terça-feira, junho 15, 2021

Gripen para o Brasil

Array

F-X2: quem caiu mais

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Número de perdas entre as aeronaves do “short list”



vinheta-especialA tabela abaixo apresenta todos os acidentes ocorridos com cada um dos modelos de aeronave que fazem parte da “short list” do programa F-X2 da FAB. Só foram incluídos os acidentes onde ocorreu perda total da aeronave.

Além do tipo de aeronave ainda são mostradas outras informações como a data, a matrícula da aeronave e o operador (clique na tabela para ampliar).

Em resumo, foram perdidos:

  • 4 Saab JAS 39 Gripen
  • 2 Boeing F/A-18E/F Super Hornet
  • 4 Dassault Rafale

acidentes

No entanto, deve-se destacar que esta conclusão simples possui pouco valor. A melhor forma de se comparar estes dados é relacionando o número de perdas por horas de voo, o que os pilotos militares chamam de taxa de atrito. Neste caso o Super Hornet ganha disparado, pois possui apenas duas perdas e um número gigantesco de horas voadas (muitas em combate).

FONTE/FOTO: Scramble.nl/USN

LEIA TAMBÉM:

- Advertisement -

67 Comments

Subscribe
Notify of
guest
67 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nadir

Ainda o pessoal acha que o F-18 não é a melhor opção? Só por ignorância ou antiamericanismo.
É o mais barato e o melhor multi-tarefas e com alta confiabilidade.
Só este bando de comunas no governo para não enxergar isto.

hms tireless

O Hornet Original já era dono das melhores marcas de disponibilidade e taxa de atrito da USN. Pelo visto o Super Hornet só as fez melhorar. Mesmo aqui no Brasil a taxa de atrito do F-5E Tiger sempre foi muito mais baixa que a do Mirage III. Quanto ao Rafale, manteve a tradição dos caças franceses em ter alta taxa de atrito.

JC

SH na cabeça!!!!

Felipe Cps

Impressionante. Isso porque tem trocentas unidades operacionais. E ainda tem gente que acha que é um caça de capacidade inferior.

Sds.

Giordani RS

Faltou o protótipo do Gripen que quase matou o piloto…ah, só para lembrar aos amigos, que a taxa de atrito das aeronaves(caças) da FAB é das menores do Mundo…claro, quase nao voam…

Francisco AMX

Só o que faltava um avião que vôa como um legítimo Boeing, cair mais que isso! rsrsrsr aliás ele é um Boeing! rsrsrsrs Sem brincadeiras, se tem coisa que um F-18SH é, além de muito bem armado, é confiável! acho que esta confiança se deve do modo/atitude de vôo e experiência que a Boeing tem neste quesito, e claro doutrina! piloto da USNAVY não extrapola sem necessidade! nunca vi um vídeo sequer deles voando como alucinados ou acrobáticos (até pq o F-18 não permite grandes exibições), como fazem os pilotos franceses e alguns brazucas aqui, e russos claro, a França…… Read more »

Francisco AMX

Já falei uma vez, mas esta foto é linda! fashion! rsrsrsrs

joao

Só porque o F-18, que tem, como bem colocou o Felipe Cps, “trocentas unidades operacionais”, realizando tarefas das mais diversas, dia e noite (noite só eles fazem), inclusive em combate, caiu apenas duas vezes contra 4 do Rafale e 4 do JAS, tem gente que acha o Super Hornet…

joao

E depois o Lula é que entende de avião.

Tales

E quantas horas de combate têm um Gripen NG???ehehhehe….

João Augusto

Pois é, Giordani, talvez a taxa de atrito não seja tão baixa. Podem ter ocorrido poucos acidentes, mas o número de horas de vôo é igualmente pequeno ou menor.
E também tem que se levar em conta o fato de que as manobras empreendidas pela FAB não são lá tão estafantes quanto o que nós vemos outros aviões de outras forças fazendo.
A menos que a FAB faça tudo em segredo, claro.

