sexta-feira, abril 16, 2021

Gripen para o Brasil

Array

‘F-X’ suíço suspenso por seis meses

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

f-5-e-e-f-suicos-foto-forca-aerea-suica

No último dia 25, o Ministro da Defesa da Suíça, Ueli Maurer, anunciou um atraso de pelo menos seis meses no programa de seleção do caça que substituirá parte dos F-5 do país. A decisão do programa “Partial Tiger Replacement” era aguardada para meados deste ano, conforme declarado na ocasião em que uma segunda RFP (Request for Proposal) foi entregue aos três concorrentes, em janeiro deste ano, e foi adiada para o início de 2010.

O motivo do atraso alegado por Maurer, que assumiu o ministério em janeiro último, é a espera pela conclusão do política de segurança da Suíça, que deverá estar concluída apenas em dezembro deste ano. “Seria leviano apontar o vencedor antes da conclusão deste documento”, alegou o ministro.

Esse adiamento é visto por parte da mídia como uma represália à campanha movida pela Alemanha contra prática do segredo bancário suíço – a Alemanha participa da concorrência como um dos parceiros internacionais do Eurofighter Typhoon, da EADS. Maurer negou-se a comentar sobre essa possível represália aos alemães.

São três fabricantes em disputa no programa “Partial Tiger Replacement”, a Dassault com o Rafale, a EADS com o Eurofighter Typhoon, e a SAAB com o Gripen, que aguardam a decisão sobre a concorrência de 2,2 bilhões de francos suíços (CHF), valor próximo a 2 bilhões de dólares (US$). O nome do programa deriva do fato de que o objetivo é substituir apenas 3 dos 5 esquadrões suíços de F-5. Mas levando-se em conta a quantidade de aeronaves prevista na última RFP (vinte e duas), o fato de que as empresas, além de especificarem o valor dessa quantidade também deverão incluir nas propostas o número possível de se adquirir com o orçamento (provavelmente menos do que 22), pode-se especular que a quantidade a ser adquirida será suficiente para apenas um esquadrão. Isso se possíveis ofertas de aeronaves usadas (veja links a seguir) ou o próprio anúncio do adiamento da decisão não levarem essa concorrência a desfechos inesperados.

f-5-suico-foto-forca-aerea-suica

Para mais detalhes sobre a concorrência suíça, com destaque para a última RFP, clique aqui. Para detalhes sobre como foram realizadas as avaliações dos caças, inclusive com informações sobre a possibilidade de ofertas de aeronaves usadas, clique aqui.

Fonte: Reuters UK e DID Fotos: Força Aérea Suíça

Nota do Blog: enquanto a Suíça não decide, o Blog do Poder Aéreo continua sua política de aproveitar a demora e mostrar mais imagens dos fotogênicos F-5 do país alpino, cujos remanescentes pelo jeito precisarão ficar na ativa por mais um bom tempo.

- Advertisement -

30 Comments

Subscribe
Notify of
guest
30 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marlos Barcelos

Se fosse o Brasil…os f-18 caíram fora da disputa porque será se são mais baratos? acho que é porque eles nem se comparam aos rafales thyphoon e gripen, Brasil tem que ficar atento as tecnologias de cada caça.

welington

O Gripen NG tem um desempenho de vetor e de sensores bastante similar ao Rafale mesmo senso monoreator, pelos custos de aquisição e de manutenção ele é um dos melhores caças em custo beneficio sendo em minha opinião o melhor caça low existente no mercado, acho que o Gripen NG leva na Suíça.
Um abraço a todos.

welington

Sendo…

Abrivio

Há disponibilidade de Gripens A/B usados da FA Sueca, os franceses podem recorrer aos Mirage 2000-9 usados dos EAU.

Neste ponto, o Typhoon sai perdendo, pois é o mais caro e não possui alternativas para completar o número de aeronaves requeridas.

É estranha a não classificação de nenhuma aeronave americana, talvez seja uma retaliação por pressões e medidas judiciais contra os bancos suiços nos últimos anos, só uma especulação.

O F-16 seria o ideal para a FA suiça, sucessor natural do F-5, baixo custo de aquisição, aeronaves usadas disponíveis, grande leque de armamentos e efetividade.

Hornet

Xiiii…Suspenso por 6 meses! Podem esquecer, vai ser extinto. Ainda mais agora, com essa crise. Já era!…hehehehe

abraços a todos

AL

Esse daí podia ser suspenso, extinto, o que fosse… Desde que o nosso saia, hehehe. Abraços.

JMRC

A Suiça, ao contrario do Brasil, é um país sério de pessoas sérias. Tenho certeza que o FX deles sai antes do nosso.

brazilwolfpack

JMRC tem toda a razão. Os suiços sim,tem seriedade e palavra no que corresponde as suas FAAS. daqui a alguns anos estarão equipados com Rafales,Typhoons ou Grippens. Quando isso acontecer,no Brasil chegarão os F-5 suiços caindo aos pedaços,e o suposto FX-2 ainda se arrastando. Então ficarão todos empolgados,dizendo que o super F-5 brasileiro derruba ate F-16. Infelizmente,o Brasil não e um pais sério em materias de defesa. Por essa razão,ficar esperando muito do Brasil nesta área,como sempre,nos levará a decepção. Por exemplo:tanques no exercito,só usados e obsoletos. Caças de superioridade aérea na FAB,não existem. Só de segunda linha,e usados. A… Read more »

JMRC

brazilwolfpack;

Concordo com você.

Com relação ao FX 2, temos que convir que 36 caças para um país com a extensão territórial do tamanho do Brasil “não dá mem pro Café” como diriamos aqui em Minas Gerais. Eu estou acompanhando esse FX… desde o governo FHC e até hoje nada. Tá parecendo aquelas novelas mexicanas, que, por que da audiências, fica se arrastando por anos e anos.

Apesar do meu relativo pressímio, espero que dê tudo certo. Quero ver o Brasil com Forças Armadas aptadas a defender a soberania nacional.

Zero Uno

O FUTURO é o Senhor da razão…

brazilwolfpack

Eu tambem acompanho o FX desda epoca do FHC. Naquela época,eu também estava super otimista e empolgado,imaginando as FAAS Brasileiras,especialmente a FAB,equipadas com tecnologia de ponta. Mas mais de 10 anos de enrolação e papo furado esfriam o otimismo de qualquer um. Apesar disso,eu tambem ainda fico torcendo que tudo de certo. O anuncio hoje de voos de ensaio do FX-2 pela FAB cheiram bem. So espero que esses 36 caças sejam apenas o “lote inicial”,porque com dissestes acima,para um pais gigantesco como o Brasil,36 caças não da nem pro café. Esse número de aeronaves parece piada. Apesar de morar… Read more »

TAER

O programa “FX” suiço está em atraso devido a outro programa,agora priorizado, o Fome Zero Suiça!

Liddell Hart

Se são US$ 2 bi pra 22 caças, e aqui são US$ 2 bi pra 36 caças, imagino que já exista um escolhido: O Typhoon!

Os suíços não têm mesmo porque economizar…

brazilwolfpack

HA!!! Valeu,TAER. Quase morri de rir. Ou foi isso,ou colocarou uns brasileiros a cargo do programa.

Vassili Zaitsev

Mais uma etapa do malfadado (segundo alguns)FX-2 que é iniciada. Se o processo de escolha do novo caça pudesse ser comparado à uma corrida, eu diria que a hora da bandeirada está se aproximando. Porêm, digo que o valor destinado não é suficiente para comprar 36 unidades. NO máximo 24. E o armamento não está incluso, será negociado depois (fato este que me preoculpa bastante).

Ainda torço pelo Gripen NG (pelo fator custo da hora de voo). Se não for possível, o Rafale F3 assume o lugar.

abraços.

Marlos Barcelos

Se fosse o Brasil…os f-18 caíram fora da disputa porque será se são mais baratos? acho que é porque eles nem se comparam aos rafales thyphoon e gripen, Brasil tem que ficar atento as tecnologias de cada caça.

welington

O Gripen NG tem um desempenho de vetor e de sensores bastante similar ao Rafale mesmo senso monoreator, pelos custos de aquisição e de manutenção ele é um dos melhores caças em custo beneficio sendo em minha opinião o melhor caça low existente no mercado, acho que o Gripen NG leva na Suíça.
Um abraço a todos.

welington

Sendo…

Abrivio

Há disponibilidade de Gripens A/B usados da FA Sueca, os franceses podem recorrer aos Mirage 2000-9 usados dos EAU.

