terça-feira, outubro 26, 2021

Gripen para o Brasil

An-148 entrará em operação (finalmente!)

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Aeronave concorre diretamente com E-170

An-148

A companhia aérea ucraniana AeroSvit adquiriu um Antonov An-148 com o propósito de realizar voos domésticos. Esta é uma das duas aeronaves deste modelo produzidas quatro anos atrás.

Embora o An-148 tenha recebido certificação desde 2007, sua produção em série ainda não começou por falta de encomendas. Mas a AeroSvit pretende adquirir dez aeronaves deste modelo.

An-148 3v

A atual frota da AeroSvit, uma companhia que nasceu em 1994, é composta somente por modelos da Boeing (737 e 767). A companhia disse necessitar de aeronaves menores para rotas mais curtas.

Sendo uma aeronave para 70 passageiros, o An-148 concorreria diretamente com os produtos da Embraer (em especial com o E-170).

FOTO: Airliners.net

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Tiago Jeronimo

A configuração de Asa Alta não favorece muito o avião no meu ponto de vista, acho que no máximo ele rouba alguns pedidos do EMB-170 no leste europeu e Russia e olhe lá.

J Mitchel

Me lembra um BAe146 bimotor
At
Joaca

Fábio Max

Sinceramente, se não emplacou até agora, não emplaca mais.

Ademais, asa alta não é muito interessante para aviação de passageiros, muita gente, acreditem ou não, gosta de olhar pelaa janelinha…

É um avião russo mesmo. Não se importa muito com a carga, apenas com a eficiência.

João Curitiba

Com asa alta o avião pode ser convertido rapidamente em transporte de carga, assim como pode surgir uma versão com rampa traseira. Mas o fato de não ter encomendas mostra que não adianta apenas ter o produto. É preciso saber vendê-lo. Nisso a Embraer dá aula a qualquer um. Além do que é necessário avaliar a relação custo/benefício.

Mirage

É preciso além de tudo saber o que o cliente quer. Esse avião não nega ser Russo. Concorrente fraquíssimo para os E-Jets.

Rodrigo Cesarini

Bota uma porta de carga na trazeira e está pronto o concorrente do c390.

Mabill

A posição dessas turbinas deve produzir muito barulho para os passageiros, parece mais um cargueiro militar !

Jacubão

Sou mais o nosso EMBRAER.

RJ

Botar uma porta de carga! mas tiveram tanto trabalho para retirá-la!
Depois de botar o motor debaixo da asa (na versão militar ficava em cima!) sem brincadeira, ele lembra muito o AN-72

Almeida

Eu que nao quero voar nas cadeiras imediatamente a lado e atras dessas turbinas hahaha! 😛

Rodrigo Cesarini

Boa lembrança RJ, como é estranho o 72. Talvez para uso tático tenha utilidade aquelas turbinas pra cima, deve evitar a aspiração de detritos.

RJ

Aquelas turbinas em cima da asa eram responsáveis por decolagens extremamente curtas, aproveitando o Efeito Coanda.

Marcos

Ele não é russo, mas ucraniano.

SDS

Fábio Max

Não é russo mas é Antonov e o projeto é… e russo, ucraniano, checheno, bielo russo para mim é tudo da mesma tribo! akkkkkkkkkkkkkkkk

Jacubão

Se jogar todos num caldeirão, mexer e cozinhar bem, vira União Soviética.

Bosco

Acima das asas é onde eu gostaria que os motores do C-390 estivessem.

Virtualxi

Vai ser feio assim la na Russia !

Mauricio R.

Potencial “matador” de C-390, em voo e no mercado…

Mauricio R.

“A configuração de Asa Alta não favorece muito o avião no meu ponto de vista,”

Nos tempos em que o BAe-146 operou no Brasil, não carecia de macaco p/ trocar pneu, era calçar um lado e só.

Tailhooker

Para transporte de passageiros, os fato de ser asa alta, média ou baixa, não faz diferença em termos de custo do ciclo de vida, é uma questão de “indiosicrasia” do fabricante. Para transporte de carga sim, faz toda a diferença. Quanto ao “safety assessment”, minha única resalva quanto esta configuração é no caso de um “rotor non-containment (RNC)” do motor, que poderia lançar estilhaços mortais contra a cabine de passageiros. Também tenho a impressão que não empalacará, ao contrário do Sukhoi Superjet (RRJ), esse sim tem potencial para roubar umas boas encomendas do 170. Com a crise, o mercado para… Read more »

welington

Mui belo tem cara de aeronave militar, deve ser interessante viajar nesta belezinha!!!
Não ha aeronave mais bela que os E-jets!
Um abraço a todos.

Vovódka de Zvyozdny Gorodok

‘Fábio Max em 19 mar, 2009 às 19:51 Não é russo mas é Antonov e o projeto é… e russo, ucraniano, checheno, bielo russo para mim é tudo da mesma tribo! akkkkkkkkkkkkkkkk’ E´ da mesma tribo o escambau menino!!!!!!!!! A veia aqui e´ da Bielo Russia que nem o meu saudoso Pavelzinho querido aquele sim e´ que era home de verdade e os russo mandaro a gente junto la´ pra Siberia!!!!!!! Mais hoje a gente e´ tudo amigo sim e tomamo Vodka todo mundo junto na Cidade das Estrelas e eu vou voar com um russo pra estacao espacial e… Read more »

Vovódka de Zvyozdny Gorodok

E agora a veia vai taxiar pro voo do fim de tarde no Sukhoi preparando pro voo espacial que hoje aqui ja´ e´ primavera em Zvyozdny Gorodok mais ainda ta´ escurecendo cedo e eu vou de NVG que o gripen gripadinho so´ tem agora!!!!! Deus abencoe os netinhos da viuva e as viuva do meu Brasil que nao cai neve!!!!!

J Mitchel

Me lembra um BAe146 bimotor
At
Joaca

Fábio Max

Sinceramente, se não emplacou até agora, não emplaca mais.

Ademais, asa alta não é muito interessante para aviação de passageiros, muita gente, acreditem ou não, gosta de olhar pelaa janelinha…

É um avião russo mesmo. Não se importa muito com a carga, apenas com a eficiência.

Tiago Jeronimo

A configuração de Asa Alta não favorece muito o avião no meu ponto de vista, acho que no máximo ele rouba alguns pedidos do EMB-170 no leste europeu e Russia e olhe lá.

João Curitiba

Com asa alta o avião pode ser convertido rapidamente em transporte de carga, assim como pode surgir uma versão com rampa traseira. Mas o fato de não ter encomendas mostra que não adianta apenas ter o produto. É preciso saber vendê-lo. Nisso a Embraer dá aula a qualquer um. Além do que é necessário avaliar a relação custo/benefício.

Mirage

É preciso além de tudo saber o que o cliente quer. Esse avião não nega ser Russo. Concorrente fraquíssimo para os E-Jets.

Rodrigo Cesarini

Bota uma porta de carga na trazeira e está pronto o concorrente do c390.

Mabill

A posição dessas turbinas deve produzir muito barulho para os passageiros, parece mais um cargueiro militar !

Jacubão

Sou mais o nosso EMBRAER.

RJ

Botar uma porta de carga! mas tiveram tanto trabalho para retirá-la!
Depois de botar o motor debaixo da asa (na versão militar ficava em cima!) sem brincadeira, ele lembra muito o AN-72

Almeida

Eu que nao quero voar nas cadeiras imediatamente a lado e atras dessas turbinas hahaha! 😛

Rodrigo Cesarini

Boa lembrança RJ, como é estranho o 72. Talvez para uso tático tenha utilidade aquelas turbinas pra cima, deve evitar a aspiração de detritos.

RJ

Aquelas turbinas em cima da asa eram responsáveis por decolagens extremamente curtas, aproveitando o Efeito Coanda.

Marcos

Ele não é russo, mas ucraniano.

SDS

Fábio Max

Não é russo mas é Antonov e o projeto é… e russo, ucraniano, checheno, bielo russo para mim é tudo da mesma tribo! akkkkkkkkkkkkkkkk

Jacubão

Se jogar todos num caldeirão, mexer e cozinhar bem, vira União Soviética.

Bosco

Acima das asas é onde eu gostaria que os motores do C-390 estivessem.

Virtualxi

Vai ser feio assim la na Russia !

Mauricio R.

Potencial “matador” de C-390, em voo e no mercado…

Mauricio R.

“A configuração de Asa Alta não favorece muito o avião no meu ponto de vista,”

Nos tempos em que o BAe-146 operou no Brasil, não carecia de macaco p/ trocar pneu, era calçar um lado e só.

Tailhooker

Para transporte de passageiros, os fato de ser asa alta, média ou baixa, não faz diferença em termos de custo do ciclo de vida, é uma questão de “indiosicrasia” do fabricante. Para transporte de carga sim, faz toda a diferença. Quanto ao “safety assessment”, minha única resalva quanto esta configuração é no caso de um “rotor non-containment (RNC)” do motor, que poderia lançar estilhaços mortais contra a cabine de passageiros. Também tenho a impressão que não empalacará, ao contrário do Sukhoi Superjet (RRJ), esse sim tem potencial para roubar umas boas encomendas do 170. Com a crise, o mercado para… Read more »

welington

Mui belo tem cara de aeronave militar, deve ser interessante viajar nesta belezinha!!!
Não ha aeronave mais bela que os E-jets!
Um abraço a todos.

Vovódka de Zvyozdny Gorodok

‘Fábio Max em 19 mar, 2009 às 19:51 Não é russo mas é Antonov e o projeto é… e russo, ucraniano, checheno, bielo russo para mim é tudo da mesma tribo! akkkkkkkkkkkkkkkk’ E´ da mesma tribo o escambau menino!!!!!!!!! A veia aqui e´ da Bielo Russia que nem o meu saudoso Pavelzinho querido aquele sim e´ que era home de verdade e os russo mandaro a gente junto la´ pra Siberia!!!!!!! Mais hoje a gente e´ tudo amigo sim e tomamo Vodka todo mundo junto na Cidade das Estrelas e eu vou voar com um russo pra estacao espacial e… Read more »

Vovódka de Zvyozdny Gorodok

E agora a veia vai taxiar pro voo do fim de tarde no Sukhoi preparando pro voo espacial que hoje aqui ja´ e´ primavera em Zvyozdny Gorodok mais ainda ta´ escurecendo cedo e eu vou de NVG que o gripen gripadinho so´ tem agora!!!!! Deus abencoe os netinhos da viuva e as viuva do meu Brasil que nao cai neve!!!!!

Últimas Notícias

Simulação de mobilidade aérea urbana da Eve no Rio de Janeiro começa em novembro

São José dos Campos – SP, 26 de outubro de 2021 – A Eve Air Mobility, da Embraer, vai...
- Advertisement -
- Advertisement -