sábado, maio 15, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Balanço das Operações da Missão Haiti

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Hoje (16/1), a Força Aérea Brasileira iniciou a instalação do Hospital de Campanha da Aeronáutica (HCAMP). As três aeronaves C-130 Hércules que estavam na República Dominicana pousaram em Porto Príncipe durante a madrugada levando a equipe médica e os suprimentos para o Hospital.

Dos dois aviões que estavam em Boa Vista, um pousou no Haiti às 17h30, horário de Brasília, levando 12 toneladas suprimentos para os militares e o segundo está na República Dominicana carregado com 15 t de água, alimentos e equipamentos de comunicação. Três técnicos da Força Aérea também estão a bordo e vão estabelecer uma rede via satélite para acesso à internet e comunicações militares.

Às 13h25, decolou da Base Aérea do Galeão um Boeing 707 da FAB com militares da Força Aérea e do Exército, pessoal do Ministério de Relações Exteriores, dez técnicos em telefonia, suprimentos e dezoito urnas funerárias, totalizando 21 passageiros e 16 toneladas de carga. A aeronave ainda não pousou em Porto Príncipe e não há previsão de retorno para o Brasil com os corpos dos militares do Exército que faleceram no terremoto.

Mais um C-130 Hércules decolou do Galeão às 17h50 com 12,5t de suprimentos e alimentos. A aeronave segue para uma escala em Boa Vista.

Até o momento, a Força Aérea Brasileira já lançou dez missões de apoio às vítimas do terremoto no Haiti. Desde a última quarta-feira, mais de 100 toneladas de água, alimentos, remédios, material de resgate e equipamentos para a instalação do Hospital de Campanha já foram enviados para Porto Príncipe.

Hospital de Campanha

O Hospital de Campanha (HCAMP) da Força Aérea Brasileira está sendo instalado em uma área ao lado da base brasileira General Bacelar, na capital haitiana. O espaço fica no bairro de Tabarre, a 10 quilômetros do Centro da capital. O HCAMP atenderá urgências e emergências, com capacidade de realizar cirurgias e de socorrer pacientes graves. O HCAMP possui equipamentos médicos capazes, por exemplo, de obter o resultado de um hemograma em menos de dois minutos.

FONTE: FAB

- Advertisement -

3 Comments

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bronco

A FAB, com todas as dificuldades e contingências, está fazendo a parte dela de forma magistral. Aliás, não sei se todos aqui perceberam, mas a exposição da FAB na mídia aumentou do ano passado pra cá com as missões de ajuda humanitária, nos episódios de resgate de brasileiros em regiões de conflito no exterior. Acho bom. Acho muito bom, aliás. Pois com esta celeuma de FX-2, aos leigos parecia que a FAB não servia pra nada a não ser gastar recursos da união. Sei que os homens da FAB se preocupam única e exclusivamente em cumprir sua missão, mas espero… Read more »

Bronco

Concluindo:

É claro que tenho severas críticas à maneira como foram planejadas as missões e como foram amontoando pessoal e equipamentos em vôos distintos sem sequer saber se consequiriam pousar lá.

Em tempos de “guerra”, num país completamente destruído, confiaram na infra-estrutura de lá para reabastecer as tropas brasileiras e levar ajuda humanitária.

Claro que não é culpa dos pilotos, as de quem planejou as missões e as fez sem definir uma simples estratégia sequer.

De resto, os homens da FAB estão fazendo sua parte.

viniciusmodolo

Agora ha pouco estava a ouvir a fonia do galeão e estava na final o Gordo 70. Alguém sabe se ele tava lá no Haiti? pouco antes pousou o Condor 23

Reportagens especiais

Infográfico: Caças a jato dos Estados Unidos da América – 1945 a 2015

Os aviões de combate dos Estados Unidos da América continuam na liderança tecnológica No infográfico de autoria de u/numante, podemos relembrar...
- Advertisement -
- Advertisement -