quarta-feira, outubro 20, 2021

Gripen para o Brasil

Emirates negocia com a Infraero a operação do A380 no Brasil

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Ricardo Gallo e Mariana Barbosa

A Emirates negocia com a Infraero para começar a operar com o superjumbo A-380 no aeroporto de Cumbica (Guarulhos) a partir de dezembro. A companhia dos Emirados Árabes já recebeu o sinal verde da Infraero para iniciar a operação.

Com capacidade para até 853 passageiros, dependendo da configuração, o Airbus A-380 é o maior avião de passageiros do mundo.

Com dois andares e 478 m2 de área de cabine, o avião tem lounge, bar e camas privativas na primeira classe.

Da ponta de uma asa a outra, são 60 metros, o que exige adaptações em alguns aeroportos. No caso de Guarulhos, falta apenas acertar o horário do voo.
Segundo o superintendente de gestão operacional da Infraero, Marçal Goular, Guarulhos “suporta o desembarque dos passageiros do A-380 desde que seja fora do horário do pico”.

Se o aeroporto estiver fechado por problemas meteorológicos, a alternativa de pouso será Galeão (RJ) ou Confins (MG). A Emirates pediu inicialmente para pousar às 18h30 e partir à 1h.

Mas, para não congestionar o aeroporto – que já está saturado- com a chegada de uma só vez de cerca de 500 passageiros, a Infraero quer antecipar a chegada em pelo menos duas horas e adiar a saída em uma hora.

Para a Emirates, a alteração do horário pode reduzir as opções de conexão para os passageiros que partem do Brasil, diminuindo a atratividade do voo.

Oficialmente, a empresa diz que não há definições sobre Guarulhos. “Hoje a companhia tem 15 A-380 em operação e outros 75 encomendados e está sim em busca de novos mercados para operá-los”, disse a companhia por meio de sua assessoria.

“A empresa está avaliando aeroportos no mundo inteiro para a utilização do A-380 e precisa do aval das autoridades locais para começar a levar em consideração a possibilidade de operação.”

Segunda companhia a operar o A-380, a Emirates oferece duas configurações. A mais comum comporta 489 passageiros, com 14 na primeira classe e 76 na executiva.

A Folha apurou que a intenção da Emirates é substituir o Boeing-777 na rota São Paulo-Dubai. Com 354 passageiros, o voo tem taxa de ocupação superior a 90%.

FONTE: Folha de São Paulo

COLABORARAM: ‘sagrancarvalho’ e Carlos Martins

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias

Acompanhe a estreia do 1º episódio da websérie Colaboração Real 4 no YouTube

Em 21 de outubro, às 11h, estreia o primeiro episódio da quarta temporada da websérie Colaboração Real no canal...
- Advertisement -
- Advertisement -