segunda-feira, maio 17, 2021

Gripen para o Brasil

Array

O queridinho da Embraer

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

gripen-ng-4

Marcelo Onaga

vinheta-clippingA preferência da Embraer pelos caças suecos Gripen, tão criticada pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, não é nova. Há exatos dez anos, quando o governo do então presidente Fernando Henrique Cardoso abriu a concorrência para escolher o novo caça da Força Aérea Brasileira, a empresa produziu um relatório técnico a pedido da Aeronáutica apontando as qualidades e problemas dos concorrentes. O destaque foi o Gripen, que competia na época com os russos Mig e Sukhoi e com o francês Mirage 2000, da Dassault. Os americanos F-16 e F-18 eram carta fora do baralho porque o governo americano não permitia a transferência de tecnologia. Meses depois, a Embraer firmou uma sociedade com um consórcio formado pelas francesas Thales, Dassault e Snecma. Naquela ocasião, os concorrentes fecharam parcerias com empresas locais. Obviamente a escolhida da Dassault foi a Embraer. E a preferência da Embraer passou a ser os Mirage 2000.

O governo mudou, a concorrência foi adiada e agora, dez anos depois e já sem os franceses na sociedade, a Embraer volta a preferir os Gripen. Ao contrário do que pensa Jobim, um declarado defensor dos Rafale da Dassault, a Embraer tem motivos para opinar sobre qual caça ela prefere. Pelo que prevê o edital de concorrência, seja quem for o vencedor ele terá de firmar uma parceria com a Embraer para transferência de tecnologia. Não bastasse esse motivo, a Dassault é uma rival importante da Embraer no mercado mundial de aviação executiva. Hoje cambaleante, graças à crise mundial, a Dassault depende dos bilhões de dólares que o governo brasileiro pode pagar pelos Rafale para se reerguer. Colaborar com a recuperação da companhia francesa não vai ajudar os milhares de brasileiros que foram demitidos pela Embraer no início do ano a reaver seus empregos.

Já a Força Aérea Brasileira tem opiniões divididas. Os pilotos, que gostam de aviões possantes, grandes e bem-sucedidos em operações de combate preferem os F-18 da Boeing. Já o comando da Aeronáutica tem dito em conversas reservadas que prefere os Gripen. Os Rafale só encontram o apoio de Lula e Jobim. Mas talvez seja o deles que importa.

FONTE: Portal Exame

LEIA TAMBÉM:

- Advertisement -

76 Comments

Subscribe
Notify of
guest
76 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lula

Embraer diz em comunicado que não participa da seleção do novo caça da FAB Projeto F-X2 Escrito por Defesa Brasil Ter, 29 de Setembro de 2009 18:00 Empresa reafirma apoio ao Comando da Aeronáutica e ao Ministério da Defesa. Da Redação A Embraer afirmou em comunicado divulgado no final da tarde que não participa do processo seletivo do Projeto F-X2 da FAB e que reitera “seu incondicional apoio” e “estreito alinhamento com o Comando da Aeronáutica e o Ministério da Defesa”. A empresa disse também que, “diferente do publicado, não tem preferência por nenhuma das propostas encaminhadas”. A Embraer foi… Read more »

Marcus

A Dassault é dona de 23% da Embraer…

Fábio Mayer

Bem, eu sou da modesta opinião que se até agora Jobim e Lula não bateram o martelo, é porque o Gripen e o SH estão no páreo, apesar da preferência velada pelo Rafale.

A Embraer não apita em nada, penso que a decisão se dará por motivos políticos aliados a uma oferta financeira. Se a oferta financeira dos EUA ou da Suécia for MUITO melhor que a francesa, o Rafale pode perder ainda.

Marcelo Tadeu

“o Rafale só encontra apoio do Jobim e de Lula”. Conversei com alguns pilotos e entre eles tinham os que torcem pelo Rafale. portanto , esta tudo empatado.