Francisco AMX

Amigos reparem uma coisa: como são divergentes os alinhamentos dos cabides das asas, uma com as outras e com a linha central do caça, do SH, isso gera um arrasto bastante grande não é? tenho quase certeza que sim… tudo no mesmo eixo… seria as entradas de ar responsáveis por amenizar tal efeito, tomando a ar na admissão dos tanques? não acho, além do mais os 4 cabides externos estão desalinhados tb, acho questas divergências são para compensar algo… tipo vai estragar um pouco nisso (RCS) mas vai amenizar na estabilidade dele carregado… coisa deste tipo… para mim revela uma… Read more »

humberto

Bom senhores, Eu sou um fã do F-18 e acho esta história da quase compra do Brasil do Rafale muitissimo mal contado, mas creio que a quantidade de Rafales perdidos (ou do Grippen) meio que se explica pelo pouco tempo de uso, um novo vetor, necessita de refinamentos, um periodo de aprendizado (ou adaptação) poie ele é um avião muito mais moderno que o anterior. Não é porque o Rafale e o Gippen possuem o dobro de acidentes (mesmo voando beeemmm menos) que os mesmos estejam com problema. No mais, creio que os F-18 estão sendo usados mais nos PA,… Read more »

Felipe Cps

joao em 22 jan, 2010 às 13:01:

Ah João, bem lembrado, esqueci que a US Navy é a única marinha do mundo que faz comumente exercícios de pousos e decolagens em Porta-Aviões à noite. E qual é a aeronave utilizada (entre outras)?

Pois é… 🙂

Sds.

Tales

Francisco AMX em 22 jan, 2010 às 13:11

bem observado. È oque eu vivo dizendo: o design básico do SH é o mesmo do Hornet, só que numa escala maior…
Ou seja, é um caça com um desenhos dos anos 70!!!
O do Rafale e do NG pelo menos remontam aos anos 80!

Felipe Cps

Francisco AMX em 22 jan, 2010 às 13:11:

“para mim revela uma coisa, que o F-18 não foi pensado como caça de defesa aerea e sim um caça bombardeiro, e isso continuou com o F-18SH”

Chicão, convenhamos, a menos que vc tenha um túnel de vento em sua gráfica (rsrs), isso é a mais pura especulação sua. 🙂 Até porque a ausência de ângulos retos nos cabidos, até onde entendo, geraria diminuição de RCS e não o contrário.

Abs.

Chacal2011

Agora sabe qual o maior interesse dos americanos em fazer negócio com o Brasil,não é a venda $$,tão pouco trabalhar em projetos futuros eles não precisam de ajuda para nada disso do Brasil,pelo menos agora.
O maior interesse é complicar a vida da Dassault,o fato do Brasil não fechar com frança,complicaria muito as chances de exportação desse vetor,consequentemente aumentaria mais o poder de venda de vetores americanos,afinal não facilitar pra ninguem é política dos EUA.

Nélio

Calma galera, estão todos muitos nervosos com essa história…

Vocês tem que ver o melhor custo benefício, o Rafale vem de fabrica com vidro, trava, ar-condicionado e rodas de liga. Além do exclusivo sistema de som integrado com comando de voz.

Quer coisa mais bonita???

Rs…

Só para descontrair um pouco!

Fernando "Nunão" De Martini

Felipe e Francisco,

Aguardem para muito em breve uma matéria que, por coincidência, trata desse entre diversos outros assuntos relacionados à aeronave de que estão falando. Já está no forno, à la Poggio.

Felipe Cps

Ora, pois aguardemos Mestre Poggio entonces… 🙂

Abs.

Giordani RS

Prezado Francisco AMX,
No youtube tem vários vídeos de “aviadores” navais extrapolando as asas, principalmente com o saudoso F-14 Tom Cat…

Vou lançar um desafio aqui; O Avião mais lindo(que entrou em operação) da História é o Saab J-35 Drakken. Alguém discorda?

Felipe Cps

Giordani RS em 22 jan, 2010 às 13:57

“Vou lançar um desafio aqui; O Avião mais lindo(que entrou em operação) da História é o Saab J-35 Drakken. Alguém discorda?”

Hehehe, concordo 1000% meu caro. Só fico um pouco enciumado, porque achava que era o único que pensava assim até hoje. 🙂

Abs.

JC

Esse drakken pra mim um dos mais…..FEIOS que a humanidade criou.
Caça mais bonito entre o MiG 29, F14 e F15.
E mulher a alessandra ambrosio, sem duvida, pouco a frente da kate beckinsale.

JC

O modelo de beleza pro Felipe CPS esta entre a Dilma e a Ideli. Assume ai, mano 😉

RH-MG

Que venha o F18, chega de queijo, vamos dividr os ovos.

36 F18
60 F35

[]

RH

Felipe Cps

JC em 22 jan, 2010 às 14:10:

JC, hahaha, vc sabe o que tem entre a Dilma e a Ideli?

COMENTÁRIO EDITADO

Cruz em credo… 🙂

JC

O SH nao tem podres. E se falar que tem recebe visita de um negrao da CIA……….

