A longa e difícil jornada de um C-130 português ao Haiti

    284
    0

    ajuda portuguesa C-130 Haiti - imagem vídeo RTP via FAP

    O texto abaixo é de uma matéria publicada em 18 de janeiro no site da Força Aérea Portuguesa, com o título “C130 Hercules no apoio ao Haiti”

    A Força Aérea Portuguesa aprontou uma aeronave C130 HERCULES para dar apoio à missão de ajuda à população do Haiti, após o trágico acontecimento do dia 12 de Janeiro.

    No dia 15 de Janeiro, a aeronave embarcou, no Aeródromo de Transito Nº1, Figo Maduro, carga de ajuda humanitária e passageiros da Protecção Civil, AMI e INEM, assim como alguns órgãos de comunicação social, descolando às 17H25 rumo a Cabo Verde, onde faria a primeira escala técnica da missão.

    Cerca de três horas após a descolagem, uma das bombas de combustível começou a apresentar sinais de mau funcionamento, pelo que o Comandante de bordo decidiu regressar a Portugal para reparar a avaria que, não sendo grave, poderia tornar-se séria e de difícil resolução no destino da missão.

    A aeronave aterrou na Base Aérea do Montijo, no dia 15 de Janeiro, às 23H10. A avaria foi reparada durante a noite e a aeronave estava pronta para descolar no dia seguinte.

    No dia 16 de Janeiro, o C130 HERCULES descolou da Base Aérea do Montijo às 12H30, rumo ao Aeroporto Amílcar Cabral, na Ilha do Sal, Cabo Verde, onde aterrou às 19H00. Reabasteceu e voltou a descolar às 21H00 do mesmo dia para o Aeroporto de Grantley Adams, em Barbados, onde aterrou 05H10 do dia 17 de Janeiro.

    Neste mesmo dia, após descanso da tripulação e recepção das autorizações para aterrar em Port-au-Prince, o C130 descolou de Barbados para o Haiti às 21H10. Aterrou em Port-au-Prince às 01H30, do dia 18 de Janeiro.

    Devido à elevada concentração de meios aéreos no local, o parqueamento de aeronaves exige uma permanência no local, o mais curta possível, pelo que o C130 desembarcou os passageiros e a carga e voltou a descolar, desta feita rumo aos Estados Unidos da América, pelas 03H45.

    A aeronave aterrou na Base Aérea de MacDill, na Florida, às 07H05 do dia 18 de Janeiro, e aí permanecerá, aguardando instruções de Lisboa em relação às necessidades de apoio à missão nacional no Haiti.

    Obs.: Todas as horas apresentadas são horas de Lisboa.

    FONTE / FOTO: Força Aérea Portuguesa

    NOTA DO BLOG: a FAP acrescentou, ao final do informe reproduzido acima, vídeo da RTP com reportagem sobre a missão. Clique na imagem do alto da matéria para acessar o vídeo.

    Deixe um comentário

    avatar
      Subscribe  
    Notify of