Harry

Caros Mais um confuso jornalista (com intenção de conturbar) afinal ele diz:”A preferência da Embraer pelos caças suecos Gripen, tão criticada pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, não é nova” Ora, é nova, já que no FX a preferencia da Embraer era o Mirage, porque no final foi essa sua escolha. SE a Embraer queria no FX fazer parceria, hoje só não faz porque não lhe parece mais interessante depois qe o governo os enquadrou e tiveram que pulverizar as ações e os franceses não achando mais vantajoso cairam fora vendendo a grande parte das ações. Demonstra claramente que o… Read more »

R. Delilian

Sim….
Provavelmente um dos dois vetores que irão entrar em serviço da nossa força area…
Ele e provavelmente o F18
e o Lula dando boas desculpas a frança…

Gunter

Esta na hora da decisão ser tomada, para acabar de vez com esta palhaçada, a cada dia um jornaleco ou revista, passa uma informação diferente. Os jornalistas, imagino eu, sabedores da qualidade superior do Rafale e da preferência do governo, “jogam” como sempre fizeram, de maneira rasteira publicam o que num futuro próximo, com a escolha do Rafale, será material e justificativa para atacar o governo. Nossa mídia não tem jeito.

FN

outra piado do blog kkkkkkkk

“Os Rafale só encontram o apoio de Lula e Jobim. Mas talvez seja o deles que importa.”

e de quem mais, se não do presidente?

Marco Antonio Lins

Sinto em ouvir isto!

Não acredito que piloto de caça, no teatro de hoje venha preferir,
vetor monomotor. Estão pessando que video game? Emfrentar por hipotese um Sukhoi 35, ate mesmo um F-5.

Francisco AMX

Que bobagem, que matéria tendenciosa e conturbadora!

A EMBRAER só vê negócios! é o papel dela! nem discutamos isso!

Agora o cara dizer que a EMBRAER preferia o Gripen no FX-1!… piadinha danada! tão querendo apagar o rastro da decisão antiga para fazer um novo, em outra direção, e assim legitimar esta posição atual!
A EMBRAER vendia o Mirage2000-mk5 e isso é o único fato comprovado! o reto é besteira! eu vi o Botelho defendendo o M2000 como o melhor para o Brasil, várias vezes…
NEGÓCIOS! só isso!

latino

qual o problema de ser monomotor ,,,o f 35 e monomotor e sera a espinha dorsal dos yankes ,,,

pra falar bem a verdade qualquer um dos 3 concorrentes que levar essa ja to feliz ,,ano que vem tem eleição ,,

Robson Br

Tenho certeza que tem muita gente a favor do Rafale, a prova disso é que em todas as enquetes de revistas e blogs o Rafale ganha.
Não tenho preferência, mas o Rafale deve ser o melhor, pois a perseguição é política. É contra O Lula e o Jobim.

Não sei o motivo do blog só publicar contra os Fanceses….
Tá voltando à época dos subs….

Thierry

Pour aller dans le sens de Gunter,quelques rectifications necessaires: DASSAULT AVIATION est beaucoup plus solide financierement que l’image tendancieuse d’une entreprise aux abois,image colportée ici ou là pour lui nuire. Aujourd’hui même,il n’y a eu (et c’est déja trop) que 200 licenciements aux USA(Arkansas et prés de New York) sur 2500-3000 effectif nord americain En France, il n’y a pas eu à ce jour un seul licenciement encore. Démarre le 1 er octobre(demain) du chomage partiel(1 semaine/mois)sur 4 sites de l’avionneur.La situation sera reevaluée debut 2010 selon le marché . C’est la première fois depuis la dernière grande crise du… Read more »

renato

MArcus favor confirmar a fonte sobre os 23% que a dassault possui da embraer

Esdras

A Dassaut não parte na Embraer.
Está muito fácil de resolver, precisamos trocar os F-5, e o Gripen é uma boa para substituir F-5 e AMX a partir de 2015.
Rafale agora.