Felipe Cps

Ah, me editaram, rsrs… Tava legalzinho e nem tinha palavrão pô!!! 🙂

Beretta

Compra de prateleira?Dispenso!Próximo!

Gripadinho ou Rafaleco(para agradar os 2 lados) que venham!

LBacelar

Negrão da CIA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Pessoal do blog vcs pegaram pesado com essa matéria, ta parecendo encheção de linguiça!

P.S.: Tenho uma sugestão para uma matéria, os números dos três concorrentes (incluindo todas as versões) que já foram derrubados por MIG-25 KKKKKKKKKK

Pedro Rocha

Olá senhores! Agradeço aos senhores gestores do blog por manter aberto nosso fórum! Senhores a ciência dos números por mais que seja exata nem sempre é perfeita! Principalmente os números estatísticos! A grosso modo a perda dos dois Rafale navais contribuiu com 50% da taxa de atrito do mesmo! Todos sabem que foi uma colisão aérea e o avião não teve culpa alguma com isso! Se analisarmos friamente dos três candidatos que participam do FX 2 (NG, F3 e E/F) o que tem a pior taxa de atrito é justamente o Super Hornet, pois o Gripen NG de produção ainda… Read more »

Tales

RH-MG em 22 jan, 2010 às 14:12

acredito mais em:
36 Rafale F-3
80 PAK-FA

jsilva

“Vou lançar um desafio aqui; O Avião mais lindo(que entrou em operação) da História é o Saab J-35 Drakken. Alguém discorda?”

Senhores descupem discordar, mas não existiu nada mais bonito do que o F-14 até hoje. Estou demorando muito pra me acostumar à aerodinâmica da 5ª geração, parecem mais naves espaciais(assim como o Drakken) do que caças.

Fábio Mayer

O avião mais lindo foi o Constellation.

O avião de caça mais lindo, o Mig-29 ou o F-14.

Francisco AMX

Felipe, tu não entendeu? eu estava falando de vortices gerados pelo arrasto dos cabide e dos que ele carrega estarem em ângulo diferente do eixo do avião! não consegue ver isso? olhe o caça que está mostrando a barrigona! mesmo assim leia denovo: “como são divergentes os alinhamentos dos cabides das asas, uma com as outras e com a linha central do caça, do SH, isso gera um arrasto bastante grande não é? tenho quase certeza que sim… tudo no mesmo eixo…” Não estou falando de reflexão ao radar e sim de arrasto! entendeu ou quer que desenhe!? rsrsrsrs vou… Read more »

Francisco AMX

Beauty class:

pré-jato – Hawker Sea-Fury
1 geração – F-82 Sabre
2 geração – Mig-21
3 geração – F-4E
3,5 gera – F-14D
4 geração – F-16B40, Mig-29SM e SU-27K
4,5 gera – Rafale F-3
5 gera – F-22

Tales

Francisco AMX em 22 jan, 2010 às 16:16

Concordo com quase todas as tuas indicações, à exceção de três:

pré-jato: North American P-51 D “Mustang” – e na boa meu véio, de lavada…ehehehehe

1ª geração: Messerschmitt Me-262 “Stürmvogel” (1º avião a usar titânio na sua estrutura, asa em delta, colocação da turbinas embaixo das asas, como nos modernos avões a jato comerciais, etc… totalmente UP to date, de vanguarda, cujo projeto é datado de 1939!!! Acho que não tem maior exemplo de elogio para a aerodinâmica alemã da II GM….)

3,5 geração: McDonnel Douglas F-15 “Eagle”

grifo

“O avião mais lindo foi o Constellation.”

Sem dúvida, matou a pau.

Tales

Fábio Mayer em 22 jan, 2010 às 16:07

“O avião mais lindo foi o Constellation.”

Tbm acho que era um dos mais bonitos.
Mas, avião comercial por avião comercial, sou mais o Concorde…

Felipe Cps

Francisco AMX em 22 jan, 2010 às 16:09: Chicão, entendi muito bem da primeira vez, e reafirmo que você está especulando sobre uma coisa a qual você não tem idéia. No mais, pode especular à vontade (eu deixo, rsrs) mas o fato de eu também especular não faz com que a sua especulação deixe de ser apenas e exatamente isso: especulação. Resumidamente você disse que o SH é um projeto velho porque a posição assimétrica de seus tanques sub-alares e armas em relação ao eixo central da aeronave geraria arrasto, e que isso prova a velhice do projeto e a… Read more »

