segunda-feira, junho 21, 2021

Gripen para o Brasil

Array

JGB 33 perde um Tornado

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Tripulantes ejetaram-se antes da queda da aeronave

acidente_tornado

Dois tripulantes de um Panavia Tornado alemão ficaram feridos após ejetarem-se durante um pouso na Base Aérea de Büchel ontem 23 de Março. o avião ficou completamente destuído.

A aeronave, um Tornado da versão IDS, pertencia à JBG 33 (Jagdbombergeschwader) e realizava um treinamento noturno quando ocorreu o acidente.

A Luftwaffe recebeu 247 Tornado, incluindo 35 ECR. Outros 112 seguiram para a Marineflieger. Depois de diversos cortes no orçamento, a atual força de Tornado da Alemanha resume-se a pouco mais de 200 aviões, sendo 170 da versão IDS e outra 33 da versão ECR. Deste total, 85 aviões passaram pela atualização ASSTA 2 a partir de 2005. Estas aeronaves modernizadas permanecerão em operação até 2020.

Os Tornados que não foram modernizados estão em processo de substituição por Eurofighter Thyphoon Tranche 2. A conversão de todos os esquadrões deve terminar em 2013 e o JBG 33 provavelmente será a última Ala a receber os Thyphoon.

FOTO: Luftwaffe

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo Marques

Li uma vez ( quase certeza que foi no Defesanet) que a Alemanha tinha disponível em seu arsenal, cerca de 50 armas nucleares táticas americanas em seu poder e o instrumento para lançá-las eram os seus Tornados…

Alguém confirma isso?

Abraços

Tiao

Quero ver quando os nossos Xavantes começarem a despencar por ai!!!!!!!

Bosco

Nem explodiram!
Nada que o “martelinho de ouro” não dê jeito.

Fábio Max

A Alemanha tinha F104 Starfighter não?

Já desativaram? Substituíram por quais aeronaves?

Bronco

200 tornado em operação?

Então esse daí não vai fazer falta… rs

Poggio

Fábio Max,

Grande parte dos F-104 (se não todos) foi substituída exatamente pelos Tornados.

RJ

Os Tornado nunca conseguiram substituir completamente os StarFighter. Pelo menos na missão de matar o próprio piloto, os F-104 eram imbatíveis. Pelo menos nos Tornado ejeção é risco de vida, e não certeza de uma morte rápida.

Aluisio

Rodrigo, Pelo o que sei do assunto (nao é muito,confesso x] ),essas armas eram realmente americanas,mas foram “emprestadas” pra Alemanha durante a Guerra Fria,mas nao sei bem se a posse das armas era das FAs alemãs,duvido muito. Acho que as armas ficavam baseadas na Alemanha mas eram de responsabilidade e uso da OTAN. Acho que li em algum lugar que depois da Guerra Fria essas armas foram todas devolvidas. De qualquer forma,com mísseis balísticos nos EUA e nos subs ingleses,e com a reintegraçao da França a OTAN,caso realmente os Tornados sejam usados para essa funçao (se bem que se forem… Read more »

Aluisio

Rodrigo,dei uma pesquisada e realmente há uma versão do Tornado com capacidade de transportar armas nucleares e especializada em penetração a baixas altitudes:a GR1,mas essa versão é uma variante inglesa e só a RAF opera ela,Italia e Alemanha não possuem nenhum modelo dessa versão.

Fábio Max

Sempre pergunto dos F104 justamente por essa característica de serem caixões voadores, prenúncios de problemas… parece que o último país a operá-los foi a Itália, o que demonstra que os pilotos italianos são corajosos mesmo!

Fábio Max

Sempre pergunto dos F104 justamente por essa característica de serem caixões voadores, prenúncios de problemas… parece que o último país a operá-los foi a Itália, o que demonstra que os pilotos italianos são corajosos mesmo!

Aluisio

Rodrigo,dei uma pesquisada e realmente há uma versão do Tornado com capacidade de transportar armas nucleares e especializada em penetração a baixas altitudes:a GR1,mas essa versão é uma variante inglesa e só a RAF opera ela,Italia e Alemanha não possuem nenhum modelo dessa versão.

Rodrigo Marques

Li uma vez ( quase certeza que foi no Defesanet) que a Alemanha tinha disponível em seu arsenal, cerca de 50 armas nucleares táticas americanas em seu poder e o instrumento para lançá-las eram os seus Tornados…

Alguém confirma isso?

Abraços

Tiao

Quero ver quando os nossos Xavantes começarem a despencar por ai!!!!!!!

Bosco

Nem explodiram!
Nada que o “martelinho de ouro” não dê jeito.

Fábio Max

A Alemanha tinha F104 Starfighter não?

Já desativaram? Substituíram por quais aeronaves?

Bronco

200 tornado em operação?

Então esse daí não vai fazer falta… rs

Poggio

Fábio Max,

Grande parte dos F-104 (se não todos) foi substituída exatamente pelos Tornados.

RJ

Os Tornado nunca conseguiram substituir completamente os StarFighter. Pelo menos na missão de matar o próprio piloto, os F-104 eram imbatíveis. Pelo menos nos Tornado ejeção é risco de vida, e não certeza de uma morte rápida.

Aluisio

Rodrigo, Pelo o que sei do assunto (nao é muito,confesso x] ),essas armas eram realmente americanas,mas foram “emprestadas” pra Alemanha durante a Guerra Fria,mas nao sei bem se a posse das armas era das FAs alemãs,duvido muito. Acho que as armas ficavam baseadas na Alemanha mas eram de responsabilidade e uso da OTAN. Acho que li em algum lugar que depois da Guerra Fria essas armas foram todas devolvidas. De qualquer forma,com mísseis balísticos nos EUA e nos subs ingleses,e com a reintegraçao da França a OTAN,caso realmente os Tornados sejam usados para essa funçao (se bem que se forem… Read more »

Reportagens especiais

‘DC-3 Affair’: o caso do avião espião sueco abatido pelos soviéticos

Por Alexandre Galante Em 13 de junho de 1952, um C-47 (versão militar do famoso DC-3) da Força Aérea Sueca,...
- Advertisement -
- Advertisement -