Home Espaço Semana de sucessos da Índia no espaço

Semana de sucessos da Índia no espaço

222
17

chandrayaan

Em 24 de setembro, foi revelado que sonda indiana na órbita da Lua detectou novas evidências de que existe água no satélite

A sonda Chandrayaan-1 detectou a presença de pequenos filamentos de H2O – fórmula química da água – cobrindo partículas de poeira em vários pontos da superfície da Lua. Os dados da sonda indiana foram analisados por cientistas de universidade norte-americanas.

Ainda assim, os cientistas dizem que Lua é mais seca do que qualquer deserto da Terra. “Quando nós dizemos ‘água na lua’, nós não estamos falando de lagos, oceanos ou até poças. Água na Lua significa moléculas de água e hidroxila (hidrogênio e oxigênio) que interagem com moléculas de pedra e poeira especificamente nos milímetros da camada de cima da superfície lunar”, diz a cientista Carle Pieters, da Brown University.

A umidade teria se formado com partículas de hidrogênio no vento solar se ligando ao oxigênio no solo da Lua. Em outras ocasiões, gelo já havia sido detectado em crateras próximas a um dos polos. Acredita-se que o gelo teria sido trazido por cometas e se conservado em uma área da Lua que nunca é iluminada pelo Sol.

“Este foi um dos principais objetivos da Chandrayaan-1, achar rastros de água na Lua”, disse o chefe da missão não-tripulada indiana, Mylswamy Annadurai, ao jornal britânico Times. “Estamos muitos satisfeitos.”

A quantidade de água é pequena, mas para alguns cientistas ela poderia, hipoteticamente, ter vários usos. “Se você tiver um metro cúbico de solo lunar, você poderia tirar um litro de água dele”, diz o pesquisador Larry Taylor, da universidade americana de Tennessee, que trabalhou com os dados da Chandrayaan. “Se é pouca ou muita água, ainda assim é fácil dividir o hidrogênio e o oxigênio e com isso você tem combustível para foguetes”, disse ele.

Uma sonda da Nasa que vai pousar na Lua no próximo mês vai recolher pedaços do solo para análise. No mês passado, os cientistas indianos perderam contato com a sonda Chandrayaan-1 e abandonaram a missão – planejava-se a duração de 2 anos, mas  o contato foi perdido após 10 meses. Mas a sonda já havia coletado e transmitido dados suficientes sobre as novas descobertas de água na Lua.

Sobre o acontecimento, a manchete do  jornal The Times of India foi:  “Um grande passo para a Índia. Um salto gigantesco para a humanidade”. A missão custou perto de 80 milhões de dólares, menos da metade do gasto de expedições similares de outros países. Deve-se ressaltar, porém, que a descoberta indiana foi possível graças a tecnologia norte-americana: o “Moon Mineralogy Mapper”, ou “M3”, um scanner de alta tecnologia desenvolvido pela NASA, que capta o reflexo do sol sobre a superfície lunar para determinar a composição do solo.

Um dia antes, lançamento de sete satélites de uma só vez

A notícia sobre a descoberta feita pela sonda Chandrayaan veio em meio às comemorações pelo bem sucedido lançamento de sete satélites, em uma única missão, em 23 de setembro. Dos sete satélites, seis eram estrangeiros.polar-satellite-launch-vehicle

O programa espacial da Índia começou em 1963, com o desenvolvimento de satélites e veículos lançadores próprios, com o objetivo de romper a dependência de agências espaciais estrangeiras.

Pouco mais de um ano antes, recorde mundial com dez satélites

Em abril do ano passado, a Índia lançou com sucesso um foguete com dez satélites em uma única missão. O lançamento da base espacial de Sriharikota foi transmitido por um canal de televisão local.

O foguete, construído pela Organização de Investigação Espacial da Índia (ISRO, na sigla em inglês), carregava um satélite de sensoriamento remoto, com uma câmera de alta resolução na qual proverá dados precisos de cada casa do país para mapas.

Dos dez satélites, oito eram de empresas estrangeiras de pesquisas de países como Alemanha, Canadá, Dinamarca e Holanda. O lançamento foi  descrito como um marco nos 45 anos da história espacial do país. Segundo observadores, o foguete é um sinal de que a Índia está emergindo como um importante participante no multimilionário mercado espacial.

Em 2007, a Índia colocou um satélite italiano em órbita por uma taxa de US$ 11 milhões (cerca de R$ 18 milhões). Em janeiro de 2008, a Índia lançou com êxito um satélite israelense em órbita.

FONTES: BBC Brasil, AFP e G1

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lucas Urbanski
Lucas Urbanski
11 anos atrás

Pois é, a Índia lançando satélites, “alugando” a base para lançamento de satélites de outros países, e nós Brasileiros, com um dilema digno de VERGONHA NACIONAL, pois temos a melhor base de lançamentos de satélites do mundo, Alcântara, pois esta geograficamente numa posição em relação a linha do equador explêndia, a base encontra-se a 2 graus e 18 minutos de latitude sul, ou seja, sem discuções ela é imbatível, enquanto isto quilombolas, creio eu, patrocinados por potências alheias impedem nosso progresso em relação ao espaço. Só nos resta lamentar profundamente este caso e torcer para que isto seja logo resolvido,… Read more »

Mauricio R.
Mauricio R.
11 anos atrás

Enquanto os hindus lançam satélites, por aqui um joga o copo d’água e o outro esmurra a mesa.

CEARÁ
CEARÁ
11 anos atrás

Ô vergonha viu!! A Índia tal qual o Brasil tem sua imensidão,suas graves diferenças sociais,enfim seus defeitos assim como nós.Mas eles tem políticas de ESTADO e efetivamente investem naquilo que vai ser importante para o PAÍS e para sua população.Enquanto isso aqui,ficamos a mercê das decisões de homens (eleitos por nós,para representar nossos interesses) que fazem o querem com o dinheiro público e não investem naquilo que é importante para o país.Quilombolas??Da onde que uma imensidão de terra deve ser “entregue” na mão de pessoas que “habitavam” essas terras anteriomente???Ora se for por isso,quase todo pedaço de terra desse nosso… Read more »

Deio
Deio
11 anos atrás

O programa espacial indiano tem a mesma idade do nosso. É preciso dizer algo mais?

Pegasus
Pegasus
11 anos atrás

Nossa, quanta diferença, os Indianos ja tem foguetes, armas nucleares, sondas e não se ve uma critica do ocidente ao fato de ser um dos paises mais desigual do mundo, para aqueles que não sabem o sistema de castas ainda é muito vigente na India, como mostrou a novela, na sua população de 1 bilhão e 100 milhóes de habitantes que se multiplicam que nem coelhos, sem controle, se acham problemas de saude de todos os tipos em situações caoticas, nós tambem temos ainda lepra, colera e tuberculose, por exemplo, mas la , isso é cronico e sem falar que… Read more »

bulldog
bulldog
11 anos atrás

…e a campanha na tv dizia “o melhor do Brasil é o brasileiro”. Só se TODOS os políticos, empresários míopes e covardes e a imensa maioria da população passiva, apática e ignorante forem estrangeiros…ai sim… o melhor do país é o brasileiro.

bulldog
bulldog
11 anos atrás

Já entraram no site do ministério da defesa hoje?? foi dominado por hackers…que mico, meu Deus!!!!

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

Índia? Como diria Regina Duarte: “Eu tenho medo”…

Felipe Cps
Felipe Cps
11 anos atrás

CARACA, O MD FOI OWNADO!!!! AHAHAHAHAHAHA, que lixo…

Braziliano
Braziliano
11 anos atrás

Vamos aguardar os defensores do indefensável.

Não esqueçam do chá de camomila para ler o looooooongo post explicando como funciona …..

Será que na Índia tem quilombolas, do vocabulário marxista para pobres sitiantes usados como massa de manobra para, por tabela, ferrar o Brasil.

mcv
mcv
11 anos atrás

vcs precisam ver esse video!!!Americanos e seus Embargos na FAB E Tech!http://www.youtube.com/watch?v=GBP4RnKHRlg&feature=player_embedded

walfredo
walfredo
11 anos atrás

O foguete indiano é a cara do VLS.

Alecsander
Alecsander
11 anos atrás

Senhores, volto a repetir minhas palavras de que a ciência é o futuro da humanidade, como diria o compositor Lobão ” hoje com a ciência o individuo de classe media vive melhor do que um faraó”. A ciência é que faz o desenvolvimento humano acontecer e não a ideologia, eu tenho fê em Deus que a ciência vai transforma este país e este mundo em um lugar melhor. Mais para isso acontecer temos que deixa de basear as soluções dos problemas humanos em lendas ideologicas para nos concentrarmos no verdadeiro desenvolvimento que o homem pode e precisa proporcionar. Um grande… Read more »

Vovódka da Lua
Vovódka da Lua
11 anos atrás

agua naaaaaaooo!!!! Manda esses indianos ai´ mudarem essa sonda ai´ pra procurar vodka na lua que a minha ta´ acabando!!!!!!! Aliais manda eles procurarem a VOVODKA na lua pra chamar o resgate pra vim aqui me buscar!!!! E eu que achava que as luzinhas que passavam eram os ETS vindo me buscar depois que os Rosoboronexportes me deixaram na mao!!! Nao era nao, era essas sondas ai´que tiravam o meu sono com esses escaner ai´ fazendo essa luzona na minha cara!!!!! E a vovo´ veia aqui ta´ arrancando os ultimos nutriente e oxigenio das ultimas garrafas de vodka e ta´… Read more »

trackback
11 anos atrás

[…] Semana de sucessos da Índia no espaço […]

trackback
11 anos atrás

[…] Semana de sucessos da Índia no espaço […]

joao baptista
joao baptista
10 anos atrás

india admiro esse pais !!! mas que mete ciumes a muitos paises que se dizem desenvolvidos isso sim.tipo de cultura diferente ……