quarta-feira, maio 12, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Aniversário do MUSAL

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

p47-fab-pintura-musal

No último dia 31 de julho o Museu Aeroespacial (MUSAL) completou 36 anos. O Núcleo do Museu Aeroespacial foi criado em 31 de julho de 1973, mas sua concepção remonta a 1943, quando o então Ministro Salgado Filho determinou sua organização. Entretanto, a falta de um local disponível interrompeu a construção do Museu.

Em janeiro de 1974, iniciaram-se os trabalhos de restauração do prédio e hangares (antiga “Divisão de Instrução de Vôo” da Escola de Aeronáutica), simultaneamente à coleta de acervo, restauração de aviões, motores, armas e outras peças de valor histórico.

O Museu Aeroespacial foi inaugurado em 18 de outubro de 1976. Situado no Campo dos Afonsos, “Berço da Aviação Militar”, atualmente o Museu Aeroespacial integra o Campus da Universidade da Força Aérea (UNIFA) e está subordinado administrativamente ao Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (INCAER).

As principais funções do Museu Aeroespacial são pesquisar, desenvolver, divulgar, preservar, controlar e estimular as atividades referentes à memória e cultura da aeronáutica brasileira, transmitindo para futuras gerações o que foi a vida, a obra e a contribuição para a sociedade nacional e internacional, daqueles que fizeram a História da Aviação.

O Museu Aeroespacial recebe em média três mil visitantes por mês. Conheça outras informações sobre o MUSAL no site www.musal.aer.mil.br

- Advertisement -

27 Comments

Subscribe
Notify of
guest
27 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Felipe Cps

P-47D, o caça mais poderoso de toda a 2a Guerra Mundial.

Wolfpack

Eu tbm acho o P47 Tunderbolt um espetáculo ao lado Supermarine Spitfire, P51 Mustang, Me109, Foker190.

Marcelo Tadeu

Amigos do blog,

Quem vier ao RJ não pode deixar de visitar o MUSAL.

Sou suspeito pra falar, só vendo!!! É espetacular a coleção e o acervo deste que é considerado o 4º melhor museu do mundo de aviação.

Para brincar com o Maurício R.: Não deixe de ver a sala da Embraer!!! rsrsrs!!!

Em outubro tem o famoso Encontro das Águias com shows aéreos..é gente que não acaba mais!!!!

sds,

RdoCosta

Sou fã do Focke-Wulf Fw 190, do Mitsubishi A6M – Zero, do F-104 Starfighter, o F-4 Phantom, o F-86 Sabre…
Será que é muito dificil o museu conseguir exemplares destes aviões?
Se não estou enganado o museu da TAM tem algusn exemplares de aviões que nosso museu não tem. Procede isto??

Jonas Rafael

Na gravura do tópico o piloto não está muito grande na comparação com a aeronave não? A coisa (o P47) era monstruosa, bem maior que os caças da época. E güentava muito desaforo o bicho.

Felipe Cps

Jonas Rafael: eu tb acho que o piloto tá meio grandinho, mas se não me engano essa gravura é de época. Penso ter visto a mesma no documentário “Senta a púa”.

O P-47 era um monstro comparado com os seus congêneres.

Sds.

Marcelo Tadeu

RdoCosta,

Pare de sonhar e veja ao vivo um F-104ASA da AMI no MUSAL. Ele é impressionante, realmente, üm míssil com um homem dentro”!!! E a asa do bicho, parece um estilete de fina. A Lockheed sempre foi f… pra projetos revolucionários.

Tb tem um F-86K que pertenceu à Fuerza Aerea Venezolana e foi trocado por um T-6 da FAB. é ver pra crer!!!!!

sds

Noel

RdoCosta, lamentavelmente, companheiro, é muito difícil a aquisição de aeronaves remanescente da II ou I GG, existem poucas aeronaves para serem negociadas, e os proprietários em sua maioria são colecionadores particulares, e não se disfazem facilmente dos seus “amores”. A possibilidade de aquisição, é: oferecendo ofertas milionárias ao proprietário; por permuta de aeronaves.
Lembrando que aquisições por compra, o que não é rotina, sempre serão condicionadas ao orçamento do MUSAL.
Sds

Noel

O Museu tem sido bem administrado nos últimos anos, pelo Brig Bering, embora o Campo dos Afonsos seja o berço da Força Aérea, mas sua localização não ajuda o visitante, mesmo este sendo carioca, por localizar-se muito longe das praças turísticas do Rio, e ter transporte público deficiente na região, bairro de SULACAP. A alguns anos, cogitou-se da transferência do Museu prá Barra da Tijuca, pelas razões que citei acima, e mais o fato das limitações físicas dos hangares estarem aumentando quando novos acervos são expostos, mas creio que essa idéia tenha sido abortada por questões financeiras. Sds PS: só… Read more »

Felipe Cps

Putz Noel, conheço um pouco do Rio, mas nunca ouvi falar dessa quebrada, rsrs. Pra que lado que fica? Abs.

Marcelo Tadeu

Noel, exatamente, a distância pra quem não tem carro é considerável. Gostaria de saber como vai ficar o MUSAL, já que o PAMAAF vai sair dali junto com o 3º/8º Gav (H-34), 1º GTT (C-130), para Goiás.

sds

Noel

“Felipe Cps, Putz Noel, conheço um pouco do Rio, mas nunca ouvi falar dessa quebrada, rsrs. Pra que lado que fica? Abs.” Essa quebrada, RSRSRS, é um dos bairros vizinhos ao Campo dos Afonsos, como SULACAP, Marechal Hermes, Vila Valqueire; terra de algumas personalidades(salvo engano) XUXA, Ronaldo “Fenômeno”, Sérgio Malandro, e EU claro. RSRSRS “Marcelo Tadeu, Gostaria de saber como vai ficar o MUSAL…” Tai uma boa pergunta, que não sei responder, e creio poucos saibam realmente, pois é uma decisão do Auto Comando, e todas essas possíveis mudanças ainda estão muito superficiais, com muitas especulações; é melhor aguardar mais… Read more »

Marcelo Tadeu

^falou!!

