quinta-feira, setembro 29, 2022

Gripen para o Brasil

Formação de respeito

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres
- Advertisement -

11 Comments

Subscribe
Notify of
guest

11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Corsario137

Fala sério, deu até pra sonhar…

Vader

Um formação como essa, bem armada e bem pilotada, e o Brasil estaria seguro na AS pelos próximos 20 anos pelo menos.

Uma pena.

ricardo_recife

Se inveja matasse eu teria caído duro! Isto não é somente uma bela e poderosa formação, ele também tem outro nome, “seriedade com a defesa nacional”.

Corsario137

Caro Vader,

Concordo plenamente.

36 dessas maravilhas para a FAB e uma dúzia que fosse pra MB e teríamos um poder militar condizente com nossa força política e econômica na região.

Com o Opalão funcionando a todo vapor nossa projeção de poder se estenderia até a costa ocidental da África.

Já temos os submarinos, o Opalão, só falta a caça.

Eu e meu ufanismo reprimido.

Vader

Corsario137 disse: 23 de outubro de 2011 às 23:45 Corsário, consta que infelizmente o A-12 não pode operar com o Super Hornet, por conta de limitações em suas catapultas e elevadores. Mas para patrulhar até às costas da África a MB nem precisaria do tal PA: duas ou três bases na costa (Natal, SPA e uma no RS), e uma insular em Fernando de Noronha, e a aviação naval patrulharia com tranquilidade todo o Atlântico Sul e Equatorial. Não olvide que o SH tem o maior alcance dos 3 caças do FX2, carrega a maior quantidade de combustível, é um… Read more »

Corsario137

Caro Vader, Obrigado pelo esclarecimento. Quanto ao SH ser a melhor opção, tecnicamente falando, eu não tenho a menor dúvida, nunca tive. É um caça forjado na batalha, evoluído das versões A e B com aquilo que a Navy determinou como melhorias após extenso uso na Guerra do Golfo. Um programa maduro, com a Navy ainda operando e aprimorando o seu uso. Ao contrário do que “les opposants” dizem, não é um caça do século XX, mas também do XXI. Agora, dados os seus esclarecimentos, fica a pergunta: pra que serve o Opalão? Não entendo necas dessa coisa de Marinha… Read more »

Dario

Legal os comentários do Corsario137.

Dario

Uma pergunta: qual a função da Escola de Guerra? Não tem ou tinha a função de aproximar militares e civils para uma discusão como essa?

Mauricio R.

Não seria eEscola Superior de Guerra (ESG)???
Aquela que o apedeuta queria pq queria, mudar do RJ p/ Brasilia???

Vader

Corsario137 disse: 24 de outubro de 2011 às 9:22 Corsário, me faço a mesma a pergunta desde a aquisição da traquitana. Pra mim não passa do maior alvo do hemisfério sul da Terra. Mas como não tenho a resposta, dou a palavra a alguém que talvez tenha: “Brasil já vai a guerra, comprou um porta-avioes um viva pra Inglaterra de oitenta e dois bilhões ahhhh! mas que ladrões comenta o zé povinho, governo varonil, coitado coitadinho, do Banco do Brasil há há, quase faliu. a classe proletária na certa comeria com a verba gasta diaria em tal quinquilharia sem serventia.… Read more »

Corsario137

Hahahahahha….”maior alvo do hemisfério sul da Terra”.

A música eu conheço desde moleque, é do Juca Chaves. Tinha um disco de vinil aqui em casa com piadas e músicas do artista.

Um abraço.

Últimas Notícias

VÍDEO: Novos caças Gripen sobem aos ceús no Brasil

Dois caças Gripen E da Força Aérea Brasileira (FAB) chegaram ao Brasil no último domingo, 25 e voaram hoje,...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -