Home Tecnologia Demonstrador do futuro pós-Gripen, versão em escala

Demonstrador do futuro pós-Gripen, versão em escala

1157
79

conceito de caça futuro genérico - demonstrador em escala - foto Universidade de Linkoping

A Universidade de Linköping divulgou informe, com foto e vídeo, sobre o voo de um demonstador de um “caça genérico do futuro”, fruto de um contrato concedido pela SAAB e a FMV (organização responsável pela compra e desenvolvimento de equipamento militar na Suécia) para a sua divisão FluMeS  (Fluid and Mechatronic Systems), do Departamento de Gerenciamento e Engenharia da universidade.

O conceito constitui uma meta e um objeto comum de estudo, para a pesquisa de defesa de longo prazo, e para o desenvolvimento aeronáutico de cunho estratégico. Os focos do conceito, desenvolvido em conjunto com a SAAB, são a capacidade stealth (furtiva), uma baia interna de armamentos e capacidade “supercruise” (voo supersônico sem uso de pós-combustão).

Já as metas do demonstrador, construído em escala de 13% e equipado com motor a jato, são mostrar uma forma custo-efetiva e rápida de se projetar e voar um demonstrador de conceito, avaliando o uso de um demonstrador em escala como ferramenta para desenvolver aeronaves, como um “túnel de vento voador”.

O demonstrador tem 2,4 metros de comprimento, 1,5 metros de envergadura, peso de decolagem de 15 quilos e empuxo de 160 N. O primeiro voo foi realizado em novembro de 2009. No inverno (da Suécia) o demonstrador recebeu equipamentos de testes em voo em preparação para a campanha de voos seguinte, planejada para a primavera e verão de 2010 (também da Suécia – Hemisfério Norte).

FONTE / IMAGENS / VÍDEO: Universidade de Linköping

COLABOROU: Nick

NOTA DO BLOG: uma curiosidade é que, na história do desenvolvimento de caças da Saab, o Draken foi precedido de um modelo em escala, porém bem maior (70%) e tripulado, para demonstrar o conceito de duplo delta: o Saab 210, das imagens abaixo, apelidado de “dragãozinho”.

Draken - desenvolvimento em escala - imagem via faqs org

Saab 210 Little Dragon

79
Deixe um comentário

avatar
79 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
44 Comment authors
R. BaiardoNautilusPinchas LandisbergisglauberMarcelo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Tiago Jeronimo
Visitante
Tiago Jeronimo

A pergunta é: Sendo o Gripen vencedor do FX2 iria o Brasil fazer parte do desenvolvimento do “Gripen stealth”?

Fabio Mayer
Visitante
Fabio Mayer

O que é interessante é que eles não ficam MENDIGANDO transferência de tecnologia para estudar novos conceitos e aplicações. Eles colocam suas universidades para desenvolvê-los. Mas em certo país, pululam MILHARES de faculdades de DIreito, de Administração, de Letras e de blablablá, que entopem o mercado de trabalho de mão de obra não que serve para mais nada porque saturado de gente com formação em humanas, mas onde faltam profissionais como engenheiros, químicos, físicos,matemáticos, geólogos, etc… necessários à sociedade tecnológica em que vivemos. Se o Brasil gastasse nas universidades federais (especialmente na área de tecnologia) os estimados 20 bilhões para… Read more »

M1
Visitante
M1

Fabio Mayer disse:
16 de abril de 2010 às 12:25

Concordo!

denner.miranda
Visitante
denner.miranda
Tiago Jeronimo
Visitante
Tiago Jeronimo

Tem sim denner até porque não tem como variar muito o design quando se pretende ter uma aeronave stealth.

