padronização com os avionicos do F-5EM. Não iria virar um F-5 por isso.

Essas informações mais desinformam que informam.

Mayuan

Ok, beleza, o caça é uma mera cópia, um Frankenstein de um Su-27 com fuça de F-35. Ok, os chineses pirateiam, copiam, usam aço e partes de péssima qualidade. Ok, eles são meros apertadores de parafusos das indústrias ocidentais. Tudo decantado aqui como verdadeiros dogmas. E nós? O que temos voando em nosso país? O que temos produzido? O que produzimos em termos de aviação tática? AMX, Super Tucano, modernização de caças jurássicos (A4 e F5)? São bons produtos? Claro que sim. São suficientes para garantir nossa soberania? Claro que não! Está na hora de revermos nossos conceitos, pararmos com… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini

“Porque não escolher projetos viáveis e fabricar sob licença? Não é vergonha nenhuma. Muitos países já fizeram isso com excelentes resultados.”

Pois é, Mayuan, e pelo jeito até houve uma proposta bem interessante nesse sentido há 16 anos, época em que uma produção sob licença de um certo caça muito bem-sucedido poderia cair como uma luva (se houvesse dinheiro para isso e a proposta se concretizasse, é claro):

http://www.aereo.jor.br/2012/02/08/producao-do-f-16-no-brasil-foi-cogitada-na-decada-de-90/

Vader

Mayuan disse: 4 de novembro de 2012 às 12:51 Concordo plenamente! Porque não produzir sob licença o F-16, por exemplo? Ou o Gripen? Ou tentar um acordo do gênero para o Super Hornet? Ou entrar no F-35 e, como outro emergente, a Turquia (exemplo), produzir partes relevantes da aeronave, tanto para nós como para os demais integrantes do projeto? Ora, sabemos que a nossa indústria é, em geral, de muito melhor qualidade que a chinesa. Então porque não o fazemos? Porquê? Porque a vergonha? Porque ficar sempre com essa lenga-lenga de “ToT irrestrita”, para produzir algumas dezenas de caças (sem… Read more »

Guilherme Poggio

Vader disse:

Concordo plenamente! Porque não produzir sob licença o F-16, por exemplo?

Esse bonde nós já perdemos

http://www.aereo.jor.br/2012/02/08/producao-do-f-16-no-brasil-foi-cogitada-na-decada-de-90/

[…] Mais imagens do novo caça furtivo chinês J-31 […]

ricmoriah

o que custava uma parceria com os chineses hein? já temos quase tudo chines no país, de celular a carros, então pq não avião de caça? com transfer de tecnologia, olha só o salto…de F5 para Stealthy!

Últimas Notícias

VÍDEO: Documentário ‘Highway’ sobre operações aéreas em rodopista na Tchecoslováquia, em 1980

O documentário "Highway" foi filmado pelo Checoslovak Army Film no outono de 1980 durante um exercício militar entre os...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -