quarta-feira, maio 12, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Venezuela doará Mirage 50 para o Equador

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O embaixador do Equador na Venezuela, René Vargas, confirmou que o governo de Hugo Chaves pretende doar alguns caças para o seu país.

Os caças em questão são seis Mirage-50 que Venezuela retirou de serviço e estão estocados em Caracas.

Uma delegação de técnicos equatorianos esteve na Venezuela vistoriando as aeronaves e um relatório foi entregue ao ministro da Defesa do Equador, Xavier Ponce.

Conforme foi informado, alguns aviões estão em condições operacionais. Outros serviriam apenas como fonte de peças.

A Força Aérea do Equador opera outra versão dos Mirage, o F1. Atualemente existem 18 aeronaves deste modelo na ativa, mas somente uma está operacional, seis estão com problemas técnicos e os outros 11 carecem de peças de reposição.

FONTE: FAV CLUB

- Advertisement -

29 Comments

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Paulo Renato

Não gosto dos Mirage, nem de nenhum avião da França, aprova disso são esses Mirage, na maioria todos sucateados e caros de manter. Ainda prefiro os Sunkoi. Acho que no futuro teremos problemas com os Rafales, e o Chapolim com seus Sunkoi, será com certeza a melhor Força Aerea da A.L. Ainda vai chegar os SU35 para completar sua Força Aerea. Estamos aki lutando para escolher esses Rafales e ainda falta a MB e o pobre EB que está morrendo de fome e pedindo esmolas. Uma coisa temos de bom, nossos pilotos são bem treinados e qualificados, detalhe que o… Read more »

JC

“18 aeronaves deste modelo na ativa, mas somente uma está operacional, seis estão com problemas técnicos e os outros 11 carecem de peças de reposição”

😮

Invincible

Isso tudo é por que o Chile ia vendar seus Mirage para o Equador… Isso iria promover uma aproximação do Equador com o Chile devido as divergências com o Peru.

Acho que isso parece jogada política!

Caipira

São jogadas da “corrida armamentista” que esta acontecendo na AL.

hehehe

R. Delilian

Não creio em corrida…
hora ou outra sempre acontecem tais negociadas entre parceiros..
o problema, é que depois das aquisições da Venezuela e a do Brasil, deram a ideia de corrida, dai a impreensa noticia qualquer arma de chumbinho que cruza uma fronteira e fala que faz parte da corrida…

Se fosse corrida os gastos seriam bem maiores em relação ao PIB de cada pais…

Logo, são apenas negócios normais, porem nesse caso em especifico tem forte motivação politica

Mirage

Aviões Franceses = chão

Paulo

E qual a chance de uma força aérea pobre feita a equatoriana conseguir colocar essas aeronaves na ativa? Nem o Brasil conseguia mais manter os Mirage?

Fábio Mayer

Que eu saiba os tratados internacional proibem doação de armas, o que se faz é vender por preço simbólico.

Mas isso é tecnicismo, nçao compromete a matéria.

O Equador não ficará também com os pantera chilenos?

Porque o Brasil tem interesse nos F-5 Tiger II, segundo rumores que já ouvi, bastando chegar o terceiro lote de F-16 naquele país.

Esdras

Venda a preço simbólico continua sendo doação.

Sobre os Mirages, isso é hora dos burros da Dassult entrarem no circuito para oferecer suporte a preços convidativos, porque assim serão aviões na ativa, e como estaraão na ativa voltarão a ser clientes.
Acho que os franceses da nova geração mataram as aulas de pós venda.

Esdras

Já observaram que nos ultimos 4 anos 90% dos Miragens pelo mundo estão saindo de operação? e na maioria dos casos com uma alegação de altos custos de operação? incluindo dificuldade de encontrar peças? Sou um grande fã da linha Mirage, e por isso fico puto em ver os caras destruindo todo um mercado que foi conquistado nas decadas de 60 e 70 e destruido de tal forma que o Rafale não vende nem fazendo macumba e para piorar o M-2000-5 não é nem oferecido mais. OS M-III da Argentina estão praticamente todos guardados por falta de grana para manter… Read more »

Invincible

Esdras,

Os M-2000 do Peru também estão parados?