Lanterna Verde
Visitante
Lanterna Verde

Ahh ta e desde quando a Saab tem capacidade para produzir um avião Stealth, fica anunciando que o Gripen NG é um avião novo, mais vai apenas ser uma evolução de um avião já existente e tão pouco aprovado em combate.

denner.miranda
Visitante
denner.miranda

Sim é verdade Tiago, acho design do YF-23 incrivel, pena que nao foi pra frente, porém como todos sabemos os custos dele seriam 20% maiores que o custo do f-22, ou seja muito! espero que o Brasil entre no desenvolvimento deste ae, seria muito interessante participar desde o inicio do projeto

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

Fabio Mayer, me faço essa pergunta quase diariamente. Não consigo entender, o país prefere comprar tecnologia de outros países a $$$$ do que desenvolver a R$. Será que todos presidentes do Brasil seram burros assim? Não me referindo a nenhum deles especificamente estou falando de todos!!! Na hora de votar, POR FAVOR USEM SEUS NEURÔNIOS!!!!!! ELES EXISTEM PARA PENSAR, deem preferênciaa pessoas que pensem pela educação acima de tudo! OU VOCÊS CONTINUARAM NESSA MESMA M…. e não teram nem que raclamar(pois vocês continuaram com isso) O dinheiro gasto no FX-2 avaliado em bilhões de $,no mínimo uns 4(caso gripen), poderia… Read more »

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

Muito interessante o projeto do “Gripen” stealth, sendo um avião pequeno seus custos e (seu RCS) acabam sendo reduzidos e certamente vai consumir menos combústivel, o que acaba sendo melhor, pois os pilotos podem voar mais tempo, melhorando suas habilidades. Seria um projeto ótimo para o Brasil.

Gutex
Visitante
Gutex

Pois é lanterna verde, a Saab não tem capacidade para produzir avião Stealth não, nos brasileiros é que temos. Já esta em fase final o prototipo do Super Legacy stealth…
E sim, é um absurdo evoluir uma aeronave já existente… Os americanos não entendem nada de aviação e teimam em evoluir suas aeronaves. Hornet para super hornets, Eagles para silent eagles, falcons para fighting falcons… Esperto mesmo somos nos que so produzimos super caças do zero… Viva o super legacy!!

jomado
Visitante
jomado

…eu sou obrigado a concordar com teu post Sr. Fabio Mayer disse: 16 de abril de 2010 às 12:25 O que é interessante é que eles não ficam MENDIGANDO transferência de tecnologia para estudar novos conceitos e aplicações. Eles colocam suas universidades para desenvolvê-los. Mas em certo país, pululam MILHARES de faculdades de DIreito, de Administração, de Letras e de blablablá, que entopem o mercado de trabalho de mão de obra não que serve para mais nada porque saturado de gente com formação em humanas, mas onde faltam profissionais como engenheiros, químicos, físicos,matemáticos, geólogos, etc… necessários à sociedade tecnológica em… Read more »

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

Lanterna Verde, a tecnologia stealth não é nada de outro mundo, baseia-se em pricípios da física da raflexão de ondas. Evidentimente que não é fácil produzir um avião stealth, por isso ela está buscando conhecimneto e fazendo parceirias com universidades.
Inclusive eu acho que o Brasil também tem estudos nessa área.
Agora eu te pergunto como uma emprasa de aviões chinesa está desenvolvendo um caça stealth? Simples, estudo.

Vader
Visitante
Vader

Achei bem feio esse primeiro desenho. Embora seja fato que do demonstrador de tecnologia até o protótipo muda tudo.

A SAAB (e a Suécia) pelo visto prossegue na linha que fez sua fama na história da aviação: caças pequenos, eletronicamente avançados e baratos (por ser monoturbina), em duplo delta. Apenas é estranho ver que aderiu à “moda” dos estabilizadores duplos (quase um mantra para se ter baixo RCS).

Fazer um caça stealth não é exatamente muita coisa para uma empresa que já tem em seu portifólio um caça com RCS de 0,1m (desarmado). Basta ter vontade. Dinheiro os suécos já tem.

Sds.

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

Mudei de idéia agora eu quero Grpen NG!!!!!!! TT

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Este último aviãozinho tem um look meio “Jetsons”

Giordani RS
Visitante
Giordani RS

Alguém lembra de um caça de uma empresa privada suíça, que nos anos 80 oferecia um caça de alta performance e baixo custo, chamado PIRANHA?
Alguém sabe que fim levou este projeto?

jomado
Visitante
jomado

Alex Nogueira disse: 16 de abril de 2010 às 12:55 Muito interessante o projeto do “Gripen” stealth, sendo um avião pequeno seus custos e (seu RCS) acabam sendo reduzidos e certamente vai consumir menos combústivel, o que acaba sendo melhor, pois os pilotos podem voar mais tempo, melhorando suas habilidades. Seria um projeto ótimo para o Brasil. …sem falar que é um avião altamente comercial…como é que o brasil vai um dia ter seu vetor, se não tiver dentro do projeto de um…(é impossivel se começar um projeto do zero) e tem gente querendo comprar um avião de prateleira caro… Read more »

Alecsander
Visitante
Alecsander

Nossa, se o X-nobe vê este vídeo, com certeza os editores terriam que deletar os comentários dele rsrsrsrsrsrs… Mais como o cara não ta mais a fim de postar nada aqui, acho que os editores não vão ter esse trabalho 😀

Um grande abraço.

robert
Visitante
robert

ADOREI!

tomara que o Brasil entre agora com o NG, ou cancele e entre com os russos.

adorei esse!

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

O ideal é o Brasil pegar um avião mais barato agora o F16 ou SH somente com a manutenção e integração e entrar neste projeto.

O problema do PAKFA é que tem que ser venda casada com o BM ou o SK…

X-nobe
Visitante
X-nobe

Hahahahahahahahahahahaha O alecsander me chamou para ver o vídeo, só que ele esta errado eu não vou zuar com o Stealth da Saab, pois apesar dele ser muito feinho, ele fez um uma grande proeza, fez seu primeiro vôo antes do Gripen NG hahahaha. Acho que o projeto do Gripen de 5ª geração ainda vai fazer a Saab jogar o projeto do Gripen NG no lixo, pois nem o próprio governo sueco o quer, já perdeu concorrência na Dinamarca e Noruega, com certeza vai perder a concorrência na Índia, e com o novo acordo entre Brasil e E.U.A a concorrência… Read more »

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

O NG já era e se vocês observarem quem encomendou este projeto vocês irão ver que o Governo sueco tem mais comprometimento com este projeto que com o NG…

Valeria a pena o NG se ele já estivesse atrelado a este projeto.

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

A deriva dupla se deve ao fato de que com “2” derivas pequenas (mais baixas) se consegue o efeito de “1” deriva (mais alta), que sendo única precisa ser mais alta para conseguir a estabilidade desejada, sendo a deriva mais alta, o RCS acaba sendo maior.

Lanterna Verde
Visitante
Lanterna Verde

Caríssimo amigo Gutex.

Gostaria de lembrar a vossa pessoa, que não mencionei em momento algum que o Brasil tem capacidade para produção de aeronaves “invisíveis”, em momento algum mencionei que os americanos não sabem como desenvolver aeronaves de caça, apenas mencionei que a Saab não tem a capacidade de desenvolver aeronaves stealth, e que ao contrário do que ela diz, o Gripen NG não é um caça totalmente novo, ele é uma evolução de um outro avião, entendeu agora SR??
E da próxima vez, veja se aprenda a ler interpretar as coisas antes de falar besteiras como você fez.
Abraço.

Vader
Visitante
Vader

Lanterna Verde disse: 16 de abril de 2010 às 14:15 Caro, porque vc acha que a SAAB não teria essa capacidade se até os russos, quebrados do jeito que estão, tem (embora em parceria com a Índia)? Se até a Dassault, afundada até o pescoço em dívida, terá (em 2030) porque a SAAB não terá? Se até chineses, japoneses e sul-coreanos estão fazendo seus projetos, porque não a Suécia? Se os Estados Unidos, com toda a crise que dizem alguns estar apenas se aprofundando, está no desenvolvimento de sua 4a aeronave stealth (operacional), porque a SAAB não? Enfim, o amigo… Read more »

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

Pergunta: Qual seria turbina usada nesse novo gripen?
Faço essa pergunta porque provavelmente o peso do avião subirá em relação ao gripen NG, pelo fato de ser um projeto com desenho stealth que acaba pesand mais a aeronave além de esse modelo me parece ser maior que o NG(apesar do protótipo ser ,minúculo,rs).
Então qual seria a turbina usada? Uma F-114 anabolisada?

Giordani RS
Visitante
Giordani RS

Peraí! Então a suécia partiria do JAS-39 direto para um modelo stealth? Sem passar pelo NG? Hummm…

Fsinzato
Visitante
Fsinzato

Papai Noel,

Eu juro que fui um bom menino, tratei todos meus negócios da forma mais transparente possível, não roubei, não desviei, não acobertei, não trai meus parceiros, cumpri todos os meus deveres como cidadão e também não faço mais pipi na cama. Enfim, fui um bom menino.

Antes de vir em casa, faz uma escala nesta universidade Sueca aproveitando que já é caminho.

Atenciosamente

Barca
Visitante
Barca

Esse caça é o que deveria ter sido oferecido ao Brasil,pois já existe,e o Gripen NG,rsrsrsrs,esse gripen ng é uma comédia,o demonstrador de uma geração superior já existe e o caça da geração anterior que é oferecido para os trouxas não existe…..rsrsrsrsr

RSRSRSRSR

drengair
Visitante
drengair

E o Brasil cada vez mais ficando para trás!!! Companheiros e companheiras, nunca na história deste país, perdemos tantas oportunidades.
Abraços.

REGINATO
Visitante
REGINATO

Pelo menos o Grande ABC (SCANIA) sim… o jogo político daqui tá firme.

Pefeito na Suécia
http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=19755

Sindicato apoia
http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4365049-EI306,00-Metalurgicos+apoiam+compra+de+cacas+suecos+pelo+Brasil.html

Prefeito
http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=19939

Eu como de SBC, torço pelos suecos, política é política.

E fica a pergunta: se levarmos em conta todos os fatores, qual seria a mehor compra? Porque afinal, a FAB é umas das últimas na escala de precedências. (forte hein)

flw
Reginato

rogerio
Visitante

Fabio Mayer não adianta esse pais e perda de tempo eu se tivesse 1 milhão pelo menos comparados aos politicos que tem 10 milhão e mais sairia daqui um pais corrupto,epidemico,com assaltos e nada se cobra e nada se faz e uma angola de tamanho maior

Alex Nogueira
Visitante
Alex Nogueira

O Gripen de 5º geração seria mais interessante do que o PAK-FA, em relação a manutenção e custo de voo. Se o Brasil optar pelo Gripen NG e quase que certo que a Suécia vai tentar dividir os custos de produção do Gripen 5º com o Brasil. Seria uma solução ótima do ponto de vista custo x beneficio, e com a ajuda da EMBRAER certamente seria outro sucesso comercial.

Edmar
Visitante
Edmar

Caros Amigos.:

Um “Saab Gripen” de 5 Geração?
Muito bom…
Os Suécos estão saindo na frente dos Franceses…

Com certesa este avião de 5 Geração certamente vai ter custo menor e manutenção barata, como os “Saab Gripen” de 4 e meia Geração.

Se o Brasil não quer participar no “PAK FA” dos Russos, ai então, uma outra opção.

Abraços.

Edmar
Visitante
Edmar

Caros Amigos.:

Os Suécos são conhecidos por manter sua palavra até o fim e acho que se o Brasil vai investir muito dinheiro, então, porque não investir no “Saab Gripen” de 5 Geração?

Ai esta uma boa opção.

Tecnocop
Visitante
Tecnocop

Modelinho ´´nervoso“ esse daí, bem interessante.

Rodrigo Cesarini
Visitante
Rodrigo Cesarini

Mateus Lobo, não existe essa correlação entre ser mais furtivo x mais pesado; inclusive pode ser o contrário, pois o uso de materiais compostos na estrutura diminuiria o peso.

[]s

Mateus Lobo
Visitante
Mateus Lobo

Rodrigo pode ter sido nobisse da minha parte, mas suponha que você tornará o f-18 em um stealth (quem dera)mantendo o máximo possível o estrutura original,o avião provalvelmente terá um aumento de peso se for usado os mesmos materiais, isso deve-se ao fato do desenho facetado.
Mas realmente não existe uma relação ao pé da letra “mais furtivo x mais pesado” , se não o F-22 seria muito mais pesado que o F-15.

bruno luiz
Visitante
bruno luiz

Alguém aí trabalha no ITA, CTA da via aí pra me explicar se pelo menos temos algum projeto? Mesmo que só no PC?
Caramba pessoal, nem projeto nós temos?
Que VEGONHA!!!!!!