Tales

Felipe: embora eu não seja um especialista, já li uns três livros sobre aerodinâmica de aeronaves, incluindo aerodinâmica de alta velocidade, e posso te assegurar que o Chico AMX está CERTO ao afirmar que o fato de determinados elementos não serem colocados em alinhamento com o eixo da aeronave, AUMENTA O ARRASTO. Isso porque a fórmula para cálculo do arrasto aerodinâmico (não me lembro totalmente dela agora e estou no trabalho, mas, se tu quiser a saber, posso pesquisá-la nos meus livros, quando eu chegar em casa) é dada em função da área frontal de determinado objeto, multiplicada por outros… Read more »

Bosco

Boa discussão.
Acho que a observação do Felipe tem fundamento. Na verdade apostaria todas as minha fichas nela. rsrs

Bosco

Tales,
não sei se você viu mas depois do seu comentário no post “O Brasil vai pagar Mica?” houve mais comentários interessantes tanto de minha parte como de outros.
Se puder passa lá.

Francisco AMX

Felipe, não coloque palavras na minha boca, quem está propositadamente agindo de má-fé é o amigo, neste caso. Vou colar o que escrevi inicialmente q quero que o amigo me mostre onde relacionei sobre angulações e idade de projeto? onde está? “Amigos reparem uma coisa: como são divergentes os alinhamentos dos cabides das asas, uma com as outras e com a linha central do caça, do SH, isso gera um arrasto bastante grande não é? tenho quase certeza que sim… tudo no mesmo eixo… seria as entradas de ar responsáveis por amenizar tal efeito, tomando a ar na admissão dos… Read more »

Francisco AMX

Continuando… Quando tu te “apega” (costum eteu aliás) aos engenheiros da Boeing/USNAVY para dizer que eles não se aperceberam disso, mais uma vez prova que tu nem lê meu post direito… se estou falando algo de ruim do SH tu já fecha os punhos e vem para “briga”, só que teu carrinho passou longe da bola! leia direito meu jovem! rsrsrssr “acho que estas divergências são para compensar algo” Claro que eu sei que eles percebem e sabem dos defeitos, este são conhecidos como compensatórios! tem um problema? sim? dá para resolver 100%? não! então vamos fazer o melhor possível!… Read more »

Francisco AMX

Bosco, o que tu acha que o post do Felipe tem fundamento? pois ele falou várias coisas, desde me qualificar como especulador de má-fé, dizer que eu falei o que eu não falei, contestar baseado nos “engenheiros” e por aí vai… qual deles tem fundamento? Eu realmente não tenho tunel de vento aqui na gráfica, mas sou “inteligente” o bastante para saber, quando coloco a mão para fora da janela do meu carro, o que vai acontecer com ela se eu angula-la diferente do eixo do carro… aumento o arrasto! Ah! já sei! descobri mais um ponto fraco do SH,… Read more »

Felipe Cps

Tales em 22 jan, 2010 às 18:32: Tales (nossa, enfim uma boa discussão, rsrs), o que eu disse foi exatamente isso: pode ser que gere mais arrasto, mas pode ser também irrisório e pode também ser uma solução de compromisso, como vc bem lembrou. E como vc bem disse, “não dá para afirmar CATEGORICAMENTE que se prejudica o desempenho aerodinâmico é um projeto velho”. É só isso que eu disse. E que qualquer coisa fora disso é especulação, pois não temos como provar nada. Mas me parece pouco crível que a Boeing não soubesse disso quando fez o avião, ainda… Read more »

Tales

Bosco em 22 jan, 2010 às 18:45

Ok, Bosco.
Vou dar uma olhada lá nos comentários mais tarde.
Abraço

Tales

Felipe: bem, pensando um pouco melhor, dependendo do ângulo pelo qual se vê as entradas de ar do SH, dá mesmo para caracterizá-las como sendo um formato de losango… Até onde sei, a mudança de formato das entradas de ar promovidas do Hornet para o Super Hornet, se deu para atender o requisito de um maior volume de admissão de ar, pois o motor do SH é mais potente e precisa de mais ar., Mas não sei se eles conseguiram melhorar o RCS. De qualquer forma, este depende não só da forma, mas também dos materiais. E, nesse caso, é… Read more »

Reportagens especiais

Viggen, I’m your son! – parte 2

Em 3 de junho de 1992, o Parlamento Sueco concedeu à FMV a aprovação para a encomenda do segundo...
- Advertisement -
- Advertisement -