Felipe Cps

P-47D, o caça mais poderoso de toda a 2a Guerra Mundial.

Marcelo Tadeu

Amigos do blog,

Quem vier ao RJ não pode deixar de visitar o MUSAL.

Sou suspeito pra falar, só vendo!!! É espetacular a coleção e o acervo deste que é considerado o 4º melhor museu do mundo de aviação.

Para brincar com o Maurício R.: Não deixe de ver a sala da Embraer!!! rsrsrs!!!

Em outubro tem o famoso Encontro das Águias com shows aéreos..é gente que não acaba mais!!!!

sds,

Jonas Rafael

Na gravura do tópico o piloto não está muito grande na comparação com a aeronave não? A coisa (o P47) era monstruosa, bem maior que os caças da época. E güentava muito desaforo o bicho.

RdoCosta

Sou fã do Focke-Wulf Fw 190, do Mitsubishi A6M – Zero, do F-104 Starfighter, o F-4 Phantom, o F-86 Sabre…
Será que é muito dificil o museu conseguir exemplares destes aviões?
Se não estou enganado o museu da TAM tem algusn exemplares de aviões que nosso museu não tem. Procede isto??

Felipe Cps

Jonas Rafael: eu tb acho que o piloto tá meio grandinho, mas se não me engano essa gravura é de época. Penso ter visto a mesma no documentário “Senta a púa”.

O P-47 era um monstro comparado com os seus congêneres.

Sds.

Marcelo Tadeu

RdoCosta,

Pare de sonhar e veja ao vivo um F-104ASA da AMI no MUSAL. Ele é impressionante, realmente, üm míssil com um homem dentro”!!! E a asa do bicho, parece um estilete de fina. A Lockheed sempre foi f… pra projetos revolucionários.

Tb tem um F-86K que pertenceu à Fuerza Aerea Venezolana e foi trocado por um T-6 da FAB. é ver pra crer!!!!!

sds

Noel

“Felipe Cps, Putz Noel, conheço um pouco do Rio, mas nunca ouvi falar dessa quebrada, rsrs. Pra que lado que fica? Abs.” Essa quebrada, RSRSRS, é um dos bairros vizinhos ao Campo dos Afonsos, como SULACAP, Marechal Hermes, Vila Valqueire; terra de algumas personalidades(salvo engano) XUXA, Ronaldo “Fenômeno”, Sérgio Malandro, e EU claro. RSRSRS “Marcelo Tadeu, Gostaria de saber como vai ficar o MUSAL…” Tai uma boa pergunta, que não sei responder, e creio poucos saibam realmente, pois é uma decisão do Auto Comando, e todas essas possíveis mudanças ainda estão muito superficiais, com muitas especulações; é melhor aguardar mais… Read more »

Marcelo Tadeu

Noel, exatamente, a distância pra quem não tem carro é considerável. Gostaria de saber como vai ficar o MUSAL, já que o PAMAAF vai sair dali junto com o 3º/8º Gav (H-34), 1º GTT (C-130), para Goiás.

sds

Wolfpack

Eu tbm acho o P47 Tunderbolt um espetáculo ao lado Supermarine Spitfire, P51 Mustang, Me109, Foker190.

Noel

RdoCosta, lamentavelmente, companheiro, é muito difícil a aquisição de aeronaves remanescente da II ou I GG, existem poucas aeronaves para serem negociadas, e os proprietários em sua maioria são colecionadores particulares, e não se disfazem facilmente dos seus “amores”. A possibilidade de aquisição, é: oferecendo ofertas milionárias ao proprietário; por permuta de aeronaves.
Lembrando que aquisições por compra, o que não é rotina, sempre serão condicionadas ao orçamento do MUSAL.
Sds

Noel

O Museu tem sido bem administrado nos últimos anos, pelo Brig Bering, embora o Campo dos Afonsos seja o berço da Força Aérea, mas sua localização não ajuda o visitante, mesmo este sendo carioca, por localizar-se muito longe das praças turísticas do Rio, e ter transporte público deficiente na região, bairro de SULACAP. A alguns anos, cogitou-se da transferência do Museu prá Barra da Tijuca, pelas razões que citei acima, e mais o fato das limitações físicas dos hangares estarem aumentando quando novos acervos são expostos, mas creio que essa idéia tenha sido abortada por questões financeiras. Sds PS: só… Read more »

Felipe Cps

Putz Noel, conheço um pouco do Rio, mas nunca ouvi falar dessa quebrada, rsrs. Pra que lado que fica? Abs.

Marcelo Tadeu

^falou!!

Eric Sotelo

Caro Noel, não sei se a falta de público esteja relacionada apenas a distância ou déficit de ônibus nas linhas do bairro. Na minha concepção, a falta de público se dá a não divulgação dos eventos. Moro aqui a 4 anos e nunca consegui assistir a um show aéreo. Sempre que estou saindo de casa é que me deparo com a esquadrilha da fumaça, mas nunca vejo divulgação. Não sei onde encontrar informações sobre quando acontecerá esses eventos. A acredito que a maoria também não saiba. Se fosse feito como um dia de festa e que se avisasse o povo,… Read more »

Reportagens especiais

O Saab Gripen E/F de Nova Geração

A filosofia de melhoramentos nas aeronaves, no caso do Gripen, é introduzi-los gradativamente, sem os grandes saltos normalmente realizados...
- Advertisement -
- Advertisement -