quinta-feira, abril 22, 2021

Gripen para o Brasil

An-148 entrará em operação (finalmente!)

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Aeronave concorre diretamente com E-170

An-148

A companhia aérea ucraniana AeroSvit adquiriu um Antonov An-148 com o propósito de realizar voos domésticos. Esta é uma das duas aeronaves deste modelo produzidas quatro anos atrás.

Embora o An-148 tenha recebido certificação desde 2007, sua produção em série ainda não começou por falta de encomendas. Mas a AeroSvit pretende adquirir dez aeronaves deste modelo.

An-148 3v

A atual frota da AeroSvit, uma companhia que nasceu em 1994, é composta somente por modelos da Boeing (737 e 767). A companhia disse necessitar de aeronaves menores para rotas mais curtas.

Sendo uma aeronave para 70 passageiros, o An-148 concorreria diretamente com os produtos da Embraer (em especial com o E-170).

FOTO: Airliners.net

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Tiago Jeronimo

A configuração de Asa Alta não favorece muito o avião no meu ponto de vista, acho que no máximo ele rouba alguns pedidos do EMB-170 no leste europeu e Russia e olhe lá.

J Mitchel

Me lembra um BAe146 bimotor
At
Joaca

Fábio Max

Sinceramente, se não emplacou até agora, não emplaca mais.

Ademais, asa alta não é muito interessante para aviação de passageiros, muita gente, acreditem ou não, gosta de olhar pelaa janelinha…

É um avião russo mesmo. Não se importa muito com a carga, apenas com a eficiência.

João Curitiba

Com asa alta o avião pode ser convertido rapidamente em transporte de carga, assim como pode surgir uma versão com rampa traseira. Mas o fato de não ter encomendas mostra que não adianta apenas ter o produto. É preciso saber vendê-lo. Nisso a Embraer dá aula a qualquer um. Além do que é necessário avaliar a relação custo/benefício.

Mirage

É preciso além de tudo saber o que o cliente quer. Esse avião não nega ser Russo. Concorrente fraquíssimo para os E-Jets.

Rodrigo Cesarini

Bota uma porta de carga na trazeira e está pronto o concorrente do c390.

Mabill

A posição dessas turbinas deve produzir muito barulho para os passageiros, parece mais um cargueiro militar !

Jacubão

Sou mais o nosso EMBRAER.

RJ

Botar uma porta de carga! mas tiveram tanto trabalho para retirá-la!
Depois de botar o motor debaixo da asa (na versão militar ficava em cima!) sem brincadeira, ele lembra muito o AN-72

Almeida

Eu que nao quero voar nas cadeiras imediatamente a lado e atras dessas turbinas hahaha! 😛

Rodrigo Cesarini

Boa lembrança RJ, como é estranho o 72. Talvez para uso tático tenha utilidade aquelas turbinas pra cima, deve evitar a aspiração de detritos.

RJ

Aquelas turbinas em cima da asa eram responsáveis por decolagens extremamente curtas, aproveitando o Efeito Coanda.

Marcos

Ele não é russo, mas ucraniano.

SDS

Fábio Max

Não é russo mas é Antonov e o projeto é… e russo, ucraniano, checheno, bielo russo para mim é tudo da mesma tribo! akkkkkkkkkkkkkkkk

Jacubão

Se jogar todos num caldeirão, mexer e cozinhar bem, vira União Soviética.

Bosco

Acima das asas é onde eu gostaria que os motores do C-390 estivessem.

Virtualxi

Vai ser feio assim la na Russia !

Mauricio R.

Potencial “matador” de C-390, em voo e no mercado…

Mauricio R.

“A configuração de Asa Alta não favorece muito o avião no meu ponto de vista,”

Nos tempos em que o BAe-146 operou no Brasil, não carecia de macaco p/ trocar pneu, era calçar um lado e só.

Tailhooker

Para transporte de passageiros, os fato de ser asa alta, média ou baixa, não faz diferença em termos de custo do ciclo de vida, é uma questão de “indiosicrasia” do fabricante. Para transporte de carga sim, faz toda a diferença. Quanto ao “safety assessment”, minha única resalva quanto esta configuração é no caso de um “rotor non-containment (RNC)” do motor, que poderia lançar estilhaços mortais contra a cabine de passageiros. Também tenho a impressão que não empalacará, ao contrário do Sukhoi Superjet (RRJ), esse sim tem potencial para roubar umas boas encomendas do 170. Com a crise, o mercado para… Read more »

welington

Mui belo tem cara de aeronave militar, deve ser interessante viajar nesta belezinha!!!
Não ha aeronave mais bela que os E-jets!
Um abraço a todos.

Vovódka de Zvyozdny Gorodok

‘Fábio Max em 19 mar, 2009 às 19:51 Não é russo mas é Antonov e o projeto é… e russo, ucraniano, checheno, bielo russo para mim é tudo da mesma tribo! akkkkkkkkkkkkkkkk’ E´ da mesma tribo o escambau menino!!!!!!!!! A veia aqui e´ da Bielo Russia que nem o meu saudoso Pavelzinho querido aquele sim e´ que era home de verdade e os russo mandaro a gente junto la´ pra Siberia!!!!!!! Mais hoje a gente e´ tudo amigo sim e tomamo Vodka todo mundo junto na Cidade das Estrelas e eu vou voar com um russo pra estacao espacial e… Read more »

Vovódka de Zvyozdny Gorodok

E agora a veia vai taxiar pro voo do fim de tarde no Sukhoi preparando pro voo espacial que hoje aqui ja´ e´ primavera em Zvyozdny Gorodok mais ainda ta´ escurecendo cedo e eu vou de NVG que o gripen gripadinho so´ tem agora!!!!! Deus abencoe os netinhos da viuva e as viuva do meu Brasil que nao cai neve!!!!!