Pegasus

Thierry
Vai escrever em frances la na França e pra terminar, eu ja to de saco cheio desse mosquito querendo aparecer, é Rafale e acabou.

henrique

Pois é, a posição mais importante é a dos que menos entendem do assunto……

Challenger

Tecnicamente o F-18 e o RAFALE, são muito semelhantes, em termos de potencia e poderio de fogo, com vantagens e desvantagens pros dois lados.

Pra mim há muita especulação, sobre a preferencia da FAB.

Claudio

Salvo engano a participação da Dassault na Embraer é de 2% atualmente.
Quanto a quem quer o que? Bem, os pilotos ficam entre o F-18 e o Rafale (mas o F-18 tem a preferência), o pessoal da logística prefere o F-18, porque nesse ponto os americanos são bem melhores do que os franceses.
Já o comando da FAB prefere o Gripen NG, junto com as empresas aeronauticas.
O Rafale tem o apoio do Lula e do Jobim, dizem que é por causa do Sub Nuclear e da vaga no Conselho de Segurança da ONU, vai saber?

Léo

Concordo plenamente com o Fernando.

Roberto

Olá sou novo nesse blog…e gostaria de deixar um comentário. Após acompanhar por vários meses o FX2 nesse blog e em outros sites sobre defesa/aviação, matérias e comentários sobre o F18 SuperHornet, Gripen NG, e Rafale, minha decisão se fosse basicamente o melhor caça, indenpendente de CUSTOS e transferencia de Tecnonológica seria o SU35BM. Basicamente seria um compra de “prateleira” com alguma participação de empresas brasileiras na manutenção do mesmo. Mas como premissa básica desse FX2 é um projeto de independencia para o futuro, a condição de Transferencia Tecnológica indicaria o Gripen NG : É uma evolução do Jas39 Gripen… Read more »

Roberto

desculpem alguns erros de gramática :/

Sepol Olecram

Pegasus, respeito com os estrangeiros

Para nós é muito bom eles se interessarem pelo nosso Blog, não faz mais isso não !!!!!!!!!!!!

SO

fullcrum

..é mas eu num entendi nada do que o dito francês falou, alguém pode traduzir, pq aqui o mais comum é o bom e muito bonito português!!!

Bruno Rocha

Thierry em 30 set, 2009 às 18:38 francês>português Para ir na direcção de Gunter, algumas correcções necessárias: DASSAULT AVIATION é muito mais forte financeiramente do que a visão distorcida de uma sociedade sitiada, imagem peddled aqui ou ali para prejudicá-lo. Até hoje, não havia (e já é muito) que 200 despedimentos no E.U.A. (Arkansas e perto de Nova York) em 2500-3000 força de trabalho norte-americano Na França, tem havido até agora, apenas um continua a disparar. Inicia a 1 de outubro (amanhã) de desemprego parcial (1 semana / mês) durante 4 sites do fabricante. A situação será reavaliada no início… Read more »

Wolfpack

Senhores, O que eu penso hoje é que a situação de viabilização do Dassault Rafale está quase insustentável por Lula e Jobim. Não importa mais as contrapartidas que a França oferece. Acredito que a FAB e a Embraer estão nos bastidores batendo o pé contra, mas o Lula e Jobim não aceitam e vem a pública externar seus pensamentos diferente da FAB e Embraer que são desmentidas. A situação deve estar a ponto do FX2 ser cancelado com eu já previ quando o Lula fez a besteira de anunciar uma decisão antes do tempo. Avançou a música, mas o disco… Read more »

Wolfpack

Tomará que NÃO seja cancelado.

