RAAF: o ‘porco’ mostra sua força…

    493
    17

    F111- australiano max enflexamento - foto RAAF

    F111- australiano max enflexamento - foto 2 RAAF

    …e a ‘vespa’ mostra seus ferrões.

    Hornet australiano com mísseis - foto RAAF

    Hornet australiano com mísseis - foto 2 RAAF

    Para os fãs dessas aeronaves nas cores da RAAF – Royal Australian Air Force (Real Força Aérea Australiana), o site daquela força disponibiliza belos “papéis de parede”, alguns dos quais podem ser vistos nas fotos desta matéria.

    Para os que estranharam os nomes, o F-111 tem o afetuoso apelido de “porco” devido à sua capacidade de “caçar  à noite fuçando rente ao mato”, graças ao acompanhamento do terreno pelo radar. Já o nome do F/A 18 “Hornet” pode ser traduzido como vespa, ou vespão, embora o aumentativo seja mais apropriado hoje a seu sucessor, o Super Hornet.

    E falando em sucessor, mas prosseguindo nos apelidos, as fotos de cima já estão virando história e as de baixo também deverão começar a virar,  com os planos em andamento da RAAF de substituir o “porco” pelo “vespão” e, iniciando na próxima década, a “vespa” por um tal de  “relâmpago 2”, que apesar do fulminante apelido está um tanto atrasado. E, conforme a intensidade desse relâmpago se comprovar e os recursos da RAAF aguentarem seu considerável choque, ele também deverá queimar a “super vespa”, numa futura descarga.

    FOTOS: RAAF

    Subscribe
    Notify of
    guest
    17 Comentários
    oldest
    newest most voted
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Bosco
    Bosco
    11 anos atrás

    Bem lembrado o radar de seguimento do terreno do F-111 que ficava abaixo do radar de ataque. A semelhança do Tornado IDS vale lembrar. Coisa do passado já que agora, com os radares de varredura eletrônica, não é mais necessária a separação física dos radares para fazer o serviço. Se bem que existem outros métodos mais eficientes de permanecer colado ao solo do que os que usam um radar e a bem da verdade, a tática de usar o mascaramento do terreno já não é mais eficaz na maioria dos cenários, principalmente tendo em vista os caças e os aviões… Read more »

    casag
    casag
    11 anos atrás

    Estes porcos na verdade são selvagens e muito ariscos.
    Os que soltaram no Vietnan estão esperando voltarem até agora…
    Voar colado ao chão é um fio de navalha.

    Bosco
    Bosco
    11 anos atrás

    Interessante o armamento do F-18 da terceira foto. 6 ASRAAMs e 6 AMRAAMs.

    Felipe Cps
    Felipe Cps
    11 anos atrás

    Bosco, ajudae: contei 4 AIM-120 AMRAAMs nos cabides duplos interiores, 4 ASRAAMs nos cabides duplos exteriores, mas o míssel da ponta das asas não me parece nem um nem outro (não parece ASRAAM pois tem uma só faixa cinza e tb parece menor).

    Confere ou falei bobagem? 🙂

    Abs.

    Felipe Cps
    Felipe Cps
    11 anos atrás

    Que coisa linda esse F-111. Parece um “Tornadão”… 🙂 E o “vespinha” não deixa de ter seu charme tb. Feliz a Austrália…

    Sds.

    Dalton
    Dalton
    11 anos atrás

    Oi Felipe…

    enquanto o Bosco não volta…acho que posso ajuda-lo. Vc não contou com os 2 que estáo sendo levados ventralmente, um de cada lado.

    quanto aos asraam, são identicos, apenas as tais faixas cinzas perderam a tinta.

    sds

    Bosco
    Bosco
    11 anos atrás

    Felipe,
    pra mim é o ASRAAM nas pontas das asas.
    Você esqueceu de contar com os dois AMRAAMs sob a fuselagem ao lado do tanque ventral.

    Bosco
    Bosco
    11 anos atrás

    “Perderam a tinta foi boa”.rsr…
    Um abraço aos dois.

    Bosco
    Bosco
    11 anos atrás

    Boa Nunão.
    Nunca tinha me atentado ao fato relativo as faixas.

    Felipe Cps
    Felipe Cps
    11 anos atrás

    Valeu Dalton, Bosco e Nunão, é verdade, não tinha observado o AMRAAM no ventre. E realmente acontece de munição perder a cor indicativa (aqui no Brasil acontece muito, porque munição da DO dura 20 anos, rsrsrs).

    E Nunão: essa da cor azul eu já sabia, rsrsr, cansei de atirar granada de bocal azul no EB… E aqui no Aéreo cansei de ver nossos F-5, AMX, etc, “armado” com “mísseis” inteirinhos azuis… 🙂

    Abs.

    alfredo.araujo
    alfredo.araujo
    11 anos atrás

    Eu queria saber o pq dos F-111 sempre aparecerem soltando “fogo pelas ventas”…

    Felipe Cps
    Felipe Cps
    11 anos atrás

    Alfredo: na 2a imagem, salvo melhor juízo é “resto” de combustível que vazou do pós-combustor, em alguma retomada ou freada. Na 1a imagem é o pós-combustor acionado, apenas (esta aeronave, por ser mais antiga, não tinha a redução de assinatura IR que o F-22, por exemplo, tem).

    Me corrijam se disse bobagem, pls.

    Sds.

    Tomcat
    Tomcat
    11 anos atrás

    Felipão,

    Isso é uma fanfarronice que o F-111 permite fazer: “dump and burn fuel”. Como o duto de alijamento de combustível fica entre os bocais, se o piloto “abrir a torneira” e ligar o afterburner, esse é o resultado!

    Até agora, só vi essa manobra no ar. Não há registros de churrascos feitos desta forma! 🙂

    Abraços