J Mitchel

Me lembra um BAe146 bimotor
At
Joaca

Fábio Max

Sinceramente, se não emplacou até agora, não emplaca mais.

Ademais, asa alta não é muito interessante para aviação de passageiros, muita gente, acreditem ou não, gosta de olhar pelaa janelinha…

É um avião russo mesmo. Não se importa muito com a carga, apenas com a eficiência.

Tiago Jeronimo

A configuração de Asa Alta não favorece muito o avião no meu ponto de vista, acho que no máximo ele rouba alguns pedidos do EMB-170 no leste europeu e Russia e olhe lá.

João Curitiba

Com asa alta o avião pode ser convertido rapidamente em transporte de carga, assim como pode surgir uma versão com rampa traseira. Mas o fato de não ter encomendas mostra que não adianta apenas ter o produto. É preciso saber vendê-lo. Nisso a Embraer dá aula a qualquer um. Além do que é necessário avaliar a relação custo/benefício.

Mirage

É preciso além de tudo saber o que o cliente quer. Esse avião não nega ser Russo. Concorrente fraquíssimo para os E-Jets.

Rodrigo Cesarini

Bota uma porta de carga na trazeira e está pronto o concorrente do c390.

Mabill

A posição dessas turbinas deve produzir muito barulho para os passageiros, parece mais um cargueiro militar !

Jacubão

Sou mais o nosso EMBRAER.

RJ

Botar uma porta de carga! mas tiveram tanto trabalho para retirá-la!
Depois de botar o motor debaixo da asa (na versão militar ficava em cima!) sem brincadeira, ele lembra muito o AN-72

Almeida

Eu que nao quero voar nas cadeiras imediatamente a lado e atras dessas turbinas hahaha! 😛

Rodrigo Cesarini

Boa lembrança RJ, como é estranho o 72. Talvez para uso tático tenha utilidade aquelas turbinas pra cima, deve evitar a aspiração de detritos.

RJ

Aquelas turbinas em cima da asa eram responsáveis por decolagens extremamente curtas, aproveitando o Efeito Coanda.

Marcos

Ele não é russo, mas ucraniano.

SDS

Fábio Max

Não é russo mas é Antonov e o projeto é… e russo, ucraniano, checheno, bielo russo para mim é tudo da mesma tribo! akkkkkkkkkkkkkkkk

Jacubão

Se jogar todos num caldeirão, mexer e cozinhar bem, vira União Soviética.

Bosco

Acima das asas é onde eu gostaria que os motores do C-390 estivessem.

Virtualxi

Vai ser feio assim la na Russia !

Mauricio R.

Potencial “matador” de C-390, em voo e no mercado…

Mauricio R.

“A configuração de Asa Alta não favorece muito o avião no meu ponto de vista,”

Nos tempos em que o BAe-146 operou no Brasil, não carecia de macaco p/ trocar pneu, era calçar um lado e só.

Tailhooker

Para transporte de passageiros, os fato de ser asa alta, média ou baixa, não faz diferença em termos de custo do ciclo de vida, é uma questão de “indiosicrasia” do fabricante. Para transporte de carga sim, faz toda a diferença. Quanto ao “safety assessment”, minha única resalva quanto esta configuração é no caso de um “rotor non-containment (RNC)” do motor, que poderia lançar estilhaços mortais contra a cabine de passageiros. Também tenho a impressão que não empalacará, ao contrário do Sukhoi Superjet (RRJ), esse sim tem potencial para roubar umas boas encomendas do 170. Com a crise, o mercado para… Read more »

welington

Mui belo tem cara de aeronave militar, deve ser interessante viajar nesta belezinha!!!
Não ha aeronave mais bela que os E-jets!
Um abraço a todos.

Vovódka de Zvyozdny Gorodok

‘Fábio Max em 19 mar, 2009 às 19:51 Não é russo mas é Antonov e o projeto é… e russo, ucraniano, checheno, bielo russo para mim é tudo da mesma tribo! akkkkkkkkkkkkkkkk’ E´ da mesma tribo o escambau menino!!!!!!!!! A veia aqui e´ da Bielo Russia que nem o meu saudoso Pavelzinho querido aquele sim e´ que era home de verdade e os russo mandaro a gente junto la´ pra Siberia!!!!!!! Mais hoje a gente e´ tudo amigo sim e tomamo Vodka todo mundo junto na Cidade das Estrelas e eu vou voar com um russo pra estacao espacial e… Read more »

Vovódka de Zvyozdny Gorodok

E agora a veia vai taxiar pro voo do fim de tarde no Sukhoi preparando pro voo espacial que hoje aqui ja´ e´ primavera em Zvyozdny Gorodok mais ainda ta´ escurecendo cedo e eu vou de NVG que o gripen gripadinho so´ tem agora!!!!! Deus abencoe os netinhos da viuva e as viuva do meu Brasil que nao cai neve!!!!!

Reportagens especiais

Poder Aéreo no Fort Worth Alliance Air Show 2015

Em setembro participamos do Fort Worth Alliance Air Show 2015, realizado no aeroporto Worth Alliance em Fort Worth, no Texas. Este show aéreo...
- Advertisement -
- Advertisement -