Marcelo Tadeu

Esdras, Também gosto dos Mirages, mas, convenhamos, é um avião da década de 60. é normal não haver mais peças de reposição e a operação ficar cara. A FAB não está nem conseguindo vender os F-103 que estão estocados em Anápolis, vai ter que fazer um leilão para sucata ou transformar a maioria em monumentos. Agora, os Mirage 2000 estão voando pelo mundo sim, inclusive o Peru vai modernizar os seus. A Argentina estuda a compra de M-2000 para substituir os Nechers, Daggers e III que eles têm, ou tinham. Já foi explicado porque o Rafale não ganhou as concorrências… Read more »

Marcelo Tadeu

Alguém poderia me explicar o que significa aquela insigna nos estabilizadores dos aviões venezuelanos. Uma seta vermelha com um numeral romano “IX” no meio???

Esdras

Invincible Pelo que sei os M-2000 do Peru estavam estocados e agora parece que estão voltando a operar e serão modernizados. Uma coisa explica o fracaço do Rafale. Existe uma coisa básica para quem trabalha com vendas que deve ser lembrada, e muito bem assimilada por quem vende bens de alto valor que necessitam de manutenção. “O pós venda é a previa da sua proxima venda” Neste caso como o pós venda não agradou, não houve a proxima venda. Simples assim. Apesar das sacanagens dos governos americano, vejam como é o pós venda do F-16 e agora perguntem porque ele… Read more »

Andre Luiz

Bem, pelo visto, Brasil e Chile sao os unicos paises que tem uma Força Aerea

O resto esta no chao ou mal consegue organizar um desfile aereo

Entao acho que eu posso esperar mais uns 30 anos pelo FX he,he,he

José

Senhor Galante, senhor Poggio, senhor Nunão, senhor André Luis, senhor Esdras, senhor Lucas Calábrio, senhor Maurício R., senhor Welington e Senhores suas atenções: Senhores, vejam só o que Hugo Chaves quer: Em sua mente, Hugo Chaves quer criar na América Latina o ‘Regime Bolivariano ou Regime Socialista Bolivariano’ para que a América Latina seja uma só. A Venezuela já tem uma aliada fiel que é a Bolívia, e agora, quer aproximar-se mais do Equador dando os Mirage 50 e fortalecendo um pouco mais aquela Força Aérea. Se o Equador modernizar alguns Mirage F-1 e modernizar alguns Mirage 50, com certeza… Read more »

José

Senhores, vale destacar o interesse da Venezuela em tomar um pedaço do território da Guiana e possivelmente ter um conflito armado contra a Colombia, mas na verdade, não se sabe os interesses de Hugo Chaves.

Fábio Mayer

Hugo Chaves é um maluco errante… ninguém sabe ao certo o que passa naquela cabeça simiesca.

Que eu saiba, é baixíssima a disponibilidade de Mirages 2000C no Peru. Consta de 2 ou 3, no máximo, segundo o que li em por aí nos últimos tempos.

Consta que são operadores o Peru, o Egito, o Brasil, a Índia e, claro, a França, embora desativando-os. Há países que operam versões posteriores como a própria França (óbvio), Emirados Árabes Unidos e Grécia, mas não sei precisar quais…

José

Senhor Fábio Mayer, acho que não é bom subestimar Hugo Chaves, pois, ele tem apoio da Rússia e de seus bons equipamentos.

Caipira

R. Delilian em 24 set, 2009 às 12:20

Eu tbm não acredito.
Fui apenas irônico brow.

Dalton

Marcelo…

acho que vc confundiu o nr romano…seria XI = ll e nao 9.