Colt

O Gripen pode ser bom para a África do Sul, Suécia, Rep. Tcheca, Hungria, mas não é o ideal para o BR. Não é à toa que os países de grande extensão territorial tem caças menores para defesa local e maiores, com maior alcance para interceptação e combate à longa distância. O Rafale, certamente, é um excepcional jato de combate e o Brasil estará muito bem armado com ele. O fato de ser mais caro, ou de operação mais cara, reflete suas características superiores. Certamente, há preferências, desses ou daqueles analistas, militares, jornalistas, grupos de interesse comercial, mas o Projeto… Read more »

saumel Henrique

Vale lembrar que em 69, epoca da escolha do Mirage 3, um certo presidente que estava no fim de seu mandato, escolheu o avião ingles(ligthnin) por pressão comercial daquele pais. Quando outro presidente assumiu…. 30 anos de morage 3 no 1º GDA.

boa noite!

Klevston kvowster

Estou olhando pelo lado da Defesa aérea e parece que muitos estão optando pelo lado do comercio, o que adiantaria se escolhermos um caça que não possa ter sucesso nos ares, o que adiantaria se escolhermos um caça na qual tivesse que defender nosso espaço aéreo e este não tivesse sucesso e fosse derrotado e perdermos uma guerra? O que adiantaria os lucros, se fossemos invadidos pelo inimigo, penso nisso todo dia, será que este lucro que alguns estão vendo não deveria ser deixado de lado para termos a melhor defesa aérea.Temos que pensar grande, temos que escolher o melhor.… Read more »

Lucas Calabrio

Prezado Competências do MD. VII – Ministério da Defesa: a) política de defesa nacional; b) política e estratégia militares; c) doutrina e planejamento de emprego das Forças Armadas; d) projetos especiais de interesse da defesa nacional; e) inteligência estratégica e operacional no interesse da defesa; f) operações militares das Forças Armadas; g) relacionamento internacional das Forças Armadas; h) orçamento de defesa; i) legislação militar; j) política de mobilização nacional; l) política de ciência e tecnologia nas Forças Armadas; m) política de comunicação social nas Forças Armadas; n) política de remuneração dos militares e pensionistas; o) política nacional de exportação de… Read more »

luis alberto

O que serah melhor para a FAB e para o BRASIL?
Eh simples. Estarah escrito no relatorio final da Forca Aerea.
Eh um relatorio abrangente, completo, feito por gente que entende do assunto. O resto eh recheado de achismo, emocao, paixao,etc, etc. que soh levaria a decisoes erroneas.
A unica proposta de transferencia REAL de TT eh da SAAB. O resto eh “ïlimitada” e “necessaria”, ou seja, conversa pra enganar trouxa.

Lucas Calabrio

z) infra-estrutura aeroespacial, aeronáutica e aeroportuária;

Jotapecosta

O que é a Embraer atualmente meu caro Marcelo Onaga? É uma empresa privatizada. Foi-se o tempo em que era uma estatal e seus interesses convergiam com os do estado. A Embraer não cabe absolutamente nada, a não ser atender seus clientes. Não faz qualquer diferença a empresa ter um queridinho ou um odiado. Além do que, não é o caso de apenas o presidente Lula e do Ministro Jobim preferir o Rafale meu companheiro. Muitos pilotos gostam do Rafale e reconhecem sua superioridade como máquina de combate. Num exercício recente feito com a Us Navy, os Rafale da marinha… Read more »

Bruno Rocha

Boa noite O mau deste país é o espaço que separa os poderes militares, governamentais e estrategistas. Um quer uma coisa visando alguma vantagem futura para o Brasil, outro visando abrir portas para avançar na tecnologia aeroespacial, e o outro querendo outro caças só para agradar sabe-se lá quem e para fins governamentais. E todos já sabem, nesse país, é uma coisa de cada vez, então ou é pelos motivos políticos ou pela estratégia, e nesse caso foi a política, e dani-se a Embraer e a FAB(diz o governo “indiretamente”) (que pena, essas duas são as únicas que realmente mostram… Read more »

Baschera

Falta de educação….. abaixo a TRADUÇÃO do que o colega francês, Thierry escreveu….. “No sentido do que escreveu Gunter, algumas retificações se fazem necessárias: Dassault Aviacion é muito mais sólida financeiramente que a imagem tendenciosa que um “expertise” quer fazer ver, aqui ou lá para prejudicar-lhe. Hoje mesmo, houve (e já é por demais) apenas 200 demissões nos EUA (Arkansas e perto de N. York) sobre um efetivo de 2500-3000 efetivos dos norte americanos. Na França, não houve um só demitido até agora, ainda. Começa em 1 de outubro (amanhã) o desemprego parcial(1 semana/mês) sobre 4 locais do construtor de… Read more »

Colt

Well, since we have foreign audience: The Gripen can be good for South Africa, Sweden, Czech Republic, Hungary, but is not ideal for the BR. It is no coincidence that countries with large territory is smaller fighters to defend local and larger, more power to intercept and long distance. The Rafale is certainly an exceptional fighter jet and Brazil will be well armed with it. Being more expensive or more expensive operation, reflects its superior features. Indeed, there are preferences, or those of analysts, military officers, journalists, interest groups, business, but Project F-X2 is a service of the Brazilian State… Read more »

Jorge

“Pior cego é aquele que não quer ver” (ditado antigo) Dos tres caças, o FA/18 Super Hornet é de longe o melhor desta “concorrência”. Um verdadeiro caça. O negócio era fazer um mix com o Super Hornet e o Gripen. Acontece que por puro ranço ideológico do Celso Amorim, do Marco Aurélio Garcia e seu títere o presidente “Mula”, quer dizer Lula, com o outro integrante da trupe o “parlapatão” (esse adjetivo parece que virou moda) Nelson Jobim, não querem perder a chance de dar o “troco” nos Estados Unidos. Até parece… Lamentável. O argumento de questão política, geopolítica, camufla… Read more »

Fernando (FGRpapa)

Por acaso alguém ainda acha que o Rafale ainda não levou o FX-2, que a FAB vai aprovar inteiramente e que o congresso vai assinar com um sorriso no rosto? Será que não tem nenhuma notícia “real”? Tá faltando assunto? Porque o blog publica uma notícia que a própria EMBRAER já informou que não é verdade e foi claramente fabricada para melar o meio de campo? Veja a frase de que a Dassault é um rival importante da Embraer; ora colegas, rival por rival, todas são, a SAAB, a BOEING e a DASSAULT, então para que vai escrever isso? Falta… Read more »

Bruno Rocha

Colt e Cia Me digam uma coisa. Sei que a França e o Brasil estão fazendo do FX2 uma festa de casamento (Brasil & França) . Então esses países estão querendo uma aliança certo? Mas veja bem, esse “jogo” de FX2 é uma concorrência no melhor estilo (para não dizer competição política/militar camuflada) então deve-se estar ciente de que pode haver reviravolta no caso na qual o Brasil não poderá escapar, visto que o Brasil afirma ter preferência pela TT. Então se alguns dos outros concorrentes como Boeing e SAAB apresentarem uma melhor proposta, o Brasil não seria obrigado moralmente… Read more »

Bruno Rocha

Baschera em 30 set, 2009 às 21:57
Não tenho culpa de nada, foi traduzido no Google mesmo.

Felipe Cps

Esqueçam, a Odebrecht já decidiu pela França, Lulla e Jobim se não seguirem o que ela quer acordam “apresuntados” no dia seguinte… Minha gente, os políticos de Pindorama são só paus-mandados dos verdadeiros interessados, quem manda mesmo é o cascalho…

E a nós, povo, incumbe pagar a conta.

Essa a democracia representativa do 3o milênio, que alguns escribas aqui adoram fanaticamente…

Abs.

Baschera

Bruno Rocha,

Nem EU…rsssss.
Não me referi a vc…rssrsrsss..e sim a quem foi mal educado com o francês. Não esquenta…… bola pra frente.