Galileu
Visitante
Galileu

Rodrigo Cesarini, me fala de uma aeronave ou blindado ou navio que teve um up ou evoluiu para um novo modelo, que tenha diminuido o peso?? me refiro a um modelo de mesma classe e não de classe diferente.

Não há, a eng. ainda não aprendeu, melhorar o poder de fogo, blindagem e etc sem aumentar o peso, material composto ajuda mas no fim sempre hávera maior peso que o inicial.

Galileu
Visitante
Galileu

Gostei do desenho, só achei a entrada de ar no de sempre…..deviam modificala um pouco

Ilya Ehrenburg
Visitante
Ilya Ehrenburg

Primeiro um caça inexistente, agora um aeromodelo. Esta é a SAAB que conheço…

jomado
Visitante
jomado

…CARO SR. Ilya Ehrenburg disse:
….A “DASSAULT” também tem um, aero modelo chamado “projeto neuron”….!

jomado
Visitante
jomado

FX-2: Dassault não honrou o compromisso, assumido com o governo brasileiro pelo Presidente Sarkozy!

FENIX
Visitante
FENIX

Ilya Ehrenburg disse:
16 de abril de 2010 às 18:58

Venho percebendo nos seus comentários que voce ama a DASSAULT e que diz de forma irônica “essa é a SAAB que eu conheço”.
CONHECE NADA… senão não falaria essa asneira impregnada de ranço governista populista.

Diga antes de mais nada qual caça nós construimos aqui na terra brasilis?

Antes de desmereçer o trabalho e o conhecimentos dos outros, devemos olhar pro próprio umbigo.

RIDICULA SUA OBSERVAÇÃO.

Matheusts
Visitante
Matheusts

Ilya Ehrenburg todo avião começa no papel.
aeromodelo melhor do qe papel…
e outra como você não sabe se ele ta la na suecia pronto???

jomado
Visitante
jomado

Matheusts disse:
16 de abril de 2010 às 19:45

Ilya Ehrenburg todo avião começa no papel.
aeromodelo melhor do qe papel…
e outra como você não sabe se ele ta la na suecia pronto???

…deixa ele Matheusts, certamente ele acha que avião já nasce pronto que nem “JACA” na feira, ou que dinheiro dá que nem “JACA ” em árvore …!

Robson Br
Visitante
Robson Br

Se até hoje não conseguiram fazer o tal de gripen NG, imagina só fazer um caça stealth (furtiva). Produzir um verdadeiro caça de 5ª geração é começar do zero. O F-22 é a evolução de vários conceitos como os F-117. Tudo é novo. As dificuldades encontradas pelo F-35 reflete bem isso. Desde a parte mecânica, até a eletrônica/ sistemas são desenvolvimentos novos. Não adianta pegar um caça básico como o SU-27 ou o Gripen e fazer modificações na fuselagem e falar que é stealth. Caça furtivo é muito mais que isso. E o motor? Vai usar o mesmo do F-22?… Read more »

Ilya Ehrenburg
Visitante
Ilya Ehrenburg

Parece que eu andei a irritar alguns…
Se os senhores, fossem visitantes regulares dos fóruns militares brasileiros e estrangeiros, entenderiam o motivo do meu suave sarcasmo em relação à SAAB.

Mas, parecem-me antes, crianças enfezadas, apaixonadas pela “pulga sueca”.

Enganam-se aqueles que acreditam que eu seja um defensor da Dassault. Fosse para defender algo, seria a adesão formal ao programa PAK-FA.

Em tempo: A “Jaca”, já enfrentou os outros postulantes da lista curta, humilhando-os em todas as ocasiões. Há várias imagens, do F-18E do Gripen-C, bem como do Typhoon, nos HUD dos Rafales presentes nos exercícios.
Basta entrar nos fóruns, para ver.

vplemes
Visitante

Se é para valer exercícios, então fale do “Rafale eater”, também conhecido por Phantom F-4E. Eles “humilharam” os rafales. Fala sério, querer comparar caças de primeira linha através de notinhas de blogs é piada. Se vamos falar de exercícios, vamos falar do único caça operacional que pode se gabar de ter “abatido” um F-22 (Com foto do hud), estou falando do Super Hornet. O que estes exercicios provam, M… nenhuma. Exercício é que nem amistoso, não prova nada.