Neste ponto, o Typhoon sai perdendo, pois é o mais caro e não possui alternativas para completar o número de aeronaves requeridas.

É estranha a não classificação de nenhuma aeronave americana, talvez seja uma retaliação por pressões e medidas judiciais contra os bancos suiços nos últimos anos, só uma especulação.

O F-16 seria o ideal para a FA suiça, sucessor natural do F-5, baixo custo de aquisição, aeronaves usadas disponíveis, grande leque de armamentos e efetividade.

Hornet

Xiiii…Suspenso por 6 meses! Podem esquecer, vai ser extinto. Ainda mais agora, com essa crise. Já era!…hehehehe

abraços a todos

AL

Esse daí podia ser suspenso, extinto, o que fosse… Desde que o nosso saia, hehehe. Abraços.

JMRC

A Suiça, ao contrario do Brasil, é um país sério de pessoas sérias. Tenho certeza que o FX deles sai antes do nosso.

brazilwolfpack

JMRC tem toda a razão. Os suiços sim,tem seriedade e palavra no que corresponde as suas FAAS. daqui a alguns anos estarão equipados com Rafales,Typhoons ou Grippens. Quando isso acontecer,no Brasil chegarão os F-5 suiços caindo aos pedaços,e o suposto FX-2 ainda se arrastando. Então ficarão todos empolgados,dizendo que o super F-5 brasileiro derruba ate F-16. Infelizmente,o Brasil não e um pais sério em materias de defesa. Por essa razão,ficar esperando muito do Brasil nesta área,como sempre,nos levará a decepção. Por exemplo:tanques no exercito,só usados e obsoletos. Caças de superioridade aérea na FAB,não existem. Só de segunda linha,e usados. A… Read more »

JMRC

brazilwolfpack;

Concordo com você.

Com relação ao FX 2, temos que convir que 36 caças para um país com a extensão territórial do tamanho do Brasil “não dá mem pro Café” como diriamos aqui em Minas Gerais. Eu estou acompanhando esse FX… desde o governo FHC e até hoje nada. Tá parecendo aquelas novelas mexicanas, que, por que da audiências, fica se arrastando por anos e anos.

Apesar do meu relativo pressímio, espero que dê tudo certo. Quero ver o Brasil com Forças Armadas aptadas a defender a soberania nacional.

Zero Uno

O FUTURO é o Senhor da razão…

brazilwolfpack

Eu tambem acompanho o FX desda epoca do FHC. Naquela época,eu também estava super otimista e empolgado,imaginando as FAAS Brasileiras,especialmente a FAB,equipadas com tecnologia de ponta. Mas mais de 10 anos de enrolação e papo furado esfriam o otimismo de qualquer um. Apesar disso,eu tambem ainda fico torcendo que tudo de certo. O anuncio hoje de voos de ensaio do FX-2 pela FAB cheiram bem. So espero que esses 36 caças sejam apenas o “lote inicial”,porque com dissestes acima,para um pais gigantesco como o Brasil,36 caças não da nem pro café. Esse número de aeronaves parece piada. Apesar de morar… Read more »

TAER

O programa “FX” suiço está em atraso devido a outro programa,agora priorizado, o Fome Zero Suiça!

Liddell Hart

Se são US$ 2 bi pra 22 caças, e aqui são US$ 2 bi pra 36 caças, imagino que já exista um escolhido: O Typhoon!

Os suíços não têm mesmo porque economizar…

brazilwolfpack

HA!!! Valeu,TAER. Quase morri de rir. Ou foi isso,ou colocarou uns brasileiros a cargo do programa.

Vassili Zaitsev

Mais uma etapa do malfadado (segundo alguns)FX-2 que é iniciada. Se o processo de escolha do novo caça pudesse ser comparado à uma corrida, eu diria que a hora da bandeirada está se aproximando. Porêm, digo que o valor destinado não é suficiente para comprar 36 unidades. NO máximo 24. E o armamento não está incluso, será negociado depois (fato este que me preoculpa bastante).

Ainda torço pelo Gripen NG (pelo fator custo da hora de voo). Se não for possível, o Rafale F3 assume o lugar.

abraços.

Combates Aéreos

Vídeo: USAF mostra como será o combate aéreo na década de 2030

Assista no vídeo acima a partir dos 3 minutos, como a USAF imagina o combate aéreo na década de...
- Advertisement -
- Advertisement -