Bom, o 11 é um tributo aos 11 comandantes em chefe que demonstraram
valor durante a guerra da Independencia.
A cor vermelha significa coragem os raios a velocidade e precisao
em combate, e a turbina prateada onde encontra-se o nr romano, o poder dos sistemas de armas.

É resumidamente isso…

abraços

bulldog

Chaves quer uma Mãe Venezuela… uma grande potência apadrinhando e protegendo seus filhos, que em troca enviam recursos e dão respaldo político ao que ele quiser..só tem um porém…a Venezuela não produz quase nada… é um país dependente de suas importações e isso nem os aliados podem suprir, pois Bolívia, Equador, Paraguai, Cuba e Honduras (caso o sem terra que está na embaixada volte) não fazem um Brasil. O petróleo que Chaves exporta tem limite…assim como o preço do barril é volátil. O que ele vai acabar conseguindo é bipolarizar a AS…pois se armando até os dentes, vai trazer ainda… Read more »

bulldog

Outra coisa…. os pilotos da FAB dentro de Rafales F3 bem armados e treinados dariam um banho (de sangue, rs) nos venezuelanos e seus SU-30 ou SU-35 sem reabastecedor, com pouco treinamento e poucos mísseis.

A-Bomb

Senhor Fábio Mayer, acho que não é bom subestimar Hugo Chaves, pois, ele tem apoio da Rússia e de seus bons equipamentos

Apoio relativo.
Depende de contra quem.

Se for contra os americanos quero ver a Rússia intervir.
Só quero ver.

Unico pais que pode ser potência na América Latina chama-se Brasil.
O resto é resto.

Venezuela não tem nem condição de alimentar seu exercito.
Os Venezuelanos vao comer o que?
Petróleo?

Os soldados deles são ridiculos.
Os pilotos nem se fala.

Nem é preciso o inimigo derrubar seus SU-30.
Eles vão fazer isso sozinhos.

Fábio Mayer

Chaves fala grosso, mas seu país nada produz além de petróleo. A economia da Venezuela está retraindo e seus custos com essa política de pseudo-liderança da AL só aumentam a carga sobre a PDVSA, cuja produção está em queda por falta de investimentos e investidores, afinal, quem vai apoiar a Venezuela na exploração de petróleo se pode fazê-lo com o Brasil, que, por mais defeitos que tenha, é uma democracia e não governada por um maluco? Armamentos russos são bons, concordo. Mas a Venezuela não os tem em número ilimitado, e sua economia não consegue manter compras bilionárias a toda… Read more »

eduardo

A Venezuela já tá beirando a falencia, o Chavez gosta de pirotecnia politica pois vive falando em guerra só pra causar alarde na população venezuelana. Não vou ficar surpreso se ele usar os seus SUs para jogar bomba no povo, o negocio dele é mandar na Venezuela e pra isso cria factoides.

Baschera

Bem, o Equador se mexe como pode. Lembrando, que nada que seja militar se move sem muito $$$$$$$$$$$$$$$$$$. Pois bem, acabo de ler que os equatorianos vão comprar os Mirage modificados “Cheetah C” da Africa do Sul, que os dastivou em 2008. O preço pedido pela A. Sul é Us$35 milhões para os 12 aviões. Foram retrofitados recentemente e estão praticamente iguais aos Kfir CE modernizados, que já fazem parte da F.A. do Equador. Quanto a notícia daqui, da doação dos Venezuelanos, diz a matéria: “Mientras tanto, para hoy se espera que la FAE presente al ministro de Defensa, Javier… Read more »

Marcelo Tadeu

Valeu Dalton e muito obrigado!!!

Wagner

AL tem que ficar com Karakorum, Pucará e Super Tucano…

Reportagens especiais

O AT-26 Xavante, conforme visto (e voado) por Franco Ferreira

  O texto abaixo é de autoria do nosso amigo Gustavo Adolfo Franco Ferreira, tenente-coronel aviador reformado da FAB, especialista em Segurança...
- Advertisement -
- Advertisement -