Um Abraço.

ToP GuN

“Fernando (FGRpapa) em 30 set, 2009 às 22:12 Sei… o F18SH é tão bom que “nem a força aérea americana o utiliza” só a marinha… e agora zé? O avião só presta para trabalhar de porta aviões, não é bom de manobra, bebe muito, é velho e vai sair de linha em 2012, não cabe nem decola do “nosso” porta aviões e é tecnologicamente o pior das três escolhas.” O SH é tão idoso que nesse ano(2009) completam-se 10 anos de sua entrada em serviço. Tão ruim que já foram fabricas +400 unidades. Tão ruim que se espera chegar à… Read more »

Colt

Caro Bruno. Me parece, que você está atrelando a decisão do F-X2, a uma obrigação de conduta, qualificada por você como “moral”, mas que na verdade, com todo o respeito a sua opinião, não enseja essa qualificação. O fato é que, a escolha se realiza atendendo aos interesses do Estado comprador, e nesses casos, os interesses são tanto técnicos, quanto políticos, quanto estratégicos, e as empresas competidoras sabem disto. O Estado, em relação aos competidores, tem a posição de “comprador”, ou seja, de quem vai desembolsar os valores pelos quais as indústrias competem. Sendo assim, cabe ao Estado estabelecer os… Read more »

Pegasus

Respeito a todos que postarem algo que eu possa entender para discutir, acho que os blogs de outros paises nao gostariam que eu escrevesse em portugues se a maioria deles não entendem, e se o referido amigo conseguiu ler o post é porque pode escrever em portugues tambem, nao é legal ficar testando se alguem sabe ou não outra lingua para entender o que se escreve, eu poderia escrever so em espanhol, mas para que se entendo e quero me fazer entender. Peço desculpas se me fiz parecer rude, mas estamos no Brasil e o idioma é portugues. E pela… Read more »

alvespereira

Boa Noite, O Problema ou solução dos 0,3% de ações da união é que elas são Golden Share que conferem ao governo o poder de veto em algumas decisões dentro da empresa, corrijam-me se estiver errado, o Griphen NG BR é um bom projeto, principalmente se tivermos condições de substituir as turbinas e componentes americanos, a preferência de alguns pilotos pelo F-18 é mais operacional, se você perder uma turbina em vôo, pode tentar um pouso de emergência com a outra, no caso do griphen se isto ocorrer só resta ao piloto se ejetar e a aeronave que se ferre,… Read more »

URUTAU

Caros senhores

É requisito fundamental do FX2 a TT sendo assim não existe questionamento o Rafale esta fora da competição porque a proposta francesa é a seguinte :

Os 6 primeiros Rafales FABRICADOS e MONTADOS na França os 30 outros restantes FABRICADOS na França e MONTADOS no BRASIL

Fonte senhor Edouard Guillaud chefe do GABINETE MILITAR da França

Forte abraço

ze

Caro Galante, aprecio imensamente o seu Blog. Gostaria, se possível, sugerir que você coloque, em forma de post o que foi dito no Washington post, pelo Lula no dia 25/09/2009, acerca do Rafale: “Obama told me that, now that I have chosen the French jets, he will campaign really hard for Chicago,” Lula told reporters in Pittsburgh. Obama me disse que, agora que eu já escolhi os jatos franceses (rafale), ele irá promover Chicago de forma ostensiva (para as Olimpíadas), Lula disse aos reporteres em Pittsburgh.Disto, depreende-se que o nosso “grande líder” torneiro mecânico, junto com o seu fiel escudeiro… Read more »

fullcrum

Apoiado Pegasus, concordo sobre a questão idioma!!!

Reportagens especiais

Cavanaugh Flight Museum – parte 3

O CFM mantém vários “warbirds” em condições de voo que fazem apresentações em ocasiões especiais e eventos comemorativos. Nesta terceira parte de nossa visita...
- Advertisement -
- Advertisement -